Lobão Filho é sabatinado por médicos

1comentário
Lobão Filho abriu série de sabatinas promovidas pelo Conselho Regional de Medicina com candidatos ao governo

Lobão Filho abriu série de sabatinas promovidas pelo Conselho Regional de Medicina com candidatos ao governo

O candidato ao governo estadual pela coligação “Pra Frente, Maranhão”, senador Lobão Filho (PMDB), inaugurou nesta terça-feira (19), em São Luís, uma série de sabatinas será realizada pelo Conselho Regional de Medicina do Maranhão (CRM) com os candidatos ao cargo de governador.

Lobão Filho discorreu sobre sua trajetória como empresário e político, sua visão de governo e de gestor, seu plano de governo e os motivos pelos quais decidiu aceitar o desafio de ser candidato. “Em um leito de hospital, após Deus ter me devolvido a vida, decidi fazer um pacto para melhorar a qualidade de vida de cada um dos 6,8 milhões de maranhenses”, enfatizou.

O candidato peemedebista disse ainda que o seu governo terá a marca de uma gestão voltada para resultados e para o cidadão. “Vamos estabelecer metas a serem conquistas em todas áreas como saúde, educação, infraestrutura, segurança pública, agricultura, desenvolvimento social entre outras”, relacionou.

Lobão Filho também garantiu que o seu governo terá a participação dos mais diversos segmentos. Ele citou como o exemplo o CRM que pode e deve ser grande parceiro da administração estadual na elaboração das políticas direcionadas para a área de saúde.

Para esta área, Lobão Filho citou programas e ações já previstos em seu plano de governo. “Precisamos fortalecer e interiorizar a nossa Universidade Estadual do Maranhão, a Uema, com a ofertas de cursos de qualidade de Medicina em diversos municípios. Hospitais regionais já existem e eles podem servir como hospitais escolas”, salientou.

Ele defendeu ainda que a questão da saúde não é somente um atendimento de qualidade nos hospitais, mas “precisamos combater o problema desde o seu nascedouro com sistemas de abastecimento de água, saneamento para assegurar a melhoria da qualidade de vida da nossa população”.

1 comentário »

Max Barros defende despoluição visual do Centro Histórico de São Luís

0comentário
Projeto de Max obriga concessionárias de energia e de telefonia a despoluir área tombada do Centro Histórico

Projeto de Max obriga concessionárias de energia e de telefonia a despoluir área tombada do Centro Histórico

O deputado Max Barros (DEM), na sessão desta segunda-feira (18), anunciou que deu entrada junto à Mesa Diretora da Assembleia Legislativa a um projeto de lei que obriga as concessionárias de energia e de telefonia a despoluir toda área tombada do Centro Histórico de São Luís, incluindo as ruas Grande, do Sol e da Paz.

De acordo com o projeto as concessionárias de serviço público que cuidam da energia e da telefonia e que têm exploração de rede a cabo, são obrigadas a tirar toda a rede aérea e colocar subterrânea, só permanecendo os postes para iluminação adequados ao padrão do patrimônio histórico. Segundo Max Barros, a iniciativa dará mais segurança às pessoas, tendo em vista que as redes elétricas ficam próximas das sacadas dos sobradões e, a qualquer momento, pode haver um acidente.

“A maior distorção que existe em relação à área tombada pelo Patrimônio Histórico Estadual é a poluição visual causada pelos cabos das redes elétricas, telefônicas, dos postes e os transformadores que poluem todo o visual da área que não foi recuperada como, por exemplo, a Rua Grande e Rua da Paz que podem ter uma tendência para ser um grande shopping aberto para a população de São Luís”, afirmou Max Barros, destacando ainda que a rede subterrânea é mais segura até em termos de manutenção e de garantia da energia. “Se a rede for subterrânea, nós teremos menos interrupção de energia”.

O deputado também sugeriu a compra de casarões particulares e a transformação destes em moradias para a população. Ele acredita que essa medida vai dar mais vida para o Centro Histórico e uma permanente manutenção daquele local. “A minha preocupação com o Centro Histórico, não é de agora. Eu apresentei uma Emenda Constitucional que garante um percentual do ICMS a ser aplicado na preservação e manutenção do Centro Histórico, mas, infelizmente, ainda não foi regulamentada essa lei. Mas nós iremos lutar para que haja uma lei regulamentando para garantir recursos para sua preservação”.

