Eleição na UFMA: Antônio Gonçalves é candidato mais rejeitado pela comunidade acadêmica

0comentário

Do Blog de Diego Emir

Presidente da APRUMA, Antônio Gonçalves, é candidato que ostenta o maior índice de rejeição, próximo de 40%

Presidente da APRUMA, Antônio Gonçalves, é candidato que ostenta o maior índice de rejeição, próximo de 40%

As vésperas da consulta prévia para a reitoria e vice-reitoria da Universidade Federal do Maranhão, o Instituto de Pesquisa Econométrica divulgou uma inédita e detalhada pesquisa sobre a intenção de votos de estudantes, professores e técnicos para o pleito desta quarta-feira (27). Entre os concorrentes, o presidente da APRUMA, Antônio Gonçalves é o que possui o maior índice de rejeição, beirando os 40%.

De acordo com a Econométrica entre todos os entrevistados, 39,4% disseram que não votam de jeito nenhum em Antônio Gonçalves. O segundo mais rejeitado foi o atual vice-reitor, Antônio Oliveira com 19,4%, seguido por Sofiane Labidi com 9,7% e em último lugar Nair Portela com 9,1% no critério rejeição. Entre os entrevistados, 10,9% disseram que não rejeitam nenhum e 11,4% não souberam responder ao questionamento. A pesquisa foi realizada no último dia 22 de maio.

O alto índice de rejeição de Antônio Gonçalves é um duro golpe nas pretensões do PSOL e PSTU que se armaram para vencer a consulta para indicação da lista tríplice de reitor da UFMA. Os partidos da ultra esquerda, apostaram em um nome da medicina e dito com certa simpatia perante a alunos e professores, porém o mesmo não foi provado ao longo da campanha e as vésperas do pleito, os números assustam o grupo do MUDe.

Em quem você não votaria para reitor da UFMA? (rejeição)

Antônio Gonçalves – 39,4%

Antônio Oliveira – 19,4%

Sofiane Labidi – 9,7%

Nair Portela – 9,1%

Nenhum – 10,9%

Não responderam – 11,4%

sem comentário »

Deputado Wellington lamenta insegurança no Maranhão e cobra ações do Governo do Estado

0comentário
Wellington exigiu do governo Flávio Dino providências contra a escalada do crime

Wellington exigiu do governo Flávio Dino providências contra a escalada do crime

O deputado estadual Wellington do Curso (PPS) utilizou a tribuna da Assembleia Legislativa, na tarde desta segunda-feira (25) para lamentar a “Chacina de Panaquatira”, que culminou com a morte de quatro pessoas e levou outras duas a estarem hospitalizadas.

O parlamentar também lamentou a morte de mais um PM, segundo ele, “herói de farda”. Trata-se do jovem Max Muller, soldado da PM que se encontrava na casa de praia onde ocorreu a chacina, além de ressaltar a constante insegurança em que o Maranhão se encontra.

Wellington, que tem se destacado em defesa da segurança pública, já apresentou proposições solicitando o aumento do efetivo das Polícias Civil e Militar e Bombeiros, bem como a valorização profissional e salarial da categoria, além de encaminhar ao Governo do Estado um anteprojeto de lei criando a gratificação por apreensão de armas de fogo.

Na oportunidade, solicitou também a redução dos impostos (ICMS) para aquisição de armamento para policiais civis, militares e bombeiros e a convocação de mais 2 mil excedentes da PM, a fim de que se atinja, de fato, o número equivalente a 1.000 aprovados no Curso de Formação.

Outro pedido do deputado, foi a nomeação de 33 novos delegados, juntamente com a convocação de peritos e investigadores aprovados no último concurso.

“Vivemos em um cenário de insegurança no qual a morte tem sido exaltada e a vida banalizada. Hoje, o estudante e o pai de família saem de casa incertos do retorno. O que falar sobre o jovem Rafael Santos, de 26 anos, que foi assassinado com um tiro no rosto no início de abril, na porta da faculdade? Como tratar com sutileza a morte de um estudante dentro de um ônibus na Cohab? Devemos, por acaso, passar a compreender as vidas dos nossos heróis de farda como algo insignificante? Devemos aceitar uma chacina como algo normal? Não, não podemos conviver e consentir com essa triste realidade como se nada estivesse acontecendo. Mais do que meras proposições, almejamos a defesa daquilo que temos de mais importante e que, infelizmente, tem sido tratada como algo insignificante: a vida”, destacou o professor e deputado Wellington ao cobrar ações mais enérgicas do governo do estado no tocante à segurança pública.

