Maranhão recebe mais 31,5 mil doses de vacina da Pfizer

0comentário
Nova remessa de vacinas contra o novo coronavírus produzidas pela Pfizer/BioNTech contém 1,12 milhão de doses, 31.519 para o Maranhão

O Maranhão receberá mais um lote, desta vez com 31.590 doses, da vacina contra a Covid-19 produzida pela Pfizer/BioNTech. O total da remessa para os 26 estados e o Distrito Federal é de 1,12 milhão de doses. A distribuição, feita pelo Ministério da Saúde, começou nesta segunda-feira (10/5). As doses são destinadas para a primeira aplicação em pessoas com comorbidades, gestantes e puérperas, e pessoas com deficiência permanente. As 27 unidades da federação recebem o imunizante de forma proporcional e igualitária. Confira aqui a divisão das doses por UF.

A logística de distribuição das vacinas da Pfizer foi montada levando em conta as suas condições de armazenamento, que possuem particularidades diferentes dos demais insumos adquiridos e distribuídos pelo Sistema Único de Saúde (SUS).

No Centro de Distribuição do Ministério da Saúde, em Guarulhos, as doses estão armazenadas a uma temperatura de -90°C a -60°C. Ao serem enviadas aos estados, as vacinas estarão expostas a temperatura de -20°C. Nas salas de vacinação, onde a refrigeração é de +2 a +8°C, as doses precisam ser aplicadas em até cinco dias.

Em função disso, o Ministério da Saúde orienta que, neste momento, a vacinação com o imunizante da Pfizer seja realizada apenas em unidades de saúde das 27 Capitais brasileiras, de forma a evitar prejuízos na vacinação e garantir a aplicação da primeira e segunda doses com intervalo de 12 semanas entre uma e outra.

A estratégia de distribuição de vacinas Covid-19 é revisada semanalmente em reuniões tripartites (governos federal, estaduais e municipais), observando as confirmações do cronograma de entregas por parte dos laboratórios.

sem comentário »

Prefeitura de Caxias libera eventos com até 50 pessoas por sete dias

0comentário
Medida que flexibiliza normas sanitárias contra o novo coronavírus em Caxias vale de 10 a 16 deste mês

A Prefeitura de Caxias, por meio do Decreto Municipal nº 215, publicado no Diário Oficial do Município nesse domingo (9), autoriza pelo período de 10 a 16 de maio de 2021 a realização de reuniões e eventos públicos e privados. O limite autorizado é de 50 pessoas por evento.
.
Com vistas a assegurar o distanciamento social e contenção da Covid-19, as Forças de Segurança Estadual e Municipal e Vigilância Sanitária, promoverão operações com vistas a garantir a obrigatoriedade do uso de máscara e o cumprimento das medidas dispostas neste decreto.
.
A gestão municipal lembra que as regras deste decreto podem ser revistas a qualquer tempo, considerando os registros de infecção por Covid-19 no município, bem como as orientações dos profissionais de saúde.

sem comentário »

Só 1 de cada 4 estabelecimentos turísticos do Maranhão tem certificação federal de segurança contra Covid-19

0comentário

São Luís, Barreirinhas e Carolina foram os municípios que mais emitiram a certificação no estado

Pouco mais de 26% – aproximadamente um de cada quatro – dos estabelecimentos turísticos do Maranhão aderiram ao “Selo Turismo Responsável, Limpo e Seguro”, do Ministério do Turismo, demonstrando que há espaço para ampliar a quantidade de adesões no estado. Após mais de 10 meses de seu lançamento, 428 selos foram emitidos no estado, com destaque para as agências de turismo (179), meios de hospedagens (115) e restaurantes e cafeterias (48). Entre as cidades maranhenses, as empresas da capital, São Luís, de Barreirinhas e Carolina se destacaram no interesse pela certificação.

Ao todo, o Brasil já ultrapassou a marca de 27 mil selos emitidos por 15 tipos de atividades turísticas, como meios de hospedagem, parques temáticos, restaurantes, cafeterias, bares, centros de convenções, feiras, exposições e guias de turismo. Em quantitativo, os estados de São Paulo (5.441), Rio de Janeiro (3.798) e Minas Gerais (2.268) permanecem à frente. O documento é um reconhecimento visual e dá credibilidade aos empreendimentos do setor que declararam assumir os protocolos de biossegurança contra a Covid-19 ofertando, assim, mais segurança e conforto aos viajantes no país.

