Morre a radialista Helena Leite – a voz da nossa cultura

3comentários

Luto no rádio e na cultura maranhense. Uma das mais ou porque não dizer a mais resistente voz da cultura maranhense se calou. Morreu aos 67 anos a radialista e folclorista Helena Leite vítima de infarto fulminante.

A história de Helena se confunde com a história da nossa cultura. Desde 1966 no rádio, Helena fazia ecoar mais alto o som da cultura maranhense.

Voz polêmica e muito respeitada, Helena era apaixonada pelo Bumba-Meu-Boi, em especial pelo Boi da Pindoba e pelo Carnaval e marcou história várias transmissões ao vivo do desfile da passarela do Anel Viário. Na foto, a sua última cobertura de Carnaval, no dia 4 de março deste ano pela Rádio Educadora. ao lado de feras como Marcos Vinícius e Jonas Mendes.

A morte de Helena Leite foi confirmada nas redes sociais pelo filho Ronner Leite.

“Meus amigos, infelizmente tenho que comunicar que Deus levou minha mãe Helena Leite para junto dele. Vá em paz minha Rainha”, disse.

“Confesso prara todos que nunca me preparei pra isso, a vida ela é tão traiçoeira como passar por isso, como entender isso. Minha querida mãe, sei que a senhora sempre foi o nosso alicerce, a senhora sempre estava ali pronta pra ajudar, pra estender a mão eu não tenho como lhe agradecer por tudo que me ensinou, só tenho que passar isso pro meu filho pra que ele saiba quem foi a vó dele. Hoje não é uma parte de mim que se vai, mas é uma parte sua que a partir de agora mais do que nunca vai estar presente, brilhando, que será lembrada todos os dias e pulsando comigo. Mãe Maria Helena Leite. Descanse em paz”, escreveu Ramilson Leite.

O velório de Helena Leite será realizado no Parque Folclórico da Vila Palmeira.

Foto: Arquivo Pessoal

3 comentários »

Barbara propõe debate sobre cultura maranhense

0comentário

A cultura é o entretenimento acessível a todos os maranhenses, que contempla as diversidades através de manifestações artísticas e folclóricas, promovendo a democratização e estimulando o turismo com atrações que proporcionam a interação das diferentes faixas etárias.

Acreditando nesse potencial, a vereadora Barbara Soeiro (PSC) encaminhou a Mesa Diretora da Câmara Municipal de São Luís, proposta solicitando a realização de uma audiência pública para debater a cultura em São Luís. O tema será: “A Cultura Maranhense e Seus Desafios Frente a Dimensões Humanas, Sociais, Politicas, Econômicas e Turísticas”.

A parlamentar defende que a temática com a participação de representantes dos órgãos públicos, a Sociedade Civil Organizada terá como foco a grande importância do desenvolvimento e ampliação das atividades no estado, principalmente, por contribuir para a realização de eventos com impacto socioeconômico e cultural.

Foto: Paulo Caruá

sem comentário »

Flávio Dino diz que carnaval foi o maior da história

1comentário

O governador Flávio Dino (PCdoB) destacou, nas redes sociais o trabalho desenvolvido pelo secretário Diego Galdino, na realização do Carnaval do Maranhão que classificou como o maior da história.

Dino estendeu o reconhecimento aos artistas, grupos culturrais, iniciativa priva e à Secretária de Segurança e Polícia Militar e prometeu fazer o carnaval ainda melhor em 2020.

“Fizemos o maior carnaval da história do Maranhão. Agradeço à população, aos artistas e grupos culturais, à Secretaria de Cultura liderada por Diego Galdino, à Secretaria de Segurança e aos policiais, à Prefeitura de São Luís e aos demais parceiros públicos e privados. Agradeço a acolhida fraterna em todos os eventos a que compareci neste Carnaval do Maranhão. Vou me dedicar para ano que vem ser ainda melhor”, disse.

Nas redes sociais, o secretário Diego Galdino, também comemorou o resultado positivo do carnaval.

