TJMA exige investigação de suposta ordem de Jefferson Portela para espionar desembargadores

0comentário
Presidente do TJMA, desembargador Joaquim Figueiredo, assina a nota

Em nota divulgada nesta sexta-feira, assinada pelo presidente Joaquim Figueiredo, o Tribunal de Justiça do Maranhão exigiu a investigação da denúncia feita pelo Blog do Neto Ferreira de que o secretário de Segurança Pública, Jefferson Portela, teria mandado espionar desembargadores e juízes.

O TJMA defendeu uma investigação rigorosa e imparcial. Resta saber a qual órgão caberá a apuração, à Polícia Civil, subordinada diretamente a Portela, ou ao Ministério Público, também detentor da prerrogativa de atuar nesse tipo de caso.

Abaixo, a nota pública do TJMA:

Tendo em vista matérias publicadas no Blog do ‘Neto Ferreira’ em que o ex-delegado de Thiago Bardal e o delegado Ney Anderson Gaspar acusam, reiteradamente, o Secretário Estadual de Segurança Pública do Estado do Maranhão, Jefferson Portela, de ter determinado suposta espionagem ilegal contra desembargadores e juízes, o Tribunal de Justiça, no exercício de suas funções constitucionais, vem a público e perante as autoridades exigir uma rigorosa e imparcial investigação de tais denúncias.

Desembargador José Joaquim Figueiredo dos Anjos
Presidente do Tribunal de Justiça do Maranhão

Sem comentário para "TJMA exige investigação de suposta ordem de Jefferson Portela para espionar desembargadores"


deixe seu comentário