O ministro do Turismo, Gilson Machado Neto, reforçou a importância da obtenção deste selo para uma retomada segura do turismo em todo o Brasil. “Fomos pioneiros nesta certificação e agora temos que fazer valer todo esse reconhecimento e trabalho que desenvolvemos. Atenção empresários, vamos aderir ao selo e garantir a segurança sanitária dos nossos turistas, que vão desfrutar das belezas que só o nosso país possui. Estamos juntos nessa!” destacou.

Adesão

Para solicitar o selo, o estabelecimento precisa apresentar situação regular no cadastro de prestadores de serviços turísticos (Cadastur). Após se regularizar, é preciso acessar o site do Selo Turismo Responsável, ler as orientações e declarar atender aos pré-requisitos determinados. Após esses passos, o interessado é encaminhado para uma área do site onde pode fazer o download do selo para impressão.

Para utilizar o selo em local físico, o empreendedor deve colocá-lo em local de fácil visualização do cliente. O estabelecimento pode oferecer um QR Code para que os turistas verifiquem quais são as medidas adotadas por aquele empreendimento e/ou profissional.

Fonte: Ministério do Turismo

sem comentário »

Prefeitura recupera ruas e avenidas de Caxias com foco na segurança no trânsito

0comentário
Trecho de via em frente a escola pública foi recuperado pela Prefeitura de Caxias

A Prefeitura de Caxias, por meio da Secretaria Municipal de Infraestrutura e da Secretaria Adjunta de Obras, segue realizando melhorias na infraestrutura de ruas e avenidas da cidade. Só na semana passada, a administração municipal promoveu melhorias nos bairros João Viana, Baixinha e Refinaria.

Serviços de infraestrutura em vias públicas também favorece a prática de atividades físicas

O trabalho segue em outros bairros, que também vão receber o serviço de recomposição asfáltica. O procedimento consiste em cortar ao redor do buraco e de sua área de influência lateral, retirando o material comprometido de pavimento. Logo depois, toda a área interna do buraco recortado é limpa e na sequência é realizada a reposição do pavimento e nivelado com o rolo compactador.

Tráfego de veículos flui com mais agilidade e segurança após execução de obras de infraestrutura

“Estamos realizando a operação de recomposição asfáltica em ruas em situação mais crítica e com muita movimentação. O objetivo é deixar todas as vias da cidade em condições seguras para o trânsito de veículos e pedestres”, informou o secretário interino de Infraestrutura, Antônio dos Reis.

sem comentário »

Polícia combate vazamento de nudes e pornografia infantil nas redes sociais em Turiaçu

0comentário

Delegacia do município, com apoio do setor de Inteligência da Secretaria de Segurança Pública, apreendeu celulares em residências e caça autores


A Polícia Civil do Maranhão, por intermédio da Delegacia de Turiaçu, 5° Regional de Pinheiro, com apoio do setor de Inteligência da Secretaria de Segurança Pública, e suporte operacional do GOE, 10° BPM de Pinheiro, cumpriu, no último dia 6, mandado de busca e apreensão em várias residências, durante a Operação Auto-Reverse, de combate a crimes digitais.

Em virtude de investigação contra perfis de redes sociais que têm praticado injúria, difamação e divulgação de cenas de nudez e pornografia contra várias pessoas, incluindo menores, na Internet. Vários celulares foram apreendidos e serão enviados ao Centro de Inteligência da Polícia Civil, em decorrência de decisão judicial.

As investigações seguem em andamento para a completa identificação dos autores dos crimes relacionados.

sem comentário »

Mensagem às mães do prefeito de Caxias, Fábio Gentil

0comentário
sem comentário »

São Luís registra mais mortes do que nascimentos pela 2ª vez na história

0comentário

Dados de abril do Portal da Transparência do Registro Civil apontam fenômeno na capital maranhense, que registra mais óbitos do que nascidos pela segunda vez na história

São Luís registrou em abril 51 óbitos a mais do que nascidos vivos, marca registrada pela última vez em maio de 2020

Pelo segundo mês desde que se iniciou a pandemia da COVID-19, São Luís registrará um mês com mais óbitos do que nascimentos. Com cerca de 1 milhão de habitantes, a cidade tem até esta sexta-feira (30/04) 632 óbitos e 581 nascimentos, diferença de 51 óbitos a mais do que nascidos vivos, registrando o segundo mês com decréscimo populacional de sua história. A primeira vez havia ocorrido em maio de 2020, quando foram registrados 1072 óbitos e 1034 nascimentos.

