182 presos de Pedrinhas passarão Páscoa em casa

2comentários

saida temporáriaUm total de 182 detentos de unidades prisionais de São Luís receberam o benefício da Saída Temporária de Páscoa. Os internos começaram a sair nesta quarta-feira (27), e deverão retornar às unidades carcerárias até 18h do dia 1º de abril (segunda-feira).

O benefício, que foi concedido pelo juiz da 1° Vara de Execuções Penais (VEP), Jamil Aguiar, através da portaria nº 033/2013, é dado somente aos internos com bom comportamento e com base na Lei de Execuções Penais (Lei Nº 7.210/84) que visa à ressocialização de presos, entendendo que as comemorações dessa época do ano são apropriadas para o convívio em família.

Instituída como forma de promover a ressocialização de apenados a saída temporária não tem sido bem vista pela sociedade nos últimos anos. Isso porque é crescente o número de detentos que não retornam aos presídios findado o perído do benefício e voltam a ingressar no mundo do crime.

Seria hora de rever a legislação?

2 comentários para "182 presos de Pedrinhas passarão Páscoa em casa"


  1. agnaldo carvalho

    Bom comportamento carcerário deveria ser pura e simples obrigação, não motivo para qualquer premiação.
    Fico aqui me perguntando quantos presos no Brasil aproveitarão essa benesse legal para fugir. Quanto custará de recursos de tributos para recapturá-los? Quantos crimes praticarão estando foragidos? Quantos bons cidadãos serão ameaçados, furtados, assaltados ou mortos por esses foragidos?
    Por tais coisas vemos as pessoas de bem enclausuradas em suas casas ou apartamentos e elas estão cheias de medo e se perguntam: serei assalto hoje? serei assassinado hoje?

  2. Alexsander cartao de credito bradesco

    Bravo! Aconselho a tu a traduzir seus textos para que possa ser lidos por leitores de todo o mundo.

deixe seu comentário