Juscelino e Mandetta visitam Socorrinho em Imperatriz

0comentário

Coordenador da bancada do Maranhão no Congresso, o deputado federal Juscelino Filho (DEM-MA) acompanhou o ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, e o prefeito de Imperatriz, Assis Ramos, em uma vistoria técnica na obra de reforma e ampliação do Hospital Municipal de Imperatriz Infantil (HMII), o “Socorrinho”, na tarde de quinta-feira (21). A obra está 92% concluída e está sendo executada com recursos do Ministério da Saúde, adquiridos a partir de solicitação do deputado maranhense junto ao governo federal.

Em março deste ano, o Socorrinho sofreu um incêndio em decorrência de um curto-circuito. Com forte atuação na área da saúde, Juscelino Filho buscou os recursos necessários para a execução da obra, prevista para ser entregue em outubro. O Ministério da Saúde liberou R$ 1.273.078,23 (um milhão duzentos e setenta e três mil e setenta e oito reais e vinte e três centavos).

Durante a vistoria, o parlamentar maranhense agradeceu o apoio do ministro da Saúde para conseguir recuperar o HMII, importante hospital que atende a Região Tocantina.

“A obra de reforma do Socorrinho de Imperatriz está bem adiantada. Logo após o incêndio, conseguimos, junto ao ministro da Saúde recursos para recuperar este importante hospital. Quando ele for reinaugurado, terá quase que 80 leitos, UTI pediátrica, fará exames de imagem. Ou seja, será um hospital completo. Nós temos que agradecer essa ajuda. Só temos gratidão ao ministro Mandetta que nos atendeu tão bem e nos ajudou quando o procuramos”, afirmou Juscelino Filho.

O novo Socorrinho terá uma estrutura moderna e bem mais segura. A unidade de saúde contará, ainda, com uma Brigada de Combate a Incêndio, onde os funcionários do próprio hospital terão treinamento em caso de emergência e para instalação de extintores e hidrantes.

O ministro da Saúde destacou o trabalho do prefeito Assis Ramos e revelou a intenção de ajudar na construção de um novo hospital para atender a Região Tocantina. “Estou aqui hoje por conta da iniciativa do gestor, que a gente vê que tem responsabilidade, que está trabalhando e está correndo atrás. Temos que estar preparados para atender o crescimento populacional dessa região e, por isso, a gente vai ter que dar um passo à frente para construir uma unidade de saúde que seja compatível com essa região”, explicou Luiz Henrique Mandetta.

A liberação dos recursos emergenciais por parte do Ministério da Saúde para a Prefeitura de Imperatriz foi novamente comemorada pelo prefeito da cidade, Assis Ramos. O gestor se mostrou feliz com o resultado dessa parceria em prol da população imperatrizense e destacou a importância da atuação do deputado Juscelino Filho para que a reforma do Socorrinho ocorresse o mais rápido possível.

“O deputado Juscelino está em seu segundo mandato e tem sido um grande parceiro desde sempre. Ele foi fundamental no apoio da aquisição da verba junto ao Ministério da Saúde para a reforma do hospital. Imperatriz só tem a agradecer o empenho do deputado por nossa cidade”, disse o prefeito.

Foto: Divulgação

sem comentário »

Investimentos em saúde

8comentários

minstro

A governadora Roseana Sarney se reuniucom o ministro da Saúde, Alexandre Padilha, para discutir sobre mais investimentos para o setor no Maranhão e sobre os avanços do Programa Saúde é Vida. No encontro, ocorrido na tarde desta segunda-feira (22), no Palácio dos Leões, o ministro anunciou incremento imediato no valor de R$ 60 milhões para as áreas de média e alta complexidade e de R$ 200 milhões ao ano para a de atenção básica.

Roseana Sarney ressaltou que a reunião foi positiva, pois o ministro teve a oportunidade de conhecer mais de perto a realidade do Maranhão na área da saúde. “Apresentamos ao ministro detalhes do programa Saúde é Vida, com os novos hospitais que estão ficando prontos, com o atendimento de qualidade que estamos dando ao povo do Maranhão e também com a tecnologia que estamos implantando na área de saúde. Ficamos de intensificar a parceria com o Ministério da Saúde para que se possa fazer um atendimento melhor ainda”, afirmou a governadora.

O ministro destacou a parceria de trabalho com o Governo do Estado. “Nesta semana vamos acrescentar ao Fundo Estadual da Saúde mais R$ 60 milhões, por meio de recursos para média e alta complexidade, recursos para exames, cirurgias, a parte da Rede Cegonha, rede de urgência e emergência, investir um valor maior para leitos de UTI, o que vai ajudar ainda mais esse esforço de montar a rede de saúde no Maranhão, o que está sendo feito com a parceria com o Governo do Estado”, declarou Padilha, que antes, no Hotel Luzeiros,apresentou aos prefeitos e gestores municipais o Programa Mais Médicos.