“Emoção! Essa é a palavra que melhor define os meus últimos 5 dias. Emoção em ver o nosso estado cheio de turistas encantados. Emoção em ver a nossa população ocupando as ruas sem medo e com orgulho de ser daqui. Emoção em ver que a nossa cultura está mais viva a cada dia”, disse

“Agradeço a confiança do governador Flávio Dino. Agradeço a dedicação da equipe da Secma. Agradeço a disponibilidade de todos os parceiros e fornecedores. Agradeço a energia e talento dos nossos artistas. Agradeço principalmente a alegria de cada folião. Foi lindo! Nossa missão agora é continuar surpreendendo positivamente. Já estamos em planejamento para o São João e de olho no Natal de Todos, Réveillon e Carnaval 2020. Avante! “, finalizou Galdino.

Numa avaliação geral, o ponto alto foi o circuito Beira-Mar que chegou para ficar. Melhorando a estrutura e qualidade de som e de programação, o carnaval no Maranhão tem tudo para continuar crescendo.

Neste sentido, o trabalho de Diego Galdino, à frente da Secretaria de Cultura está no caminho certo.

Foto: reprodução/Twitter

1 comentário »

Turistas são recepcionados no aeroporto de São Luís

0comentário

Turistas e ludovicenses que desembarcaram em São Luís nesta quinta-feira (28) no Aeroporto Internacional Marechal Hugo da Cunha Machado foram recepcionados pelo grupo carnavalesco Bicho Terra dentro da Operação Boas-Vindas, uma da Prefeitura de São Luís, por meio da Secretaria Municipal de Turismo (Setur), com a parceria da Infraero e Cruz Vermelha. Durante a ação, mais de mil passageiros, oriundos de sete voos que tinham como destino a capital maranhense, foram alcançados com informações sobre o Carnaval de São Luís e receberam preservativos. A iniciativa, que integra as ações da área de turismo colocas em prática na gestão do prefeito Edivaldo, ocorrerá novamente nesta sexta-feira (1º).

“A Operação Boas-Vindas é para criar esse momento especial de recepção tanto a turistas como aos ludovicenses que estão chegando em nossa cidade. Na oportunidade levamos informações sobre o Carnaval, damos dicas sobre como eles podem ajudar na preservação do nosso patrimônio público e cultural e fazemos a distribuição de preservativos para garantir uma festa carnavalesca com alegria e segura para todos” destacou a secretária municipal de Turismo, Socorro Araújo.

Segundo a titular da Setur, foi a primeira vez a Prefeitura de São Luís executou uma operação de boas-vindas na parte interna do aeroporto. Ano passado, a Secretaria realizou uma ação semelhante na Central de Turismo da Prefeitura, localizada na Praça Benedito Leite.

Os setes voos, em série, começaram à chegar em São Luís por volta das 15h, trazendo em cada aeronave, média estimada de 150 passageiros, vindos de cidades como Minas Gerais, São Paulo, Rio de Janeiro, Recife, Salvador, Fortaleza e de Imperatriz (MA). “Acreditamos que mais de 1.100 pessoas, entre turistas e maranhenses, tenham sido recepcionados nessa operação da Prefeitura de São Luís, com a Infraero e a Cruz Vermelha. Toda ação visa que esses passageiros sejam recebidos no formato diferenciado e que eles consigam ter todas as informações de como será o Carnaval aqui”, informou a superintendente da Infraero no aeroporto Cunha Machado, Taise Brandão Figueiredo.

Presente na ação, o presidente da Cruz Vermelha no Maranhão, Carlos Rangel, disse que a entidade estará presente em ações da Prefeitura de São Luís e também em eventos com o Governo do Estado nos demais municípios com um total de 166 voluntários. “Vamos distribuir preservativos e prover as pessoas com as orientações necessárias para que elas não bebam ao dirigir, que tenham cuidado redobrado com as crianças e que brinquem o carnaval com paz e segurança”, ressaltou. A entidade também estará com uma tenda durante os dias de folia momesca na Passarela do Samba.

Nesse primeiro dia da Operação Boas-Vindas, a animação na recepção aos turistas e ludovicenses ficou por conta dos brincantes do Bicho Terra, um dos maiores grupos de Carnaval da cidade, que embalou os passageiros ao som de ‘Canguru’, ‘Zig Zag’, ‘Carangueijo,’ ‘É Gostosa’, ‘Fogo de Amor’ e ‘Batendo Lata’. “Excelente essa ideia de receber os turistas com músicas e grupos locais. É a primeira vez que sou recebida com tanta festa e alegria em um aeroporto”, contou a turista de Brasilia, Iracy Rabêlo.

