Infraero ignora reforma do aeroporto de São Luís em seu site

0comentário

Após quatro adiamentos, conclusão da reforma do aeroporto de São Luís foi remarcada para agosto, mas gera dúvida

A Empresa Brasileira de Administração Aeroportuária (Infraero) ignora solenemente em seu site (www.infraero.gov.br) a reforma do Aeroporto Marechal Cunha Machado  entre as melhorias que está executando em terminais de passageiros no país. Na seção “Obras e Investimentos“, a página virtual dá detalhes sobre intervenções estruturais em aeroportos de 15 estados e do Distrito Federal, mas não traz uma única linha sobre a controversa reforma do aeroporto da capital maranhense, iniciada em abril do ano passado e cuja conclusão, após quatro adiamentos, deverá ocorrer somente em agosto.

O site da Infraero contém informações, por exemplo, sobre a inauguração dos módulos operacionais do Aeroporto Internacional de São Paulo/Guarulhos – Governador André Franco Montoro (SP) e da primeira etapa da obra do Sistema de Pista e Pátio do Aeroporto São Gonçalo do Amarante, em Natal (RN). A página traz ainda detalhes sobre a reforma, modernização e ampliação do Aeroporto Internacional Eduardo Gomes, em Manaus (AM); da ampliação do pátio de aeronaves do Aeroporto Internacional de Macapá (AP) e da construção do novo pátio de aeronaves do Aeroporto Internacional de Parnaíba Prefeito Dr. João Silva Filho (PI).

Ao final da seção “Obras e Investimentos”, a Infraero enfatiza que “todos esses empreendimentos refletem o empenho da Infraero em modernizar e ampliar os aeroportos sob sua administração, para que tenham plena capacidade de atender a crescente demanda do setor aéreo brasileiro.”

A ausência de qualquer menção sobre  a reforma do terminal de passageiros do Aeroporto Marechal Cunha Machado soa, no mínimo, estranha, em razão da magnitude da obra, orçada inicialmente em R$ 10, 4 milhões, valor que foi elevado para R$ 12,7 milhões devido ao atraso e a consequente prorrogação do contrato firmado entre a Infraero e a empresa maranhense EP Engenharia.

Pelo menos um motivo para a omissão da Infraero em relação à tumultuada reforma do aeroporto de São Luís vem à mente: o desejo da empresa de esquecer um episódio que, devido à série de transtornos causados, tornou-se um verdadeiro estorvo.

Foto: Biné Morais/O Estado do Maranhão

Sem comentário para "Infraero ignora reforma do aeroporto de São Luís em seu site"


deixe seu comentário