Padilha assinalou ainda que o Maranhão passa a contar com mais recursos destinados para atenção básica. “A presidenta Dilma (Rousseff) acabou de anunciar um aumento no piso destinado à atenção básica, e no Maranhão esse valor será de R$ 200 milhões, esse repasse é fundo a fundo para ajudar no custeio e manutenção das equipes”, declarou.

Também presentes oministro do Turismo, Gastão Vieira; os senadores José Sarney, Edison Lobão Filho e João Alberto; os deputados federais Sétimo Waquim e Sarney Filho, e os secretários estaduais Ricardo Murad (Saúde) e João Guilherme Abreu (chefe da Casa Civil).

ricardoepadilha
Mais recursos

A governadora Roseana afirmou que também apresentou solicitações de melhoria de recursospara o estado. “Falamos ao ministro sobre a melhoria do teto da Saúde, já que o Maranhãopossui a menor renda per capita do país, sendo de R$ 127,00,enquanto que no Brasil a média per capita para a saúde é de R$ 170,00”.

Ela ressaltou que a vinda do ministro a São Luís foi importante, ainda, para que os prefeitos possam conhecer o programaMais Médicos do Governo Federal e firmar parcerias. “Essa troca de informações e de interesses é fundamental e a partir de então se formula uma parceria que beneficia não só os municípios, como o Estado e a União e também a classe médica, que passa a conhecer mais o programa”, declarou ela.

O ministro Padilha destacou que o encontro coma governadora Roseana foi importante para fortalecer a relação entre os governos federal e estadual. “Essa relação é fundamental e se fortalece nas várias áreas, inclusive com recursos para infraestrutura, pois com o Programa Mais Médicosestamos reformando, ampliando e construindo mais 540 unidades de saúde nos municípios para ter estrutura para receber esses profissionais que irão atuar nas unidades”.

gilcutrim

Famem

O presidente da Federação dos Municípios dos Municípios do Estado do Maranhão (Famem) e prefeito de São José de Ribamar, Gil Cutrim, participou nesta segunda-feira (22) de reunião de trabalho com prefeitos e prefeitas maranhenses e na qual também esteve presente o ministro da Saúde, Alexandre Padilha.

Na ocasião, ele elogiou a implantação do programa Mais Médicos e defendeu a tese de que a iniciativa, além de ampliar a presença de médicos em regiões mais carentes, também ofereça a estes profissionais melhores condições de trabalho.

“O que se percebe em vários municípios maranhenses é que o médico, muita das vezes, recusa uma proposta de trabalho através do PSF, por exemplo, porque não possui as condições necessárias para trabalhar. Todos nós, prefeitos e prefeitas do Maranhão, esperamos que o programa também funcione como ferramenta para mudar este cenário, fomentando parcerias que resultem em recursos para que os municípios possam investir mais na infraestrutura e custeio das unidades de saúde”, afirmou Cutrim.

De acordo com o presidente da Famem, o pacto federativo injusto entre União e Municípios penaliza prefeitos e prefeitas que, mensalmente, têm que arcar com a maior fatia de recursos para custear ações federais, como é o caso do Programa Saúde da Família. “Só para se ter uma ideia, uma equipe de PSF custa, em média, cerca de R$ 40 mil. O Governo Federal, o ente mais forte financeiramente, repassa aos municípios entre R$ 8 mil a R$ 10 mil. E o município, o ente mais fraco, é obrigado a custear o restante. É necessário que o Governo Federal também reveja este subfinanciamento dos programas federais na área da saúde”, completou.

O prefeito de Imperatriz, Sebastião Madeira, defendeu o posicionamento do presidente da entidade municipalista que, segundo ele, reflete o pensamento dos prefeitos e prefeitas do Estado. “O programa Mais Médicos é muito bom, mas também é necessário oferecer a estes profissionais condições de trabalho. Se uma coisa estiver totalmente casada com a outra, não restam dúvidas de que a iniciativa contribuirá para melhorar, cada vez mais, o setor da saúde do Maranhão.

Fotos: Antônio Martins e Silas Serra

8 comentários »

Alexandre Padilha em São Luís

2comentários

alexandrepadilha

O Ministro da Saúde, Alexandre Padilha, participa nesta segunda-feira (22) de uma mobilização com prefeitos e secretários de saúde do Maranhão sobre o Programa Mais Médicos. O evento será realizado em São Luís, com o objetivo de esclarecer as prefeituras sobre o funcionamento do programa e estimular a sua participação. O evento ocorrer às 13h, no Hotel Luzeiros.

O Mais Médicos faz parte de um amplo pacto de melhoria do atendimento aos usuários do Sistema Único de Saúde (SUS) para acelerar os investimentos em infraestrutura nos hospitais e unidades de saúde e levar mais médicos para as regiões mais carentes destes profissionais, sobretudo nos municípios do interior e na periferia das grandes cidades, por meio da ampliação das vagas de graduação e residência e de edital para chamamento de médicos para atuação imediata na atenção básica de municípios carentes.

2 comentários »