Historiador Benedito Buzar relembra fatos históricos dos 180 anos da Assembleia

0comentário
Buzar relembrou principais fatos históricos que marcaram os 180 anos da Assembleia Legislativa

Buzar relembrou principais fatos históricos que marcaram os 180 anos da Assembleia Legislativa

O historiador e ex-deputado estadual Benedito Buzar relembrou, em palestra proferida nesta quarta-feira (4), os principais fatos históricos que marcaram os 180 anos da Assembleia Legislativa.

Os parlamentares aproveitaram também a data para homenagear o deputado que mais exerceu mandatos, o ex-deputado Pontes de Aguiar, com sete passagens pela Assembleia; e, também, para prestar uma homenagear às mulheres que são ou foram deputadas estaduais.

Durante os 180 anos de história, Benedito Buzar disse que foram registradas dezenas de fatos marcantes e que, em muitos momentos, levaram o Maranhão a crises políticas. Em 1934, por exemplo, o Estado viveu uma dessas crises, levando quase ao impeachment do governador Aquiles Lisboa. Diante do conflito, foi preciso uma intervenção federal, após a divisão interna da Assembleia.

A principal crise seguinte aconteceu quando o então governador Benedito Leite foi para a França, enfermo, indo a óbito, naquele país. Em tom bem humorado, afirmou que naquela época existiam três vices. “Imaginem que hoje só com um já dá confusão, imagem com três!”, brincou.

Como Benedito Leite faleceu, assumiu então o primeiro-vice, Colares Moreira, que viajou para o Rio de Janeiro. Dessa forma, o segundo vice quis assumir e diante da disputa, houve intervenção decretada pelo presidente Nilo Peçanha, que chamou o presidente da Assembleia para tomar posse. Um fato depreciativo, de acordo com o historiador, aconteceu em 1936, quando o interventor Paulo Ramos foi nomeado e mandou fechar a Assembleia Legislativa.

Já em 1945, houve as eleições e o país, segundo Buzar, produziu uma constituição. Em 1954, mesmo com a eleição do governador Eugênio Barros, ele não assumiu e houve a famosa Greve de 54, que deixou São Luís sitiada por semanas e o Maranhão envolvido em numa batalha sangrenta.

O historiador falou ainda dos 20 anos em que Vitorino Freire mandou no estado, como líder e como senador. Benedito Buzar lembrou que escreveu um livro sobre o período, “O Vitorinismo”, já na quinta edição. “Foi o período em que aconteceram, na Assembleia, coisas inacreditáveis porque a divisão entre governo e oposição era ferrenha. O embate político era muito forte, mas a Assembleia era apêndice do Executivo, lamentavelmente”, contou.

Depois do Vitorinismo, veio a Ditadura e, com isso, em 64, foram cassados deputados estaduais maranhenses, entre eles Sálvio Dino, pai do governador, e o próprio historiador, que faziam oposição ferrenha ao sistema. Buzar agradeceu ao então presidente da Assembleia, Arnaldo Melo, por haver devolvido simbolicamente os mandatos perdidos pelos deputados cassados.

De acordo com Buzar, um dos momentos mais tristes da história do Legislativo ocorreu em 1967, com a convocação da Assembleia para adaptar a Constituição do Estado aos Atos Institucionais da Ditadura. Ao final do período, de acordo com Buzar, em meados de 1985, sopraram os ventos da democracia, com a eleição presidencial no Colégio Eleitoral, embora tenha havido racha e disputa judicial na definição dos representantes do Estado.

Homenagens

O presidente Humberto Coutinho puxou a homenagem com a entrega de medalha de honra ao ex-deputado Antônio Pontes de Aguiar, possuidor do maior número de mandatos (sete), além de ter sido vereador e prefeito de Chapadinha. Foi exibido também um vídeo com os ex-presidentes da Casa.

Em seguida, foram homenageadas as atuais deputadas (Ana do Gás, Francisca Primo, Graça Paz, Nina Melo, Andréa Murad, Valéria Macedo e Francisca Primo).

