“O Socorrão de Imperatriz está jogado às baratas”, denuncia deputado Wellington

0comentário
Deputado Wellington conversa com paciente que aguarda atendimento deitado em banco de madeira

Deputado Wellington conversa com paciente que aguarda atendimento deitado em cadeiras

Durante sua ida a Imperatriz, após cumprir vários compromissos políticos, o deputado Wellington do Curso (PPS) fez uma visita surpresa, na tarde da última sexta-feira (28), ao Hospital Municipal de Imperatriz (Socorrão), onde ficou estarrecido com a situação encontrada.

De acordo com o parlamentar, o Hospital encontra-se em estado de precariedade e desumanidade e, ao falar com pacientes, pôde comprovar as principais problemáticas daqueles que precisam do sistema municipal de saúde.

“Ao conhecer de perto o hospital municipal de Imperatriz, pude comprovar quanto a nossa saúde ainda encontra-se na ‘UTI’. Ao passar por cada parte vemos o caos: super lotação, pessoas atendidas nos corredores (macas nos corredores), pacientes tomando soro nos corredores e segurando as bolsas de soro na mão, baratas por todos os lados, dentre tantas outras mazelas que ferem a dignidade humana. O hospital de Imperatriz está jogado às baratas! Enquanto representante do povo maranhense e vice-presidente da Comissão de Direitos Humanos da Assembleia Legislativa, não me calarei diante de atos desumanos como este”, relatou.

Mal acomodado em maca, em corredor, paciente denuncia atendimento precário ao parlamentar

Mal acomodado em maca, em corredor, paciente denuncia atendimento precário ao parlamentar

Ao discorrer sobre as problemáticas do Socorrão de Imperatriz, durante seu pronunciamento na sessão desta segunda-feira (31), Wellington destacou o artigo 196 da Constituição Federal de 1988 que defende a saúde como direito de todos e dever do Estado, garantido mediante políticas sociais e econômicas que visem à redução de risco de doenças.

Na ocasião, o parlamentar encaminhou requerimentos ao Centro de Apoio Operacional de Defesa da Saúde (CAOp), solicitando a fiscalização no Hospital Municipal de Imperatriz; e à secretária municipal de saúde, Conceição Madeira, solicitando esclarecimentos sobre a prestação de serviços de saúde no município, a superlotação, atendimento desumano nos corredores do Hospital, dentre outras mazelas que prevalecem no local.

Assista ao vídeo que mostra o hospital infestado por baratas:

sem comentário »

Bandidos fazem o raspa em restaurante no Vinhais

0comentário

Clientes do Churrasquinho do Lima, restaurante muito bem frequentado do conjunto Vinhais, viveram momentos de terror, no último sábado, sob a mira de quatro assaltantes. Os bandidos fizeram um verdadeiro raspa nas pessoas que estavam no estabelecimento. Felizmente, ninguém saiu ferido. A ação criminosa foi filmada pelas câmeras de videomoniramento da casa e circula em redes sociais, em blogs e já estão em poder da polícia.

O crime aconteceu por volta das 22h30. Os quatro ladrões chegaram em um carro branco e logo deram voz de assalto. Uma mulher que tentou fugir foi ameaçada com uma arma e retornou à mesa onde estava sentada, para em seguida entregar seus pertences a um dos meliantes. Vários outros clientes também foram roubados.

Em seguida, os bandidos foram para dentro do restaurante e levaram dinheiro do caixa. Os ladrões ordenaram que todas as vítimas ficassem de cabeça baixa para que não os reconhecessem.

Os bandidos foram embora no mesmo carro em que chegaram, levando dinheiro, celulares, jóias e vários outros pertences. As imagens das câmeras podem auxiliar no reconhecimento do quarteto.