Natural de São Luís, a servidora pública Maria José Seabra, que reside há 26 anos em Brasília, também aprovou a recepção carnavalesca da Prefeitura. “Amo o Carnaval da minha cidade e ser saudade já no aeroporto com músicas que enaltecem a minha cidade é emocionante”, afirmou. Ela disse ainda que veio à capital maranhense participar do desfile da escola carnavalesca Flor do Samba e do bloco Vagabundos do Jegue.

Já a turista de Salvador (BA), Maria Marta França garantiu que só viu recepção animada como a de São Luís no aeroporto de Recife. “Adorei essa animação toda. Apesar de ter vindo à capital do Maranhão por motivos de trabalho, já entrei no clima das festas carnavalescas”, revelou.

Nesta sexta-feira (1º), quem deve recepcionar os turistas e ludovicenses no aeroporto Cunha Machado é o bloco tradicional Os Tremendões, a partir de 13h30, reconhecido como uma das brincadeiras mais atuantes de São Luís. Desde a sua fundação até agora, o grupo já conquistou inúmeros títulos, sendo detentor de uma notável galeria de troféus com 10 premiações máximas da competição oficial da Passarela do Samba.

Fotos: A. Baeta

sem comentário »

Flávio Dino mantém Diego Galdino na Cultura

0comentário

O governador Flávio Dino (PCdoB) confirmou nas redes sociais, a permanência do advogado Diego Galdino no comando da Secretaria de Cultura e Turismo (Sectur).

No início da semana, Diego Galdino teve o seu nome especulado para assumir a presidência da Companhia de Saneamento Ambiental do Maranhão (Caema).

Flávio Dino garantiu a permanência de Galdino e disse acreditar na continuidade do trabalho sério e eficiente que vem realizando à frente da Sectur.

“Entre vários boatos, um diz que Diego Galdino sairá da Cultura. Não há qualquer previsão nesse sentido. Ele permanece e tenho certeza de que prosseguirá o trabalho sério e eficiente que vem fazendo”, disse.

Prevaleceu a máxima que diz que time que está ganhando não se mexe.

Foto: Divulgação/Secap

sem comentário »

Disputa e atraso

0comentário

Desde o fim do ano passado, após ser reeleito governador do Maranhão, Flávio Dino (PCdoB) vem tentando montar um quebra-cabeça para contemplar na estrutura do Governo os partidos que deram sustentação política à sua campanha eleitoral.

No dia 1º de janeiro, ele admitiu a necessidade de uma reforma administrativa no primeiro escalão do Executivo, justamente para abrir espaços às legendas. Mas, não tem sido fácil.

Uma intensa disputa entre partidos por algumas das principais pastas de Governo e a falta de consenso têm atrasado a reforma.

Um exemplo disso diz respeito à Secretaria de Estado de Desenvolvimento Social (Sedes), que até o ano passado era conduzida pelo deputado estadual Neto Evangelista. A pasta é alvo do PP e do PR, este último comandado pelo deputado federal Josimar de Maranhãozinho, o mais votado da bancada maranhense para a Câmara Federal em 2018.

Dino teme desagradar Maranhãozinho e “capitães” de outros partidos aliados, e assistir ao desembarque destes na oposição.

Nos bastidores, ele mantém conversa com os partidos e deve usar a sua bancada na Assembleia Legislativa, e até na Câmara, para abrir espaços a suplentes de legendas ainda não contempladas. É uma estratégia já denida.

Além disso, deve fazer pelo menos sete mudanças no Executivo. Na Caema – onde o cotado é Diego Galdino -, atual secretário de Cultura; na Sedes – onde a disputa está acirrada -; na Secap; na Segov e na Segep, entre outras.

Tudo isso para agradar aqueles que bancaram no campo político a sua eleição.

Estado Maior

sem comentário »

Feirinha aquece comércio e cultura no pré-Carnaval

0comentário

Nesta época do ano, quem procura animação em ritmo carnavalesco na capital sabe que a Feirinha São Luís é o ponto certo de encontro dos foliões, como aconteceu nesse último domingo de janeiro (27), na 84ª edição do programa criado na gestão do prefeito Edivaldo Holanda Júnior. A Feirinha São Luís tem se destacado e atraído cada vez mais um maior número de pessoas com atração diversificada que inclui programação cultural, comercialização de produtos da agricultura familiar, artesanato e pratos da comida típica maranhense, em um único espaço.

