STJD sepulta ‘esperança’ de Paysandu e Sampaio

1comentário

A Procuradoria do Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) arquivou a denúncia do Paysandu contra o São Bento de Sorocaba.

O mesmo caminho deve acontecer com a denúncia encaminhada pelo Sampaio sepultando qualquer possibilidade do time paulistar perder 15 pontos e ser rebaixado para a Série C.

A Procuradoria não viu nenhuma irregularidade na transferência atacante Gabriel Vasconcelos no Campeonato Brasileiro da Série B 2018.

Para o diretor jurídico do Sampaio, o atacante Gabriel Vasconcelos atuou de forma irregular em cinco partidas, mas o STJD entendeu diferente e ponto final.

Era difícil mesmo Paysandu e Sampaio conquistarem no tapetão aquilo que não tiveram competência de garantir dentro das quatro linhas.

E as duas equipes devem ser mesmo rebaixadas nas próximas rodadas.

Foto: Divulgação/São Bento

1 comentário »

Sampaio também denuncia o São Bento no STJD

3comentários

O Sampaio protocolou uma denúncia no Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) contra o São Bento por conta de uma possível irregularidade na transferência atacante Gabriel Vasconcelos no Campeonato Brasileiro da Série B 2018.

A ação do Sampaio segue a mesma linha do Paysandu que foi a primeira equipe a levantar a possível irregularidade do jogador emprestado ao São Bento pelo Corinthians. Segundo o diretor jurídico do Sampaio, o atacante Gabriel Vasconcelos atuou de forma irregular em cinco partidas.

“Entendemos que houve um artifício para burlar o Regulamento Específico da competição, que impede um clube de receber mais de 5 atletas de outros clubes da Série B. O atleta, a nosso ver, participou de 5 jogos de forma irregular e isso precisa ser punido. Nessa reta final, uma posição na classificação pode ser fundamental para nossa permanência na Série B”,  disse diretor jurídico do Sampaio, Perez Paz.

Segundo o departamento jurídico de Paysandu e Sampaio, o São Bento extrapolou o número de contratações permitidas de jogadores na Série B.

O Artigo. 8º do REC (Regulamento Específico da Competição) diz: “Uma vez iniciado o Campeonato, cada clube poderá receber até 5 (cinco) atletas transferidos de outros clubes da Série B”. O São Bento teria seis, no caso o atacante Gabriel Vasconcelos.

Com 43 pontos, o São Bento é o 12º colocado e se for punido perderá 15 pontos e cairia para a última colocação com 28 pontos.

Foto: Emilio Botta

3 comentários »

Denúncia do Paysandu pode ajudar o Sampaio

1comentário

O Paysandu protocolou, nesta quinta-feira, uma notícia de infração na Procuradoria do Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD). No documento, o clube paraense alega que o São Bento teria contratado de maneira irregular o atacante Gabriel Vasconcelos, que está emprestado à equipe de Sorocaba desde julho pelo Corinthians. A Procuradoria do STJD confirmou, ao GloboEsporte.com, ter recebido a denúncia.

O cerne da argumentação do Papão é a de que o São Bento extrapolou o número de contratações permitidas de jogadores que já estavam atuando na própria Série B, o que vai de encontro com o Art. 8º do REC (Regulamento Específico da Competição) da Segundona: “Uma vez iniciado o Campeonato, cada clube poderá receber até 5 (cinco) atletas transferidos de outros clubes da Série B (…)”.

A denúncia protocolada pelo Paysandu afirma que o atacante Gabriel Vasconcelos foi este excedente, ou seja, a sexta contratação proveniente de outro clube da Série B. Antes, já havia anunciado Douglas Mendes (Paysandu), Abuda (Figueirense), Samuel Santos (Figueirense), Tony (Ponte Preta) e Joãozinho (Vila Nova).

