Réveillon lota avenida Litorânea na noite da virada

3comentários

O ano de 2019 chegou marcado pelas misturas de ritmos e sotaques na Praia do Calhau, na Avenida Litorânea, palco do Réveillon de Todos. O evento foi promovido pelo Governo do Maranhão em parceria com a Prefeitura de São Luís e apoio cultural do Grupo Mateus.

Maranhenses e turistas interagiram ao som da banda Raça Negra e das apresentações dos artistas da terra, como Fabrícia e banda, o Grupo Argumento, Guto Ximenes e a Levada do Teco, e do cantor Gerrad Lima, que juntos, celebraram o show da virada. O colorido do céu anunciava 2019 com uma chuva de fogos de artifícios, abrilhantando ainda mais a orla marítima de São Luís.

A festa garantiu a movimentação econômica e o aquecimento no setor do turismo no estado.

“Penúltimo dia de programação, e estamos muito felizes com o que a cultura e o turismo estão gerando para o estado. Mais um momento importante desse evento que gera milhões de empregos e diversas oportunidades para os maranhenses. Todos os dias de festa a cidade esteve lotada e com muita segurança, resultado da parceria com a prefeitura de São Luis”, disse DIego Galdino, que reforçou ainda o ganho da cultura local por alcançar todos os públicos com uma programação gratuita na comemoração da passagem de ano

“As expectativas foram superadas, e quem comemora isso são as pessoas que vivem do turismo no nosso estado. Agora fica o desafio de fazer cada vez mais eventos maiores, como o Carnaval de Todos em 2019, que em breve sairá a programação”, finalizou.

No palco

No palco, a primeira apresentação da noite foi da cantora Fabrícia e banda, que agitou a multidão com sucessos da atualidade e de músicas que embalaram os carnavais da década de 90. Em seguida foi a vez do grupo Argumento, que trouxe o samba carioca para a Avenida Litorânea, tirando o público do chão.

Às 23h a banda Raça Negra subiu ao palco e mostrou ao público seus sucessos que embalam gerações. “É muito bom estar no Maranhão, em São Luís, ate porque começamos por aqui, no Nordeste. Hoje estamos celebrando mais um começo de ano com muita energia e paz. Estamos muito felizes em poder contribuir com essa festa que o poder público organiza para o seu povo. É muito bom saber que o Governo pensa na saúde das pessoas, porque cultura e música também é saúde”, disse o vocalista da banda, Luiz Carlos que também fez a contagem regressiva, segundos antes da virada do ano.

Quem também abrilhantou o Réveillon de Todos foi o cantor Guto Ximenes com a Levada do Teco e Gerard Lima.

Em uma tenda, armada dentro do circuito, a música eletrônica tomou de conta do público, comandada pelos Djs Paulo Pringles (Jovem Pan/SP), Desert, Ksyfux e Flávio Pastel.

Foto: Gilson Teixeira

3 comentários »

Prefeitura expande iluminação pública

0comentário

A Prefeitura de São Luís está expandindo os serviços de revitalização e modernização do sistema de iluminação a novos setores da cidade, proporcionando mais beleza à capital maranhense, segurança e qualidade de vida à população.

Nesta semana, os serviços chegaram às avenidas São Marçal, Franceses, Agricultores e a diversos trechos dos bairros Ilhinha e Cidade Olímpica. Somente este ano, o parque de iluminação pública de São Luís teve mais de 5.800 ações de melhorias, totalizando  mais de mil novos pontos de luz contemplando mais de 150 bairros da capital, só em 2017.

“Iluminação pública é um elemento urbanístico essencial para conferir qualidade de vida à população. A ação está transformando ruas, avenidas e praças da nossa cidade em espaços muito mais iluminados e seguros à circulação dos moradores, além de propiciar à cidade um aspecto mais belo e moderno”, afirmou o prefeito Edivaldo.

Esta semana, a Avenida São Marçal, no João Paulo, via de grande circulação e palco de grandes festividades no período junino, ganhou 198 pontos novos de luz. O espaço passou por uma completa revitalização do sistema de iluminação pública e está agora bem mais apta aos festejos da época e mais seguro à circulação dos moradores.

Também a Avenida dos Franceses, outra via de grande tráfego de veículos e de pessoas, teve 80 pontos de iluminação renovados, conferindo à via um aspecto ainda melhor depois dos serviços de urbanização e no trânsito, realizados no local pela Prefeitura de São Luís. A Cidade Olímpica e a Ilhinha são outras localidades que estão deixando para trás a triste realidade de vias escuras ou mal iluminadas.