sem comentário »

Deputado Zé Inácio prestigia congresso municipal do PT em Bacabal

0comentário
Zé Inácio destacou que a realização de encontros como esse fortalece o partido

Zé Inácio destacou que a realização de encontros como o de Bacabal fortalecem o partido nos municípios

O deputado Zé Inácio (PT) participou, no último domingo (24), do V Congresso Municipal do PT, em Bacabal. Por ter participação de representantes de vários municípios, o evento em Bacabal foi considerado como um Encontro Regional. Estiveram presentes, lideranças de Bacabal, Pedreiras, Lago da Pedra, São Luís Gonzaga, Dom Pedro, Vitorino Freire, Conceição do Lago Açu e Bom Lugar.

O parlamentar destacou que a realização de encontros como estes fortalece o partido nos municípios, fazendo com que todos tenham um alinhamento político. “O Encontros municipais servem para se ter unidade para pautar as lutas em defesa do município e do nosso próprio partido”.

O Encontro é um preparatório para o Encontro Estadual que tem como objetivo analisar a conjuntura política nacional e estadual, as ações do governo e a organização partidária. O mesmo irá acontecer 29 e 30 em São Luís, na Assembleia Legislativa.

sem comentário »

Adriano Sarney pede intervenção federal no sistema de segurança do Maranhão

0comentário
Adriano Sarney: "há um sentimento enorme de insegurança em toda a sociedade"

Adriano Sarney: “há um sentimento enorme de insegurança em toda a sociedade”

O deputado Adriano Sarney (PV) criticou duramente o Governo do Estado e o Sistema de Segurança Pública do Maranhão, na sessão desta segunda-feira (25/05), e anunciou que vai pedir, via requerimento, a Assembleia a intervenção federal no sistema de segurança estadual. “Estamos vivendo um caos na segurança pública do Estado. Há um sentimento enorme de insegurança em toda a sociedade”, afirmou Adriano.

Segundo o deputado, o governador Flávio Dino disse que convocou mil policiais, mas o que se ver são policiais ainda em curso de formação e os que estão nas ruas morrendo.

“Estamos presenciando no nosso Estado a morte de policiais. Só nos últimos dias, tivemos quatro. Armas perdidas e roubadas, fugas em presídios, 285 mortes violentas só na grande ilha. E o governador e o secretário de Segurança afirmando que a nossa força policial não é o bastante. O Governador do Estado e o secretário de segurança afirmaram publicamente que o Maranhão tem poucos policiais e a situação está fora de controle. Tudo que eu falei agora é motivo sim para uma intervenção federal, por isso estou entrando com requerimento à Presidente da República, depois da aprovação!”, destacou o parlamentar verde.

Para Adriano Sarney, mais uma vez, o governo do Estado e o Sistema de Segurança Pública não respondem aos anseios da sociedade. “Precisamos do Exército e da Força Nacional nas ruas para garantir a segurança da sociedade que se sente hoje fragilizada e ajudar no enfrentamento à criminalidade.

Segundo o parlamentar o governo não tem tempo para colocar mil, mil e quinhentos, dois mil policiais nas ruas. “ O que o governador fala, que está convocando mil e quinhentos policiais, na verdade são excedentes do concurso para fazer o TAF, e que no final das contas, vão sobrar no máximo trezentos a quatrocentos policiais, que não estarão aptos para ir para a rua ainda neste ano. Então, a necessidade de uma intervenção federal no nosso Estado para que a Força Nacional chegue maciçamente e o Exército com 3 mil, 4 mil, 5 mil homens na rua para fazer o policiamento ostensivo na nossa capital e no nosso interior. Nós precisamos ter paz, precisamos sair de casa e ter paz! A única forma de sairmos desse buraco que nós estamos é, a curto prazo, a intervenção militar e a intervenção federal.”, finalizou o deputado que foi propositivo em seu pronunciamento.

sem comentário »

Deputado André Fufuca lamenta assassinato de conterrânea

0comentário
Fufuca: "Ananda tinha muitos sonhos e a vida inteira pela frente"

André Fufuca: “Ananda tinha muitos sonhos e a vida inteira pela frente”

A estudante Ananda Brasil foi uma das vítimas da chacina ocorrida na praia de Panaquatira, em São José de Ribamar, no último sábado. Assim como o deputado federal André Fufuca, a estudante era moradora de Alto Alegre do Pindaré. O crime chocou a cidade.

