Andrea diz que Flávio Dino faz teatro na TV

0comentário

Por Andrea Murad

Sem vergonha alguma, Flávio Dino mente todos os dias maquiando suas ações no governo para aparecer na TV. Durante esses anos, eu tenho levantado a voz, repercutindo toda a revolta do povo. Dia após dia, fui contra as maldades e imoralidades de Flávio Dino, denunciando escândalos como os aluguéis camaradas, o aumento de impostos, a compra superfaturada de medicamentos, a falta de atendimento especializado, de longa espera por cirurgias, assim como a falta de médicos por atraso de pagamentos, e funcionários trabalhando sem carteira assinada e demais benefícios trabalhistas.

O mais repugnante é ver esse governador dizer que levou água para comunidades, enquanto arruinou o Programa Viva Água, onde as pessoas mais necessitadas recebiam a conta paga pelo governo. Assim era o Viva Luz, as contas dos mais pobres chegavam pagas na gestão de Roseana. Agora, vem bancar de bom moço dizendo por aí que vai reduzir impostos, mas o que ele fez foi aumentar tributos, castigar comerciantes e favorecer grupos econômicos milionários em detrimento dos pequenos.

Piorou a vida financeira dos maranhenses, provocando o aumento de vários produtos e serviços como energia e combustível, inclusive, fui uma das pouquíssimas vozes contra esse absurdo, já que a maioria é da base governista e se não votasse a favor seria castigada por Flávio Dino. Quantos deputados se esconderam das câmeras no dia desta votação? Quantos se esconderam no plenário e fora dele com vergonha e apavorados com as perseguições? Vejam a ‘liberdade’ que o Maranhão vive hoje, todos com terror deste homem travestido de governador.

Da mesma forma em que muitos fecharam os olhos quando Flávio Dino tomou e vendeu as motos e carros dos contribuintes por causa da sua ganância em arrecadar, deixando muitos pais de família sem o seu sustento. Percebam que ele parou de fazer blitz abusiva, depois que destruiu a vida de muita gente, e só mudou de atitude no ano das eleições.

Agora, fica fazendo teatro em programa eleitoral como se fosse o bonzinho. Flávio Dino afundou o Maranhão e cometeu a façanha de aumentar a população miserável do nosso Estado, mais 312 mil pessoas em situação extrema de pobreza surgiram na gestão dele segundo o próprio IBGE.

Não é possível que, além de mentir, culpa terceiros pelas suas próprias maldades praticadas. Está mais que na hora de mostrar a verdade, chega de se calarem diante de tantas mentiras, porque devemos ajudar o povo enxergar toda essa tirania que Flávio Dino vem promovendo no estado!

* Andrea Murad é deputada estadual

sem comentário »

Teatro de graça é sucesso no Maranhão

0comentário

O palco, a praça tomada por milhares de pessoas com sede de alegria e a igreja ao fundo. Esta é uma cena que tem se tornado comum no interior do Maranhão nas apresentações da comédia Pão com Ovo. E que bom para o teatro e para a nossa cultura.

Foi assim mais uma vez, ontem (3), em Cururupu durante a apresentação da Caravana Pão com Ovo. O projeto que leva teatro ao vivo e de graça em praça pública é patrocinado pela Cemar e Governo do Maranhão por meio da Lei de Incentivo à Cultura.

Nesta terceira edição, além de Cururupu, a Caravana Pão com Ovo estará ainda nas seguintes cidades: São Vicente de Férrer (05/08), São João Batista (06/08), Cajapió (08/08), São Benedito do Rio Preto (10/08), Pedreiras (12/08), Colinas (15/08), Imperatriz (17/08) e Raposa (25/08), Praça Nossa Senhora do Carmo, em São Luís (26/08); na Vila Luizão(27/08), Parque Folclórico Vila Palmeira(07/09) e Ceprama (10/09).

Em setembro e outubro, novas cidades deverão receber o espetáculo, também com apoio da Secretaria de Cultura e Turismo.

De certa forma até tenho sido repetitivo, mas é sempre bom destacar que o sucesso deste projeto tem muito a ver com a visão do secretário de Cultura, Diego Galdino que tem dado a oportunidade ao público maranhense de conhecer a força do nosso teatro. Quanto mais maranhenses conhecerem e valorizarem a nossa cultura será melhor e Galdino sabe muito bem disso e trabalha todos os dias para que isso aconteça de fato.