Com essa modalidade de iluminação branca, a Prefeitura proporcionou um aspecto muito mais belo e moderno a áreas como a orla da Avenida Litorânea, as avenidas Guajajaras, Holandeses, Jerônimo de Albuquerque, Tirirical, Libaneses (acesso ao Aeroporto) e Tupinambá, na Ponta d’Areia; Rua dos Bicudos; além do Elevado da Cohab; no Complexo do Anel Viário; rotatória da Avenida Odilo Costa Filho (Anjo da Guarda) e estacionamento da Praia Grande, no Centro, entre outros pontos da cidade.

Além desses espaços, a Prefeitura de São Luís contemplou pelo projeto centenas de outros parques de iluminação da cidade, em diversos bairros. Entre eles estão vias e espaços de bairros da Região Itaqui-Bacanga, do São Cristóvão, Residencial Nestor, Jardim São Raimundo; Apeadouro, Liberdade, Vila Passos, Madre Deus, Monte Castelo, Fé em Deus, Cruzeiro de Santa Bárbara, São Raimundo, Vila Vitoria, Jardim São Cristóvão, Ipem São Cristóvão, Residencila Nova Vida, Nova Jerusalém, entre outros.

O projeto acompanha a expansão urbanística e populacional na capital, contemplando também diversas localidades da zona rural de São Luís, onde mais de 13 mil pontos de luz tiveram sua eficiência melhorada e mais de dois mil novos pontos foram instalados. Muitas dessas novas áreas contempladas na zona rural da capital estão em comunidades como o Itapera, Maracanã, Quebra-Pote, Piçarreira, Coquilho, Rio Prata, Vila Guará, Maracujá, Inhaúma, Igarau, Estiva, Mata de Itapera, Vila Tinair, Vila Itamar, Vila Maranhão, Vila Nova República, Rio Grande, Vila Samara, São Joaquim, Santa Helena, Vila Brasil, Tajipuru, entre outras comunidades.

Fotos: Maurício Alexandre

sem comentário »

MPF questiona prolongamento da Litorânea

0comentário

O Ministério Público Federal no Maranhão (MPF-MA) propôs ação civil pública, com pedido de liminar, contra o Estado do Maranhão, em razão da falta de licenciamento ambiental regular das obras de prolongamento da Avenida Litorânea, incluído no Projeto de Reestruturação da Avenida dos Holandeses e Litorânea com implantação do BRT. O empreendimento localizado em ambiente pós-praia, caracterizado como faixa entremarés e em zona estuarina dos rios Claro e Pimenta, não apresentou prévio licenciamento ambiental necessário.

Foi constatado que o Estado do Maranhão enxertou a obra de Extensão da Litorânea a outro procedimento de licenciamento ambiental diverso e em andamento (ampliação da avenida dos Holandeses MA-203), no qual já foram expedidas licenças ambientais prévias e de instalação, ignorando a necessidade de licenciamento autônomo e completo que atenda à resolução 01/86-Conama. Essa situação caracteriza grave vício do licenciamento ambiental, pois indica que as particularidades dos impactos ambientais de uma obra em área de praia não foram minimamente avaliados pela Secretaria Estadual de Meio Ambiente. Como consequência, também não foi exigido Estudo Prévio de Impacto Ambiental – EIA/RIMA, de forma que a obra, se realizada sem o estudo e cautela necessários, poderá causar danos ao ecossistema costeiro.

Segundo a ação civil pública do MPF, a prática irregular criou uma aparência artificial de licenciamento onde, na verdade, houve descumprimento da lei. “O enxerto realizado burla de forma clara e direta a sistemática do licenciamento ambiental, desconsiderando as fases do processo em que cada aspecto de intervenções ao ecossistema é avaliado e equilibrado”, afirmou.

Na ação, o MPF-MA requer a suspensão da realização de obras do empreendimento Extensão da Avenida Litorânea e da admissão do licenciamento da obra “Extensão da Avenida Litorânea” ao procedimento referente à reestruturação da avenida dos Holandeses.

O MPF pede também o reconhecimento da necessidade de licenciamento autônomo e completo, mediante a apresentação de Estudo de Impacto ambiental que atenda à resolução 01/86- Conama.

Agora, antes da apreciação do pedido de liminar, o Estado do Maranhão terá o prazo de 72 horas para explicar por que agiu dessa forma.

Problemas na nova Litorânea

Essa já é a segunda ação civil pública que o MPF promoveu contra o Estado do Maranhão em razão do projeto de extensão da Litorânea.

