Campanha contra dengue e chikungunya em Paço do Lumiar

0comentário
agentes comunitários de saúde e de endemias distribuíram panfletos e orientaram a população sobre as formas de contágio

Agentes comunitários de saúde e de endemias distribuíram panfletos e orientaram a população sobre contágio

Paço do Lumiar iniciou nesta quinta-feira, 18, a campanha municipal de combate à Dengue e a Chikungunya, com uma ação educativa no Viva Maiobão. Durante toda a manhã, agentes comunitários de saúde e de endemias distribuíram panfletos e orientaram a população sobre as formas de contágio do vírus Aedes aegypti.

A campanha de combate à Dengue e a Chikungunya acontece até o dia 26, com panfletagem e inspeção nas comunidades, e realização de exames de sorologia nas Unidades Básicas de Saúde.

A coordenadora da Vigilância em Saúde, Palov Fernandes, disse que a proliferação das larvas do mosquito independe do clima, e que a população deve ter a consciência de que a prevenção ainda é a estratégia mais eficiente de combate à Dengue. “É importante que cada morador seja responsável pelo ambiente onde vive não acumulando restos de materiais propícios ao criadouro do mosquito”, alertou.

Apesar de sintomas parecidos, a pessoa com Dengue apresenta febre, dor na cabeça e pelo corpo, manchas vermelhas na pele, dores nos olhos, dentre outros sintomas. Já Chikungunya, os sinais evidentes são as fortes dores nas articulações (tornozelos, punhos, joelhos, cotovelos e coluna vertebral). Ambas são transmitidas pelo mosquito Aedes aegypti.

No mapa da Dengue, Paço do Lumiar está classificado como município médio risco. Este ano foram notificados 40 casos, com um óbito supostamente causado pela Dengue Grave – mais conhecida como Dengue Hemorrágica.

De acordo com a coordenadora de Vigilância em Epidemiologia, Ilana Barros, “os dados são cada vez mais decrescentes, visto às inúmeras intervenções dos ACS e ACE, nas comunidades e bairros de Paço do Lumiar, com os serviços de pulverização do ar – carro fumacê, orientação da população e mutirões de coleta de materiais cumulativos, como carcaças de fogões, geladeiras, pneus, garrafas, outros”.

sem comentário »

Governo esclarece subsídio pago a Roseana

0comentário

Sobre as interpretações equivocadas acerca do subsídio concedido à ex-governadora Roseana Sarney, o Governo do Estado do Maranhão esclarece:

1- Roseana Sarney reassumiu o Governo do Estado em 2009 e em 2011, já reeleita, abriu mão do subsídio de ex-governadora e optou por receber o subsídio de governadora.

2- Agora, ao renunciar ao cargo, referente ao mandato 2011/2014, Roseana Sarney tem direito novamente a requerer o subsídio na condição de ex-governadora.

3- O subsídio trata-se de um benefício especial concedido a ex-governadores, assegurado pela Constituição Estadual, que não se aplica ao teto constitucional, não interferindo, portanto, na sua aposentadoria pelo Senado, conforme o parecer da Procuradoria Geral do Estado (PGE), de no 591, de 22 de junho de 2005, que diz: “A pensão vitalícia concedida ao ex-governador é um benefício de natureza adjutória pelo exercício da função pública relevante que não se confunde com os vencimentos percebidos pelos servidores públicos decorrente da contraprestação de serviços, razão pela qual referida pensão não se submete a regra proibitiva de vinculação prevista no art. 37, XIII, da Constituição Federal”.

4- A legalidade do benefício, embora tenha sido questionada por meio de Ação Direta de Inconstitucionalidade no Supremo Tribunal Federal (STF), em 2005, ainda não tem decisão, seja de caráter liminar ou de mérito.

Fonte: Secretaria Estadual de Comunicação (Secom)

sem comentário »

Mais de 2 milhões saem da linha da pobreza no Maranhão

0comentário

O Maranhão conseguiu tirar da pobreza extrema 2,3 milhões de pessoas, entre 2011 e 2014. Além disso, houve redução de 20% para 8% no número da população abaixo da linha da pobreza. Os resultados positivos são um dos pontos que estão sendo contabilizados, neste fim de ano, pela secretaria de Estado de Desenvolvimento Social e Agricultura Familiar.
Relatório da Organização das Nações Unidas para Alimentação e Agricultura (FAO) confirma que o Maranhão foi um dos estados que mais contribuiu para tirar o Brasil do “Mapa Mundial da Fome”. O documento foi divulgado no mês de outubro, em Roma, na Itália.

