O Rock’ n roll aterrissa no Shopping da Ilha com a Expo RockWalk Brasil®

0comentário
Guitarra é um dos itens do acervo da exposição que será montada no Shopping da Ilha

Guitarra é um dos itens do acervo da exposição que será montada no Shopping da Ilha

Shopping da Ilha apresenta até o dia 3 de maio a Expo RockWalk Brasil®. Após sucesso na cidade de São Paulo, o evento chega ao estado do Maranhão dando sequência a uma série de ações que pretende visitar importantes cidades do país em 2015, iniciando por uma turnê no Norte e Nordeste.

Nesta nova temporada, o evento traz como atração especial o show do ídolo do rock Kiko Zambianchi no dia 3 de maio, além da belíssima exposição com coleção de guitarras autografadas pelos astros do rock nacional, assim como placas de concreto com as mãos desses artistas eternizados na ‘Calçada da Fama do Rock brasileiro’. As placas exibem nomes como O Rappa, Jota quest, Roupa Nova, Lobão, Milton Nascimento, Charlie Bronw Jr, Kiko Zambianchi, Sepultura, Ney Matogrosso e Gilberto Gil, entre outros ícones que escrevem a história da música brasileira desde os anos 50. Fãs do rock vão poder conferir algumas curiosidades sobre seus ídolos.

Exposição

A “Expo RockWalk Brasil” tem por objetivo divulgar o projeto Rockwalk Brasil, um inesquecível ‘Tributo à História do Rock Brasileiro’, que reúne acervo – único e 100% original – composto pela famosa “Calçada da Fama do Rock”, numa exclusiva coleção de placas em concreto marmorizado, trazendo gravados em baixo-relevo as mãos, autógrafos e mensagens das maiores celebridades do rock nacional. Os painéis trazem a biografia e discografia de alguns dos artistas homenageados, além de fotos tiradas durante as cerimônias de inclusão, e uma coleção de guitarras em cases metálicos com tampo de vidro com os autógrafos das celebridades participantes.

Show Kiko Zambianchi dia 03 de maio às 19h

Kiko Zambianchi fará show de encerramento da exposição no Shopping da Ilha

Kiko Zambianchi fará show de encerramento da exposição no Shopping da Ilha

E para encerrar o evento em grande estilo, no domingo 3 de maio, o rockwalker Kiko Zambianchi, sucesso do rock nacional, vai embalar a todos com suas canções em show único. Kiko, o primeiro a integrar a Calçada da Fama do Rock, em maio de 2008, é referência no cenário musical da década de 80, mantendo-se, desde então, como artista de prestígio no segmento pop-rock. O seu novo CD, que traz a participação da banda Capital Inicial, reúne seus hits da carreira em versões acústicas, como: “Rolam as Pedras”, “Primeiros Erros” e “Eu te Amo Você” encabeçam a lista, ao lado de algumas inéditas.

Serviço:

Expo RockWalk Brasil® de até 3 de maio

Praça de Eventos do Shopping da Ilha

Show Kiko Zambianchi dia 3 de maio às 19h

sem comentário »

Ambev leva arte para dentro do Quiosque Chopp Brahma no Maranhão

0comentário

ambev quiosqueAbril de 2015 – A Ambev leva arte para dentro do bar e firma parceria exclusiva com os melhores grafiteiros do Brasil. A partir do dia 27 de abril, a franquia Quiosque Chopp Brahma lança a campanha “Grafite no Quiosque”.

O Quiosque Chopp Brahma, em parceria com o artista plástico e ilustrador, Fabio Biofa, lança a campanha “Grafite no Quiosque”. O artista, que une a arte de rua à arte digital, foi convidado para representar em arte o que o estabelecimento oferece aos seus consumidores. Os copos levam os temas de futebol, happy hour, música e paquera. No Quiosque Chopp Brahma, na compra de 10 chopps, o cliente ganha um copo. São quatro modelos diferentes para colecionar.

Não é necessário consumir os produtos de uma só vez, os pontos são cumulativos e ao atingir a quantidade basta apresentar o cupom no bar e retirar o copo.

A promoção é válida até 12/07/2015 ou enquanto durarem os estoques.