André lamentou a morte de Ananda. “Era uma pessoa jovem, assim como eu, que tinha muitos sonhos e a vida inteira pela frente. Uma tragédia que abalou a família e uma perda que será sentida por todos os amigos e conhecidos de Alto Alegre”.

Para André Fufuca a barbaridade do crime, que também vitimou o policial Max Muller e o empresário Alexandro Carvalho, não pode ficar impune. “Tenho certeza que a polícia irá fazer o que for possível para prender todos os envolvidos. E espero que a justiça condene a todos por este crime covarde e bárbaro”.

O deputado fez questão de enaltecer o policial Max Muller: “Max Muller fez jus ao seu ofício e morreu servindo e protegendo a população. Tombou como os heróis”.

Defensor da revisão da lei de maioridade penal, André Fufuca disse que o episódio só reforça ainda mais sua posição. “Um dos responsáveis por este massacre se escondeu atrás da menoridade para cometer este crime tão bárbaro. Vou dedicar cada dia do meu mandato para rever está lei que traz apenas sofrimento para famílias como a da jovem Ananda e impunidade para os assassinos”.

sem comentário »

São Luís participa de seleção para Cidade Celebração do Tour da Tocha Olímpica 2016

0comentário
Gerente regional do Revezamento da Tocha, Jeniffer Oliveira, apresentou a proposta ao prefeito Edivaldo e à equipe de governo

Prefeito Edivaldo e equipe de governo conheceram proposta de inclusão de São Luís no Revezamento da Tocha

“Do calor. Da chama. Do povo. Do Brasil. Dos jogos”. Esse é o tema do Tour da Tocha Olímpica 2016, no qual a cidade de São Luís concorre à posição de Cidade Celebração. A gerente regional do Revezamento da Tocha, Jeniffer Oliveira, apresentou a proposta ao prefeito Edivaldo e à equipe de governo. Ao todo, 250 cidades vão receber o tour da Tocha Olímpica e 83 cidades serão Celebração do evento. O anúncio das cidades que receberão o evento sairá em junho.

“É uma grande alegria receber essa proposta de ser Cidade Celebração da Tocha Olímpica 2016. Firmar São Luís no roteiro fará com que ela seja projetada nacionalmente e internacionalmente. Será um orgulho apresentar nossa cidade ao mundo”, disse o prefeito Edivaldo. As Olimpíadas serão realizadas em setembro de 2016, na cidade do Rio de Janeiro, e pela primeira vez na América do Sul.

O Tour da Tocha Olímpica deve durar cerca de cem dias e visitar 250 cidades do país. As cidades devem receber a tocha em um tour de até 4 horas e as cidades celebração ficarão com a tocha em solo durante 24h – 12 das quais em exposição pelos principais pontos da cidade. Ao fim do dia de atividades, é oferecido um show para cidade.

O Comitê Olímpico fornecerá um guia de planejamento para o evento e a Prefeitura de São Luís entra com a parte logística, oferecendo toda a infraestrutura para o evento, como atendimento médico de emergência, ordenamento do trânsito na cidade no dia do evento, limpeza, divulgação e mobilização para o evento. O prefeito Edivaldo determinou a criação de comitê executivo que realizará reuniões periódicas. Este comitê trabalhará alinhado com o Comitê Olímpico, com encontros realizados a cada três ou quatro meses. O Tour da Tocha deve passar pela cidade entre os meses de junho e julho de 2016.

À frente do comitê, o secretário municipal de Desportos e Lazer, Júlio França, aposta que o evento será um momento de união para cidade. “Para nossa equipe de governo, será um grande desafio e um grande presente para cidade, é uma forma de mostrarmos para o mundo a beleza e potencial de nossa, a nossa gente que é alegre e festiva. O nosso objetivo é projetar São Luís no cenário nacional e internacional. A tocha virá em um momento oportuno, que demonstrará a amizade, a união dos povos e a gente acredita que será um dos maiores eventos da cidade de São Luís”, disse Júlio.

A equipe da Semdel, juntamente com a gerente regional do Revezamento, realizou um passeio pela cidade, a fim de mapear os pontos que irão compor o roteiro de passagem da Tocha Olímpica, caso São Luís seja escolhida como uma das cidades celebração. A comitiva passou por locais como Avenida Litorânea, Espigão, Área Itaqui-Bacanga, Centro Histórico, Tirirical, BR-135, Palácio de La Ravardière e outros bairros mais periféricos da cidade.