Assista aos dois vídeos com imagens do assalto:

 

sem comentário »

UFMA concede título de Doutora Honoris Causa à professora Maria Ozanira da Silva e Silva

0comentário
Reitor da UFMA, Natalino Salgado, entrega título de Doutor Honoris Causa à professora Maria Ozanira da Silva e Silva

Reitor da UFMA, Natalino Salgado, entrega título de Doutora Honoris Causa à professora Maria Ozanira da Silva e Silva

São Luís – O Programa de Pós-Graduação em Políticas Públicas da Universidade Federal do Maranhão, reconhecido pela CAPES/MEC como um dos doze melhores do Brasil, viveu uma noite especial na última quinta-feira. A professora Maria Ozanira da Silva e Silva, fundadora do Programa, recebeu do reitor Natalino Salgado o título de Doutora Honoris Causa, honraria oferecida pela UFMA a personalidades que se distinguem pelo saber, pela atuação na ciência ou pelo melhor entendimento entre os povos ou em defesa dos direitos humanos, características que traduzem o trabalho da homenageada, com 48 anos de atuação pela Universidade.

A solenidade, realizada no auditório do Centro Pedagógico Paulo Freire, na Cidade Universitária Dom Delgado, contou com a presença da coordenadora da área de Serviço Social da Capes, Maria Lucia Garcia; da coordenadora do Programa de Pós-Graduação em Políticas Públicas da UFMA, Valéria Ferreira Santos de Almada Lima – que fez o pronunciamento em homenagem a Maria Ozanira; do pró-reitor de Pesquisa e Pós-Graduação, Fernando Carvalho Silva; e da pró-reitora de Ensino , Isabel Ibarra Cabrera.

São incontáveis as contribuições de Maria Ozanira para a área de políticas públicas no estado e no país. Como docente, iniciou sua atividade na UFMA em 1967, onde construiu uma carreira de muita dedicação e êxito. Publicou 46 artigos científicos em periódicos nacionais e internacionais, 57 capítulos em livros de diversas áreas e 72 textos em anais de eventos científicos nacionais e internacionais. Atualmente, ela é referência nacional e internacional no meio científico pelos estudos realizados nos temas “pobreza”, “políticas de enfrentamento à pobreza” e “programas de transferência de renda”, cujos estudos começaram ainda nos anos 70, sendo interlocutora da área em várias gestões da universidade.

Junto a outros pesquisadores, participou da criação da Fundação de Amparo à Pesquisa e Desenvolvimento Científico do Maranhão (Fapema), da qual foi a primeira coordenadora do Comitê de Ciências Humanas e Sociais e, posteriormente, se tornou membro do respectivo Conselho Superior. Em 1990, coordenou uma equipe de docentes que deu origem, em 1993, ao Mestrado em Políticas Públicas da UFMA, onde foi a primeira coordenadora. Em 2001, com a reestruturação do curso para torná-lo em Programa de Pós-Graduação em Políticas Públicas, contribuiu para a criação do curso de doutorado na mesma área. Hoje, a Pós-Graduação em Políticas Públicas está entre as melhores pós-graduações do Brasil, com conceito 6 na Capes, em uma escala de 1 a 7. Maria Ozanira também acumula na carreira posição de destaque na Capes, por seus dois mandatos como coordenadora adjunta da área de Serviço Social do orgão.

Ozanira lembrou da sua trajetória na UFMA e avisou que que ficará em ativa participação na áre acadêmica

Ozanira lembrou da sua trajetória na UFMA e avisou que que permanecerá em ativa participação na área acadêmica

Em seu pronunciamento, lembrou que sua carreira profissional foi desenvolvida inicialmente por intensa atuação como docente na graduação em Serviço Social da UFMA e no desenvolvimento de atividades de extensão universitária que traduzem, desde então, seu entendimento de que a universidade deve contribuir concretamente para melhoria da vida do subalternizados da sociedade. E avisou que ficará em ativa participação na área. “Esta solenidade pode parecer uma despedida, mas ainda não é. Continuarei dando o melhor que posso para a UFMA, para o Programa de Pós-Graduação em Políticas Públicas e para a sociedade brasileira”, exaltou.

O reitor Natalino Salgado exaltou a importância da doutora para a Universidade Federal do Maranhão. “Na professora Maria Ozanira, encontrei uma companheira de trabalho, comprometida com o crescimento e com o comprometimento de nossa universidade. Responsável por elevar o Programa de Pós-Graduação em Políticas Públicas a um nível internacional e alcançar a nota 6 na avaliação da Capes, a professora possui formação acadêmica elevadíssima e devo lembrar que ela foi laureada pela nossa universidade com o Prêmio Mérito Acadêmico, que leva justamente o seu nome”.

