Promessas mentirosas

2comentários

mentira

2 comentários »

Prefeitura de Paço do Lumiar homenageia mulheres de destaque no município

0comentário
Homenagem ocorreu na segunda edição do Baile de Gala das Mulheres Luminenses

Homenagem ocorreu na segunda edição do Baile de Gala das Mulheres Luminenses (Foto: Hamilton Jr.)

Na noite de ontem (31), a Secretaria Extraordinária de Políticas para as Mulheres (SEMUP) homenageou 10 mulheres de destaque no município, na segunda edição do Baile de Gala das Mulheres Luminenses, realizado no convento das Ir. da Purificação, no Maiobão. A cerimônia marcou o encerramento do mês da Mulher e contou com a presença de secretários municipais, dos vereadores Leonardo Bruno Rodrigues e Wellington Sousa e familiares das homenageadas.

De acordo com a secretária Carla Sousa, a Prefeitura de Paço do Lumiar promove essa homenagem simbólica em reconhecimento ao trabalho das mulheres luminenses em vários segmentos. “Acreditamos na força da mulher de Paço do Lumiar, no seu poder de transformação e superação, e a política de assistência ao gênero justifica e reafirma o compromisso da gestão do prefeito Josemar que, de forma audaciosa, criou a secretaria da Mulher”, ressaltou Carla Sousa.

Entre as homenageadas está a dona Ignês Vitória Ferreira da Cruz, uma das moradoras mais antigas da Sede de Paço do Lumiar, professora e mantenedora da tradicional Festa do Divino Espírito Santo. “Fiquei muito emocionada pela indicação entre tantas mulheres importantes no município. Para mim é uma alegria imensa ser reconhecida pela meu trabalho e na minha cidade que tanto amo”, declarou dona Inês.

Outra mulher de destaque no município, homenageada da noite, foi a pedagoga escritora romancista, Ahtange Ferreira, autora de três livros reconhecidos nacionalmente e membro da Academia Luminense de Letras de Paço do Lumiar.

A honraria foi concedida também à Lurdenilde Costa (Líder Comunitária), Miriam Costa (empreendedora), Olindina Heronita (idosa),Lucilene da Silva Conceição (artesã), Kátia Regina (trabalho social), Kátia Régia (saúde), Maria da Graça Privado (educação) e Maria de Fátima da Silva (sindicalista).

sem comentário »

Câmara Municipal aprova permissão de placas para táxi-lotação

0comentário
Presidente da Câmara, Astro de Agum, com representantes do serviço de táxi-lotação (Foto: Paulo Caruá)

Presidente da Câmara, Astro de Ogum, com representantes do serviço de táxi-lotação (Foto: Paulo Caruá)

Uma emenda aditiva a lei promulgada 248/2013, que trata sobre a permissão de placas para taxi lotação, foi aprovada na Câmara Municipal de São Luís nesta quarta-feira, (01/04). O projeto, de autoria da Mesa Diretora do Legislativo Ludovicense, foi colocado em pauta por solicitação do vereador Astro de Ogum (PMN).

A proposta altera o parágrafo terceiro da lei que trata da permissão de 180 placas para os profissionais que exploram o serviço de táxi lotação no eixo Itaqui-Bacanga, pertencentes a cooperativas legalmente constituídas.

Após a aprovação da matéria, Astro de Ogum parabenizou a todos os vereadores pela decisão tomada, destacando a posição de união de todo o parlamento na regulamentação da questão.

Transporte domina debate – Já o horário destinado ao pequeno expediente para pronunciamento dos vereadores foi dominado pelo tema relativo à questão do aumento das tarifas do transporte coletivo. Os vereadores Rose Sales (PCdoB), Fábio Câmara (PMDB) e Bárbara Soeiro (PMN) fizeram abordagem sobre assunto, enquanto Nato Sena (PRP) teceu comentário ao fato da prefeitura ter conseguido uma liminar suspendendo os efeitos da lei 363/14, que prevê a realização de audiência pública antes do Executivo decretar qualquer aumento de tarifa como a do transporte público.

Coube ao vereador Francisco Carvalho (PSL) esclarecer que “a população precisa tomar conhecimento de que a Câmara aprovou um projeto de lei disciplinando que todo e qualquer aumento de tarifa de serviço público deve vir a esta Casa para ser discutido em audiência”.

Por sua vez, Astro de Ogum lembrou que a Câmara não tem nada a ver com aumento de passagem e que no passado existia uma comissão no Legislativo que tratava do assunto, mas foi extinta. “A lei criada para tratar de audiência no tocante ao aumento de tarifa não proíbe o aumento, apenas disciplina a forma”, explicou o presidente.