Fonte: Agência Assembleia

sem comentário »

Lisca não sai

0comentário

Do site do Sampaio Corrêa

Após anúncio de demissão, Lisca é mantido como técnico do Sampaio

Após anúncio de demissão, Lisca é mantido como técnico do Sampaio Corrêa

Ao contrário do que foi noticiado amplamente na imprensa local, o técnico Lisca está mantido no cargo de técnico do Sampaio Corrêa.

O presidente Sergio Frota lamentou as informações precipitadas e afirma que não concedeu nenhuma entrevista nesse sentido: “A palavra oficial é divulgada primeiramente no site do Sampaio Corrêa. Então, não tem fundamento esse tipo de informação. O treinador está mantido”.

O presidente entende a impaciência do torcedor, mas destaca que o problema atual do Sampaio é financeiro: “Fazemos futebol com muita dificuldade no Maranhão. O liquido de renda não cobre 40% da folha salarial. Os outros times se reforçaram, tiveram apoio de iniciativa privada e poder públicos dos estados. Fazemos todos os esforços para aumentar as receitas do clube; criamos a loja oficial e estamos aperfeiçoando o projeto Sócio Torcedor. Nosso prejuízo, este ano, é de um milhão duzentos e cinquenta mil reais mil. Prestarei todas as contas com o Conselho Fiscal e publicarei”.

Sergio Frota ainda se questiona: “Imagina se esse time estivesse na zona de rebaixamento? Tenho certeza que aquela minoria não representa o sentimento da imensa torcida Tricolor”.

Lisca está confirmado para comandar o time do Sampaio contra o Atlético/GO, neste sábado, em Goiânia.

sem comentário »

Secretário de Segurança lamenta morte de delegado recém nomeado

0comentário
Delegado Guilherme Monteiro, morto em acidente na BR-222

Delegado Guilherme Monteiro, morto em acidente na BR-222

Em nome de todo o Sistema de Segurança do Maranhão, o secretário Marcos Affonso Júnior, lamenta a morte do delegado Guilherme Monteiro Machado da Silva, 26 anos, natural do Rio de Janeiro, ocorrida no final da tarde desta terça feira (19), em um acidente automobilístico na BR-222. Guilherme Monteiro foi nomeado recentemente para o cargo, após ser aprovado no último concurso público para preenchimento de vagas na Polícia Civil.

O acidente acontece na manhã de ontem, quando o delegado seguia em missão a caminho de São Luís, em um veículo da Polícia Civil. Ele estava em companhia de outros dois policiais, que tiveram ferimentos, mas não correm risco de morte. Um helicóptero do Grupo Tático Aéreo (GTA) chegou a socorrer o delegado e levá-lo ao hospital de Imperatriz, mas ele não resistiu aos ferimentos.

“Como delegado de Polícia Civil, sei como é difícil e árdua essa nossa profissão. Ficamos todos muito tristes com a perda do colega, que era uma pessoa íntegra e de um caráter irretocável. Solidarizo-me com a família do delegado e deixo aqui o meu profundo pesar” declarou o secretário.

Guilherme Monteiro era lotado na Delegacia de Montes Altos e estava há quatro meses nos quadros da Polícia Civil do Maranhão.

sem comentário »

De técnico novo, Sampaio busca salvação na Série B

0comentário
Vinincius Saldanha assumiu comando técnico do Sampaio, como interino ou como titular, quem sabe

Vinincius Saldanha assumiu comando técnico do Sampaio, como interino ou como titular, quem sabe

Foram apenas cinco jogos, em menos de um mês, com duas derrotas, dois empates e apenas uma vitória. Um retrospecto tão fraco não poderia resultar em outra coisa, senão em demissão. Com uma passagem curta, mas polêmica, o técnico Lisca deu adeus ontem ao Sampaio Corrêa, após o 0 x 0 com o Santa Cruz, no Castelão. Vinícius Saldanha, contratado, a princípio, como diretor de futebol, assume o comando do time e inicia amanhã os treinamentos para o jogo com o Atlético Goianiense, no próximo sábado, no estádio Serra Dourada.

Caberá a Saldanha, pelo menos no momento, a tarefa de levar o Sampaio à reabilitação no Campeonato Brasileiro da Série B, após uma sequência de tropeços, dentro e fora de casa. De candidatíssimo ao ingresso no G-4, o time caiu para a 12ª colocação e se não voltar a vencer ficará cada vez mais perto da zona de rebaixamento.