“O governo realizou um esforço conjunto para alcançar esses resultados e é gratificante obter esse reconhecimento. Ainda há muito a ser feito, mas ficamos felizes por termos contribuído para um Maranhão melhor no futuro”, afirmou o secretário de Desenvolvimento Social e Agricultura Familiar, Fernando Fialho.

O avanço, segundo o Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDS), elevou o Maranhão à posição de destaque entre os estados que mais reduziram a pobreza no país. O secretário destacou que os resultados são consequência da aplicação de um conjunto de ações voltadas ao setor.
“O governo investiu no fortalecimento da agricultura familiar e fez chegar a todas as regiões do estado as diversas políticas sociais do Plano Brasil Sem Miséria, que tem como mote o combate à fome e a redução da pobreza extrema no país”, explicou.

Ações

As mais de 100 ações executadas levaram a FAO a destacar o Brasil como exemplo mundial no combate à miséria, tendo o Maranhão papel significativo para o alcance dessa meta.

As ações desenvolvidas pelo Governo do Estado levaram o Maranhão a alcançar os indicadores positivos na área. Para Fialho, a adesão de 82 municípios ao Programa de Aquisição de Alimentos (PAA) foi um fator diferencial para o desenvolvimento da agricultura familiar e para a inclusão social, produtiva e creditícia do homem do campo, contribuindo para uma bem articulada cadeia de produção em que há benefícios para todos.

Com a implantação do PAA e do Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE), o estado garantiu aos produtores a certeza de ter mercado consumidor. É que parte das hortaliças compradas para o preparo da merenda escolar deve ser adquirida direto da agricultura familiar.

Paralelo às políticas estruturais de combate à extrema pobreza e à fome, foram desenvolvidas ações para dar suporte às estratégias que visam à redução do problema no Estado. Entre elas destaca-se a Assistência Técnica e de Extensão Rural (ATER), serviço prestado por agentes capacitados pela Agência Estadual de Pesquisa Agropecuária e Extensão Rural (Agerp) que auxiliam agricultores familiares para que melhorem suas atividades produtivas.

A assistência técnica deu um grande salto no Maranhão. De maio de 2011 a julho deste ano, 25.340 famílias de agricultores familiares, em 81 municípios maranhenses, tiveram acesso aos serviços. Esse mesmo público também tem acesso ao Programa de Apoio à Conservação Ambiental, mais conhecido como Bolsa Verde, que contribui para erradicar a extrema pobreza, ao mesmo tempo em que incentiva a conservação do meio ambiente.

De outubro de 2011 a julho deste ano, o Bolsa Verde, que é coordenado pelo Ministério do Meio Ambiente, beneficiou 1.766 famílias maranhenses, em 38 municípios. As famílias beneficiadas se comprometem a fazer uso sustentável dos recursos naturais dessas áreas.

Outro fator que contribuiu para o resultado positivo, foi a qualificação de mão de obra, que facilitou a inclusão dos beneficiários em vagas de emprego no mercado formal. No Maranhão, a ação é desenvolvida por meio do Programa Nacional de Promoção do Acesso ao Mundo do Trabalho (Acessuas Trabalho) e do Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec Brasil Sem Miséria).

Já o Pronatec Brasil Sem Miséria, que oferta gratuitamente cursos de qualificação profissional a pessoas com mais de 16 anos de idade, prioritariamente às que estejam inscritos no Cadastro Único (CadÚnico), beneficiou a 62.805 maranhenses, em 132 municípios, de janeiro de 2012 a julho deste ano.

Fonte: Secretaria Estadual de Comunicação (Secom)

sem comentário »

Novo prédio do Procon no Centro

0comentário
Secretária Luiza Oliveira, ao lado do gerente do Procon, Kleber Moreira, descerra placa de inauguração da nova sede do Procon

Secretária Luiza Oliveira com o gerente do Procon, Kleber Moreira, descerra placa, inaugurando sede do Procon

Em funcionamento o posto avançado de atendimento da Gerência de Proteção e Defesa do Consumidor (Procon-MA), órgão vinculado à Secretaria de Estado de Direitos Humanos, Assistência Social e Cidadania, em parceria com o Instituto Florence de Ensino Superior, por meio de seu Curso de Direito. O novo posto está localizado na Rua Rio Branco (Centro), no mesmo prédio da instituição de ensino, local de fácil acesso para consumidores que necessitam dos serviços, descentralizando as atividades desempenhadas pelo órgão de defesa do consumidor.