Isenção de ICMS

No auge do debate acerca do aumento da passagem de ônibus, o vereador Roberto Rocha Junior (PSB) surgiu com a proposta de que o Executivo municipal, aliado ao governo estadual, conceda a redução do ICMS do combustível e do pneu para o setor do transporte coletivo. Para ele essa seria uma maneira de amenizar o problema relacionado com o reajuste das passagens, que penaliza muito o bolso do trabalhador.

sem comentário »

Deputado Wellington ministra palestra para jovens e adultos de escola pública

0comentário
Wellington do Curso palestrou para mais de 100 estudantes do EJA, com idade entre 15 e 60 anos

Wellington do Curso palestrou para mais de 100 estudantes do EJA, com idade entre 15 e 60 anos

A convite da professora e vice gestora Elizabeth Correia, o deputado Wellington do Curso (PPS) ministrou uma palestra motivacional para mais de 100 estudantes que integram o EJA (Educação de Jovens e Adultos), entre 15 a 60 anos, na noite desta segunda-feira (30), na Unidade Escolar Elcida Ramos de Sousa.

Na oportunidade, o parlamentar, que também estudou em escola pública, emocionou aos presentes ao falar sobre sua trajetória de vida e todos os desafios que teve de enfrentar para ascender profissionalmente, além de reafirmar, também, o seu compromisso com a Educação.

“Eu tinha tudo para não estar aqui hoje, pois não tive vida fácil. Enfrentei muitos desafios e momentos de dificuldades. Não estou aqui para dar exemplo a vocês, mas para lhes dizer que nunca desistam dos seus sonhos. A nossa maior glória não reside no fato de nunca cairmos, mas sim em nos levantarmos sempre depois de cada queda. Nunca é tarde para mudar de vida! Se tivermos persistência, dedicação e força de vontade, nós podemos realizar tudo o que queremos”, destacou o vice-presidente da Comissão de Educação da Assembleia Legislativa.

Eleição de conselheiros tutelares

Na terça-feira (31), no Plenarinho da Assembleia Legislativa, Wellington, que vice-presidente da Comissão de Direitos Humanos, participou de Audiência Pública sobre o processo eleitoral unificado da escolha dos conselheiros tutelares 2015.

O evento, presidido pela deputada Valéria Macedo (PDT), teve como objetivo a discussão, preparação, encaminhamento e efetivação da escolha dos conselheiros tutelares, e contou com a participação de representantes do Conselho Estadual de Direitos Humanos; do Promotor da Infância e da Juventude, Márcio Thadeu; e da Secretária de Direitos Humanos, Flávia Gerusa.

Para Wellington do Curso é de fundamental importância o tema em discussão, pois, segundo ele, é necessário que haja políticas públicas sérias voltadas às crianças e aos adolescentes, que são os que mais sofrem em situação de vulnerabilidade.

“Precisamos avançar e melhorar em políticas públicas sérias em prol dos direitos humanos, principalmente na defesa das crianças e adolescentes, que mais estão vulneráveis aos descasos públicos. Assumindo a minha responsabilidade enquanto parlamentar e vice-presidente da Comissão de Direitos Humanos da Assembleia, somo minha voz à dos conselheiros tutelares e me coloco à disposição do Ministério Público, dos conselheiros e de todos os que estiverem dispostos a abraçar essa causa”, finalizou.

sem comentário »

Deputado Zé Inácio discute piso salarial regional com centrais sindicais

0comentário
Zé Inácio discutiu com líderes de centrais sindicais projeto de lei que prevê regularização do piso salarial dos trabalhadores do Estado do Maranhão

Zé Inácio discutiu com líderes de centrais sindicais projeto de lei que prevê regularização do piso salarial dos trabalhadores do Estado do Maranhão

O deputado estadual Zé Inácio (PT) se reuniu nesta terça-feira (31) com membros das Centrais Sindicais para discutir o projeto de lei que trata da regularização do piso salarial dos trabalhadores no Estado do Maranhão.

Estiveram presentes na reunião representantes da Central Única dos Trabalhadores (CUT), Nova Central Sindical dos Trabalhadores (NCST), Central dos Trabalhadores e Trabalhadores do Brasil (CTB), Força Sindical e Centrais de Serviços Brasileiros (CSB).