Graduada em 1966 pela Universidade Federal do Maranhão, Maria Ozanira da Silva e Silva soma diversas publicações de livros com o seu nome. Dentre suas obras publicadas listam-se “A Política Educacional Brasileira: Verso e Reverso”, “Refletindo a Pesquisa Participante”, que teve duas edições publicadas, “Formação Profissional do Assistente Social”, também com duas edições, “O Serviço Social e o Popular”, que contou com sete edições publicadas, “Renda Mínima e Reestruturação Produtiva”, entre outros. Como coordenadora e co-autora, publicou os livros “Comunidade Solidária: o Não-Enfretamento da Pobreza no Brasil”, “Serviço Social: Pós-Graduação e Produção do Conhecimento do Brasil”, “Políticas Públicas de Trabalho e Renda no Brasil Contemporâneo”, este com três edições, “Política Social Brasileira no Século XXI”, a “Prevalência dos Programas de Transferência de Renda”, com seis edições, “O Bolsa Família no Enfrentamento da Pobreza no Maranhão e no Piauí”, com duas edições, “O Sistema Único de Assistência Social: uma Realidade em Movimento”, com três edições publicadas, e “Os Programas de Transferência de Renda na América Latina e Caribe”. Publicou ainda “Pobreza e Políticas Públicas no Enfrentamento à Pobreza”, pela Editora da UFMA (EDUFMA).

sem comentário »

Confederação Nacional do Sistema Financeiro questiona no Supremo feriado bancário no Maranhão

0comentário

A Confederação Nacional do Sistema Financeiro (CONSIF) ajuizou, no Supremo Tribunal Federal (STF), a Ação de Inconstitucionalidade (ADI) 5370, com pedido de medida cautelar, contra dispositivo da Lei 10.100/2014, do Estado do Maranhão, que estabeleceu o dia 28 de agosto como feriado bancário estadual. Segundo a Confederação, a lei fere os artigos 21 e 22 da Constituição Federal, que prevê a competência privativa da União para fiscalizar e regular o sistema financeiro nacional e dispor sobre os dias de funcionamento bancário.

“Embora não haja qualquer inconstitucionalidade na escolha do dia 28 de agosto como data comemorativa em homenagem à categoria dos bancários do Maranhão, o legislador estadual, contudo, não poderia instituir feriado bancário, impondo o fechamento das agências em todo o seu território”, ressalta a CONSIF na ação. “O fechamento das instituições bancárias do Estado do Maranhão, em data incompatível com o calendário nacional, causa prejuízos a toda a rede de instituições financeiras estabelecidas no país, interferindo no bom funcionamento do sistema de pagamentos e compensações bancárias”.

A ADI 5370 pede que seja suspensa, liminarmente, a vigência do artigo 1º e parágrafo único da Lei estadual 10.100/2014 e, no mérito, que seja declarada a inconstitucionalidade do dispositivo.

Rito abreviado

O relator da ADI, ministro Marco Aurélio, aplicou à ação o rito abreviado previsto no artigo 12 da Lei 9.868/1999, para que seja julgada diretamente no mérito. “A racionalidade própria ao Direito direciona a aguardar-se o julgamento definitivo”, afirmou o ministro.

Fonte: Supremo Tribunal Federal (STF)

sem comentário »

Cristiane Damião lamenta decisão que cassa seu mandato, mas garante que fica no cargo

0comentário
Cristiane Damião lamenta decisão judicial e avisa que permanece no cargo

Cristiane Damião lamenta decisão judicial e avisa que permanece no cargo

Afastada do cargo na última sexta-feira (28) por abuso de poder econômico e compra de votos na eleição de 2012, por ordem do juiz da 95ª Zona Eleitoral da Comarca de Buriticupu, Duarte Henrique Ribeiro de Souza, a prefeita de Bom Jesus das Selvas, Cristiane Damião, divulgou nota pública em que lamenta a decisão do magistrado, afirmando ter “absoluta consciência e convicção de que nada foi feito que justificasse a decisão tomada”.