Fonte: Secretaria Municipal de Comunicação (Secom)

sem comentário »

Vereadores debatem aplicação de verbas da Prefeitura na capital

0comentário
Representantes da Prefeitura apresentaram a vereadores contas relativas ao primeiro quadrimestre do ano

Representantes da Prefeitura apresentaram a vereadores contas relativas ao primeiro quadrimestre do ano

A Câmara de Vereadores debateu ontem por mais de três horas, em audiência pública, as contas da Prefeitura de São Luís, relativas ao primeiro quadrimestre do ano. Com o adiamento para até dia 30 da exposição e debate sobre a área de saúde, quatro secretários expuseram aos vereadores a dotação orçamentária e a aplicação dos recursos financeiros das secretarias de Fazenda, Agricultura, Abastecimento e Pesca, Segurança Alimentar e Nutrição e Urbanismo e Habitação.

Sob a presidência do vereador Astro de Ogum (PMN), os vereadores ouviram, indagaram, ironizaram secretários e o prefeito Edivaldo Holanda Junior, reclamaram contra a insuficiência de realizações para atender às demandas da população, como, neste caso, se reportou Fábio Câmara (PMDB). Já outros consideraram ser impossível resolver problemas acumulados ao longo do tempo, como ressaltou Pavão Filho (PDT).

O evento foi iniciado às 10h45, com a exposição do secretário da Fazenda, Raimundo José Rodrigues, que concentrou sua fala na receita e despesas da Prefeitura. Ele ressaltou que nestes quatros primeiros meses do ano houve uma arrecadação maior que a despesa. Rodrigues salientou que o gasto com pessoal foi um pouco inferior a 54%, como estabelece a Lei de Responsabilidade Fiscal, e que o endividamento do Município, da ordem de R$ 133.652.000,42, é baixo, se considerado os demais. Ele explicou também o desembolso com as áreas de saúde, cultura e educação, dentre outros.

O vereador Astro aproveitou a presença do secretário para reclamar do descumprimento, durante o ano passado, da lei que dispensa entidades da cultura popular de recolher o ISSQN. Rodrigues respondeu que houve, à época, engano, mas que neste ano isto não se repetirá.

Ao secretário, o vereador Manoel Rego (PTdoB) quis saber porque tem pago, com recursos federais, empresas devedoras da União, se isto é proibido. O José Rodrigues respondeu que a ele não cabe licitar obras, momento próprio para excluir devedores do certame, mas realizar pagamentos com base em parecer da secretaria contratante e instrução do secretário de Planejamento.

Do mesmo Rodrigues, quis saber Nato Sena (PRP) porque não se contratam os empréstimos autorizados pela Câmara Municipal, já que o Município possui capacidade de endividamento e há tantas carências na cidade. O secretário da Fazenda respondeu que os entraves são burocráticos nos órgãos e instituições da União.

Urbanismo

Por sua vez, o secretário de Urbanismo e Habitação, Diogo Lima, ressaltou que houve uma estagnação nos licenciamentos, por conta da redução no número de construções no Município. Ele explicou que foram entregues 6.000 unidades habitacionais do programa Minha Casa Minha Vida, do qual a Prefeitura participa, assim como a entrega de 1.900 títulos definitivos de terrenos aos detentores de posse, de uma meta de 10.000 em quatro anos. Ele citou como obra feita a reforma de terminais integrados de transportes coletivos, com recursos financeiros da rubrica Operações Urbanas, assim com recuperação de praças entregues e obras em andamento, em outras.

Já a secretária Francisca de Fátima, da Secretaria de Segurança Alimentar, ressaltou como principal medida em sua área a formulação do Plano de Segurança Alimentar e Nutricional, que segundo ela é referência nacional. Como ações desenvolvidas, ela citou a realização de cursos de manipulação de alimentos, feitura de bombons, entrega, uma vez, de leite a crianças matriculadas em escolas do município e comunitárias, 2.000 kits para uso de vendedores ambulantes durante o carnaval e 17 mil refeições a pessoas necessitadas.

A propósito, a vereadora Rose Sales (PP) lamentou a Prefeitura não possuir um único restaurante popular. O vereador Astro de Ogum quis saber se a Secretaria realmente existe, ao que a secretária Fátima disse que sim.