Em setembro e outubro, novas cidades deverão receber o espetáculo, também com apoio da Secretaria de Cultura e Turismo.

Em tempo, aproveito para parabenizar os atores César Boaes e Adeílson Santos que aniversariam nesta data e estão em viagem pelo Maranhão fazendo aquilo que mais gostam.

Parabéns, gente!!!!

Foto: Divulgação

sem comentário »

Teatro reabre espaço importante no MA

0comentário

Governador Flávio Dino e secretário Diego Galdino entregam obra importante para o teatro

O Centro Histórico de São Luís ganhou mais uma Casa de Cultura completamente reformada pelo Governo do Estado. O prédio do Centro de Artes Cênicas do Maranhão (Cacem) foi reinaugurado pelo governador Flávio Dino na noite desta sexta-feira (28), depois de passar por ampla revitalização em toda sua estrutura. O novo espaço dará dignidade e melhores condições e marca momento histórico da formação teatral de maranhenses.

O governador Flávio Dino enfatizou que hoje o Maranhão possui uma política cultura permanente, e não só em épocas como São João e Carnaval, como acontecia no passado. “É claro que o São João, o carnaval são momentos especiais da nossa ação cultural. Porém é preciso compreender que política cultural se deve fazer o ano inteiro, todos os dias. E os centros de formação, as escolas, tem um papel fundamental nisso”, destacou.

O secretário de Estado de Cultura e Turismo, Diego Galdino, destacou que o Cacem segue um cronograma para a revitalização de todas as casas de cultura, conforme o programa ‘Mais Cultura e Turismo Infraestrutura’, implementado pelo governador Flávio Dino e que pretende dar condições de funcionamento para prédios que há muito tempo não recebiam nenhum tipo de reforma ou manutenção.

“Nós recebemos a gestão a Secretaria com as casas praticamente no chão, sem dignidade para os alunos e frequentadores. Já conseguimos entregar o Convento das Mercês, a Escola de Música do Maranhão e como parte desse projeto estamos entregando o Cacem, acredito que um dos prédios em condição mais críticas, com 30 anos sem intervenção físicas e estruturais. Assumimos e em 45 dias estamos deixando um espaço digno para o alunos, passando desde a reforma na parte elétrica ao forro, que estava prestes a cair, hoje estamos transformando isso, para que eles tenham oportunidade e condições para se tornarem artistas”, explicou Diego Galdino.

Localizado na Rua de Santo Antônio, nº 166, em São Luís, o prédio foi usado pela Escola de Música do Estado do Maranhão – Lilah Lisboa de Araújo, durante dez anos, quando recebeu sua única reforma, no ano de 1987. O Cacem começou a funcionar no local somente em 1997. Desde então, a estrutura ficou sem reparos, o que deteriorou completamente a estrutura.

Fotos: Divulgação

sem comentário »

Cia Cambalhotas apresenta ‘Zzz Sganarelle’

0comentário
Cia Cambalhotas realiza espetáculo “Zzz Sganarelle” a partir deste sábado (22)

Cia Cambalhotas realiza espetáculo “Zzz Sganarelle” neste sábado (22), no Ano da Guarda

A partir deste sábado (22), São Luís receberá a visita de Sganarelle. Personagem criado por Molière há cerca de 500 anos na França, Sganarelle é um palhaço que se utiliza da comédia para satirizar problemas sociais. Agora, o personagem ganha vida devido ao projeto da Companhia Cambalhotas, que foi contemplado pelo Prêmio Funarte Carequinha de Estímulo ao Circo 2015 e conta com o apoio da Fundação Nacional de Artes (Funarte) e do Ministério da Cultura. Com a premiação inédita da companhia maranhense, foi possível criar o espetáculo “Zzz Sganarelle”, escrito por Geraldine Gauthier e dirigido por Waldemir Nascimento. E a primeira apresentação será no bairro do Anjo da Guarda, às 16h30, gratuitamente.