“Agradeço ao interesse imediato do Florence e agilidade no processo de abertura. Com este Procon, já chegamos na marca de 12 pontos de atendimento em todo o estado, garantindo acesso a direitos por parte da população e fazendo cumprir o nosso papel de levar mais cidadania aos maranhenses”, informou a secretária de Estado de Direitos Humanos, Assistência Social e Cidadania, Luiza Oliveira.

O atendimento, que conta com a supervisão de advogados profissionais, está sendo realizado inicialmente pelos acadêmicos dos últimos períodos do Curso de Direito. A seleção dos alunos é feita com base no coeficiente de rendimento, freqüência e participação nos eventos acadêmicos. Para a coordenadora do curso, professora Ana Maria Marques, o funcionamento do posto faz parte da concretização de um projeto de crescimento do curso. “O Instituto Florence está muito contente em estabelecer parceria com um órgão de vital importância. Isso fortalece a visão social da instituição além da contribuição para a formação dos alunos”, disse.

A unidade funciona com 40 atendimentos diários, de segunda a quinta-feira, no horário das 8h às 12h, e às sextas são realizadas as audiências de conciliação. “Além de levarmos os serviços do Procon para mais pessoas, essa é uma excelente oportunidade para qualificar e introduzir os futuros profissionais no mercado de trabalho, com a importante responsabilidade de amadurecer o campo do direito do consumidor no Maranhão”, disse o gerente do Procon no Maranhão, Kleber José Moreira.

sem comentário »

Farda não mete mais medo

0comentário

O vídeo abaixo mostra uma briga envolvendo um grupo de pessoas que bebia em um bar no bairro Divineia, vizinho ao Olho d’Água, e dois policiais militares. Abordados por um motivo não esclarecido ao blog, quatro homens reagiram e espancaram os PMs, desferindo socos, chutes, cadeiradas e garrafadas.

Chama atenção a falta de respeito às forças de segurança, tão comum hoje em dia, situação que já resultou em mortes e em outros atos de violência contra policiais.

A data e o nome do bar onde ocorreu o confronto são desconhecidos, mas uma coisa é certa: os militares demonstraram total auto-controle ao não sacar suas armas e atirar nos agressores, que só recuaram após a intervenção de duas mulheres.

As imagens dão a noção exata do perigo que os agentes da lei correm home em dia no cumprimento da sua missão. Assista:

sem comentário »

Conferência Municipal do Idoso em Paço do Lumiar

0comentário

idoso paço

O município de Paço do Lumiar, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Social (SEMDES) e Conselho Municipal do Idoso (CMI) realizam a IV Conferência Municipal do Idoso de Paço do Lumiar, com o tema “Protagonismo e Empoderamento da Pessoa Idosa – Por um Brasil de Todas as Idades”.

O evento reunirá idosos, poder público e sociedade civil organizada numa ampla discussão, avaliação e elaboração de propostas de políticas afirmativas voltada a esse público. Na oportunidade serão apresentados os programas desenvolvidos no município, tendo os idosos como público- alvo.

sem comentário »

Imagem do dia: inauguração das Casas Bahia em São Luís

0comentário

casas bahia

A inauguração de duas lojas das Casas Bahia, hoje, em São Luís, foi cercada pela enorme expectativa de consumidores ávidos por comprar produtos em promoção. Milhares de pessoas se aglomeraram em frente às duas lojas, localizadas na Rua Grande e no Rio Anil Shopping. Na filial do Centro, uma fila gigantesca, que dobrou quarteirão, produziu uma cena curiosa. O movimento também foi intenso na outra loja, onde foi registrada uma imagem emblemática: a de uma mulher entrando correndo, com os braços erguidos, após ter vencido a multidão, comemorando por  ter sido a primeira a pisar dentro do estabelecimento. Uma terceira filial das Casas Bahia será inaugurada em breve no Shopping da Ilha.

sem comentário »

TJ afasta juiz Marcelo Baldochi

0comentário

O Órgão Especial do Tribunal de Justiça do Maranhão (TJMA) afastou preliminarmente do cargo, em sessão plenária administrativa nesta quarta-feira (17), o juiz da 4ª Vara Cível da comarca de Imperatriz, Marcelo Testa Baldochi, com a instauração de Procedimento Administrativo Disciplinar (PAD), para apuração de fatos supostamente abusivos e incompatíveis com o exercício da magistratura, ocorridos no dia 6 de dezembro no aeroporto de Imperatriz, quando o magistrado deu voz de prisão a funcionários de uma empresa aérea após não ter conseguido embarcar em voo com destino a Ribeirão Preto (SP). O juiz responde a outras duas sindicâncias para investigação de denúncias.