Na oportunidade, o deputado explicou que o objetivo do projeto é a criação do piso salarial regional das categorias profissionais dos trabalhadores no Estado do Maranhão, enumeradas na Classificação Brasileira de Ocupações (CBO), que prestam serviços de natureza não eventual e tenham como tomadores de serviço as pessoas físicas, as pessoas jurídicas de direito privado, que sejam estabelecidas ou que tenham filial, sucursal ou escritório de representação no Estado do Maranhão e as empresas públicas e sociedades de economia mista federais, estaduais e municipais.

O parlamentar afirmou, também, que devem estar estabelecidas ou que tenham unidade de atuação ou filial no estado, a exemplo do que acontecem em outras unidades da federação, como Rio Grande do Sul, Paraná, São Paulo, Rio de Janeiro e Santa Catarina. “Alguns estados da federação já adotaram a aplicação do Piso Salarial Regional e o Maranhão precisa acompanhar esses avanços”, justificou o deputado.

A presidente da Central Única dos Trabalhadores (CUT), Adriana Oliveira, parabenizou o parlamentar pela iniciativa do projeto de lei. “O deputado Zé Inácio teve uma grande inciativa, que é o projeto de Lei que regulariza o piso salarial dos trabalhadores”, disse.

Já o presidente da Força Sindical, Francisco Saraiva, saiu em defesa do Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese) que, segundo ele, é essencial para a construção do Projeto de Lei.

Zé Inácio esclareceu, ainda, que a proposta também prevê a constituição de uma comissão tripartite entre as Centrais Sindicais e Federações Patronais no Estado, com a participação do Governo do Estado através da Secretaria de Estado do Trabalho e da Economia Solidária (Setres), e acompanhamento do Ministério Público do Trabalho e Superintendência Regional do Ministério do Trabalho e Emprego para negociar os valores e reajuste do piso a cada ano.

Encaminhamentos

Durante a reunião foram feitos alguns encaminhamentos, como a viabilidade de reunião da assessoria do deputado Zé Inácio com o Dieese para discutir os indicadores da classe trabalhadora do Estado do Maranhão. E uma nova audiência no dia 22 de abril com as centrais, tendo como finalidade apresentação das complementações à Lei apresentada.

sem comentário »

Justiça libera 281 presos para passar Semana Santa em casa

0comentário
Presos liberados de Pedrinhas em saída temporária anterior (Foto: arquivo/O Estado do Maranhão)

Presos liberados de Pedrinhas em saída temporária anterior (Foto: arquivo/O Estado do Maranhão)

A juíza Ana Maria Almeida Vieira, titular da 1ª Vara de Execuções Penais de São Luís, assinou portaria autorizando a saída temporária de 281 presos do Complexo Penitenciário de Pedrinhas no feriado da Semana Santa. Os detentos começaram a deixar as unidades prisionais hoje e terão que retornar no próximo dia 7. Na portaria, a magistrada ressaltou que o benefício só será concedido aos apenados que não estiverem presos por outros motivos.

Os detentos beneficiados com a saída temporária terão que cumprir algumas normas. Estão obrigados a se recolher às suas residências até as 20h e estão proibidos de ingerir bebidas alcoólicas, de portar armas e de frequentar festas, bares e/ou similares.

Os dirigentes das unidades prisionais onde os detentos cumprem pena deverão comunicar à 1ª Vara de Execuções Penais o retorno dos internos e eventuais alterações até as 18h do próximo dia 9.

Na última saída temporária, concedida pela Justiça no Natal passado, 56 dos 291 presos beneficiados não retornaram às unidades prisionais, o que corresponde a um percentual de evasão de quase 20%.

Por isso, a pergunta que fica é: quantos não voltarão dessa vez?

Saiba mais

A saída temporária é um benefício previsto na lei de execuções penais e depende de autorização judicial. O beneficio é permitido para presos que apresentam bom comportamento, já cumpriram uma parte da pena e estão no regime semiaberto. Conforme a legislação, os condenados podem ter autorização para saída temporária por até sete dias durante cinco vezes no ano.

sem comentário »

Jovem assassinado no Centro não era estudante do Florence

0comentário

A Diretoria do Instituto Florence de Ensino Técnico e Superior, a respeito do latrocínio ocorrido na manhã desta quarta-feira, 1º de abril, por volta das 7h, na Rua Rio Branco, vem a público esclarecer que a vítima, Rafael Serra Santos, de 25 anos, não é aluno da instituição.

Segundo os familiares da vítima, que conversaram com funcionários do Florence, ele estaria dirigindo-se a uma consulta médica, quando foi surpreendido, segundo informações de testemunhas, por um assaltante armado e reagiu à investida criminosa, tendo sido baleado com um tiro na cabeça.