Na visão do Alviceleste, mesmo pertencendo ao Corinthians, Gabriel começou a competição cedido à Ponte Preta, clube pelo qual fez apenas uma partida – contra o Sampaio Corrêa, pela 7ª rodada. Ele acabou devolvido ao Timão após a 17ª rodada, não foi relacionado a nenhum jogo da equipe na Série A e foi emprestado ao São Bento, o que caracterizaria uma “transferência ponte”, como argumenta o advogado e vice-presidente de Operações do Papão, Alexandre Pires.

“O artigo 8 do regulamento da Série B fala que um clube só pode contratar cinco atletas advindos da Série B, não importando o número de jogos que ele fez. O São Bento contratou seis atletas. O sexto atleta, o Gabriel Vasconcelos, veio da Ponte Preta e foi contratado pelo Corinthians, mas passou menos de 24 horas lá e em seguida foi contratado pelo São Bento. Isso, pelo artigo 34 do regulamento de transferência, é a chamada ‘transferência ponte’ e é irregular. Diante disso, o Paysandu entende que o atleta está irregular e atuou em seis partidas após a sua inscrição. O Paysandu pediu que ele fosse enquadrado no artigo 294 por atuar de forma irregular numa partida. O clube pode perder três pontos por partida disputada pelo atleta. Queremos que a regra seja cumprida”, explicou Pires.

A Procuradoria do STJD deve, agora, fazer uma consulta à CBF para entender a situação de Gabriel Vasconcelos. Caso aceite a denúncia, o São Bento pode ser punido com a perda de pontos na tabela na Série B. Ele atuou em cinco partidas.

O São Bento é atualmente o 14º colocado, com 40 pontos. O primeiro clube dentro da zona de rebaixamento é o Sampaio Corrêa, que tem 32. Caso receba a pena máxima sugerida pelo Paysandu – perda de 15 pontos –, cairia para a lanterna da competição.

Leia mais

1 comentário »

Times maranhenses estão inadimplentes no STJD

0comentário

O Superior Tribunal de Justiça Desportiva do Futebol (STDJD) oficiou a Diretoria de Competições da CBF com a relação de clubes que não efetuaram pagamento de multas impostas em 2018. No documento foi destacada a necessidade da entidade instaurar procedimento administrativo para punir os clubes inadimplentes.

Com multas em aberto os clubes inadimplentes foram denunciados pela Procuradoria da Justiça Desportiva e julgados no último dia 3 de outubro pela 3ª Comissão Disciplinar.

Na lista estão quatro times maranhenses: Sampaio, Moto Club, Imperatriz e Cordino.

Quase 40 clubes foram punidos por não pagamento e tiveram seus presidentes suspensos.  Na decisão os Auditores fizeram constar o prazo de sete dias para pagamento de todos os valores em aberto sob risco de comunicação à CBF para desligamento dos mesmos nas devidas competições.

Passado o prazo para quitação, a secretaria do STJD oficiou à CBF informando os clubes que não cumpriram a decisão.

Confira abaixo os clubes inadimplentes:

Belo Jardim/PE, América/RN, Moto Club/MA, Baré/RR, Parnahyba/PI, Altos/PI, Macapá/AP, Cordino/MA, Ferroviário/CE, Náutico/PE, Santa Cruz/PE, Salgueiro/PE, Imperatriz/MA, Sampaio Correa/MA, Sinop/MT, Santa Rita/AL, Guarani/CE, Fluminense de Feira/BA, Espirito Santo/ES, Embu das Artes/SP, Interporto/TO, Seleção do Amapá/AP, Mogi Mirim/SP, Iporá/GO, Manaus/AM, São Gonçalo do Amarante/CE, Ceilândia/DF, Independente/PA, Plácido de Castro/AC, Internacional/SC, Mirassol/SP, Operário/MS e Barcelona/RO.

sem comentário »

Sampaio terá que cumprir punição na Série B

5comentários

O Sampaio terá que cumprir a pena imposta pelo Superior Tribunal de Justiça desportiva (STDJ) de jogar com portões fechados terá que ser cumprida no Campeonato Brasileiro Série B.