O desembargador Antonio Fernando Bayma Araújo, que presidiu as investigações da sindicância, verificou indícios graves de infração disciplinar por parte do juiz, principalmente com a determinação imotivada da prisão dos funcionários da empresa aérea, manifestando-se pela instauração do PAD com afastamento preventivo, por entender que a permanência do magistrado no cargo, ante a instalação de um estado de pânico, poderia influenciar e atrapalhar o curso das investigações.

Durante a investigação preliminar, o desembargador Antonio Fernando Bayma Araújo ouviu os funcionários da empresa aérea, o delegado responsável pelo caso e o juiz Marcelo Baldochi.

Ele ressaltou a existência de diversas outras reclamações e representações contra o juiz apresentadas por advogados, membros do Ministério Público e pessoas da comunidade, dando conta de práticas como abuso de poder, usurpação de competência, entre outras.

“Daí a necessidade de medidas urgentes por parte do Tribunal, ante a influência e o poder deliberado do juiz no âmbito da comarca, evidenciado in loco ante os inúmeros depoimentos a esta comissão sindicante”, frisou o desembargador.

Os desembargadores Antonio Guerreiro Júnior e Jorge Rachid votaram contra o afastamento e instauração do PAD, por entenderem que a medida nesse momento representaria cerceamento de defesa.

Fonte: Tribunal de Justiça do Maranhão

sem comentário »

Casas Bahia chega ao Maranhão com duas lojas em São Luís

0comentário
As novas unidades estão equipadas com mix de cerca de 10 mil produtos, entre móveis, eletroeletrônicos e serviços. Bandeira inaugura presença no estado com geração de emprego local e investimentos superiores a R$ 6 milhões

As novas unidades estão equipadas com mix de cerca de 10 mil produtos, entre móveis, eletroeletrônicos e serviços; bandeira inaugura presença no estado com geração de emprego local e investimentos superiores a R$ 6 milhões

A Casas Bahia inaugura hoje, 17/12, as suas primeiras lojas no Maranhão, em São Luís. As aberturas fazem parte do plano de expansão da Via Varejo, empresa que administra a marca e prevê a abertura de 210 novas unidades entre 2014 e 2016, em todo o Brasil. As novas lojas, localizadas no Centro de São Luís e no Rio Anil Shopping, receberam juntas R$ 6,5 milhões de investimentos e possuem 1.800 m² e 1000 m² de áreas de vendas, respectivamente.

Com as duas unidades de São Luís, o Nordeste recebeu 82 lojas da Casas Bahia desde a entrada da marca na região em 2009, uma média superior a uma inauguração por mês.

“O Maranhão é um importante mercado e queremos fincar nossa bandeira na região. Estas aberturas dão sequência ao plano de expansão da empresa, que tem como um dos focos a região Nordeste”, afirmou Líbano Barroso, presidente da Via Varejo. Ainda segundo o executivo, a expectativa é muito positiva. “Inclusive, já temos a previsão de inaugurar mais uma unidade em São Luís em 2015”, completa Barroso.

As novas lojas da capital maranhense apresentarão aos clientes um mix de cerca de 10 mil produtos, entre móveis, eletroeletrônicos e serviços. Os clientes terão à sua disposição os últimos lançamentos de notebooks, máquinas fotográficas, tablets e smartphones, com exposição que facilite a “degustação”. Os consumidores também vão encontrar serviços, ofertas e facilidades de pagamento.

Para oferecer um atendimento personalizado, a Casas Bahia investiu na contratação de 75 colaboradores recrutados na própria região. Todos preparados para prestar um atendimento de qualidade, uma tradição da marca.

Lojas:

Casas Bahia Grande Center

Endereço: Rua Osvaldo Cruz, nº 415, Centro, São Luís.

Abertura: 07h

Área Total: 5.244m²

Área de Vendas: 1.875 m²

Colaboradores: 46

Casas Bahia Rio Anil Shopping

Endereço: Av. São Luís Rei da França, nº 8, Turu, São Luís.