Os dados preliminares, uma vez que registros de abril ainda podem ser lançados, constam no Portal da Transparência do Registro Civil, base de dados abastecida em tempo real pelos atos de nascimentos, casamentos e óbitos praticados pelos Cartórios de Registro Civil do País, administrada pela Associação Nacional dos Registradores de Pessoas Naturais (Arpen-Brasil), cruzados com os dados históricos do estudo Estatísticas do Registro Civil, promovido pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), com base nos dados dos próprios cartórios brasileiros.

“Percebemos, com estes números, que os picos elevados e as variantes do novo coronavírus impacta profundamente as famílias maranhenses. E a capacidade do Portal da Transparência do Registro Civil trazer esses números em tempo real para nós é bem importante para assim sabermos as medidas que nosso estado deve tomar e incentivar a vacinação em massa na região”, diz o Presidente da Arpen/MA, Devanir Garcia

A queda na diferença entre os nascimentos e os óbitos na capital vinha ocorrendo de forma gradual ao longo dos anos, mas se acentuou de forma contundente com a pandemia da COVID-19. Em janeiro de 2020, esta diferença era de 1.104 registros de nascimentos a mais. Em maio do ano passado, caiu para 38, e em abril, deste ano, São Luís vivenciou o segundo mês com mais óbitos que nascimentos e o recorde negativo em sua história, com 51 óbitos a mais do que nascidos vivos.

Brasil

No País, a região Sudeste, com cerca de 85 milhões de habitantes tem até esta sexta-feira (30.04) 81.525 óbitos e 76.508 nascimentos, realidade que se repete em três dos quatro Estados que compõe a região: São Paulo, Minas Gerais e Rio de Janeiro, sendo que os dois primeiros registram também o primeiro mês com maior número de mortes do que de nascidos em seus territórios na série histórica.

Além do Sudeste e dos três Estados com mais óbitos do que nascidos na região, o Rio Grande do Sul também registrou um maior número de mortes do que nascimentos em abril. Entre as capitais brasileiras, nove viram os óbitos superarem o número de nascidos vivos, sendo que em quatro delas isso ocorre pela primeira vez desde o início da série história, em 2003: São Paulo (SP), Curitiba (PR), São Luís (MA) e Vitória (ES). As outras cinco, Rio de Janeiro (RJ), Porto Alegre (RS), Fortaleza (CE), Recife (PE) e Belo Horizonte (MG), já haviam registrado este fenômeno em meses anteriores.

Sobre a Arpen/MA

Fundada em fevereiro de 2014, a Associação dos Registradores de Pessoas Naturais do Estado do Maranhão (Arpen/MA) representa os titulares cartórios de Registro Civil, que atendem a população nos municípios do Estado do Maranhão. É no Registro Civil que são realizados os principais atos da vida civil de uma pessoa, a exemplo do registro de nascimento, casamento, emancipação e óbito.

sem comentário »

“Salve os nossos Blocos Tradicionais! Manifestação única no país e um dos principais pilares da cultura maranhense”, exalta Dr. Gutemberg

0comentário
Entusiasta dos blocos tradicionais, Dr. Gutemberg lamentou que a pandemia tenha adiado a comparação da data especial

No dia 8 de maio é celebrado o Dia Municipal dos Blocos Tradicionais. A data especial foi criada pela Lei Lei 4.698/2006 de autoria do vereador Dr. Gutemberg Araújo (PSC), vice-presidente da  Câmara Municipal de São Luís. Defensor da cultura maranhense, Dr. Gutemberg criou essa Lei ainda no seu primeiro mandato na Câmara.

Além da valorização desse segmento cultural maranhense, a Lei do Dr. Gutemberg também presta homenagem ao mestre Walmir Moraes Corrêa, um dos grandes nomes do carnaval maranhense e fundador do bloco Os Foliões.