Ela anunciou que recorrerá a todas as instâncias do Poder Judiciário para preservar o seu mandato e deu o seguinte recado à população de Bom Jesus das Selvas: “Cabe igualmente a mim, enquanto prefeita municipal, tranquilizar meus queridos concidadãos de Bom Jesus das Selvas, afirmando que permaneço à frente do mandato que o povo me outorgou, e que as políticas públicas e serviços em curso continuarão com normalidade e segurança”. Segue a nota na íntegra:

NOTA PÚBLICA

A respeito da decisão judicial proferida na Ação Impugnação de Mandato Eletivo nº 407.2013.610.0095, na qual figuro como requerida, tenho a esclarecer o que segue:

1 – Em que pese o meu profundo respeito ao juiz prolator e às suas decisões, lamento tenha ele concluído pela ilegitimidade de minha eleição, posto que tenho absoluta consciência e convicção que nada foi feito que justificasse a decisão tomada;

2 – Caberá a mim, no entanto, em respeito à minha consciência e, sobretudo, para proteger milhares de votos que recebi, lutar em todas as instâncias do Poder Judiciário pela defesa do mandato que o povo de minha cidade, legitimamente me conferiu;

3 – Cabe igualmente a mim, enquanto prefeita municipal, tranquilizar meus queridos concidadãos de Bom Jesus das Selvas, afirmando que permaneço à frente do mandato que o povo me outorgou, e que as políticas públicas e serviços em curso continuarão com normalidade e segurança, assim como tranquilizo os valorosos servidores municipais que alteração alguma haverá no seu regime de trabalho;

4 – Cabe-me reafirmar, por fim, meu compromisso com a população da nossa querida Bom Jesus das Selvas de permanecer realizando uma administração pública séria, empreendedora e honesta, que se preocupa, diuturnamente, com o bem estar da sua gente e com a correta aplicação dos recursos municipais.

Cristiane Campos Daher
Prefeita Municipal de Bom Jesus das Selvas

sem comentário »

Deputado Wellington participa de audiência sobre segurança pública em Imperatriz

0comentário
Deputado Wellington na audiência pública com excedentes do último concurso da Polícia Militar, em Imperatriz

Deputado Wellington na audiência pública com excedentes do último concurso da Polícia Militar, em Imperatriz

O deputado Wellington do Curso (PPS) participou, na manhã da última sexta-feira (28), do “Diálogos pela Segurança”, uma audiência pública com excedentes do último concurso da Polícia Militar, em Imperatriz.

Com o tema “Efetivo policial: entre o real e o ideal, a reunião aconteceu no auditório da faculdade Pitágoras de Imperatriz e contou com a presença do deputado estadual Cabo Campos (PP), do vereador do município, Rildo Amaral (SD), do sargento Ebnilson Carvalho e excedentes/aprovados da região Tocantina no último concurso da PM.

Durante seu pronunciamento, Wellington, que também é membro da Comissão de Segurança Pública da Assembleia e desde o início do seu mandato tem sido um defensor incansável da Segurança Pública, destacou sua trajetória de vida e enfatizou que sempre estará ao lado dos direitos das minorias.

“Enquanto parlamentar e representante legítimo dos maranhenses, independente de questões políticas, estou em defesa dos policiais, dos cidadãos maranhenses, da segurança pública, dos direitos humanos e das minorias. Como membro da Comissão de Segurança da Assembleia, coloco-me à disposição de todos os aprovados/excedentes e demais membros da classe para que juntos possamos lutar, de forma unida, pelos direitos de todos aqueles que não têm voz”, ressaltou.

Como encaminhamento, ficou marcada uma Audiência Pública, a ser realizada no dia 17 de setembro, na Câmara Municipal de Imperatriz, solicitada pela Comissão de Segurança da Assembleia Legislativa, para discutir, junto a representantes do Estado e a Comissão de Excedentes, sobre a situação dos aprovados. Foi solicitado, também, a convocação, em caráter de urgência, dos excedentes, dando ênfase à região Tocantina.

sem comentário »

Corpo de Bombeiros é escolhido para integrar parceria com a gigante Furnas

0comentário
O 4º Grupamento do Corpo de Bombeiros , sediado em Balsas, integrará o projeto “Furnas Educa”

O 4º Grupamento do Corpo de Bombeiros , sediado em Balsas, integrará o projeto “Furnas Educa”

O 4º Grupamento do Corpo de Bombeiros Militar do Maranhão, sediado na cidade de Balsas, sob o comando do capitão Willys Pablo Leite do Nascimento foi escolhido para integrar um projeto “Furnas Educa”, desenvolvido em todo o País pela empresa Furnas, subsidiária da Eletrobrás e vinculada ao Ministério de Minas e Energia, dedicada a geração e transmissão de energia elétrica.