A Diretoria lamenta a tragédia e solidariza-se com a família da vítima. Ao mesmo tempo, enfatiza sua responsabilidade para com a segurança interna de seus alunos e funcionários, adotando três tipos de monitoramento: o eletrônico, as rondas internas e a vigilância de portaria e corredores, com serviços prestados pela empresa Newserv.

Outrossim, a instituição estimula as rondas policiais naquela área do centro de São Luís, por entender a importância da segurança pública para o cidadão, e para a garantia da integridade física de seu corpo discente, docente e funcionários.

       Instituto Florence de Ensino Técnico e Superior
Rua Rio Branco, 216 – Centro
(98) 3878-2120

sem comentário »

Mudança, a mentira mais sórdida

0comentário

dia da mentiraHoje, 1º de abril, é Dia da Mentira, uma data associada à frivolidade, mas que no Maranhão do presente deve ser levada a sério, tamanha a desfaçatez de um governo que se elegeu pregando um discurso de mudança, que jamais se confirmou na prática. De novidade mesmo só os métodos mais mesquinhos e odiosos já registradas na história do estado, que empurram os maranhenses de volta à pobreza, dando vazão a um único sentimento: a desesperança.

No Maranhão de hoje o desemprego bate à porta clamorosamente, frustrando todas as expectativas de progresso de outrora e desmentindo categoricamente a promessa de igualdade e justiça social difundida em palanque pelos atuais donos do poder. Dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), do Ministério do Trabalho, revelam que só em janeiro e fevereiro deste ano – portanto, nos dois primeiros meses da era Flávio Dino – foram fechados 6.369 postos de trabalho no estado.

O episódio mais recente a confirmar essa estatística dramática foi o anúncio da demissão de 650 empregados da Alumar, um duro golpe na economia local, que gera sobressalto em todos os outros setores produtivos.

A promessa de paz também não passou de balela. A verdade é que a violência campeia pavorosamente, enchendo de dor e sobressalto as famílias. Independente da classe social, a insegurança mostra a sua face impiedosa a cada dia. Nesta quarta-feira, por exemplo, São Luís foi acordada com a notícia macabra do latrocínio de um estudante em pleno Centro, um grave atentado à sociedade, que chocou ainda mais por ter ocorrido em plena luz do dia, na região mais movimentada da cidade.

O pior é que não há qualquer indício concreto de que esse quadro será alterado. A ação governamental nesse sentido não vai além de um discurso mal engendrado, desconstruído por sucessivos erros e omissões e, obviamente, pela escalada do crime.

Os maranhenses também foram enganados com promessas de melhorias na saúde, na educação, na infraestrutura e em tantas outras áreas de competência do governo. O atendimento hospitalar, revolucionado na gestão passada, agora passa por crise, materializada pela falta de médicos, enfermeiros e outros profissionais, sucateamento e superlotação de UPAs e outras unidades de saúde e até atrasos salariais, um caso flagrante de descaso com a vida.

Dezenas de escolas têm o quadro de professores desfalcado e precisam de reformas emergenciais, pendências que comprometem drasticamente o ensino e o aprendizado. Os investimentos em infraestrutura são pífios. Não há qualquer plano para recuperação de rodovias estaduais. As estradas que cortam a Ilha de São Luís, por exemplo, têm trechos quase intrafegáveis. A situação não é nova, mas, a julgar pelo que foi prometido, a tão esperada recuperação deveria ser prioridade.

Eleito com votação expressiva, o governador Flávio Dino vai perdendo a credibilidade em meio a tantas promessas não cumpridas. Para desgosto do povo, o Dia da Mentira remete à triste realidade vivida hoje em dia no Maranhão.

sem comentário »

Prefeito Josemar capta recursos federais para Paço do Luliar

0comentário
Josemar obteve uma emenda de R$ 1,5 milhão e outra de R$ 500 mil para construção de creches e para ações de saúde em Paço do Lumiar

Josemar obteve uma emenda de R$ 1,5 milhão e outra de R$ 500 mil para construção de creches e para ações de saúde

O prefeito Josemar Sobreiro (PR) participou na ultima segunda-feira (30), em Brasília, de uma reunião com a cúpula do​ ​Fundo​​ ​Nacional de Desenvolvimento da Educação Básica (FNDE) para tratar da implantação de creches convencionais no município.

Durante passagem pelo Congresso Nacional, Josemar Sobreiro foi recebido pelo deputado André Fufuca, que, na oportunidade​,​ destinou a Paço do Lumiar ​emenda parlamenta​r​ no valor de R$ 1.500,000​ (um milhão e meio de reais)​ para a infraestrutura​​ e outra ​do ex-deputado Sétimo Waquim, no ​valor de R$ 500 mil reais, para o fortalecimentos dos serviços de saúde.