As ex-deputadas Aparecida Cardoso, Cleide Coutinho, Cristina Archer, Ivete Botelho, Sandra de Deus, Socorro Waquim, Telma Pinheiro, Marly Abdala, Priscila Sá, Graciete Lisboa, Helena Heluy, Janice Braide e Marinete Gralhada estavam entre as ex-parlamentares homenageadas com a entrega das medalhas.

Todas as solenidades foram acompanhadas pelo governador Flávio Dino (PCdoB).

Fonte: Agência Assembleia

sem comentário »

Vídeo: TSE rejeita ação de Deoclides Macedo e devolve mandato de deputado federal a Alberto Filho

0comentário

O Plenário do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) julgou, por unanimidade, na sessão de 3 de março de 2015, improcedente a ação cautelar apresentada por Deoclides Macedo , suplente de deputado federal pelo Maranhão nas eleições de 2014. Deoclides teve seu registro indeferido pelo TSE e tentava reverter a decisão.

Com isso, o deputado Alberto Filho (PMDB), que com a validação dos votos de Deoclides havia perdido a vaga na Câmara Federal para Julião Amin, recuperou o mandato. Assista ao vídeo do julgamento:

sem comentário »

Deputado Wellington cobra mais celeridade nas ações de governo do prefeito de São Luís

0comentário
 Wellington do Curso cobrou do prefeito cumprimento de propostas de campanha

Wellington do Curso cobrou do prefeito cumprimento de propostas de campanha

Na Sessão Ordinária desta terça-feira (3), o deputado Wellington do Curso (PPS) cobrou do atual prefeito de São Luís, Edivaldo Holanda Júnior (PTC), o cumprimento das propostas de campanha.

Após o discurso do colega de parlamento, Edivaldo Holanda (PTC), que usou a tribuna mais uma vez para destacar as conquistas da gestão do filho, Wellington cobrou a celeridade das ações do plano de governo por parte do gestor que está há dois anos à frente da prefeitura de São Luís. “O prefeito não pode se calar diante das “vozes das ruas” que clamam por uma realidade mais humana”, afirmou.

Ainda no seu pronunciamento, o deputado fez um alerta. “Deputado Edivaldo Holanda, respeitosamente, queria dizer ao senhor e aos demais parlamentares, que eu não posso ser demagogo, fazer um pacto de mediocridade e simplesmente ouvir se falar de obras realizadas pela prefeitura de São Luís que não existem e ficar calado”.

Ao finalizar o seu discurso, Wellington reiterou o seu pedido ao prefeito. “Hoje, como parlamentar, não posso me calar diante das vozes nas ruas, que clamam por melhorias. Isso, nada mais é, que a obrigação de um gestor público. E eu, como cidadão e parlamentar, trago à tribuna da Assembleia o clamor das ruas e que muito ainda há de ser feito”, enfatizou.

sem comentário »

Programa Mais Médicos recebe novos profissionais que atuarão no Maranhão

0comentário

 

Ministro Arthur Chioro recepcionou novos profissionais do programa

Ministro Arthur Chioro recepcionou novos profissionais do programa

Saúde é direito básico do cidadão garantido na Constituição. Com 1,8 médicos para cada mil habitantes, o Brasil, no entanto, está muito abaixo da média de outros países que possuem 3,5 médicos para mil habitantes. O déficit motivou a criação pelo Governo Federal do Programa Mais Médicos, que nesta terça-feira, 03, realizou, no Auditório Central da UFMA, uma solenidade de acolhimento dos novos médicos do programa no Maranhão.

Na abertura da solenidade, que contou com as presenças do ministro da Saúde, Arthur Chioro, do governador Flávio Dino, do prefeito de São Luís Edivaldo Holanda Júnior, e de prefeitos de diversos municípios maranhenses, o reitor Natalino Salgado disse que a UFMA participa ativamente do Programa Mais Médico desde o seu início, com a formação de profissionais que irão construir um cenário melhor para a saúde no Maranhão. “Nos próximos anos a Universidade Federal do Maranhão estará formando 300 profissionais de saúde, garantindo, assim, uma parceria cada vez maior entre o Governo Federal, Estadual e Municipal”, informou.