Neste domingo (27), quem foi à Praça Benedito Leite, local onde ocorre o evento, sempre das 7h às 15h, se divertiu ao som da Banda da Feirinha, bloco tradicional Os Apaixonados, grupo de capoeira Matroá, Banda Sambores, Escola de Samba Flor do Samba e Grupo Argumento.

“A Feirinha São Luís virou essa grande festa da cultura popular, nesse encontro de gerações que celebram sua maranhensidade, em um espaço que é vitrine tanto para os turistas quanto para os ludovicenses, em um ambiente gratuito para o lazer e convivência social. Nós da organização, prezamos sempre pelo bem-estar da população”, enfatizou o secretário de Relações Parlamentares e coordenador geral da Feirinha, Ivaldo Rodrigues.

Atualmente a estrutura da Feirinha São Luís é formada por 120 barracas montadas e sobre rodas instaladas no perímetro da Praça Benedito Leite. Quando começou eram apenas 60 barracas apostando no empreendimento ousado realizado pela Prefeitura de São Luís em parceria com Serviço Nacional de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae-MA).

Desde que foi lançada em junho de 2017, a Feirinha vem contribuindo para a formalização e desenvolvimento dos pequenos negócios com base na Lei Geral da Micro e Pequena Empresa. Em 84 domingos, pela Praça Benedito Leite passaram mais de 500 mil pessoas, entre moradores de São Luís e visitantes de outras cidades, estados e países.

Definitivamente, a Feirinha passou a fazer parte do roteiro turístico de São Luís. Neste período de realização, a venda de produtos possibilitou a circulação de capital da ordem de R$ 24 milhões.

Incentivo cultural

Em todas as edições, a programação cultural funcionou como grande agente agregador e de atrativo turístico. Mais de 500 grupos culturais, entre eles nomes expressivos da cultura popular, do bumba meu boi, tambor de crioula, capoeira, danças do cacuriá, entre outros, além dos shows musicais fizeram parte da programação do evento.

Foto: Renato Carvalho

sem comentário »

Conferências destacam a preservação da cultura

0comentário

Os dois dias, sexta-feira (25) e sábado (26), da Assembleia IOV América, aberta oficialmente nesta quinta-feira (24), pelo prefeito Luis Fernando Silva, foram marcados por uma intensa discussão sobre a preservação da cultura como fomentador de arte dos povos. A Assembleia, que acontece pela primeira vez no Brasil, está sendo realizada no prédio do IFMA, em São José de Ribamar.

O evento tem como objetivo, discutir mecanismo de proteção, preservação e promoção de formas de atuação e ampliação da arte popular e cultura folclórica como elementos do Patrimônio Cultural Imaterial. O representante da IOV Brasil, Clerton Vieira, falou sobre o futuro como forma de preservar o passado, segundo ele é necessário discutir e reinventar estratégias que busquem a preservação da história.

“Estamos discutindo a cultura como o alicerce das políticas, pois somente com um olhar sensível é que teremos como traçar planos de ação que colaborem como incremento dos povos do mundo inteiro”, disse o conferencista.

Também participa da assembleia a coordenadora de cultura da UNESCO Brasil, Isabel de Freitas Paula, além de representantes das culturas populares da América do Sul, América do Norte e América Central, a exemplo do Paraguai, México, Canadá, Argentina, Peru, Chile, Honduras, Paraguai, Uruguai, entre outros.

O evento conta com tradução simultânea nos idiomas Inglês e Espanhol, além da língua portuguesa e segue até este domingo (27). A programação será encerrada com o plantio de árvores no Parque da Cidade, simbolizando a participação de cada membro.

Foto: Divulgação

sem comentário »

São José de Ribamar recebe IOV das Américas

0comentário

Contagem regressiva para a abertura da I Assembleia IOV das Américas, em cooperação com a UNESCO. O evento tem início nesta quinta-feira (24) e se estende até domingo, dia 27 de janeiro, no auditório do Instituto Federal de Ciência e Tecnologia, IFMA, campus de São José de Ribamar.