Um dado animador é que em caso de vitória no próximo confronto o Sampaio voltará a se aproximar do pelotão da frente e recuperará a chance de acesso à Série A, já que a diferença para os dois primeiros colocados, Ceará e Vasco, que perderam ontem, é de apenas sete pontos.

Com a mudança na comissão técnica, o Tricolor inicia uma nova fase. Em entrevista concedida à Rádio Mirante AM, logo após o anúncio da demissão de Lisca e da sua indicação para técnico (interino, por enquanto), Vinicius Saldanha mencionou o desgaste físico causado pelas seguidas viagens do time na Série B e a má pontaria do ataque, que tem prejudicado a ascensão do Sampaio na tabela.

Sobre os deslocamentos, só há uma coisa a fazer: ajustar o grupo à dinâmica da competição, que exige que os clubes tenham elencos bem preparados fisicamente e em quantidade e qualidade suficientes para suportar o calendário de jogos.

Já em relação aos erros de finalização, o novo treinador do Sampaio tem a obrigação de corrigi-los. Espera-se que consiga o quanto antes.

sem comentário »

Prefeitura reafirma postura de diálogo com sindicato dos professores

2comentários
Secretário Geraldo Castro Sobrinho reiterou o empenho do município na negociação com o sindicato para o fim da greve

Secretário Geraldo Castro Sobrinho reiterou empenho do Município na negociação com sindicato para o fim da greve

A Prefeitura de São Luís reafirmou a disposição para o diálogo com o Sindicato dos Profissionais do Magistério da Rede Municipal de Ensino de São Luís (Sindeducação). O posicionamento do Município foi explicitado mais uma vez nesta terça-feira (19) pelo secretário municipal de Educação, Geraldo Castro Sobrinho, durante entrevista às rádios Educadora e Difusora AM.

O secretário lembrou que já foram realizadas sete reuniões até agora, sempre com a presença do Ministério Público Estadual (MPE), por meio da titular da 2ª Promotoria Especializada em Educação, Maria Luciane Belo. O esforço para continuar com as negociações tem ocorrido mesmo após o movimento de paralisação dos professores ter sido decretado ilegal pela Justiça do Maranhão e pelo Supremo Tribunal Federal (STF), e mesmo com invasão ao prédio da Prefeitura.

“É uma inverdade dizer que este governo não negocia. Foi confirmada a ilegalidade da greve, mas ainda assim nos interessa o diálogo, porque os impasses devem ser resolvidos. Temos conduzido este processo de negociação participando de todos os passos para que se chegue ao entendimento, buscando desarmar os espíritos. Apostar no confronto não beneficia a categoria”, declarou Geraldo Castro Sobrinho.

O titular da Educação lembrou que a Prefeitura está trabalhando para atender às reivindicações do movimento dentro das atuais possibilidades financeiras, respeitando a Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF). Ele explicou que essas limitações, cumprimento da LRF e queda da arrecadação, ocorrem na maioria dos municípios brasileiros, não sendo a capital maranhense um caso isolado.

“Assim como a categoria, levada pelo sindicato, está esperando uma proposta, também a Prefeitura, levada pela responsabilidade, está dando passos para que as coisas sejam possíveis. Não tomaremos, porém, nenhuma medida que possa quebrar o município ou comprometer as folhas de pagamento”, afirmou o secretário.

Geraldo Castro Sobrinho enfatizou que quase a totalidade dos recursos do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação Básica e Valorização dos Profissionais do Magistério (Fundeb) já é utilizada para o pagamento da folha de professores. Ele lembrou que no ano passado, foi possível conceder um reajuste salarial de 9,5% a categoria e também diversas progressões salariais que estavam pendentes.

Outras ações

O secretário destacou ainda os avanços que estão sendo obtidos pela Prefeitura e que foram reforçados na mesa de negociação, a exemplo da regularização funcional de servidores, com a consequente concessão de aposentadorias que estavam estacionadas. Outro importante passo para a Educação foi a regularização do calendário escolar, assim como a aquisição de 40 ônibus para transporte escolar dos estudantes da zona rural.

