Lideranças do PMB pulam para Edivaldo

9comentários
EdivaldoHolandaJunior
Lideranças do PMB trocam campanha de Rose Sales por Edivaldo Holanda Júnior (PDT)

O prefeito Edivaldo Holanda Júnior (PDT) recebeu mais um apoio importante na sua caminhada em busca pela reeleição à Prefeitura de São Luís.

Quem acabou de desembarcar para reforçar a Coligação “Pra Seguir em Frente” formada pelo PDT, PCdoB, DEM, PROS PTB, PSC, PRB, PTC, PEN, PR, PT e PSL, foram dirigente do Partido da Mulher Brasileira (PMB) que tem como candidata a prefeita a vereadora Rose Sales.

O desligamento de membros da Executiva Municipal da campanha de Rose Sales foi anunciado por meio de uma carta entregue à direção Estadual do PMB.

“A decisão foi tomada devido a divergências de posicionamentos em relação à campanha eleitoral para prefeito e candidatos a vereador em São Luís. Ao observar os demais candidatos, o grupo escolheu como sendo a melhor opção para a capital maranhense o nome do atual prefeito Edivaldo”, afirma Ana Teresa Viana, ex-presidente do PMB em São Luís.

Além de Ana Teresa Viana, assinaram a carta, André Santos da Silva Neto (1º secretário do PMB no Maranhão), Reinaldo Martins Ferreira Pinto (ex-secretário geral do PMB em São Luís) e José Lima dos Santos Filho (ex-secretário geral do PMB no Maranhão).

Foto: Divulgação

9 comentários »

Rose fará gestão transparente e participativa

0comentário
A candidata do PMB, Rose Sales foi uma das entrevistas desta terça-feira (30) no ponto Final
A candidata do PMB, Rose Sales foi uma das entrevistas desta terça-feira (30) no ponto Final

A candidata Rose Sales (PMB) foi o entrevistada nesta terça-feira (30), no Ponto Final pelo jornalista Roberto Fernandes, na série com os candidatos à Prefeitura de São Luís. (Clique aqui para ouvir a entrevista na íntegra).

Rose Sales iniciou a entrevista explicando porque deixou de se candidatar à Câmara para disputar a eleição da Prefeitura de São Luís.”É uma questão de compromisso com a cidade. Eu venho com dois mandatos de vereadora, mandato atuante e propositivo e o que me move agora é me tornar como alternativa popular para ser a gestora da cidade. Eu quero fazer o resgate de São Luís juntamente com o povo, pois a minha candidatura é livre e independente”, explicou.

A candidata do PMB esclareceu a sua ida para o PCdoB e em seguida para o PV, e finalmente sua chegada ao PMB.

Rose Sales garantiu que no governo Rose Sales a geração de emprego e renda será uma das prioridades. “Eu não quero ver o nosso povo dependente do Bolsa Família, é importante o Bolsa Família, mas eu não quero ver o nosso povo dependente dela, por isso a geração de emprego e renda será prioridade. Iremos investir em Centros de Ensino Técnico para qualificação dos nossos jovens para que possam ser absolvidos pelo mercado de trabalho”.

A candidata do PMB disse que vai rediscutir o contrato de prestação de serviço da Caema. “Eu vou chamar a Caema para fazer uma revisão do contrato com ampla participação da população e participação técnica das universidades. Aqui em São Luís temos mais de 350 mil moradias sem água e esgotamento sanitário”, disse.

Rose Sales traçou o perfil da São Luís que pretende implantar caso seja eleita prefeita. “Nós temos uma cidade que está encravada num processo de decadência em relação à educação, infraestrutura, postos de saúde, enfim… Mas temos uma cidade rica e pungente na sua estrutura e formatação, de um litoral imenso, de uma cultura sem igual, de um Porto privilegiado… A cidade tem todas as condições propícias para crescer… Nós não vamos ficar remoendo que recebemos uma cidade com herança maldita. A minha equipe vai ser uma equipe técnica não vai ser uma equipe de colegagem”, destacando que a sua gestão será transparente, participativo e planejado.

Perguntada por uma ouvinte porque a candidata não se uniu ao vereador Fábio Câmara, Rose Sales respondeu: “Eu até tentei. Nós dialogamos, mas tem muito essa questão partidária, mas eu desejo sucesso ao companheiro Fábio”.

Nesta quarta-feira (31) participam das entrevistas no Ponto Final os candidatos Valdeny Barros (PSOL), às 8h30 e Fábio Câmara (PMDB), às 9h30. Na quinta-feira (1º), Wellington do Curso (PP) será entrevistado às 8h30 e Eduardo Braide (PMN), às 9h30 e na próxima sexta-feira (2), será
entrevistada a candidata Eliziane Gama (PPS), às 8h30.

Foto: Zeca Soares

sem comentário »

Rose Sales é candidata a prefeita

2comentários
Vereadora Rose Sales será candidata a prefeita de São Luís pelo Partido da Mulher Brasileira
Vereadora Rose Sales será candidata a prefeita de São Luís pelo Partido da Mulher Brasileira

O Partido da Mulher Brasileira (PMB) lançou, neste domingo (31), a candidatura da vereadora Rose Sales a prefeita de São Luís.

A convenção realizada numa casa de eventos no Turu também homologou a candidatura do professor de filosofia Sidnei Lima a vice-prefeito.

Em sua página no Facebook, a vereadora destacou o ato político que homologou a sua candidatura.

“Nesta tarde histórica foi homologada a candidatura de Rose Sales para prefeita de São Luís – MA. A Convenção do PMB foi emocionante. Todos os presentes estiveram na Real Promoções de forma livre e espontânea. Uma festa democrática, plural e contagiante”, afirmou.

Além de Rose Sales, já homologaram a candidatura outros três candidatos: Edivaldo Holanda Júnior (PDT), Valdeny Barros, (PSOL) e Cláudia Durans (PSTU).

O prazo para a realização das convenções termina na próxima sexta-feira (5 de agosto).

Foto: Flora Dolores/ O Estado

2 comentários »

Rose Sales troca novamente de partido

1comentário

RoseSales

A vereadora Rose Sales não será mais pré-candidata a prefeita de São Luís pelo Partido Verde (PV) e nem se sabe se ainda será pré-candidata nas eleições de outubro.

Ao perceber que a sua pré-candidatura não decolou, a tendência é que a vereadora brigue pelo menos para permanecer na Câmara de São Luís.

Esta semana, Rose Sales se desfiliou do Partido Verde e já ingressou no PMB (Partido da Mulher Brasileira). No ano passado, após severas críticas ao prefeito Edivaldo Holanda Júnior (PDT) ela foi convidada a deixar o PCdoB, do governador Flávio Dino que é aliado do prefeito. Rose se filiou ao PP de Waldir Maranhão onde ficou por pouco tempo até se transferir para o PV.

O deputado estadual, Adriano Sarney que é presidente do PV em São Luís se mostrou decepcionado com a saída de Rose Sales do partido e disse que agora é hora de recuperar o tempo perdido.

“A Rose já nos relatou a sua desfiliação. Não é uma saída de comum acordo. Agora é recuperar o tempo perdido e respeitar a saída dela. Vamos buscar entre os nossos nomes, um possível pré-candidato”, afirmou.

A opção do PV agora pode ser a deputada federal Eliziane Gama que vem tentando entrar no PSB, mas encontra resistência e já decidiu que não permanecerá na Rede.

Foto: O Estado

1 comentário »
https://www.blogsoestado.com/zecasoares/wp-admin/
Twitter Facebook RSS