Sindicato cobra e SSP vai investigar agressões a jornalista

0comentário
Presidente do Sindicato dos Jornalistas, Douglas Cunha, reuniu-se com o secretário de Segurança, Jefferson Portela

O presidente do Sindicato dos Jornalistas Profissionais de São Luís, Douglas Cunha, se reuniu, na manhã desta quarta-feira, com o secretário de Segurança Pública, Jefferson Portela, a quem expôs as circunstâncias do espancamento sofrido pelo jornalista e blogueiro José de Ribamar Neto Cruz, na madrugada do último dia 10, durante a festa de aniversário do município de Presidente Juscelino, na Região do Munim.

Neto Cruz, como o jornalista é mais conhecido, apontou como autor das agressões um familiar do prefeito Magno Teixeira, que, segundo ele, estava acompanhado de um jagunço. O espancamento teria sido em represália às críticas feitas pelo jornalista à administração municipal.

O secretário de Segurança Pública garantiu ao presidente do Sindicato dos Jornaĺistas que serão tomadas providências em relação ao caso e que a lei será aplicada, visando à punição, pelo Poder Judiciário, aos agressores.

Sem comentário para "Sindicato cobra e SSP vai investigar agressões a jornalista"


deixe seu comentário