O secretário adjunto Domingos Paz, da Agricultura, Abastecimento e Pesca, por fim, disse que sua pasta implantou projetos de irrigação a 40 famílias de pequenos produtores, deu conta de que o mercado do Anil está perto de ser concluído, capacitou produtores e que não houve quebra de rotina na inspeção sanitária. A vereadora Sales reclamou do secretário um plano e sua execução para melhorias nas feiras da capital e de Raimundo José Rodrigues, da Fazenda, explicações sobre contratação empresas para fornecimento e operação de sistema de rastreamento tributário e proibição de auditores de autuarem devedores do fisco municipal.

sem comentário »

Um novo conceito em entretenimento chega a São Luís

0comentário
Além do espaço aconchegante, vista privilegiada para o mar é um dos diferenciais da Casa das Dunas

Além do espaço aconchegante, vista privilegiada para o mar é um dos diferenciais da Casa das Dunas

Localização privilegiada, programação musical diversificada, cardápio exclusivo e serviço diferenciado. Tudo isso de frente para o mar em São Luís. É essa a proposta da Casa das Dunas, um novo conceito em boteco, que será aberta ao público na próxima quinta-feira, 28. A novidade, que deve conquistar maranhenses e visitantes, e se tornar o novo point da cidade, está instalada na Avenida Litorânea.

O ousado empreendimento é comandado pelos empresários Ricardo Fernandes e Hugo Di minda, detentores de grande expertise quando o assunto é entretenimento e boa gastronomia. Os sócios não pouparam esforços para investir nesse novo espaço, que tem projeto arquitetônico assinado pelas profissionais Rafaela Scarpati e Milena Moura, da Tetto Arquitetura. Elas apostaram em uma decoração sustentável para a Casa das Dunas, primando pelo conforto e pela beleza incomum do espaço.

A casa vai funcionar de quinta a domingo a partir das 16h. Para conquistar os frequentadores, os empresários uniram boa música, boa comida, bom serviço e vista privilegiada. “É uma casa temática, em forma de boteco, com uma seleção musical diferenciada”, define Ricardo Fernandes. O novo espaço servirá, também, como mais um local para a realização de eventos pelos programadores culturais da cidade.

Instalado na Avenida Litorânea, o novo boteco deve conquistar maranhenses e visitantes e se tornar o novo point da cidade

Instalado na Avenida Litorânea, o boteco deve conquistar o público e se tornar o novo point da cidade

Nessa primeira etapa da Casa das Dunas, os empresários trabalharão com três projetos: O Be happy em formato de happy hour, sempre de quinta a domingo. O Trinta e Poucos anos, às sextas-feiras, e que contará com uma programação musical para atender a esse público, e o Pôr do Sol aos domingos.

Os empresários também investiram em um cardápio exclusivo. “Nossa cozinha terá o que há de melhor em comidas de barzinho”, garante Hugo Di Minda. Além disso, a casa desenvolveu pratos e drinks próprios, que deverão ser a marca do boteco. Camarão das Dunas, Redemoinho de Liguiça Mineira, Carpaccio de Carne de Sol, são alguns dos exemplos do que os frequentadores do espaço encontrarão no local a partir do próximo dia 28. No quesito bebidas o destaque fica por conta do bar quente, do coffee nigth, da Mangá das Dunas e Farol das Dunas, desenvolvidos com exclusividade pela casa.

Outro item que recebeu atenção especial dos sócios foi o quesito serviço. Para isso, reuniram em sua equipe profissionais com mais de 10 anos de experiência no ramo. Todos passaram por treinamento e capacitação. O empreendimento, segundo os empresários, gerou cerca de 100 novos empregos no Maranhão, entre diretos e indiretos.

Programação

Para conquistar os frequentadores, união de boa música, boa comida, bom serviço e vista privilegiada

Casa das Dunas une boa música, boa comida, bom serviço e vista privilegiada

Quinta-feira (28/05) – A partir das 16h, happy hour com o cantor Wilson Aranha, discotecagem do DJ residente Sérgio Murilo e pop rock, MPB e MPM em Jam Session, com cantores convidados.

Sexta-feira (29/05) – Às 16h, happy hour com o cantor Edilson Gusmão e, logo depois, a banda Panda SA e o cantor Léo Jow apresentam playlist especial do projeto “O Melhor dos anos 80 e 90”.