Reitor Natalino também deu as boas vindas à nova turma de médicos que atuará no Maranhão

Reitor Natalino também deu as boas vindas à nova turma de médicos que atuará no Maranhão

O ministro da Saúde, Artur Chioro, garantiu todo apoio do Governo Federal e do Ministério da Saúde ao Governo do Maranhão para a melhoria e avanços na área da saúde do estado. A meta do Governo Federal, segundo o ministro, é garantir que mais cursos possam ser criados em regiões de maior demanda e que médicos formados em graduações, como da UFMA – que possui o curso de Medicina em São Luís, Pinheiro (na baixada maranhense) e Imperatriz (no sudoeste do estado) – possam ter garantias de trabalho e venham a atuar nos postos de saúde das regiões de formação.

Governador Flávio Dino anunciou prioridades da sua gestão na área de saúde

Governador Flávio Dino anunciou prioridades da sua gestão na área de saúde

De acordo com dados do Ministério da Saúde, em 2014 foram abertas 1.294 vagas para médicos nos municípios localizados em doze Distritos Sanitários Especiais Indígenas (DSEI). Até 2017, a meta é abrir mais de onze mil vagas para profissionais de várias especialidades, via Programa Mais Médicos.
No Maranhão, as vagas preenchidas por médicos com o registro no Conselho Regional de Medicina (CRM) chegam a 95%. Foram ofertadas 124 vagas em 41 municípios.

Para a terceira chamada, estão disponíveis vagas para cinco municípios – Caxias, Arame, Vila Nova dos Martírios, São José de Ribamar e Amarante do Maranhão. A terceira chamada acontecerá nos dias 17 e 18 de março. Os candidatos também podem concorrer a vagas no Distrito Sanitário Especial Indígena (DSEI) do Maranhão.

Médicos aguardam com expectativa o início dos atendimentos aos pacientes no Maranhão

Médicos aguardam com expectativa o início dos atendimentos aos pacientes no Maranhão

O governador Flávio Dino ressaltou algumas das prioridades da gestão para a área de saúde. “A articulação entre o Governo Federal, Estadual e Municipal tem como foco a reforma de hospitais, como o de Pinheiro, onde a UFMA possui o curso de medicina, e o Hospital Municipal de Caxias, onde a UEMA também tem o curso de medicina. Essas unidades poderão, inclusive, ser usadas como hospitais universitários”, disse.

Tutora do Programa Mais Médicos na UFMA, a professora Maria do Carmo Lacerda Barbosa, diz que a Universidade é a responsável pela supervisão acadêmica dos médicos do Programa. “A universidade disponibiliza seis professores, que são os tutores responsáveis pelos trabalhos, junto ao Governo Federal, para a definição das políticas do Programa no estado e para a orientação aos 82 supervisores, que fazem a avaliação das atividades dos médicos nos diferentes municípios”, explica.

Daniel Murad Sampaio, inscrito para o município de Matinha – 236 km da capital – disse que será uma satisfação servir a população e espera ter uma boa experiência. “Estamos na expectativa de como vai ser, mas acredito que será uma experiência muito boa”, especula. O médico revela que, além da exercício profissional, outra vantagem é o bônus de 10% que ganhará, posteriormente, na pontuação das provas de residência médica, ajudando em sua qualificação profissional.

sem comentário »

“DEM não irá mais a reboque de ninguém”, diz presidente do partido em São Luís

0comentário
Ricardo Guterres já trabalha para definir participação do DEM na eleição de 2016

Ricardo Guterres já trabalha para definir participação do DEM na eleição de 2016

O presidente do Democratas em São Luís, Ricardo Guterres, já trabalha para definir a participação do partido na eleição de 2016 na capital. A intenção do dirigente é garantir a reestruturação e o fortalecimento da sigla. Segundo ele, uma coisa é certa: o DEM não irá mais a reboque de nenhum outro projeto político e trilhará o seu próprio caminho, com isenção e autonomia.