Acompanhe as notícias e novidades da Ambev também no site www.ambev.com.br e nas redes sociais: www.twitter.com/ambevbrasil | www.linkedin.com/company/ambev

sem comentário »

Bandidos armados com faca e de bicicleta assaltaram Pimentinha e Valber

0comentário

Uma fonte entrou em contato com o blog ontem à noite, por telefone, para informar que o atacante do Sampaio Corrêa Anderson Wanderllan de Moraes Rodrigues, o Pimentinha, foi assaltado na noite do último domingo por dois bandidos armados com facas e que estavam de bicicleta, logo após a vitória de 2 x 1 sobre o Imperatriz. no Castelão. Portanto, não foi uma tentativa, e sim um roubo consumado. A mesma fonte acrescentou que o meia Valber estava junto e também foi atacado pelos ladrões.

Diferente do que foi publicado ontem pelo blog, o centroavante Robert não fazia parte do grupo. Ao deixar o Castelão, o artilheiro deu carona a outros atletas tricolores até a Lagoa da Jansen porque mora em um condomínio naquela área. Após deixar os colegas, foi para casa. Momentos depois, foi surpreendido com os companheiros de time na área externa do seu prédio, onde os mesmos pediram socorro por saber que ele reside lá.

Ainda sobre o assalto a Pimentinha e Valber, o blog foi informado que os ladrões levaram celulares, carteiras e outros pertences.

O blog mantém a versão dos tiros disparados por Pimentinha, pois a fonte da informação demonstrou convicção ao relatar o caso. Outras testemunhas confirmaram que viram o atleta afugentando os ladrões. Uma delas disse que assistiu, da sacada do seu prédio, a reação do jogador, que chegou a ensaiar correr atrás dos bandidos.

Caso queira, Pimentinha terá o espaço necessário para se manifestar neste blog.

sem comentário »

William Júnior deixa presidência do PV em São Luís para se filiar ao DEM

0comentário
William Júnior assina ficha de filiação ao DEM, observado pelo presidente da sigla em São Luís, Ricardo Guterres

William Júnior assina ficha de filiação ao DEM, observado pelo presidente do partido em São Luís, Ricardo Guterres

O militante político William Júnior deixou a presidência do Partido Verde em São Luís para se filiar ao Democratas, com o intuito de auxiliar na execução do projeto que a sigla idealizou para a capital maranhense, com vistas à eleição do ano que vem.

William Júnior foi convidado a se filiar ao DEM pelo presidente estadual, Clóvis Fecury, e pelo presidente do partido em São Luís, Ricardo Guterres, e ontem assinou a ficha de filiação. Tão logo oficializou sua adesão, ele assumiu o cargo de secretário-geral da legenda na capital.

Após conhecer o projeto do DEM para a cidade, que será lançado pelo partido no horário eleitoral, no próximo mês, William Júnior destacou que as perspectivas são as melhores possíveis. Ele afirmou que levará sua experiência como dirigente partidário com forte penetração nas comunidades e como coordenador de várias campanhas políticas para o sucesso da empreitada. “Pretendo participar ativamente dessa nova fase do DEM e contribuir para o êxito do projeto”, enfatizou.

Ricardo Guterres assinalou que a filiação de William Júnior, militante político com larga experiência partidária, mostra que o DEM está no caminho certo. “A filiação do William mostra que nosso partido não está parado. Pelo contrário, é uma demonstração de que estamos atentos ao cenário político atual e aos seus desdobramentos para a eleição municipal do ano que vem”, ressaltou.