De acordo com o prefeito Josemar, a visita foi muito produtiva. “Paço do Lumiar hoje é reconhecido pela nova política adotada, pelas ações de grande relevância, que vêm mudando a realidade da população. Essa nova vertente é fundamental para a aquisição de recursos e melhorias para o município”, disse.

sem comentário »

“Operação Imperador”, da Polícia Civil, prende agiotas e apreende bens de investigados

0comentário
Secretário Jefferson Portela apresenta resultado da “Operação Imperador”

Secretário Jefferson Portela apresenta resultado da “Operação Imperador”

As investigações sobre a rede de agiotagem no Maranhão resultaram em duas prisões, nove mandados de condução coercitiva e 38 mandados de busca e apreensão no estado. A operação, denominada”Imperador”, resultou na prisão da ex-prefeita de Dom Pedro Arlene Barros Costa, acusada de envolvimento na prática de agiotagem e licitações fraudulentas, que culminaram no desvio de mais de R$ 5 milhões dos cofres públicos.

As investigações também revelaram o envolvimento de Alfredo Falcão, filho de Arlene, Rodrigo Manso, sobrinho da ex-gestora, e João Cavalcante Neto, funcionário utilizado como laranja no esquema de corrupção. Os três acusados já receberam mandado de condução coercitiva.

Na casa de Arlene, em São Luís, foram apreendidos quatro veículos e um montante de documentos falsos. Em Codó, 20 carros de luxo da ex-prefeita foram retidos pela polícia. Mais de 10 empresas fantasmas criadas por Arlene e a família foram descobertas com registros falsificados. O filho da ex-prefeita, Eduardo DP, conhecido no município por ‘Imperador’, está sendo investigado por envolvimento direto em fraudes de procedimentos licitatórios, utilização de documentação falsa (identidade e CPF) e CNPJ’s fantasmas. Ele é considerado o líder da quadrilha na área.

O foco da agiotagem e licitações fraudulentas em Dom Pedro era a distribuição de merenda escolar e medicamentos. O secretário de Segurança Pública, Jefferson Portela, afirmou que as investigações no município continuam e que nos próximos dias novos fatos serão acrescentados ao processo. “Em Dom Pedro aconteceu a primeira etapa de uma investigação contínua sobre corrupção e agiotagem no Maranhão. A morte de Décio Sá foi uma referência para as investigações sobre esse crime e vamos dar continuidade ao desbaratamento destes grupos corruptos. Estamos retomando as investigações para finalizar tudo. O trabalho não irá parar”, enfatizou o secretário.

Processo de investigação

Carros de luxo pertecentens a agiotas foram apreendidos na operação

Carros de luxo pertencentes a acusados de agiotagem foram apreendidos na operação

Segundo o secretário Jefferson Portela, o dinheiro público era desviado para o pagamento a agiotas envolvidos nos esquemas fraudulentos. “Encontramos vários cheques de prefeituras que estão sendo investigadas. Neste governo não haverá tolerância com a corrupção e a diretriz do governador Flávio Dino é para que haja uma apuração radical no combate ao uso ilegal do dinheiro público. Retomamos as investigações, e a Polícia Civil está preparada para concluir e encaminhar o resultado final ao Poder Judiciário”, explicou o secretário.

O delegado-geral da Polícia Civil, Augusto Barros, explicou que está obtendo provas para compor o processo da Prefeitura de Dom Pedro. “Estamos no momento de recolhimento de material coletado a partir de buscas de apreensões, as oitivas dos conduzidos e presos para que possamos fechar o conjunto probatório. É um trabalho interno muito forte e em seguida, vamos fechar esse procedimento e dar continuidade às investigações em outros municípios. A rede de agiotas presa à época da morte de Décio Sá revelou muito material, que está sendo aproveitado. Vamos transformar em provas para que possa culminar em acusações contundentes”, assinalou o delegado.

Combate à corrupção

O secretário antecipou que em abril a Secretaria de Segurança Pública inaugurará a Superintendência Estadual de Prevenção e Combate à Corrupção, que acompanhará de perto os processos de investigação relacionados ao mau uso do dinheiro público e agiotagem. “A superintendência dará um novo gás às investigações e permitirá o acompanhamento dos passos para compor os processos probatórios”, ressaltou Portela.

Fonte: Secretaria Estadual de Comunicação (Secom)

sem comentário »