Seguindo essa diretriz, o partido já estuda algumas composições. Uma das possibilidades é uma aliança com o prefeito Edivaldo Holanda Júnior (PTC), que ano que vem tentará a reeleição e precisa de apoio para fortalecer seu palanque. “Já conversamos e acho viável uma aliança com o prefeito. Os contatos continuam e podem, sim, evoluir para uma composição”, afirmou Guterres.

Por outro lado, a sigla democrata não descarta outras adesões. Aberto às articulações, o presidente do partido na capital compareceu, no último dia 27, ao aniversário da deputada federal Eliziane Gama (PPS), que mantém firme o seu propósito de disputar a sucessão municipal em São Luís e já fez alguns acenos para o DEM. “Fomos levar nosso abraço à deputada, que é um nome forte para eleição de prefeito na capital”, disse. “Se ela demonstra interesse de incluir nosso partido em seu projeto político, estamos dispostos a conversar”, garantiu.

Com quase dois minutos de tempo na propaganda eleitoral, o DEM é um aliado importante e já foi alvo do assédio de diferentes grupos políticos em eleições passadas. Em 2011, o então prefeito de São Luís, João Castelo (PSDB), assediou fortemente a Executiva Nacional do partido com a intenção de assumir o controle da legenda no Maranhão e fortalecer o seu palanque. As investidas do tucano não vingaram e, enfraquecido também pela debandada de siglas que antes lhe davam sustentação, acabou não se reelegendo.

O DEM mantém o seu peso e tem tudo para voltar a ser protagonista no cenário político local. Ricardo Guterres conhece bem o potencial do partido e está mais do que certo ao decretar a independência da agremiação.

sem comentário »

Em nota, Chinelo de Dedo anuncia que continuará funcionando

0comentário

A casa de shows Chinelo de Dedo divulgou nota em que anuncia a manutenção da sua agenda de eventos, apesar da decisão do Tribunal de Justiça do Maranhão que determina o seu fechamento por perturbação do sossego e da paz social. A empresa informa que como a decisão não é definitiva manterá sua agenda de festas. Segue a nota na íntegra:

chinelo de dedo

sem comentário »

Criada Frente Parlamentar em Defesa da Refinaria Premium I

0comentário
Placa com informações sobre o projeto da Refinaria Premium I

Placa com informações sobre o projeto da Refinaria, que agora conta com frente parlamentar para sua reativação

A Assembleia Legislativa aprovou, na manhã desta terça-feira (03), o projeto de resolução nº 04/2015, que cria a Frente Parlamentar Estadual da Refinaria Premium I, de autoria do deputado estadual Zé Inácio (PT).

Para Zé Inácio, a criação da frente parlamentar propõe uma articulação mais ampla, com prefeitos, deputados federais, senadores, câmaras de vereadores, sociedade civil organizada e sindicatos para discussão da pauta.

A Refinaria Premium do Maranhão, projeto de maior valor da Petrobras, em Bacabeira, teve orçamento inicial previsto de cerca de US$ 20 bilhões. Em termos de capacidade, a refinaria do Maranhão estava projetada para refinar 600 mil barris de petróleo por dia. Esse volume é quase o dobro da refinaria de Paulínia (Replan, em São Paulo), hoje a maior unidade de refino da Petrobras em operação, com capacidade de processar 390 mil barris por dia.

Zé Inácio pretende mobilizar toda a sociedade maranhense para que a Petrobrás reveja a sua posição e continue com o projeto que estava em curso da refinaria.

