Assim não adianta revitalizar

0comentário
Lixo despejado estupidamente junto à recém-revitalizada Praça da Alegria (Foto: Sérgio Viana)

Lixo de restaurantes do Centro despejado junto à recém-revitalizada Praça da Alegria (Foto: Sérgio Viana/Facebook)

Reinaugurada há exatos três dias, após ampla reforma, a Praça da Alegria, no Centro, retomou sua triste realidade. Junto ao novo calçamento, à pintura impecável pós-revitalização e aos bancos recém instalados, pode ver uma pilha de sacos de lixo, despejados estupidamente por donos de restaurantes instalados naquelas redondezas.

Ao reformar a Praça da Alegria, o poder público – no caso, o Governo Federal, por meio do PAC Cidades Históricas – fez sua parte, algo não tão comum em meio à omissão, a incompetência e a corrupção governamentais, com raras exceções.

Exige-se a todo instante a conservação do nosso patrimônio histórico, cujo acervo inclui a Praça da Alegria. A cobrança é mais do que justa e necessária, mas deve ser dirigida não só aos governantes. O povo também tem que fazer sua parte.

sem comentário »

Polícia estoura laboratório de adulteração de cerveja na Vila Janaína

0comentário
Garrafa de cerveja da marca Glacial, como mostra tampinha, com rótulo de Skol

Garrafa de cerveja da marca Glacial, como mostra a tampinha, com rótulo de Skol

Policiais do Grupo de Serviço Avançado (GSA), do 6º Batalhão da Polícia Militar e do Comando da Policiamento da Área Metropolitana 2 estouraram, neste sábado, um laboratório de adulteração de cervejas que funcionava na Vila Janaína, bairro vizinho à Cidade Operária. Foram presas quatro pessoas e aprendidos rótulos, tampinhas, engradados, mais de 1.100 garrafas com a marca adulterada, uma prensa para fixação de tampinhas e uma pequena quantidade de cocaína.

Centenas de rótulos e tampinhas foram apreendidos no laboratório de adulteração de cerveja

Centenas de rótulos e tampinhas foram apreendidos no laboratório de adulteração de cerveja

Os policiais descobriram o laboratório após receberem denúncia de que Edilson Barbosa das Neves, conhecido como Beira-Mar, 36 anos, estava traficando drogas em um bar de sua propriedade, na Janaína. Os militares passaram a monitorar o suspeito até localizarem o seu endereço.

Prensa utilizada para fixar tampinhas de Skol e Antarctica em garrafas de Glacial

Prensa utilizada para fixar tampinhas de Skol e Antarctica em garrafas de Glacial

Por volta das 17h de ontem, a polícia recebeu a informação de que a casa de Beira-Mar estava registrando intensa movimentação de pessoas. Os policiais se dirigiram ao local e ao entrar encontraram vários engradados e perceberam a existência de grande quantidade de rótulos, tampas de marcas diversas de cerveja, além de uma prensa utilizada para vedação de garrafas.

Beira-Mar ou Marabá, preso por adulterar cervejas

Beira-Mar ou Marabá, preso por adulterar cervejas

Ao checar o material, os militares constataram que todas as cervejas eram da marca Glacial, uma das mais baratas do mercado, e que todos os rótulos e tampinhas estavam sendo substituídos criminosamente por outras marcas, como Skol e Antarctica, mais caras, para revenda.

Beira-Mar, também apelidado de Marabá, foi preso em flagrante. Outros três homens foram detidos, mas foram inocentados pelo dono da mercadoria, que afirmou que eles desconheciam a fraude, pois foram contratados apenas para transportar a cerveja. Mesmo assim, todos foram conduzidos à Delegacia Especial da Cidade Operária (Decop) para a realização dos procedimentos legais.

Material apreendido:

1.192 garrafas de cerveja com rótulos e tampas trocados

50 engradados de cerveja

01 panela contendo diversos rótulos e tampas de cerveja de marcas diversas

01 prensa para fixação de tampinhas de cerveja

03 celulares

01 relógio dourado

Uma cabeça de cocaía

R$ 58,00

sem comentário »

Humberto Coutinho é operado e tem alta

0comentário

O presidente da Assembleia Legislativa do Maranhão, deputado estadual Humberto Coutinho (PDT), recebeu alta, neste sábado, dia 28 de março, às 20h30, do Hospital São Domingos em São Luís, após procedimento cirúrgico para drenagem de um abcesso na parede abdominal, pós reconstrução do trânsito intestinal.

