“Gorilas diplomados”: Sindicato dos Jornalistas diz que declaração de advogado destoa do seu dever

2comentários

Em nota divulgada no início da tarde de hoje, o Sindicato dos Jornalista Profissionais de São Luís reprovou as declarações publicadas em um blog pessoal pelo presidente da Comissão de Direitos Humanos da seccional maranhense da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB/MA), Antônio Pedrosa, contra a categoria, por ocasião do assassinato do jornalista Décio Sá. De acordo com a entidade, Pedrosa, “em momento provável de alguma dúvida, classificou os jornalistas que conquistaram formação superior como gorilas diplomados”.

O sindicato lamentou a posição externada pelo advogado, que ao enveredar pelo ódio vilipendiou a memória de um companheiro que agora não pode mais se manifestar. Segue a íntegra da nota:

SINDICATO DOS JORNALISTAS PROFISSIONAIS DE SÃO LUÍS/MA

NOTA

Esta entidade vem a público discordar, profundamente, das declarações do conceituado advogado Antônio Pedrosa, Presidente da Comissão dos Direitos Humanos da Seccional da OAB-MA, que, em momento provável de alguma dúvida, classificou os jornalistas que conquistaram formação superior, como “gorilas diplomados”.

Ditas palavras foram para classificar o trabalho daquele que em vida conquistou seu diploma de jornalista e exerceu a profissão dentro do seu estilo e liberdade: Nosso saudoso companheiro DÉCIO SÁ.

A classificação expressada pelo Advogado, destoa do seu dever, que plenamente respeitamos, em defender pessoas que cometem os mais bárbaros crimes, mas  são cobertos pelo manto e preceitos dos Direitos Humanos, representados na OAB-Maranhão pelo Dr. Antônio Pedrosa.

Lamentamos, portanto, que, ao emitir o seu conceito contra o nosso companheiro tão covardemente eliminado da vida, o respeitável profissional do Direito tenha enveredado pelo ódio a uma classe jornalística, e vilipendiado a memória de um companheiro que agora não mais pode se manifestar.

2 comentários para "“Gorilas diplomados”: Sindicato dos Jornalistas diz que declaração de advogado destoa do seu dever"


  1. Furtado

    Acredito que a OAB seja um orgão serio e que tome providencias no sentido de expulsar esse cidadão da função que ocupa na entidade

  2. Inácio Augusto de Almeida

    Mataram um jornalista.
    Você disse: EU NÃO JORNALISTA.
    Mataram um policial.
    Você disse: EU NÃO SOU POLICIAL.
    Mataram um promotor.
    Você disse: EU NÃO SOU PROMOTOR.
    Mataram um deputado.
    Você disse: EU NÃO SOU DEPUTADO.
    Mataram um governador
    Você disse: EU NÃO SOU GOVERNADOR.
    Mataram VOCÊ.
    O ENTERRO FOI LINDO!

deixe seu comentário