O deputado explicou que a frente parlamentar pretende mobilizar a sociedade maranhense e brasileira para que todos oss cidadãos conheçam a importância que tem esse projeto para o Maranhão. “Ainda acredito que o projeto da Refinaria Premium I não foi interrompido. Ele foi apenas suspenso temporariamente pelo Governo Federal/Petrobrás e nós confiamos que ess medida poderá ser revertida”, assinalou.

sem comentário »

Justiça manda fechar Chinelo de Dedo

0comentário
Festas no Chinelo de Dedo estão suspensas por decisão judicial

Festas no Chinelo de Dedo estão suspensas por decisão judicial

Os desembargadores da 1ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça do Maranhão (TJMA) mantiveram sentença da 8ª Vara da capital, para determinar o fechamento do estabelecimento “Chinelo de Dedo”, localizada no bairro Cohatrac, não podendo este realizar festas ou eventos que venham a perturbar o sossego e a paz social dos moradores da localidade. Cabe recurso da decisão.

A ação original foi proposta por moradores da vizinhança da Avenida Joaquim Mochel, alegando que a casa se estabeleceu em área residencial e promove festas, eventos, shows e venda de bebidas alcoólicas, causando perturbação ao sossego, tranquilidade e repouso noturno da comunidade, além de poluição sonora, visto que não possui o devido isolamento acústico e o nível de ruídos supera o permitido em lei.

Contestação

Após a sentença para determinar o fechamento, o Chinelo de Dedo recorreu, alegando em sua defesa que possui toda a documentação dos órgãos competentes para o regular funcionamento, tais como alvará municipal, certificado de vistoria do Corpo de Bombeiros, autorização da Delegacia de Costumes, entre outros. Sustentou também que opera dentro dos limites sonoros permitidos, possuindo isolamento em paredes, caixa de isolamento e telas de “abafo”.
O relator do recurso, desembargador Jorge Rachid, decidiu manter a ordem de fechamento, ressaltando aspectos jurídicos ambientais que protegem o direito de todos ao meio ambiente ecologicamente equilibrado.

O magistrado destacou a legislação que define a poluição como a degradação da qualidade ambiental resultante de atividades que direta ou indiretamente prejudiquem a saúde, segurança e bem estar da população.

Para o desembargador, apesar da regularidade no funcionamento, o estabelecimento não comprovou que os ruídos emitidos nos dias de evento estão dentro dos limites permitidos pela legislação, causando perturbação ao sossego da vizinhança.

“Qualquer ação que cause dano ao meio ambiente deve ser devidamente monitorada pelos órgãos públicos, a fim de evitar ou minimizar os efeitos decorrentes de eventual poluição, no caso a sonora, sendo legítimo, portanto, o ajuizamento da ação que vise à suspensão de festas e até mesmo ao fechamento da casa de show, desde que comprovado o abuso”, assinalou o relator. (Processo: 384472014)

Fonte: Tribunal de Justiça do Maranhão

sem comentário »

Vereador Honorato lança projeto “Fala São Luís”

0comentário
Honorato em encontro com populares: ação enfatiza participação popular na atuação parlamentar

Honorato em encontro com pessoas da comunidade: ação enfatiza participação popular na atuação parlamentar

O vereador Honorato Fernandes lança, no sábado (07), às 18h, no Viva Liberdade, o projeto 
Fala São Luís, uma iniciativa que tem em vista a mobilização e participação popular das comunidades dacapital visando ao entendimento do papel do parlamentar nas demandas da sociedade e a importância de 
toda cidadã e todo cidadão no processo de conscientização política.

Honorato explica: “Esse é um tema que identificamos desde a campanha de 2012, quando sentimos a necessidade de mobilização e participação efetiva da população na busca da garantia de seus direitos 
constitucionais e históricos muitas vezes negados, em parte ou em sua totalidade”. 

O vereador esclarece, ainda: “Essa provocação acontecerá nos diversos cantos da cidade, onde discutiremos e debateremos variados temas, buscando, de maneira conjunta e articulada, encaminhar e solucionar o maior número de demandas dos cidadãos juntos aos órgãos públicos, utilizando a força da mobilização e participação popular e a legitimidade do mandato de vereador”. 