Representantes de mais de cinquenta países  já começam a chegar nesta quarta-feira (23). A programação terá início quinta-feira (24), a partir das 17h com solenidade de abertura comandada pelo anfitrião, o prefeito Luis Fernando, além da presença do governador do Maranhão, Flávio Dino, do presidente da IOV Mundial, Ali Abdullah, entre outras autoridades e conferencistas da América do Sul, Norte e Central.

Entre os países já confirmados o Paraguai, México, Canadá, Argentina, Peru, Chile, Honduras, além da palestrante, a coordenadora de cultura da UNESCO Brasil, Isabel de Freitas Paula. Entre os temas que serão abordados, os ‘Desafios para os novos tempos’, Missão da IOV como propagador da cultura dos povos’, ‘Criando um futuro para preservar o passado’, entre outras abordagens.

Durante o evento, que terá tradução simultânea nas línguas inglês e espanhol além da língua portuguesa, também será realizado o intercâmbio da cultura, entre todos os países participantes com apresentação de grupos folclóricos.

O município de São José de Ribamar vai mostrar por meio do Bumba meu boi, o encanto, brilho e cores que elevam cada vez mais o destino que ganhou os olhares do mundo inteiro em razão da cultura e religiosidade, sendo cantada inclusive pela escola de samba Tatuapé, que conquistou o bicampeonato com a rica história do município.

Para finalizar a programação, cada participante vai plantar uma árvore simbolizando a participação de cada país. O plantio será feito no Parque da Cidade.

Foto: Divulgação

sem comentário »

Cultura e turismo nas férias em São Luís

0comentário

A edição de 2019 do projeto Mais Cultura e Turismo de Férias terá, partir desta sexta-feira (4), atrações para os maranhenses e turistas, com apresentações de artistas da terra. As atrações, nas semanas deste mês de janeiro, serão em dois pontos: a Praça Nauro Machado, no Centro Histórico de São Luís, às sextas-feiras e na Lagoa da Jansen, aos sábados.  A promoção é do Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado da Cultura e Turismo (Sectur).

Com a Caravana Laborarte, a programação, na noite desta sexta-feira, na Nauro Machado, começa às 19h e será marcada pela presença do Tambor de Crioula do Laborarte, Rosário de São Benedito e o show da cantora Camila Reis, trazendo o ritmo regueiro com o Tributo à Jamaica Brasileira, e da cantora Rosa Reis, com Circulador de Encantos.

Quem também se apresentará, nesta sexta-feira, será o tradicional Cacuriá de Dona Teté. Performático, o grupo, do Laborarte, enfatiza elementos característicos que originaram de um misto de dança e da expressão da teatralidade. A brincadeira é conhecida pela sensualidade que explora o ritmo e o movimento dos quadris. As letras das canções geram uma identidade única que conquistou o público maranhense e de outras regiões.

As coreografias do espetáculo são criadas a partir dos movimentos dos pássaros e animais destacados nas letras das músicas, inspirada nas brincadeiras tradicionais, alegria das caixeiras e brincantes ao final da festa do divino, quando na derrubada do mastro é realização do carimbó de caixeiras.

A programação promete atrair maranhenses e entreter turistas que curtem as férias na capital com atrações que darão continuidade as festividades do período Natalino e do Réveillon de Todos, principalmente no centro histórico. Já a Praça da Lagoa da Jansen vai oferecer programação voltada para o público infantil com espetáculos e atividades recreativas, e para abrir a temporada neste sábado (5), a Banda Unidunitê.

Ocupações Artísticas

Além da programação da edição de férias do Mais Cultura e Turismo, o governo do Maranhão mantém as atrações do Ocupações Artísticas em São Luís. Para esta sexta-feira (4), a partir das 17h30, o Pôr do Sol no Palácio dos Leões, na Praça Dom Pedro II, será ao som do grupo instrumental Tangará.

A programação no Pôr do Sol no Forte de Santo Antônio, que acontecerá no sábado (5), ficará com por conta dos grupo instrumental Tanagará. No domingo (6), é a vez do Cantinho do Choro que começa a partir das 17h30 durante os dois dias do final de semana.

sem comentário »