A primeira edição do projeto, que tem como objetivo a conscientização de Crianças quanto à economia de energia e a prevenção a queimadas – foi realizada entre os dias 24 e 27 do mês em curso. Além do CBMMA, a Prefeitura do município também irá fazer parte do projeto, que tem como tema “Prevenção a Incêndios Florestais”.

O projeto, que tem como público alvo os alunos da rede municipal de ensino, será desenvolvido de forma intercalada durante o ano todo. “ Nesse contexto a presença do Corpo de Bombeiros é vital, tendo em vista que a atividade preventiva é essencial ao nosso trabalho”, disse o comandante;
“Sem contar, ainda, que o público alvo é ideal, haja vista que a criança é excelente disseminador de informação, pois atingem os pais, tios, amigos próximos à residência e não tem cautela ao cobrar o que foi ensinado”, finalizou o coronel Roberto.

O capitão Willys explicou que nessa primeira etapa, a cidade de Balsas foi a única escolhida no Maranhão em razão do grande número de incêndios florestais. “Através da apresentação de palestras e atividades dinâmicas conseguimos alcançar o nosso objetivo”, disse o capitão que esteve pessoalmente coordenando todo o trabalho.

Furnas

Furnas nasceu com o desafio de sanar a crise energética que ameaçava o país na década de 50. A Usina de Furnas foi a primeira hidrelétrica de grande porte do Brasil, com capacidade de 1.216 MW, implantada no rio Grande (MG) em 1958. Em 1963, através do Decreto Federal nº 41.066, a empresa Central Elétrica de Furnas começou a funcionar efetivamente, em Passos (MG).

Com sede no bairro Botafogo, zona Sul da cidade do Rio de Janeiro, Furnas possui empreendimentos no Distrito Federal e nos estados de Minas Gerais, Goiás, Mato Grosso, Espírito Santo, Tocantins, Paraná, Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Rondônia, São Paulo, Rio Grande do Norte e, mais recentemente, no Ceará.

O sistema de Furnas conta hoje com 17 usinas hidrelétricas, duas termelétricas, três parques eólicos, aproximadamente 24 mil quilômetros de linhas de transmissão e 62 subestações. Empreendimentos construídos com recursos próprios e em parceria com outras empresas. Mais de 40% da energia consumida no Brasil passa por esse sistema, que utiliza a força da água para gerar 95% de sua energia através das hidrelétricas.

A empresa garante o fornecimento de energia para locais onde estão situados 63% dos domicílios brasileiros, que respondem por 81% do PIB nacional.

sem comentário »

Prefeitura de Paço do Lumiar promove Seminário “Todos Pelo Sucesso Escolar”

0comentário
Prefeito Josemar Sobreiro compôs a mesa do seminário, que teve como objetivo, garantir oportunidades para o diálogo

Prefeito Josemar Sobreiro compôs a mesa do seminário, que teve como objetivo fomentar o diálogo

Com o intuito de pensar sobre a importância das práticas pedagógicas do município referentes a uma unidade curricular e formas de avaliação educacional, e como essas práticas podem ser aprimoradas, a Prefeitura de Paço do Lumiar, por meio da Secretaria Municipal de Educação (Semed), realizou na tarde desta sexta-feira, 28, o Seminário de Educação Luminense “Todos pelo Sucesso Escolar”.

O evento teve como objetivo, garantir oportunidades para o diálogo, favorecendo a consolidação dos conhecimentos acerca do Currículo e Avaliação Educacional. Além de propor a reflexão inerente às interfaces curriculares e a garantia dos direitos de aprendizagem; avaliação em larga escala e indicadores; sucesso escolar e os desafios da qualidade de ensino em Paço do Lumiar-MA.