A primeira ação judicial questionou a aprovação do contrato de financiamento para a obra, junto à Caixa Econômica Federal, sem a exigência da licença ambiental do empreendimento, o que é requisito para a aprovação dos recursos, conforme a Lei nº 6.938/1981. O MPF pediu judicialmente a suspensão do contrato de financiamento e, ao final, a declaração da sua nulidade, por violar disposição legal. Foram realizadas audiências de conciliação com o Estado do Maranhão, mas não se chegou a um acordo.

sem comentário »

Viva Bem atrai grande público na Litorânea

2comentários

O ‘Viva Bem’, programa da Prefeitura de São Luís, atraiu grande público neste domingo (3) para a Avenida Litorânea com atividades de artes marciais e zumba. Realizado por meio da Secretaria Municipal de Desportos e Lazer (Semdel), o evento integra a programação de aniversário de 405 anos de São Luís. Quem participou do programa presenciou um momento de integração e prática esportiva.

As atividades foram iniciadas às 8h com demonstrações de hapkidô e taekwondô comandadas pelo mestre Jayme Martins.

Logo depois, diversos professores de zumba, acompanhados de um mini-trio, coordenaram um verdadeiro aulão na área litorânea da capital. Todos aqueles que se fizeram presentes no local, puderam participar do evento e tiveram copos de água à disposição para hidratação, além de frutas. As atividades foram encerradas às 10h30.

“Realmente superou nossas expectativas. Acho que quem compareceu no ‘Viva Bem’ sai com um gostinho de quero mais. É um evento que vamos consolidar em nosso calendário pela aceitação e repercussão que teve. Essa mescla de atividades físicas e artes marciais atrai muitas pessoas”, destacou o secretário Municipal de Desporto e Lazer, Rommeo Amim.

“Esse evento realmente era o que faltava para a Avenida Litorânea. Eu venho aqui todos os domingos e realmente sentia falta de eventos como esse. Vou torcer para que  volte a acontecer outras vezes. Eu voltarei com certeza”, declarou Margareth Vieira, professora, de 42 anos.

Foto: Divulgação

2 comentários »

Prefeitura tapa buracos em avenidas

3comentários

buracos

Alvo de reclamações por parte dos motoristas, a Prefeitura de São Luís intensificou nos últimos dias a operação tapa buracos nas principais avenidas.

Foram colocadas equipes de plantão da Secretaria Municipal de Obras e Transportes (Semosp) para resolver o problema dos buracos nos principais correrdores de veículos, sem necessidade de paralisar as intervenções nos bairros.

Com as chuvas, vários buracos abriram nos últimos dias em avenidas como a Litorânea, Colares Moreira, Avenida dos Holandeses, São Luís Rei de França, Daniel de La Touche, Guajajaras e Jerônimo de Albuquerque, dentre outras. Mas ainda tem muita coisa ai por fazer.

O monitoramento nessas avenidas é feito pelas equipes da Semosp e também por informações que chegam pelos meios de comunicação e nas redes sociais. A partir daí as equipes são acionadas para resolver o problema.

O trabalho vai sendo feito, mas diria que falta um pouco mais de agilidade até porque nessas avenidas o fluxo de veículos é muito grande e esses buracos podem causar muitos acidentes.

Isto pode parecer uma coisa pequena, mas na medida em que os problemas são solucionados com mais rapidez, a população de fato começa sentir a presença da prefeitura na cidade.

3 comentários »

Domingo de protesto

1comentário

protesto

Domingo de protestos em todo o país e também em São Luís.

Um ato convocado pelos movimentos “Eu Te Amo, Meu Brasil” e “Vem Pra Rua” reuniu, segundo a Polícia Militar, aproximadamente 2 mil e 500 pessoas na Avenida Litorânera.

O número de pessoas que participaram da manifestação, segundo os organizadores teria sido bem maior: de 7 mil pessoas.

Os manifestantes protestaram contra a corrupção no país e o governo Dilma Rousseff (PT).

Foto: Márcia Carlile/ G1

1 comentário »

Caminhada da cardiopatia

0comentário

Cardiopatia

sem comentário »

Chuva de hoje

0comentário

Essas são algumas imagens de São Luís no início da manhã de hoje (25) durante a forte chuva que caiu na madrugada e provocou o alagamento em várias avenidas. Vários semáforos entraram em pane e não funcionaram no início da manhã. Houve muita confusão no trânsito.

São registros no bairro Renascença, avenida dos Holandeses e na Litorânea.