Mais

Além de ex-presidente do PV em São Luís, William Júnior foi candidato a vice-prefeito da capital em 2008, na chapa de Waldir Maranhão (PP) e candidato a vereador no pleito de 2012.

sem comentário »

Reitor Natalino Salgado e diretora do CCBS, Nair Portela, se reúnem com cúpula da segurança

0comentário
Encontro tratou sobre a necessidade de policiamento mais ostensivo na área que abrange a Faculdade de Medicina, o Largo dos Remédios e o Hospital Universitário

Encontro tratou sobre a necessidade de policiamento mais ostensivo na área que abrange a Faculdade de Medicina, o Largo dos Remédios e o Hospital Universitário

Quem costuma transitar pelo Centro de São Luís, especificamente no entorno da Camboa e Praça Gonçalves Dias, sabe que a segurança no local dá margem à ação de diversos tipos de delitos, com destaque para assaltos contra profissionais e estudantes da área de saúde, que são os principais alvos por uma razão lógica: é nesse setor que estão instalados o Hospital Universitário Presidente Dutra e a Faculdade de Medicina da Universidade Federal do Maranhão. Há, ainda, a Igreja dos Remédios, uma das mais tradicionais da capital maranhense e que costuma atrair muitos fieis nas missas, sobretudo aos domingos.

Por conta da situação, o reitor Natalino Salgado e a diretora do Centro de Ciências Biológicas e da Saúde, Nair Portela, mediaram, na última sexta-feira, uma reunião com a cúpula da Secretaria de Segurança Pública e acadêmicos de medicina e enfermagem, além da superintendente do Hospital Universitário, Joyce Lages, e do pároco da Igreja dos Remédios, padre Antonio José Ferreira Soares. O encontro serviu para, em conjunto, mobilizarem setores que cuidam da segurança do município e do Estado em torno da discussão e da criação de ações que coíbam os assaltos e outros tipos de delitos que costumeiramente acontecem na região. “Temos uma grande concentração de pessoas nessa área, de estudantes a funcionários do Hospital Universitário e isso chama a atenção de bandidos. Por essa razão temos participado de diversas reuniões para debater a segurança”, destacou a superintendente do HU, Joyce Lages.

O secretário Jefferson Portela afirmou que a situação não é desconhecida da Secretaria de Segurança do Estado. De acordo com ele, apesar de muitas vítimas não fazerem o registro formal, o Boletim de Ocorrência, é de conhecimento do órgão os casos de assaltos na área. “Hoje vivemos em uma situação de segurança precária, em todo o Maranhão, resultado de políticas anteriores. Apesar disso, não nos furtamos ao trabalho de resolver situações atuais, como é o caso em discussão. Estamos corrigindo falhas e elaborando ações que coíbam a marginalidade”, enfatizou.

O secretário destacou que na área do Centro da cidade há um intenso processo de favelização e que há muitas questões sociais a serem resolvidas. “Apesar disso, não podemos deixar de agir para resolver o problema de segurança. Temos que criar mecanismos de ação que atinjam diretamente o alvo”.
Sobre o tema, o coronel Pedro Ribeiro, da Polícia Militar, afirmou que já existem projetos sendo executados. “Há uma intensificação no policiamento e essa é uma ação de resposta. Além disso, estamos analisando todas as situações para buscar alternativas de resolução do problema”, disse ele.

Efetividade

O delegado Geral da Polícia Civil, Augusto Barros Neto, revelou que, além das ações que já estão em execução, há outras a serem executadas, com datas confirmadas, e outras mais a serem planejadas. “Estamos respondendo de forma imediata e pontual, mas também iremos desenvolver estratégias para outras operações. Algumas demandam colaboração entre Estado, Município e Universidade, visto que a segurança é uma área complexa”.

A diretora do Centro de Ciências Biológicas e da Saúde, Nair Portela, destacou que é muito importante perceber que o esforço da comunidade acadêmica, de funcionários do Hospital Universitário e da Igreja, além dos moradores, tem gerado resultados positivos. “Se não houvesse a mobilização em torno da realização de reuniões como essa, as ações que já estão sendo executadas não existiriam, tampouco seriam pensados planos para coibir os delitos que ainda vem ocorrendo aqui na região. Agora temos que acompanhar”.

O representante do Centro Acadêmico de Medicina Antônio Rafael (CAMAR), Luiz Amorim Neto, disse entender a complexidade que envolve o setor de segurança, mas que é necessário que sejam dadas respostas imediatas à comunidade, em forma de ações efetivas, visto que os casos de assaltos são permanentes. “Percebemos um aumento no número de policiais, mas há uma grande desesperança por parte da comunidade. Queremos que sejam dados prazos para a execução das ações que serão planejadas”, disse.