Em resposta a uma consulta feita pelo Sampaio à CBF, a entidade comunicou ao clube que a punição por conta do episódio registrado na partida com o fortaleza, na semifinal do Campeonato Brasileiro Série C terá que ser cumprido na Segundona.

A estreia do Sampaio na Série B está prevista para 12 de abril. Dessa forma, se o clube jogar em São Luís na primeira rodada não terá a presença do torcedor.

O Sampaio foi punido devido aos objetos atirados por alguns torcedores contra o árbitro Héber Roberto Lopes e seus dois auxiliares.

Foto: De Jesus/ O Estado

5 comentários »

‘Torcedores’ voltam a prejudicar o Sampaio

0comentário

O “torcedor” do Sampaio ou melhor “alguns irresponsáveis de plantão no Castelão” ainda não entenderam que não podem mais continuar prejudicando a equipe, pelo contrário devem apoiar e verdadeiramente vestir a camisa do clube nas competições nacionais.

Digo isto, porque ontem, mais uma vez, o clube foi punido pelo STJD e terá que fazer uma partida em competições nacionais com portões fechados. O Sampaio havia sido punido e recorreu, mas acabou condenado novamente.

A punição foi imposta por conta dos objetos arremessados em campo pelos torcedores contra o trio de arbitragem na partida com o Fortaleza, na semifinal do Campeonato Brasileiro Série C. Tanto o árbitro da partida Héber Roberto Lopes quanto os dois assistentes foram atingidos.

Essa não foi a primeira vez que isso aconteceu, pelo contrário. O Sampaio tem sido presença constante no STJD por conta de episódios como esse.

Hoje, não cabe apenas identificar o culpado. Isso não livra o clube da punição.

O fato é que o torcedor do Sampaio que já não ajuda o clube como deveria tem que tomar consciência de que não pode continuar prejudicando a equipe, pois qualquer hora dessas algo pior pode acontecer e a grande massa Tricolor acabará pagando por conta de um ou alguns irresponsáveis.

Foto: Paulo Soares/ O Estado

sem comentário »

Heber relata que foi atingido no rosto

7comentários

O Sampaio corre sério risco de nova punição pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD). O árbitro catarinense Heber Roberto Lopes relatou em súmula que torcedores jogaram objetos dentro de campo em dois momentos atingindo o trio de arbitragem.

O episódio é lamentável, principalmente porque o torcedor do Sampaio é reincidente e pode prejudicar o Sampaio mais uma vez.

Heber relatou que foi atingido no rosto e no punho por garrafas de água. Os assistentes também foram atingidos.

“Informo que na saída do intervalo quando adentrávamos no túnel do nosso vestiário, foi arremessado uma garrafa plástica de 510ml contendo liquido e uma laranja descascada. Ressalto que os objetos não atingiram nenhum membro da equipe de arbitragem. Ao termino do jogo foi apresentado o boletim de ocorrência n 9437/2017 da Polícia Civil, Plantão Central, Cajazeiras.  Informo que ao termino do jogo quando saiamos de campo e adentrávamos ao túnel de nosso vestiário, foram arremessados vários objetos tais como: copos plásticos com liquido, garrafas plásticas com liquido, laranjas descascadas e rádio de pilha. Cito que os objetos atingiram as seguintes pessoas: arbitro no rosto e no punho esquerdo por garrafas com liquido e no pescoço por copo plástico com liquido. Assistente n 01 atingido na testa por uma laranja descascada. Assistente n 02 no joelho direito por uma garrafa plástica contendo liquido. Obs: para o relato 02, não foi apresentado nenhum boletim de ocorrência. Cabe citar que as duas situações acima ocorreram em frente aos torcedores da equipe local situado no setor 01”, relatou Heber.