Humberto Coutinho já está em sua residência, passa bem e ficará afastado, nos próximos sete dias, de suas atividades parlamentares, para completa recuperação.

A ex-deputada Cleide Coutinho e toda a família agradecem o carinho e a atenção de todos os amigos que enviaram mensagens de apoio e aproveitam para desejar uma Feliz Páscoa!

Fonte: Agência Assembleia

sem comentário »

Humberto Coutinho é internado às pressas e será operado neste domingo

0comentário
Humberto Coutinho fará cirurgia para drenagem de abcesso na parede intestinal

Humberto Coutinho fará cirurgia para drenagem de abcesso na parede intestinal

O presidente da Assembleia Legislativa do Maranhão, deputado estadual Humberto Coutinho (PDT), foi internado na noite desta sexta-feira, 27 de março, no Hospital São Domingos em São Luís, para drenagem de um abcesso na parede abdominal, pós reconstrução do trânsito intestinal.

O procedimento cirúrgico será realizado amanhã , 28 de março, às 8 da manhã, pelo médico cirurgião Hepato Gastro Intestinal, Dr. Orlando Torres.

Fonte: Agência Assembleia

sem comentário »

Vereador participa do lançamento do Programa Peixe na Mesa

0comentário
Vereador Roberto Rocha Jr. elogiou programa por vender pescado de qualidade a preços diferenciados

Vereador Roberto Rocha Jr. elogiou programa por vender pescado de qualidade a preços diferenciados

O vereador Roberto Rocha Júnior (PSB) participou na manha de sexta-feira, (27) de mais uma 
edição do programa municipal “Peixe na Mesa”. A edição deste ano foi lançada no bairro 
Coroadinho, ao lado da Fundação Bradesco. 

Além de lideranças políticas, o evento contou com a presença de muitos populares que fizeram questão de participar do ato e comprar os pescados por preços bem mais acessíveis. O programa Peixe na Mesa é uma iniciativa da Prefeitura de São Luís, por meio da Secretaria Municipal 
de Agricultura Pesca e Abastecimento (Semapa).

Durante todo o período que antecede a Semana Santa, a comercialização do pescado será feita em feiras itinerantes pelo “Caminhão do Peixe” em dois turnos, disponibilizando 3 kg do 
produto por consumidor. O programa irá garantir preços de 25% a 30% inferiores aos preços praticados no mercado convencional.
 
Entre os bairros que serão atendidos com o programa, a Prefeitura priorizará aqueles cuja 
população tem um menor poder aquisitivo, tais como Anjo da Guarda, Coroadinho, Vila Fialho, 
Vila Izabel, Vila Embratel, Liberdade, Vila Magril, Itapera, Cidade Operária, Sacavém, 
Alemanha, bairros do entorno da Praça da Bíblia, São Francisco, Cohab, entre outros.
 
Para Roberto Rocha Júnior, o programa “Peixe na Mesa” irá favorecer os consumidores, pois temo propósito de vender pescados de qualidade com preços diferenciados à população mais 
carente de São Luís.

“Esse é um programa com uma importância social muito grande para a população de nossa cidade,sobretudo, para aquelas que não abrem mão da tradição de comer peixe durante a Semana Santa. O programa irá beneficiar diretamente pessoas de baixa renda que terão a garantia de está consumindo um alimento saudável e de qualidade”, afirmou.

O vereador disse ainda que ele, juntamente com o secretario da Semapa, Aldo Rogério, já estão buscando parcerias com o objetivo de fazer com que o programa “Peixe na Mesa” se estenda 
para além do período da Semana Santa, garantindo, dessa forma, o peixe na mesa das famílias 
ludovicenses durante todo ano.
sem comentário »

Passagens de ônibus mais caras em São Luís

4comentários
Secretário Canindé Barros anunciou reajuste de 16$ nas passagens de ônibus em coletiva

Secretário Canindé Barros anunciou reajuste de 16% nas passagens de ônibus (Foto: Leandro Santos/O Estado)

Em entrevista coletiva concedida na tarde desta sexta-feira, o secretário municipal de Trânsito e Transportes, Canindé Barros, anunciou o reajuste de 16% nas passagens de ônibus na Região Metropolitana de São Luís. O aumento começará a vigorar à 0h do próximo domingo. O reajuste veio um dia depois da concessão de reposição de 8,5% nos vencimentos de motoristas, cobradores e fiscais. O acordo salarial foi mediado pelo Ministério Público do Trabalho (MPT), praticamente sem resistência de nenhuma das duas partes.