Na oportunidade, também foi lançado o projeto “Família na Escola”, que visa difundir valores humanitários de forma permanente e engajada, na construção de uma cultura de desenvolvimento e participação que valorize o empoderamento da relação entre escola e família. Outro importante objetivo do projeto é elevar o município de Paço do Lumiar a condição de Cidade Educadora, a partir da conexão escola, família, poder público, segmentos e entidades da sociedade civil.

Presentes no evento, o prefeito Josemar Sobreiro, a secretária de Educação Graça Privado, a presidente do Conselho Municipal de Educação, Patrícia Rodrigues, os vereadores Leonardo Bruno, Wellington Sousa e Ir. Campelo, educadores, gestores municipais e estudantes da rede.

Durante o evento, foi lançado o projeto “Família na escola”, que visa difundir valores humanitários de forma permanente e engajada

Durante o evento, foi lançado o projeto “Família na Escola”, que visa difundir valores humanitários de forma permanente e engajada

O prefeito Josemar ressaltou que não se faz uma educação de qualidade sem o apoio da família, no convívio e participação direta na vida escolar do aluno. “O projeto Família na Escola é uma semente que dará muito mais resultados valorosos aos indicadores educacionais de nosso município. A rede municipal tem uma equipe empenhada em promover o melhor ensino aos mais de 3 mil alunos, com um atendimento humanizado e responsável”, disse.

O Seminário contou com uma mesa redonda com a presença de 3 palestrantes e um mediador das discussões coletivas. O ponto alto foi a assinatura de um termo de responsabilização – “Todos pelo sucesso escolar” – entre gestores públicos, entidades da sociedade civil e comunidade escolar, enfatizando a necessidade do trabalho coletivo e ratificando a importância da corresponsabilização e engajamento de todos para o fortalecimento da política educacional do município, sempre com o objetivo de alcançar o sucesso escolar dos alunos luminenses.

“Devido à importância dessas discussões para os avanços na educação municipal, destaca-se a relevância deste momento, por promover um espaço de diálogo envolvendo todos os atores do processo educativo, sempre ressaltando a necessidade da efetiva participação e comprometimento desse contingente para alcançarmos as conquistas desejadas nas práticas educacionais do Sistema Municipal de Ensino de Paço do Lumiar”, afirmou a secretária de Educação, Graça Privado.

sem comentário »

“O meu indiciamento é um ato político”, diz João Abreu

0comentário

João Guilherme de Abreu

Empresário e ex-chefe da Casa Civil do governo Roseana Sarney, João Abreu

Empresário e ex-chefe da Casa Civil do governo Roseana Sarney, João Abreu

O jornal O Estado de S. Paulo publicou na edição do dia 27.08.2015, notícia dando conta de meu indiciamento pela Policia Civil do Maranhão, no inquérito que apura a suspeita de pagamento de propina para possibilitar a celebração de acordo entre o governo do Estado e a empresa Constran, no ano de 2013, com vista à liquidação de um precatório.

E como era de se esperar, essa notícia reverberou na imprensa e blogs da Capital, principalmente naqueles alinhados com o governo do Estado.

Embora sem fundamento sólido, o meu indiciamento já era por mim esperado, e por todos os que me acompanham neste momento tormentoso, porque somos conscientes de que os ilustres delegados encarregados do inquérito não conseguiriam resistir às pressões disparadas do Palácio dos Leões.

Todavia, o alarde que se faz sobre o meu indiciamento não possui fundamento. O indiciamento não é acusação, mas mera colheita dos dados de identificação de alguém que, na opinião da polícia, reúne indícios de ter sido o autor do ato sob investigação. Ele não gera processo, que só é instaurado com a denúncia oferecida pelo Ministério Público, se recebida pelo Judiciário.

Na prática, o indiciamento policial tem servido apenas como estigma social e isto explica, no meu caso, o interesse de darem ampla divulgação desse ato, em suas minucias, embora o inquérito corra sob “segredo de justiça” e a lei diga que é crime quebrar o segredo de Justiça.