Sábado (30/05) – Às 22h, discotecagem com Jomar Marcus e forró em apresentação local. A grande atração da noite será o show da cantora e sanfonista Lucy Alves, que participou do programa The Voice Brasil.

Domingo (31/05) – Às 16h, som com o projeto Pôr do Sol. Kadu Ribeiro abre a noite com surf music seguido pelo samba de raiz do Nivaldo. A grande atração da noite é o show do sambista Naninha, consagrado nas noites de São Paulo.

sem comentário »

Vídeo: assassino de médico tem “recepção calorosa na cadeia”

0comentário

O assassino do cardiologista Jaime Gold, 56, esfaqueado durante assalto na ciclovia da Lagoa Rodrigo de Freitas, na zona sul do Rio de Janeiro, no último dia 19, foi surrado impiedosamente por outros outros internos dentro da cela onde foi recolhido após ser preso, dois dias após tirar a vida da vítima.

O matador do médico tem 16 anos e 15 passagens pela polícia, sendo que cinco delas por uso de armas brancas (faca, martelo, navalha).

O assassinato do médico chocou o país e foi reprovado até mesmo pela bandidagem, que resolver punir severamente o autor. Assista ao vídeo:

sem comentário »

Astro de Ogum doa recursos do próprio bolso para ajudar Festa do Divino de Alcântara

0comentário
Astro de Ogum apoiou a Fest do Divino Espírito Santol, em Alcântara, com recursos próprios

Astro de Ogum apoiou a Festa do Divino Espírito Santol, em Alcântara, com recursos próprios

“Essa é a joia que posso ofertar ao Festejo do Divino Espírito Santo. Se pudesse seria um recurso maior, mas é o que disponho, no momento, para ajudar que esse festejo secular, deixado pelos nossos ancestrais, não caía no esquecimento por falta de apoio do poder publico”.

A frase foi proferida pelo presidente da Câmara Municipal de São Luís, Astro de Ogum, ao enviar R$ 10 mil reais como ajuda para o custeio da festa do Divino Espírito Santo da cidade de Alcântara, um dos maiores eventos do calendário turístico do Estado, que este ano correu o risco de não ser realizado.

No dia 28 de abril, o vereador recebeu, em sua residência, o diretor de Cultura de Alcântara, Valdecy Onildo Coelho e Kátia Maria dos Anjos Pereira, integrante da comissão organizadora daquele festejo. Os dois foram lhe pedir apoio para a realização do evento, que teve início no último dia 13 e se encerra na segunda-feira (25).

Valdecy e Kátia destacaram que buscaram apoio de Astro de Ogum pelo fato dele, além de ser presidente de honra da Federação das Entidades Folclóricas e Culturais do Estado do Maranhão (FEFCMA), se destacar como um dos maiores incentivadores culturais do Estado e pelo magro incentivo que dado pelo governo do Estado, através da Secretaria de Cultura.

Decepção

Se mostrando decepcionados, Valdecy e Kátia relataram que, no dia 18 de março deste ano, representantes da Associação Cultural e Religiosa de Alcântara (Acra), estiveram reunidos com a secretária de Cultura, Ester Marques, buscando entendimentos sobre o apoio financeiro do Estado para com o festejo e foram surpreendidos com a resposta da dirigente cultural, que lhes afirmou que a festa de Alcântara não teria privilégios e que todo festejo referente ao Divino teria apoio padronizado.

“Estamos aqui, vereador lhe pedindo apoio, porque ficamos temerosos da festa não ser realizada. O festejo do Divino de Alcântara, segundo estudiosos, data do século XVIII, é a maior referência nesse segmento no Estado, é histórico pela sua própria natureza, e claro que merece um tratamento diferenciado, pela sua força e também por ser um dos movimentos de maior atração turística do Maranhão, sendo fonte gerador de renda”, assinalou Valdecy Onildo, durante a visita feita na casa do vereador.

“É necessário se respeitar e cultivar as nossas tradições. Isso é a verdadeira cultura, despida de academicismo, porque é puramente popular. A Festa do Divino de Alcântara tem reconhecimento internacional pela sua força, pela sua beleza, pelo seu lirismo. Queria dar um suporte maior, mas não foi possível, e estou exortando a todos aqueles que se preocupam com a cultura popular do Maranhão, que não deixem essa grandiosa manifestação de cunho religioso e folclórico ser extinto”, disse Astro de Ogum.

sem comentário »