O reitor da Universidade Federal do Maranhão, Natalino Salgado, corroborou com a ideia do acadêmico. “Sabemos que há muitas reuniões ainda a serem realizadas e ficamos satisfeitos com a disponibilidade da cúpula de Segurança do Estado, mas seria ideal criamos um cronograma de ações para apresentarmos à comunidade”, ressaltou.

sem comentário »

Pimentinha cai de bala em bandidos ao sofrer tentativa de assalto na Lagoa da Jansen

7comentários
Pimentinha atirou quatro vezes em bandidos que tentaram assaltá-lo

Pimentinha atirou quatro vezes em bandidos que tentaram assaltá-lo

O atacante do Sampaio Corrêa Anderson Wanderllan de Moraes Rodrigues, o Pimentinha, reagiu à bala a um assalto, ontem à noite, logo após a vitória de 2 x 1 sobre o Imperatriz, na primeira das duas partidas finais do Campeonato Maranhense. O episódio aconteceu na Lagoa da Jansen, para onde o atleta se dirigiu, na companhia do centroavante Robert e três amigas, depois do jogo.

Segundo uma fonte do blog que presenciou a cena, bandidos se aproximaram de Pimentinha e de seus amigos em um carro no trecho em frente ao bar Botequim. Percebendo que se tratavam de assaltantes, o jogador sacou de uma arma de fogo (o blog não foi informado se era uma pistola ou um revólver). Ato contínuo, disparou quatro vezes, afugentando os ladrões.

Os tiros deixaram em pânico as pessoas que se divertiam na Lagoa da Jansen, onde grupos de amigos e famílias inteiras costumam se reunir. Percebendo o mal estar, o jogador e seus acompanhantes se retiraram do local.

Susto à parte, os disparos efetuados por Pimentinha livraram o atleta do pior. Agora, se ele tem ou não porte de arma, essa outra história.

O blog ligou para o número do atacante do Sampaio para tentar obter mais informações sobre o caso, mas o celular estava fora de área.

7 comentários »

Nair vem aí

0comentário

Allan Kardec Duailibe Barros Filho, professor da UFMA

Recuo ao ano de 2007. Visito todos os prédios da UFMA. Um a um. Percorro o perímetro do Campus de São Luís em pleno período de chuva. Tínhamos de nos sustentar no muro para atravessar poças de lama. Não sem irmos acompanhados pelos guardas, por conta do alto índice de assaltos. Dialogamos com a comunidade do Sá Viana e Vila Embratel. Esperança no ar. À frente, Natalino Salgado. Incansável. Brincalhão. “Allan, temos de devolver a autoestima à UFMA”, fala com a sobrancelha levemente levantada mostrando preocupação, embora o tom da voz demonstre alegre confiança.

Chegamos em 2015. O tempo voa. A memória se apressa em apagar os avanços para pensar em avanços maiores. O espírito acadêmico é esse mesmo: ousado, impaciente, sonhador, generoso. Eis que se passaram sete anos! Foram criados novos campi. Novas salas de aulas. Centro Pedagógico Paulo Freire. Centro de Convenções. Pista de atletismo. Passeio e muro ao redor do Campus. Novos prédios nos campi do continente. Novos cursos, inclusive o de Medicina, em Imperatriz e em Pinheiro que, quando falei, debocharam da sugestão. Avanço gigantesco na pós-graduação, sob o comando de Fernando Carvalho.

Mas tem algo imponderável. Mínimo. Que todos usam. É o crachá. Alunos, técnicos administrativos e professores andam de cima abaixo, de leste a oeste com o tal crachá. Ora, só estampa o crachá de seu trabalho quem dele se orgulha. E aconteceu isso: a sonhada autoestima. Obviamente que a oposição à administração atual desdenha. Certamente cumpre seu papel de ser do contra.

E falando nisso. Chegaram às eleições. O debate na comunidade sobre o futuro da Universidade. E, certamente, do Brasil. De um lado, os desafios da academia. De outro, as perspectivas do País. Este último, certamente, influenciará fortemente na vida do primeiro. O Brasil tem um futuro que vemos hoje ser, no mínimo, intrigante. Imerso em uma grande crise política. Para isso, localmente, precisamos de alguém que enfrente os desafios com garra. E sensibilidade. Com energia. E paciência. Com gana. E capacidade de construção.