Durante os próximos cinco meses, a Companhia Cambalhotas vai levar seu espetáculo para diversos bairros de São Luís. Escolas e praças públicas serão alguns dos locais que receberão a visita de Sganarelle e sua turma em apresentações que agregam humor às dificuldades vividas no cotidiano das pessoas. Talvez, por isso, Sganarelle seja considerado um “retrato do povo”.

“O Sganarelle é um palhaço, é o resquício que vem da França. Ele está dentro desse universo dos comediantes, dos sátiros. Ele conserva isso. Então, vamos colocá-lo na rua. Além de ser um palhaço e de trabalhar isso muito corporalmente, ele é o povo. Ele é um espetáculo que não tem um apelo infantil. Claro que o público infanto-juvenil pode assistir, mas ele é um espetáculo adulto porque ele tem crítica social bem forte e o Sganarelle se identifica com a população, ele é a população. Ele é a voz do povo e também carrega dentro dele várias simbologias. Por isso que o público vai se identificar com ele”, explicou Waldemir Nascimento, diretor do espetáculo.

O espetáculo “Zzz Sganarelle” será a terceira produção da Companhia Cambalhotas que, em 2016, completa 19 anos de fundação. Nas produções anteriores (“Os Saltimbancos” e “Os Três Porquinhos”), a companhia sempre utilizou formas animadas – bonecos, máscaras, teatro de sombra – para encantar o público. No entanto, em “Zzz Sganarelle”, mais um elemento é agregado: o circo.

“Temos o espetáculo de rua na nossa veia desde a nossa fundação. Em ‘Zzz Sganarelle’, a gente consegue manter esta linha e acrescenta uma coisa a mais: o circo, a rua, a animação, a comédia”, revelou Waldemir.

(mais…)

sem comentário »

Pazzine é homenageado na Semana do Teatro

1comentário

Teatro2

As cortinas ficaram abertas para a XI Semana do Teatro no Maranhão, a ser realizada de 26 de setembro a 2 de outubro, com vasta programação incluindo dez espetáculos, 7 performances e intervenções, 8 oficinas e uma demonstração técnica. O evento, que abre na segunda-feira (26), é promovido pelo Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado da Cultura e Turismo, do Teatro Arthur Azevedo e da Lei de Incentivo à Cultura.

Nesta edição, o homenageado oficial será Luiz Pazzine, professor, ator e diretor paulista, radicado no Maranhão há mais de 20 anos. Em sua homenagem será realizada a Mostra Luiz Pazzine que englobará quatro espetáculos: “Negro Cosme”, “Cofo de Estórias”, “Pigmaleaõ” e “Lulu”.

Do total de espetáculos na programação da Semana, três são de outros estados, sendo um do Ceará, um do Rio de Janeiro e outro de São Paulo. As produções selecionadas são: “A Escrita do Deus” (MA), “As Aventuras do Lobo” (MA), “Cárcere” (SP), “Minha Fulô de Mandacaru” (MA), “Muleque Fujão” (MA), “O Espetáculo não pode parar” (RJ), “Achados & Perdidos” (CE), “Sintética idêntica ao natural” (MA), “Um corpo com plumas no meio da sala” (MA) e “Velhos caem do céu como canivetes” (MA).

As apresentações de espetáculos, performances, intervenções e oficinas, além da demonstração técnica, se dividirão entre os diversos espaços: Teatro Arthur Azevedo (Rua do Sol), Teatro João do Vale (Praia Grande), Teatro da Cidade (Rua do Egito), Praça Nauro Machado (Praia Grande), Centro de Criatividade Odylo Costa, filho (Praia Grande), Casa do Maranhão (Praia Grande), Guest House (Rua da Palma), Praça Deodoro e UFMA (Avenida dos Portugueses). As oficinas, especificamente, serão realizadas no Teatro Arthur Azevedo, Casa do Maranhão e UFMA.

Mais informações podem ser obtidas por meio dos contatos: (98) 32189900 e 32189901. Os ingressos poderão ser retirados na troca do kit escolar – por exemplo, uma borracha, um lápis, um caderno e uma caneta – sempre às 14h do dia de cada sessão. Não é permitida a entrada no teatro após o início dos espetáculos.

Fotos: Divulgação

1 comentário »