Nos últimos meses, o Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros (SET) vinha exercendo forte pressão sobre a Prefeitura de São Luís para que o reajuste fosse autorizado. A entidade patronal alegava que o aumento no preço do óleo diesel e os investimentos na renovação da frota elevaram significativamente os custos do sistema.

Foi o segundo aumento nas passagens de ônibus em menos de 10 meses. Em 6 de junho de 2014, a Prefeitura elevou em R$ 0,30 (trinta centavos) o preço de cada tarifa, pondo fim a uma greve de rodoviários que já durava 16 dias, já que o reajuste possibilitou o reajuste salarial de 8% pretendido pela categoria na época.

O reajuste também veio um dia depois da concessão de reposição de 8,5% nos vencimentos de motoristas, cobradores e fiscais. O acordo salarial foi mediado pelo Ministério Público do Trabalho (MPT), praticamente sem resistência de nenhuma das duas partes.

Com o reajuste de 16%, a tarifa mais barata do transporte público, que custava R$ 1,60, passará para R$ 1,90. A de R$ 1,90 subirá para R$ 2,20 e a de R$ 2,40 aumentará para R$ 2,80.

4 comentários »

Presidente do IPHAN e diretor do PAC Cidades Históricas visitam Fábrica Santa Amélia

0comentário

 

Reitor Natalino Salgado, presidente do IPHAN, Jurema Machado, e comitiva percorrem rua do Centro Histórico de São Luís

Reitor Natalino Salgado, presidente do IPHAN, Jurema Machado, e comitiva percorrem rua do Centro Histórico de São Luís

SÃO LUÍS – No final da tarde de ontem, 26, o reitor Natalino Salgado recebeu a presidente do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN), Jurema Machado, para uma visita técnica às obras de restauração e requalificação do complexo da Fábrica Santa Amélia, na Rua Cândido Ribeiro, Centro. O espaço, com mais de 13 mil metros quadrados, abrigará os cursos de Turismo e Hotelaria da UFMA, além do hotel-escola da Universidade. Também estiveram presentes o diretor do PAC Cidades Históricas, Robson de Almeida; a secretária de estado do Turismo, Delma Andrade; e a superintendente do IPHAN-MA, Kátia Bogéa.

A comitiva visitou o prédio central, de 2.470,61 metros quadrados, passeou pelo hall, pátio com mezanino, o primeiro pavimento, o mirante – onde funcionava a administração da antiga fábrica têxtil -, quatro miniauditórios, uma passarela onde funcionava a antiga base dos motores e os espaços onde serão feitos a lanchonete, o jardim interno e a área de vivência.

A antiga estrutura da Cooperativa Educacional dos Servidores da UFMA (Coesufma), que funcionou por muito anos no Centro da cidade, foi outro local visitado. O prédio abrigará um auditório de 5.585 metros quadrados com capacidade para 450 lugares e cabine de tradução simultânea, além de salas de aula, uma biblioteca com 466,81 metros quadrados, laboratórios e elevador.

Reitor Natalino Salgado, presidente do IPHAN, Jurema Machado, superintendente regional do IPHAN, Kátia Bogéa, e assessores em visita ao prédio

Reitor Natalino Salgado, presidente do IPHAN, Jurema Machado, superintendente regional do IPHAN, Kátia Bogéa, e assessores em visita ao prédio

Também integram o complexo uma empresa júnior e o hotel-escola de 1.415 metros quadrados, que terá nove apartamentos suítes, um restaurante e duas cozinhas industriais. Esta estrutura ficará a serviço dos alunos de turismo e hotelaria da UFMA para o aprendizado, na prática, da administração de um hotel. Outro ponto importante da requalificação dos oito prédios da área foi o processo de nivelamento que garante total acessibilidade a alunos e visitantes com deficiência.

O caráter histórico é um grande marco das obras, já 80% concluídas. Desde o início da restauração e requalificação, a UFMA e o IPHAN trabalharam juntos para conservar, ao máximo, as características originais dos prédios. Foram encontradas, aproximadamente, 30 mil peças da arqueologia industrial que serão incorporadas a um acervo museográfico, tais como motores, equipamentos utilizados na indústria têxtil, porcelanas e machadinhas.