Para sanar o antigo déficit de professores na rede municipal de ensino, a Prefeitura realizou no ano passado processo seletivo simplificado, contratando mais de 600 professores. Agora, o Município trabalha para realizar o primeiro concurso público na área em vários anos, com a convocação dos aprovados à medida que a saúde financeira do Município for estabilizada. A comissão para elaborar o edital do certame já está constituída, e conta inclusive com a participação de integrantes do Sindeducação.

Fonte: Secretaria Municipal de Comunicação (Secom)

2 comentários »

Médico que atropelou e matou sargento da PM deixa prisão

3comentários
Médico Marco André Carneiro Salomão deixa Centro de Triagem de Pedrinhas na companhia de advogado

Marco André Salomão deixa Centro de Triagem de Pedrinhas na companhia de advogado (Foto: Marcial Lima)

O médico Marco André Carneiro Salomão, de 27 anos, que atropelou e matou o sargento da Polícia Militar João Eudes Barros Carneiro, no último domingo, na avenida dos Holandeses, deixou a prisão no início da tarde de hoje. Ele foi beneficiado com um habeas corpus concedido pela desembargadora Maria dos Remédios Buna Magalhães.

Marco André, que estava recolhido em uma cela do Centro de Triagem de Pedrinhas, dirigia um veículo SW4 preto, de placas OJI-2008, em alta velocidade e apresentando sinais de embriaguez, quando atropelou João Eudes, que estava passando de motocicleta pela avenida do Holandeses. O acidente aconteceu próximo ao Barramar.

Marco André foi detido, no local do acidente, e encaminhado para o Plantão Central da Rffesa, onde foi autuado por homicídio doloso, quando há intenção de matar e ficará à disposição da Justiça.

O advogado do médico contestou a autuação por homicídio doloso, argumentando que o seu cliente subiu o canteiro central e passou a trafegar na contramão para desviar de outro veículo. A defesa negou que Marco André estivesse embriagado e anunciou que comprovará que ele estava sóbrio quando atropelou o policial.

3 comentários »

Prefeitura de Paço do Lumiar começa a elaborar orçamento para 2015

3comentários

logo paçoA Prefeitura Municipal de Paço do Lumiar inicia nesta quarta-feira, 20, as audiências públicas de discussão e elaboração da Lei Orçamentária Anual (LOA) para 2015.

O primeiro encontro acontecerá na Câmara Municipal de Vereadores, na Sede do município, a partir das 9h, onde serão elaboradas propostas nas áreas de assistências social, agricultura, cultura, infraestrutura, entre outros. A segunda audiência acontecerá na sexta-feira, 22, na UEB Conjunto Paranã, às 14h.

As audiências são ações que validam a transparência da gestão municipal, com a participação popular nas tomadas de decisões e diretrizes do orçamento público para o ano subsequente.

Serviço

O Quê: Audiências Públicas de Discussão e Elaboração da LOA – 2015
Quando: 20 de agosto, às 9h na Câmara Municipal de Vereadores de Paço do Lumiar; e 22 de agosto, às 14h, na UEB Paranã, Conjunto Paranã I
Público – Alvo: Sociedade civil e Comunidade em geral

3 comentários »

Equilibrado, Lobão Filho supera Flávio Dino em debate

12comentários
Lobão Filho e Flávio Dino dominaram debate, mas o peemedebista estava visivelmente mais seguro

Lobão Filho e Flávio Dino dominaram debate, mas o peemedebista estava visivelmente mais seguro (Foto: Daniela Bandeira/TV Guará)

Ato mais significativo da campanha eleitoral até agora, o debate promovido ontem pela TV Guará com os seis candidatos a governador do estado reforçou aspectos já conhecidos pelo grande público e trouxe à tona alguns fatos novos. De velho tivemos principalmente o já surrado discurso de que o Maranhão é governado há quase 50 anos por uma oligarquia, cantilena que já não soa com o mesmo efeito de antes. A novidade que mais chamou atenção foi a mudança de estilo do candidato comunista, Flávio Dino, que parece ter se rendido de vez ao marketing político e abandonado quase que por completo a retórica da qual sempre se valeu para conquistar o eleitor e que o levou à derrota nos dois pleitos majoritários que disputou até hoje.

Os candidatos de oposição criticaram duramente o governo e o peemedebista Lobão Filho, apoiado pelo Palácio dos Leões. Flávio Dino, por exemplo, falou que o modelo de gestão em prática no estado privilegia poucos e ressaltou que caso o adversário do PMDB vença a eleição nada mudará. Lobão Filho foi incisivo e certeiro ao rebater o comunista. “Sou empreendedor e dou emprego a mais mais de 1 mil pessoas. Você, Flávio, nunca criou um emprego”, assinalou, encerrando, assim, a questão.