Mas estou absolutamente tranquilo e aguardo, com serenidade, o desdobramento do caso, consciente de que o indiciamento é injusto e motivado por decisão política. Não há nos autos do inquérito elementos mínimos indicadores da existência do alegado crime. Tudo se resume na afirmação feita pelo doleiro Alberto Yusself, um dos principais envolvidos na famosa Operação Lava Jato, que alega ter me mandado entregar vultosa quantia para “distribuir a integrantes do governo do Maranhão em troca do pagamento do precatório”.

Mas não há comprovação alguma da materialidade desse delito, e sua declaração é, inclusive, desmentida por pessoas de quem se teria servido como portador da entrega do numerário.

Mas foi com base, exclusivamente, na afirmação desse renomado delinquente, que se apoia o indiciamento, sem fundamentos ou prova que o justifiquem. E mais ainda, sem levar em consideração que o acordo celebrado entre o Governo do Estado e a Constran se sustentou em judiciosos pareceres emitidos pela Secretaria de Planejamento do Estado e pela Procuradoria Geral do Estado e envolvia uma dívida que o Estado tinha para com a referida empresa, apurada através de um longo processo judicial, que tramitou por todas as esferas do Judiciário e contra o qual já não era mais possível opor resistência alguma.

Caberá agora ao Ministério Público Estadual analisar se me acusa ou não, com os parcos elementos contidos no inquérito.

De minha parte, cabe aguardar o desdobramento desse funesto episódio, para o qual conto com o apoio de minha família e de amigos leais que nunca me faltaram nos momentos difíceis da minha vida.

À sociedade maranhense resta pedir que evite antecipação de julgamento, seja em homenagem ao princípio constitucional da presunção de inocência, seja em respeito aos longos anos que tenho como empresário e homem público, que já exerceu o cargo de Secretário de Saúde do Estado, por duas vez o de Secretário Chefe da Casa Civil e a Presidência do Sebrae, sem jamais ter sido acusado de um ato de desonestidade e que hoje convive com o drama de se vê escarnecido por um reles doleiro e pelo tratamento escandaloso e sensacionalista dado por uma parte da imprensa.

sem comentário »

PDT filia Edivaldo, Gil Cutrim, Léo Coutinho, Chico Gomes e outros 11 prefeitos

1comentário
Edivaldo exibe ficha de filiação ao PDT ao lado de  lideranças do partido e de siglas aliadas

Edivaldo exibe ficha de filiação ao PDT ao lado de lideranças do partido e de siglas aliadas

Com uma grande festa democrática – marcada pela filiação dos prefeitos de São Luís, Edivaldo Holanda Júnior, de São José de Ribamar, Gil Cutrim, e de Caxias, Léo Coutinho,e de outras 14 lideranças municipais -, o PDT realizou nesta sexta-feira (28) sua Convenção Estadual pregando o fortalecimento do partido para as eleições municipais de 2016. O encontro coordenado pelo deputado federal Weverton Rocha contou com a participação do presidente nacional do PDT, Carlos Lupi; do ministro do Trabalho, Manoel Dias; do governador Flávio Dino (PCdoB); do líder do PDT na Câmara Federal, André Figueiredo; deputados federais e estaduais pedetistas; vereadores e outras lideranças do PDT e de outras legendas, além de cerca de 3 mil militantes.

Várias lideranças se revezaram no palco da convenção destacando a história do PDT no Maranhão, as conquistas obtidas tendo o ex-governador Jackson Lago como líder, e comemoraram essa nova fase do partido, de fortalecimento nacional e estadual. “São Luís ganhou escolas dignas quando assumimos a administração municipal. Viemos de longe, sem jamais mudar nossas bandeiras de luta. Jackson foi sacrificado por ter ficado sempre ao lado do povo, por isso continuaremos defendendo os direitos do trabalhador e o direito a educação”, enfatizou Julião Amin, que transferiu a presidência estadual do partido a Weverton Rocha, eleito em uma transição consensual.