Chuva4

Chuva1

Chuva2

 

Chuva6

Chuva3

Chuva5

Fotos: Zeca Soares, João Ricardo e Douglas Pinto

sem comentário »

Mudanças no trânsito

7comentários

LitoraneaA Prefeitura de São Luís, através da Secretaria de Municipal de Trânsito e Transportes de Trânsito e  Transportes (SMTT), realiza intervenções no trânsito de São Luís, em virtude das festividades de Réveillon. As principais alterações acontecem nas proximidades da Praça Maria Aragão (Centro) e na Avenida Litorânea (Calhau). As mudanças visam disciplinar o trânsito na área de grande concentração dos eventos comemorativos.

Ao todo, serão mobilizados 150 agentes, 20 viaturas e 15 motos na operação. O trecho reservado às festividades de final de ano na Praça Maria Aragão compreende o estacionamento da praça até a Ponte Bandeira Tribuzzi. Nessa área, fica proibido o tráfego de veículos bem como o acesso às transversais. O desvio deverá ser realizado na Ponte Bandeira Tribuzzi, seguindo para as ruas Barão de Itapary, das Hortas, Coelho Neto (pista em mão única no sentido Beira-Mar) até a Avenida Beira Mar.

Já no trecho que se refere à Avenida Litorânea, a interdição corresponderá à área entre Belvedere e o Corpo de Bombeiros. Nesse local, fica proibido o tráfego de veículos, inclusive nas transversais. O acesso de veículos às áreas interditadas estará restrito a veículos credenciados.

As alterações ocorrerão das 7h da próxima quarta-feira (31) até 5h de quinta-feira, dia 1º de janeiro de 2015.  Em outros pontos da cidade também haverá o disciplinamento do trânsito por ocasião das festividades do final de ano: Lagoa da Jansen, Ponta D’Areia, Espigão Costeiro e Iate Clube.

No dia 1º de janeiro, a SMTT realizará a interdição do trânsito a partir das 7h, no acesso à Praça Pedro II e Rua do Egito, em virtude da cerimônia de posse do governador eleito Flávio Dino, que será realizada às 17h.

Tendo em vista o grande deslocamento de pessoas em função dos eventos comemorativos na Praça Maria Aragão, Avenida Litorânea e outros pontos da capital, a Prefeitura de São Luís determinou o reforço de serviços de todas as linhas e serviços do Sistema Municipal de Transporte Coletivo. O reforço dessa atividade terá início na noite do dia 31 de dezembro, a partir das 20h, e se estenderá até 12h do dia 1º de janeiro de 2015, com frota total.

As linhas  que atendem as praias da região da Ponta D’Areia, Avenida Litorânea, Olho D’Água e Araçagy deverão operar com frota superior à programada para os dias úteis e em horário grande fluxo, visando  também atender às demandas de deslocamentos dos usuários nas festividades.  A frota de apoio dos terminais de integração nos dias 31 de dezembro e 1º de janeiro de 2015 será a mesma dos dias úteis.

Foto: Maurício Alexandre

7 comentários »

Colocando ordem…

6comentários

Litoranea1

A ação de retirada dos invasores da Litorânea estava prevista para ocorrer na próxima semana, mas diante da repercussão, a Secretaria de Urbanismo por meio da Blitz Urbana realizou hoje pela manhã uma operação para acabar com esculhambação que estava tomando conta do principal cartão postal de São Luís.

Ontem, o secretário Diogo Lima já informava ao Blog do Zeca Soares que não aceitaria a ocupação da Litorânea por invasores.

“Nós estamos realizando operações junto a outros órgãos para exigir a desocupação da área. Foram oferecidos a eles a remoção para um outro local com aluguel social e depois inclusão no Minha Casa, Minha Vida, mas os invasores não aceitaram. A Secretaria de Urbanismo não vai aceitar que privatizem o espaço na Avenida Litorânea para poucos, pois lá é um ponto turístico da nossa cidade”, disse.

E cumpriu a palavra agora pela manhã e acabou com a bagunça.

Litoranea

Tenho dito aqui que a nossa cidade precisa de pulso firme para manutenção da ordem pública. O prefeito Edivaldo Holanda Júnior, o secretário Diogo Lima e o diretor da Blitz Urbana, Márcio Aragão estão de parabéns pela postura. Devem oferecer condições de moradia aos que precisam, mas não podem aceitar esse tipo de situação.

Além disso, a Prefeitura de São Luís precisa olhar para outras áreas com ocupações irregulares e tomar as medidas necessárias. Tem muita gente por ai que aposta na omissão do poder público para deixar a nossa cidade cada vez mais feia.

Portanto, ponto para a Prefeitura de São Luís nesta ação.

Importante também registrar o papel do cidadão Edivaldo Santos. que fotografou a invasão na Litorânea e liberou as imagens que publicamos ontem. O olhar atento do internauta é fundamental.

Fotos: Divulgação/ Britz Urbana

6 comentários »