Há belos nomes que se candidatam ao posto máximo. À reitoria. Mas, de minha perspectiva, creio que quem preenche com grande sabedoria essa candidatura é a Professora Nair Portela. Repito: sabedoria. O leme deve ser entregue a quem saiba comandar em mares revoltos. As nuvens que se avizinham prenunciam tempestades.

A professora Nair tem história. Tem vida de exclusiva dedicação à UFMA. E, por isso mesmo, conhece profundamente a Instituição. Além de ter contribuído, por 32 anos, incansavelmente, à Instituição a quem resolveu devotar a própria história. Tem larga experiência em gestão. Tem estratégia. Tem visão. Tem colaboradores competentes. E, por último, conhece profundamente o legado dos últimos sete anos – o bastante para simplesmente não os descartar.

Um reitor não é uma contraproposta. Nair tem História. Um reitor não é um arroubo. Nair tem consistência. Um reitor é projeto. É proposta. É construção. É consciência. A UFMA precisa de uma mulher que vá além dos desafios que o Brasil impõe. Uma mulher que tenha capacidade de diálogo. Uma mulher que saiba enxergar muito além, porque o desafio é enorme. E tenho confiança que, pela experiência, Nair saberá conduzir a UFMA no processo que se iniciou há sete anos.

sem comentário »

Vereador Gutemberg quer redução do ISS para empresas da área de saúde

0comentário
Gutemberg quer redução de 60% no INSS pago po empresas que atuam na área de saúde

Gutemberg quer redução de 60% no ISS pago por empresas da área de saúde

Com objetivo de conseguir uma redução no ISS em 60% para as empresas que atuam na área de saúde no município de São Luís, o vereador Gutemberg Araújo (PSDB) apresentou uma emenda modificativa ao Projeto de Lei nº 075/2014, aprovada pelo plenário da Câmara Municipal, encontrando-se a espera de um posicionamento por parte do Executivo, relativo a sua sanção.

A proposta do vereador tucano visa alcançar as empresas que comprovadamente trabalham na área de saúde e congêneres, concedendo benefícios tributários como a redução do IPTU, ITBI, taxas de licença para funcionamento e localização de estabelecimento; de publicidade; de revisão e alinhamento do imóvel objeto e ISS.

Convém ressaltar que o projeto inicial encaminhado para o Legislativo Municipal previa os benefícios apenas para as empresas a serem instaladas ou ampliadas. Já com a emenda modificativa de autoria de Gutemberg Araújo serão incluídas as que já estejam implantadas.

O parlamentar social democrata acrescenta que a ampliação dos benefícios visa tornar o mercado ludovicense da área de saúde mais atrativo a implantação de mais empresas desses segmentos, proporcionando um aumento na oferta de serviços e a concorrência, acarretando na redução de preços e ampliação dos serviços.

Situação preocupante

Há algumas décadas o Maranhão vivenciava uma situação preocupante em relação a saúde, a falta de incentivos à implantação de empresas que atuassem nessa área e o alto custo proveniente de carga tributária vigente, que acabavam inibindo os empresários da área a buscarem investir no Estado.

Com o advento da Lei nº 3.758/98 esse quadro teve uma significativa melhora, possibilitando às sociedades civis o pagamento do ISS em valor individual e fixo para cada sócio ou empregado. Essa medida acarretou a redução da carga tributária destas empresas no Estado, e abriu as portas para a realização de investimentos no setor.