Prefeitos

A filiação de Edivaldo Holanda Júnior, Gil Cutrim e dos prefeitos de Caxias, Viana, Matinha, Presidente Juscelino, Brejo de Areia, Paraibano, Jenipapo dos Vieira, Fernando Falcão, Altamira do Maranhão, Bernardo do Mearim, Olho d’Água das Cunhãs, Mirinzal e Duque Bacelar; da ex-prefeita de Axixá, Sônia, e do vereador de São Luís, Osmar Filho, mostrou o fortalecimento do PDT nos municípios.

“Estamos aqui para unir forças e construir o Maranhão que queremos: justo, igualitário e desenvolvido. No PDT, temos diálogo para buscar melhores condições de vida para os maranhenses”, declarou Gil Cutrim. “Agora estou no lugar certo, junto com todos os que querem mudar o Maranhão”, ressaltou Léo Coutinho.

Festejado pelos convencionais, Edivaldo Holanda Júnior disse que não há como falar do PDT sem lembrar de Jackson Lago, que “foi tirado do governo por um golpe, mas nunca saiu das lembranças dos maranhenses”. Ele agradeceu ao governador Flávio Dino pelo apoio que a Prefeitura de São Luís tem recebido do seu governo, destacou os avanços obtidos por sua gestão nas áreas de educação, saúde, trânsito e transporte, e anunciou que até o final deste ano serão asfaltados 300 km de ruas da capital. “Enfrentaremos ainda muitos desafios, mas não desanimem. Vamos vencer!”, declarou ele, dirigindo-se à militância.

Flávio Dino fez questão de agradecer pelo apoio do PDT. “Se vencemos a eleição, devemos à direção e à militância do PDT, que nos ajudaram nessa conquista. Estamos juntos, defendendo a democracia e as lutas do povo, e agradecemos a ajuda que o PDT nos dá também para governar. Fortalecer o PDT, é fortalecer o Brasil, o Maranhão e o governo Flávio Dino”, disse ele.

Fortalecimento

Também mereceu destaque nos discursos dos líderes pedetistas a liderança do deputado Weverton Rocha no processo de fortalecimento do PDT. “Ele é um exemplo de dirigente partidário, fundamental para esse projeto de construção de um Brasil melhor”, declarou André Figueiredo. “Weverton faz militância, é competente e tem lado: o do trabalhador. E teve a capacidade de trazer para o partido importantes lideranças, como os prefeitos filiados hoje”, enfatizou Carlos Lupi.

Weverton Rocha disse saber de mostrar ao Maranhão que o PDT está preparado para contribuir para esse novo momento político que vive o estado, e garantiu ao prefeito Edivaldo Holanda Júnior que os militantes pedetistas serão seus soldados na luta pela reeleição. “Não fugimos da luta, não temos medo de enfrentar as dificuldades. Daremos as mãos ao governo federal, ao governo Flávio Dino e trabalharemos arduamente para que até o final deste ano Edivaldo Holanda Júnior esteja à frente nas pesquisas de intenção de votos”, enfatizou ele.

A convite de Weverton Rocha, também vieram participar da Convenção Estadual do PDT os deputados federais Marcos Rogério (PDT), Damião Feliciano (PDT), Júlio Delgado (PSB) e Marcelo Aro (PHS); a vice-governadora da Paraíba, Lígia Feliciano (PDT); e o vereador de São Paulo, Netinho (PDT).

Prefeitos filiados

1 – Edivaldo Holanda Júnior (São Luís)
2 – Gil Cutrim (São José de Ribamar)
3 – Léo Coutinho (Caxias)
4 – Chico Gomes (Viana)
5 – Ludmila Almeida Silva (Brejo de Areia)
6 – Afonso Celso (Presidente Juscelino)
7 – Beto Pixuta (Matinha)
8 – Adailton Ferreira (Fernando Falcão)
9 – Ricardo Almeida (Altamira do Maranhão)
10 – Amaury Almeida (Mirinzal)
11 – Flávio Furtado (Duque Bacelar)
12 – Aparecida Furtado (Paraibano)
13 – Gustavo Augusto (Jenipapo dos Vieira)
14 – Rodrigo Oliveira (Olho d’Água das Cunhãs)
15 – EudinaCosta Pinheiro (Bernardo do Mearim)

Outros filiados

Sônia – ex-prefeita de Axixá
Osmar Gomes Filho – vereador de São Luís

1 comentário »