Abertura: 09h

Área Total: 1.352 m²

Área de Vendas: 1067 m²

Colaboradores: 30

Presença da rede no Nordeste

Após a primeira loja em Salvador, em 2009, a Casas Bahia completa cinco anos na região em 2014, com 82 lojas nos estados da Bahia, Ceará, Pernambuco, Rio Grande do Norte, Sergipe, Alagoas, Paraíba e Maranhão, forte presença logística, com centros de distribuição em Camaçari (BA), Fortaleza (CE) e entrepostos em Natal (RN) e Recife (PE). A região recebeu 15 novas lojas da Casas Bahia em 2014, além das unidades Casas Bahia Mobile, um conceito inédito que a bandeira trouxe para o Brasil, que concentra a venda de produtos e serviços de telefonia e internet móveis, incluindo planos das principais operadoras do país, em um único lugar.

sem comentário »

Com medo de morrer, Júnior Bolinha quer deixar Pedrinhas e ir para o Corpo de Bombeiros

0comentário
Temendo por sua segurança, Júnior Bolinha quer deixar Pedrinhas

Temendo por sua segurança, Júnior Bolinha quer deixar Pedrinhas

O empresário José Raimundo Sales Chaves Júnior, o Júnior Bolinha, preso e pronunciado a júri sob a acusação de ter contratado o pistoleiro Jhonathan de Sousa Silva para assassinar o jornalista Décio Sá, em 23 de abril de 2012, em um bar da Avenida Litorânea, solicitou à Justiça, no último dia 10, a sua transferência do Presídio São Luís I, em Pedrinhas, para o quartel do Comando Geral do Corpo de Bombeiros, no Bacanga. Bolinha alega que o local onde está preso provisoriamente oferece risco à sua integridade física, tendo em vista a sua proximidade com detentos de altíssima periculosidade.

O pedido foi encaminhado ao juiz Ernesto Guimarães Alves, que no momento responde pela 1ª Vara do Tribunal do Júri, responsável pelo julgamento do caso. Antes de se posicionar sobre a solicitação de Júnior Bolinha, o magistrado enviou ofício ao diretor do Presídio São Luís para que este informasse, no prazo de 48 horas, em qual setor o preso provisório está custodiado, suas condições de segurança e outras informações necessárias.

O juiz oficiou também ao Comando Geral do Corpo de Bombeiros para que a instituição informe sobre a possibilidade de transferência e permanência de Bolinha no quartel. Um terceiro ofício foi encaminhado à Direção do Grupo Especial de Operações Penitenciárias (Geop) pedindo esclarecimentos sobre uma missão ocorrida em 10 e 11 de novembro deste ano, no Presídio São Luís I.

Tanto a direção do Presídio São Luís, quanto o Comando do Corpo de Bombeiros e o Geop já acusaram recebimento dos ofícios encaminhados pelo juiz Ernesto Guimarães. Tão logo obtenha as informações, o magistrado emitirá sua decisão sobre o pedido de Júnior Bolinha.

O  crime

Décio Sá foi assassinado por quadrilha de agiotas, segundo a Polícia Civil e o MP

Décio Sá foi assassinado por quadrilha de agiotas, segundo a Polícia Civil e o Ministério Público

Segundo investigações feitas pela Polícia Civil e pelo Ministério Público, Décio Sá foi assassinado por denunciar sistematicamente em seu blog a atuação de uma quadrilha de agiotas junto a várias prefeituras do Maranhão. O bando teira como chefe o empresário e suposto agiota Gláucio Aguiar e seu pai, José de Miranda. O primeiro está preso desde junho de 2012 e o segundo cumpre prisão domiciliar em razão de problemas de saúde.

Além de Gláucio, Miranda e Júnior Bolinha, outras oito pessoas foram acusadas de participação no crime e pronunciadas a júri: Jhonathan de Sousa Silva (autor confesso dos disparos), Marcos Bruno Silva de Oliveira (piloto da motocicleta que deu fuga ao assassino), Shirliano Graciano de Oliveira, o Balão; Elker Farias Veloso, Fábio Aurélio do Lago e Silva, o Capita; Fábio Aurélio Saraiva Silva, o Bochecha (em liberdade desde julho de 2013) e os policiais civis Alcides Nunes da Silva e Joel Durans Medeiros.

Exceto Jhonathan de Sousa Silva e Marcos Bruno, que já foram condenados a 25 anos e três meses e a 18 anos e três meses de prisão, respectivamente, os demais acusados recorreram ao Tribunal de Justiça para não irem a júri popular.

Abaixo, cópia do ofício por meio do qual o juiz Ernesto Guimarães pede ao Comando do Corpo de Bombeiros que se manifeste sobre o pedido de transferência de Júnior Bolinha:

bolinha pede

sem comentário »