Quem assistiu ao debate notou claramente a nova postura assumida por Flávio Dino, que diferente das eleições anteriores, aderiu sem cerimônia ao manual do marketing político. Tentando parecer mais leve, o candidato do PCdoB recorreu a frases de efeito, sorriu, ironizou rivais e realçou o gestual, dando a entender que ensaiara bastante sua participação no programa. Por outro lado, não conseguiu deixar de lado o tom acusador, apesar de liderar todas as pesquisas de intenção de votos divulgadas até agora. Como se estivesse acuado, o comunista chegou a pedir direito de resposta no último bloco para rebater o comentário do candidato Zeluís Lago (SDD) de que ele abriga em seu palanque políticos que representam a “escória do grupo Sarney”, como Humberto Coutinho e Rubens Pereira.

O debate teve vários momentos interessantes, mas também foi marcado por intervenções pouco produtivas, algumas nada condizentes com a realidade. O candidato do PCB, Josivaldo Corrêa, teve dificuldade para interagir com os adversários e apresentar suas propostas. Antônio Pedrosa, do PSol, expôs um discurso retrógrado e chegou a vitimizar criminosos ao abordar os problemas do sistema prisional, na tentativa vã de humanizar indivíduos nocivos à sociedade, que merecem a mais implacável repressão. Saulo Arcangeli (PSTU) só se preocupou em atacar, com certa competência, diga-se.

Com a disputa polarizada entre Lobão Filho e Flávio Dino, o debate foi a melhor oportunidade que ambos tiveram, até agora, para mostrar quem tem mais preparo técnico e equilíbrio emocional para o confronto. Visivelmente mais seguro, o peemedebista levou vantagem, sobretudo quando a discussão se tornou mais acalorada.

12 comentários »

Movimento dos professores resume pauta a reajuste salarial

2comentários
Assembleia geral de professores que decidiu pela continuidade da greve,  mesmo na ilegalidade, registrou baixa adesão

Assembleia de professores que decidiu pela continuidade da greve, mesmo na ilegalidade, registrou baixa adesão

Menos de 10% dos professores da rede municipal de São Luís participaram da assembleia extraordinária promovida pelo Sindicato dos professores da rede municipal, SindEducação, realizada nesta segunda-feira, 18, em frente ao Palácio La Ravardière. Embora com quórum desqualificado, a diretoria do sindicato aprovou a continuidade do movimento grevista.

O movimento reduziu a pauta de reivindicação ao aumento dos salários dos professores. A pauta negociada desde o início da paralisação dos professores com a prefeitura de São Luís enumera itens sobre avanços na Educação, como melhoria da estrutura física da rede, dentre outros.

Na mesa de negociação entre prefeitura e grevistas com mediação do Ministério Público, parte da reivindicações está acordada, como a reforma de mais de 50 escolas em caráter emergencial, construções de creches em parceria com o governo federal, etc.

Os grevistas reclamam da falta de unidade do movimento. Esvaziado, o movimento tem definhado com o passar dos dias e o retorno de professores às salas de aula. Para o comando da greve o adversário do movimento está na direção das escolas. Há, portanto, divisão na própria categoria quanto à condução do movimento.

Os professores subiram o tom político condenando posturas de políticos do cenário nacional e local. O presidenciável Aécio Neves virou alvo do repúdio dos professores da pequena assembleia por ter ingressado com uma Ação Direta de Inconstitucionalidade contra o piso nacional dos professores quando era governador de Minas Gerais. A presidente do SindEducação fugiu do tema, comentando sobre a sucessão estadual. Elizabeth Castelo Branco chegou a pedir a rejeição a candidaturas, indiretamente contribuindo com a campanha de grupos adversários ao prefeito Edivaldo Holanda Júnior.

Com temor de que os ocupantes do prédio da prefeitura acabem se isolando do restante dos professores, a diretoria do sindicato se empenha em atrair dissidentes que discordam da continuidade da greve. Nas conversas entre professores presentes na assembleia extraordinária, a estatística mais recorrente foi sobre o número de educadores em sala de aula, crescente dia a dia.

2 comentários »