As particularidades da antiga fábrica têxtil foram mantidas ao serem recuperadas peças originais e anexadas outras de mesmas características: telhas francesas, azulejos portugueses, estruturas metálicas inglesas e escada helicoidal escocesa são alguns dos materiais adquiridos e considerados de ponta no século XIX.

Rua do Centro Histórico de São Luís

Rua do Centro Histórico de São Luís que abriga atividades da UFMA

“Sempre soube do potencial e da magnitude desse patrimônio, porém estou sinceramente impressionada. O que estamos vendo aqui, hoje, é um complexo educacional de grande porte com toda qualidade, acessibilidade, tecnologia, um espaço que, além da qualidade, vai significar mais energia e vida para este centro histórico”, disse a presidente do IPHAN, Jurema Machado.

Natalino Salgado ressaltou as parcerias envolvidas na recuperação da estrutura e sua importância para a educação do Estado. “Hoje, bem avaliado, se percebe que os prédios estão na fase final de recuperação. São mais de 13 mil metros quadrados e é o maior conjunto arquitetônico em recuperação no Brasil, com investimento de mais de 17 milhões adquiridos em parcerias com o Ministério do Turismo, Ministério da Cultura e Ministério da Educação. Logo faremos a inauguração para que comece a funcionar nestes prédios os cursos de Turismo e Hotelaria”, disse o reitor da UFMA.

sem comentário »

Presidente da Câmara participa de lançamento de projeto com ministro da Cultura

0comentário
Presidente da Câmara Municipal, Astro de Ogum, ao lado do ministro da Cultura, Juca Ferreira, do governador Flávio Dino e da presidente do IPHAN, Jurema Machado

Presidente da Câmara Municipal, Astro de Ogum, ao lado do ministro da Cultura, Juca Ferreira, do governador Flávio Dino e da presidente do IPHAN, Jurema Machado

“Esse é um projeto que vem lançar novas luzes sobre a cultura popular de São Luís. Essa parceria entre a Prefeitura e o Ministério da Cultura pode ser considerada como um momento histórico, principalmente para a capital, onde há uma grande diversidade cultural e poucos recursos. O convênio estabelece novas diretrizes e é muito salutar para todos nós, que atuamos na área cultural”.

A afirmação foi feita pelo presidente da Câmara Municipal de São Luís, vereador Astro de Ogum (PMN), que participou, na tarde desta quinta-feira (26), no Teatro Artur Azevedo, da solenidade em que o ministro da Cultura, Juca Ferreira, assinou o documento de efetivação do projeto Rede São Luís Pontos de Cultura, para garantir a promoção de ações que viabilizem o acesso às políticas culturais na capital maranhense. A parceria conta também com a participação do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan). O prefeito Edivaldo Holanda Júnior (PTC) não participou do evento em decorrência de problemas de saúde na família.

Para o presidente da Fundação Municipal de Cultura (Func), Marlon Botão, o projeto Rede São Luís Pontos de Cultura é um marco histórico relevante para a cultura de São Luís, não somente porque premiará as 40 organizações culturais de destaque, mas também porque a capital maranhense passa a integrar o Programa Cultura Viva, do Ministério da Cultura (MinC), além de efetivar o processo de capacitação para a formação da Rede São Luís Pontos de Cultura.

“São Luís foi a única cidade brasileira a ter autorizado pelo ministério de 40 pontos de cultura, um número significativo, o que representa um avanço nas políticas culturais do Município e na valorização das manifestações e tradições culturais de raiz da nossa cidade”, declarou Marlon Botão, ressaltando ainda que, ainda este ano, São Luís terá implementado o Sistema Municipal de Cultura.

O convênio sinaliza o acréscimo de ações e investimentos do governo municipal na área da Cultura. No total, serão aplicados R$ 2,2 milhões para a execução de projetos no período de 18 meses.

A criação da Rede será executada ainda este ano pela Prefeitura de São Luís, em parceria com o Ministério da Cultura, atendendo diretamente a uma das diretrizes do plano de metas do Programa Nacional de Promoção da Cidadania e Diversidade Cultural, o Cultura Viva, sancionado pela Lei Nº 13.018, de 23 de julho de 2014. O principal objetivo do Programa Cultura Viva é a ampliação do acesso da população aos direitos culturais.