Profissionais beneficiados

Medicina e biomedicina/ Análises clínicas, patologia, eletricidade médica, radioterapia, quimioterapia, ultra-sonografia, ressonância magnética, tomografia e congêneres/ Hospitais, clínicas, laboratórios sanatórios, manicômios, casas de saúde, pronto-socorros, ambulatórios e congêneres/ Instrução cirúrgica/ Acupuntura/ Enfermagem, inclusive serviços auxiliares/ Serviços farmacêuticos/ Terapia ocupacional, fisioterapia e fonoaudiologia/ Tarapias de qualquer espécie destinadas ao tratamento físico, orgânico e mental/ Nutrição/ Obstetrícia/ Odontologia/ Próteses sob encomenda/ Psicanálise/ Psicologia/ Casas de repouso e de recuperação, creches, asilos e congêneres/ Coleta de sangue, leite, pele, olhos e materiais biológicos de qualquer espécie/ Unidade de atendimento, assistência ou tratamento móvel e congêneres/ Planos de medicina de grupo ou individual e convênios para prestação de assistência médica, hospitalar, odontologia e congêneres/ Outros planos de saúde que se cumpram através de serviços de terceiros contratados, credenciados, cooperados ou apenas pagos pelo operador do plano mediante indicação do beneficiário.

sem comentário »

Um governo que maquia números da segurança merece credibilidade?

0comentário
Agência do Banco do Brasil de Tasso Fragoso, no sul do Maranhão, a 18ª a ser explodida este ano

Agência do Banco do Brasil de Tasso Fragoso, no sul do Maranhão, a 18ª a ser explodida este ano

Em matéria distribuída à imprensa neste domingo, o Governo do Estado apresentou números referentes às explosões de caixas eletrônicos que não condizem com a realidade. Segundo a versão oficial, foram registradas 14 ocorrências desse tipo este ano no Maranhão. Já a estatística do Sindicato dos Bancários informa que houve 18 casos, dado devidamente comprovado, com local, data e a identificação das instituições financeiras atacadas.

O governo exalta uma queda de 17% do número de explosões de caixas eletrônicas este ano em relação ao mesmo período de 2014. Mas o site do sindicato desmente categoricamente a informação. Na verdade, houve uma ocorrência a mais. Nada a comemorar, portanto.

A estatística do sindicato expõe uma situação ainda mais preocupante: a tendência de aumento expressivo da quantidade de ocorrências em 2015. A se manter a média de crimes verificada até o dia 18 deste mês, data do último ataque, o saldo do final deste ano será muito maior do que o do ano passado.

Planilha divulgada no site do Sindicato dos Bancários comprova ocorrência de 18 arrombamentos de agências bancárias, não 14, como informa o governo

Planilha divulgada no site do Sindicato dos Bancários comprova ocorrência de 18 arrombamentos de agências bancárias, não 14, como informa o governo

O release oficial diz que “o governador Flávio Dino tem a sensibilidade de perceber que essa prática nefasta de assaltos a bancos e explosões a caixas propicia crimes como o tráfico de drogas e armas”. Um discurso que tenta mostrar quão bem intencionado é o comunista, mas que não passa de mera falácia quando confrontado com a realidade.

Visivelmente sem rumo, o governo tem recorrido a uma série de artimanhas para não cair em desgraça de vez junto ao povo. Uma delas é maquiar números da segurança, dando aos cidadãos uma falsa sensação de paz.

Cúmulo da má fé e da desfaçatez.

sem comentário »

Choque desmonta barricada feita por ladrões na Avenida Quarto Centenário

0comentário
Pedras atravessadas por criminosos para interceptar motoristas na Avenida Quarto Centenário e ao fundo viatura do Batalhão de Choque que flagrou e desmontou barricada

Pedras atravessadas por criminosos para interceptar motoristas na Avenida Quarto Centenário e ao fundo viatura do Batalhão de Choque que flagrou e desmontou barricada

O Batalhão de Choque da Polícia Militar flagrou e desmontou, semana passada, mais uma barricada feita por criminosos para interceptar e assaltar motoristas que trafegam na Avenida Quarto Centenário, principalmente à noite. Os bandidos atravessaram pedras no sentido Liberdade-Monte Castelo, na intenção de obrigar os condutores a parar, possibilitando os ataques.

Felizmente, a polícia deu resposta imediata à ousadia. Espera-se que o patrulhamento continue, pois a área margeada pela Avenida Quarto Centenário, entre a Camboa e a Alemanha, tem alta concentração de ladrões, que a cada dia inventam um novo método para surpreender suas vítimas.

sem comentário »