“Hoje, com saudades, quero prestar minha homenagem a todos que fazem essa manifestação, que é única no país e um dos pilares da cultura maranhense. A pandemia adiou a festa. Mas a data sempre será lembrada de forma muito especial. Renovo minhas preces para que a pandemia termine, e que no próximo ano possamos contar com essa alegria contagiante. Tenho os Blocos Tradicionais no meu coração. Salve também meu saudoso amigo Walmir Corrêa. Parabéns a todos!”, destacou Dr. Gutemberg.

HISTÓRIA BLOCOS TRADICIONAIS

Com indumentárias coloridas, um figurino próprio e o som dos tambores feito com as mãos espalmadas, a alegria dos Blocos Tradicionais invadem as ruas de São Luís e a passarela do samba, no período carnavalesco.

Segundo os registros, os primeiros blocos surgiram no final da década de 1920. Já na década de 1940, criaram os primeiros concursos. Com o passar dos anos, vieram os desfiles competitivos nas praças João Lisboa e Deodoro.

De acordo com a Associação Maranhense de Blocos Carnavalescos (AMBC) e a Academia Maranhense de Blocos Tradicionais, existem mais de 40 blocos na capital. Os Blocos Tradicionais do Maranhão estão em processo de reconhecimento como Patrimônio Cultural e Imaterial do Brasil.

sem comentário »

PF resgata maranhenses submetidos a trabalho escravo em empresa de Santa Catarina

0comentário

Operação Finita Servus foi deflagrada com o objetivo de desarticular esquema de tráfico de pessoas, levadas de Santa Inês e Centro Novo com promessa de emprego em terras catarinensesdfa651f0-6109-411f-9a81-51cc468cacb6 - Copia.jpg

São Luís/MA – A Polícia Federal deflagrou, na manhã dessa sexta-feira n(7/5), a operação Finita Servus, visando combater o tráfico de pessoas e a consequente submissão destas à condição análoga à de escravo, no Maranhão e em Santa Catarina.  Policiais federais deram cumprimento a cinco mandados de busca e apreensão, expedidos pela Justiça Federal após representação da autoridade policial, sendo dois no município de Santa Inês/MA, um em Centro Novo do Maranhão/MA, e dois em São Joaquim/SC.

Trata-se da investigação realizada pela PF sobre tráfico de pessoas. De acordo com o que foi apurado, trabalhadores oriundos do Estado do Maranhão foram aliciados, mediante fraude e abuso da condição de vulnerabilidade das vítimas, com a promessa de trabalho, alojamento e alimentação pagos pela empresa contratante, e levados ao estado de Santa Catarina.

Ao chegarem ao destino, descobriram que haviam sido enganados, sendo ainda obrigados a residir em alojamentos abarrotados, sem condições mínimas de viver com dignidade. Eles também tiveram parte de seu salário e documentos retidos pelos empregadores, com a justificativa de pagamento pelas despesas do período, caracterizando, assim, a tráfico de pessoas com a elementar de redução à condição análoga à de escravo.

Os investigados poderão responder por crimes de reduzir alguém a condição análoga à de escravo (Art. 149 do CPB) e de tráfico de pessoas (Art. 149-A, II do CPB), dentre outros, podendo as penas somadas chegarem a 16 (dezesseis) anos de reclusão e multa.

sem comentário »

Prefeitura inicia pagamento das escolas comunitárias em Ribamar

0comentário
Neste primeiro momento, das 39 escolas cadastradas, 14 foram pagas, e a quitação seguirá até que todos os pagamentos sejam atualizados

A Prefeitura de São José de Ribamar deu início ao pagamento das escolas comunitárias do município, nesta sexta-feira (7). O pagamento é referente aos meses de janeiro, fevereiro, março e abril, e é destinado a toda as escolas que já estão regularizadas junto à Secretaria de Educação do município (SEMED).

Essa regularização é aprovada por meio da apresentação da documentação necessária para que todas recebam os seus direitos de forma justa e dentro da regularidade.

Neste primeiro momento, das 39 escolas cadastradas, 14 foram pagas, e o processo de quitação seguirá até que todos os pagamentos sejam atualizados junto a essas escolas.

Nesta sexta, foram assinados 15 termos que serão pagos até a quarta-feira da próxima semana. Já as outras 10 escolas ainda precisam regularizar a situação para receber o pagamento.

sem comentário »
https://www.blogsoestado.com/danielmatos/wp-admin/
Twitter Facebook RSS