Juca Ferreira assinou um pacote de convênios culturais com o governador Flávio Dino, na esfera estadual. Ao final, Flávio Dino agradeceu ao deputado federal Sarney Filho, pela liberação de uma emenda da ordem de R$ 1 milhão, para serem aplicados na aquisição de instrumentos para escolas de músicas e disse que seu governo não tem retaliação e criticou duramente a política do ódio e do rancor. Ao final, o ministro da Cultura passou por uma sabatina feita por integrantes de movimentos culturais.

sem comentário »

Onda do impeachment chega ao Maranhão

0comentário

impeachment2

Com a popularidade em baixa, a presidente Dilma Rousseff passou a ser alvo de manifestações explícitas de repúdio nos quatro cantos do país. Indignados com a alta da inflação e com os escândalos de corrupção que pipocam a todo instante no governo, os brasileiros vêm externando com ênfase todo o seu descontentamento.

A onda de decepção, que tem como mote o pedido de impeachment da petista, já chegou a São Luís. Na capital maranhense, vários carros, como o mostrado na imagem acima, em uma rua do bairro São Francisco, já circulam com o adesivo defendendo o afastamento da presidente.

impeachment

Estado que deu a maior votação proporcional a Dilma em suas duas eleições, o Maranhão agora engrossa o coro dos descontentes.

sem comentário »

Paço do Lumiar realiza 1ª pré- conferência de Segurança Alimentar e Nutricional

0comentário
Encontro reuniu produtores, pescadores, merendeiros, gestores de escolas, povos de matriz africana, entidades consumidoras do PAA e da CONAB

Encontro reuniu produtores, pescadores, merendeiros, gestores de escolas, povos de matriz africana, entidades consumidoras do PAA e da CONAB

Com o tema “Produção no Campo e na Cidade: Avanços e Desafios”, o encontro reuniu produtores, pescadores, merendeiros, gestores de escolas, povos de matriz africana, entidades consumidoras do Programa de Aquisição de Alimentos Estadual (PAA) e da Companhia Nacional de Abastecimento (CONAB), e representantes do poder público municipal e Conselhos.

O encontro realizado no Convento das Ir. da Purificação, no Maiobão, marcou também o período de preparação para a 3ª Conferência Municipal de Segurança Alimentar e Nutricional, do município, que acontecerá em maio deste ano.

Paço do Lumiar é o primeiro município da federação a iniciar as pré-conferências, uma iniciativa do governo municipal bastante louvada, em discurso de abertura, pela presidente do Conselho Municipal de Segurança Alimentar e Nutricional, Maria da Conceição de Almeida Ferreira. “Este momento é muito importante para o município. Estamos saindo na frente dos demais estados nas discussões e elaboração de propostas para as políticas da Segurança Alimentar e Nutricional”, ressaltou.

Para Rosany Aranha, secretária de Agricultura Pesca e Abastecimento, as conferências são fundamentais, pois nortearão os programas de SAN, em Paço do Lumiar. “Temos que suplementar e implementar as nossa políticas, por isso da importância da unção entre poder público e sociedade civil. É um compromisso que estamos firmando, para os primeiros passos de grande avanços”, disse.

Um painel com a participação de representantes da Semapa, CONAB, SEMED e Colônia de Pescadores expôs as atividades executadas, através dos programas federais como, o PAA, PNAE, e ainda, assessorias técnicas, Selo de Inspeção Municipal (S.I.M.), feira livre o agricultor familiar, entre outros. Na oportunidade foi exibido um vídeo institucional com depoimentos de produtores beneficiados pelos programas.

A presidente da Câmara Intersetorial de Segurança Alimentar (CAISAN) e secretária municipal de Desenvolvimento Social, Ivone Oliveira, reforçou pela necessidade da discussão com participação de toda a população luminense. “A Conferência vem com esse propósito, que haja além de discussão de eixos, propostas consistentes para sanar a problemática da fome que assola o país em termos gerais, bem como os problemas de ordem social e econômica os quais a sociedade é submetida por falta de políticas afirmativas”, frisou.

Presentes na 1ª Conferência, o secretário de Saúde, William Rios, a representante do Setor De Operações e Programas Institucionais e Sociais de Abastecimento – Seopi, Leidyenne Nazária Araújo, do Conselheiro Estadual de Segurança Alimentar e Nutricional, Kurt Clajus Oliveira e de nutricionistas das secretarias de Desenvolvimento Social e de Educação de Paço do Lumiar.

sem comentário »