Ainda se dizem profissionais

0comentário

batida

Um ônibus da linha Vinhais/Ipase colidiu hoje com a traseira de um táxi no retorno do São Francisco, em pleno meio-dia, produzindo uma cena desagradável. Primeiro porque um condutor que se diz profissional tem a obrigação de cumprir à risca as normas de trânsito, entre as quais a de manter a distância mínima do veículo da frente para evitar acidentes como o que aconteceu.

O segundo motivo tem a ver com os transtornos causados aos passageiros, obrigados a desembarcar e assistir, impotentes, sob um sol escaldante, ao bate boca dos motoristas, já que nenhum dos dois queria assumir a culpa pela colisão.

Responsabilidades à parte, houve no mínimo imprudência, que colocou em xeque a capacidade de ambos de transportar vidas.

Sem comentário para "Ainda se dizem profissionais"


deixe seu comentário