O projeto Fala São Luís fará encontros nas comunidades e criará o portal www.falasaoluis.com,
potencializando o uso das redes sociais como ferramentas de divulgação de temas e informações importantes, além de ser um espaço de interação com a população para o encaminhamento de sugestões e 
reivindicações da população. O Fala São Luís também contará com Whatsapp: 987101344 e Facebook: 
www.facebook.com/falasaoluis

Pesquisa 

Em todas as comunidades em que for desenvolvido o projeto será realizada uma pesquisa presencial, dividida em três blocos: um primeiro com informações sobre a realidade do entrevistado, renda, situação dafamília, saúde, escolaridade; um segundo que questiona a avaliação que os moradores fazem do seu bairro e condições gerais nas mais diversas políticas públicas, como saúde, educação, transporte, segurança, etc.; e um terceiro bloco, chamado de sonhos e desejos, em que os moradores são questionados sobre seus anseios para si, para sua família, seu bairro e sua cidade.

A partir da análise dos resultados dessa pesquisa, o vereador Honorato dará encaminhamento às questõesidentificadas. “O vereador possui um passaporte, dado pelo povo através da votação popular, que permite bater e abrir portas juntos aos governos, mas precisa estar em sintonia plena com a população para poder definir prioridades nas suas reivindicações de forma coletiva. A pesquisa identifica essas prioridades e é atrás dessas resoluções que nós vamos correr, junto aos governos, órgãos competentes e 
respectivas autoridades”, assegura Honorato.

Liberdade 

O Fala São Luís acontecerá em vários territórios da Ilha, mas a escolha da Liberdade para ser o pilotoda pesquisa e o lançamento do projeto se deu pelo fato de que tem sido uma área estigmatizada como um bairro extremamente violento. “Na realidade, sabemos que é um bairro de pessoas maravilhosas, rico culturalmente, mas que enfrenta dificuldades de diversas ordens por falta de um olhar mais próximo, 
também por ser numa área central em São Luís. Prova de todo seu potencial foi a forma acolhedora e 
cheia de esperança com que fomos recebidos na Liberdade”, desmitifica o vereador.
sem comentário »

Wellington do Curso destaca incorporação de novos militares pelo Exército

0comentário
Wellington registrou na tribuna sua participação na solenidade de incorporação de novos militares do Exército

Wellington registrou na tribuna sua participação na solenidade de incorporação de novos militares do Exército

O deputado Wellington do Curso (PPS) ocupou a tribuna da Assembleia Legislativa, nessa segunda-feira (2), para registrar sua ida ao 24º Batalhão de Infantaria Leve, a convite do comandante, para participar da solenidade de incorporação dos recrutas e soldados no ano de 2015.

Na oportunidade, o parlamentar falou sobre sua trajetória de vida e o tempo em que serviu ao Exército. Destacou, ainda, o orgulho que sentiu em prestigiar o evento.

“Para mim foi um momento de orgulho voltar ao 24º Batalhão como convidado, 26 anos após minha incorporação no Exército Brasileiro. Veio-me à lembrança o tempo em que incorporei, no dia 13 de fevereiro de 1989. Servi ao Exército por 15 anos, onde aprendi atributos, valores e princípios que até hoje levo em minha forma de viver”, lembrou.

Segundo o deputado, o que mais o chamou a atenção foi um jovem que tentou ser aprovado no concurso de Sargento do Exército pela primeira vez, mas não conseguiu e, insistentemente, mesmo diante das dificuldades que enfrentou, não desistiu e hoje é sargento do Exército.

O parlamentar lamentou, ainda, o falecimento do empresário Raimundo Florêncio e do ex-prefeito de Lago da Pedra, Waldir Jorge.

“Quero fazer referência ao pai do deputado Carlinhos Florêncio, Raimundo Florêncio, que veio a falecer na sexta-feira. Externo minhas condolências aos familiares. E também ao pai da deputada Maura Jorge, atual prefeita de Lago da Pedra. Que Deus conforte seus corações!”, lamentou o deputado.

sem comentário »