Se o STJD entender que houve “elevada gravidade” no episódio, o Sampaio pode ser punido com perda de até dez mandos campo e multado de R$ 100,00 (cem reais) a R$ 100.000,00 (cem mil reais).

É uma pena que “torcedores’ tenham prejudicado o próprio time após a grande campanha e de garantir o retorno à Série B que era o maior objetivo na temporada.

Foto: Biamam Prado / O Estado

7 comentários »

STJD confima o Sampaio como finalista

29comentários

STJD confirma o Sampaio contra o Cordino na decisão do 2º turno do Campeonato Maranhense

Deu Sampaio, também no Tapetão. Após duas vitórias e um empate dentro de campo sobre o Moto, o Sampaio venceu mais uma, desta vez fora de campo.

O Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) decidiu que o Sampaio é o finalista do 2º turno do Campeonato Maranhense contra o Cordino.

A Federação Maranhense de Futebol (FMF) deverá marcar para o dia 7 de junho, a segunda partida decisiva.

No primeiro jogo, em Barra do Corda, Cordino e Sampaio empataram por 1 a 1. O Sampaio joga por outro empate para ser campeão do 2º turno e forçar uma decisão contra o próprio Cordino.

Foto: Elias Auê/ Sampaio

29 comentários »

STJD marca julgamento para esta semana

9comentários

O Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) marcou para a próxima quinta-feira (11), o julgamento da medida cautelar impetrada pelo Sampaio que suspendeu a ‘nova decisão’ do segundo turno do Campeonato Maranhense entre Moto e Cordino que aconteceria no último sábado.

O processo está na pauta para julgamento com outros 17 processos e tem início previsto para às 10h30, mas será decidido apenas sobre a suspensão da ‘nova decisão’, pois o julgamento do mérito pelo pleno não tem previsão por enquanto.

O Sampaio recorre contra a decisão do Tribunal de Justiça Desportiva (TJD-MA) que, por 5 votos a 3 deu ganho de causa ao Moto Club e determinou que a FMF marcasse a  ‘nova decisão’ do returno entre Moto e Cordino.

Até aqui, o Sampaio já obteve duas vitórias do STJD. Primeiro quando a FMF conseguiu garantir a realização da partida entre Cordino e Sampaio na semana passada e no último sábado ao suspender a primeira partida entre Cordino e Moto.

Depois desse encontro no Tapetão, Moto e Sampaio voltam a se enfrentar, mas dentro de campo, no sábado (13), às 16h, no Estádio Castelão, na abertura do Campeonato Brasileiro Série C.

Foto: Divulgação/ Sampaio

9 comentários »

Américo recua e FMF desiste de recorrer

8comentários

Após ter anunciado que a Federação Maranhense de Futebol (FMF) iria entrar com um pedido de liminar para suspender a partida de volta do segundo turno do Campeonato Maranhense 2017, o presidente da entidade, Antônio Américo, recuou de sua decisão.

Em entrevista, nesta quinta-feira, no Bom Dia Mirante, o dirigente disse que não irá mais buscar dispositivos jurídicos para interferir no andamento do Estadual. Segundo ele, a partir de agora, a FMF irá apenas acatar as decisões dos tribunais.

“Nós daremos cumprimento integral ao que decidiu o Tribunal. O campeonato não será paralisado. Somente o faremos, se o Superior Tribunal, ou mesmo o próprio TJD-MA voltar em sua decisão e determinar a paralisação do segundo jogo. Se não houver essa determinação, nós em absoluto pararemos o campeonato”, disse Américo.

Mesmo com o recuo da presidência da FMF, o Campeonato Maranhense 2017 corre o risco de suspensão. O Sampaio Corrêa já anunciou que além de entrar com recurso quanto a decisão do TJD-MA ainda irá buscar junto ao STJD uma liminar para paralisar a competição. A direção jurídica do clube informou que aguarda apenas a notificação do acórdão por parte do TJD-MA.

Leia mais

8 comentários »