Natalino Salgado propõe gestão de excelência com avaliação permanente da taxa de sucesso

0comentário
Natalino Salgado lembrou que sua gestão deixou como legado o prédio da editora e toda a infraestrutura para seu pleno funcionamento, mas, infelizmente, não houve investimentos e esses serviços atualmente não funcionam a contento

Entre as ações propostas para os primeiros 180 dias da gestão, o candidato a reitor da Universidade Federal do Maranhão, Natalino Salgado, destaca oito itens, sublinhando a gestão de excelência para a qual propõe como passo inicial a criação de uma comissão permanente para avaliar a taxa de sucesso. A gestão de excelência defendida por Natalino está balizada na melhoria dos processos e outros fatores que entravam o desenvolvimento de uma boa administração.

Neste item, a plataforma menciona a implementação de estratégias para a redução de evasão e da retenção na graduação, apontando a criação do Programa de Qualidade de Ensino, PROQUALENS a partir da discussão ampla e democrática com a comunidade acadêmica.

“A gestão universitária sempre foi um grande desafio. É fundamental a participação de todos na construção de uma gestão democrática e comprometida com o desenvolvimento da Universidade”, assinala Natalino Salgado.

O programa terá como missão melhorar a qualidade dos cursos de graduação, de forma a atingir conceito máximo nas avaliações do Ministério da Educação. A ideia, inclusive, é rediscutir o PROQUALENS com o corpo acadêmico.

Ainda na proposta de Natalino Salgado para o período inicial da gestão, haverá um diagnóstico de cada curso para que sejam avaliados, além dos índices de evasão e retenção, aspectos da infraestrutura de laboratórios, departamentos e coordenações fundamentais ao processo de ensino-aprendizagem.

“Esses dados serão, então, levados a um fórum, para que se apresentem propostas específicas para cada curso, de acordo com suas necessidades, utilizando o procedimento já adotado pelo INEP e pelo MEC. Não adianta criar cursos com conceito 3. A própria CAPES, hoje, propõe o fechamento de programas com este nível. Temos que iniciar com conceito 4, o que é possível”, ressalta Natalino.

Integra o conjunto de propostas para a gestão de excelência a reativação e reestruturação do Programa de Qualidade em Pesquisa, Pós-graduação e Inovação (PROQUALI), com a participação da comunidade universitária.”, explica o candidato. O programa foi desativado pela atual gestão da UFMA. Para o candidato, o envolvimento do corpo acadêmico na busca por melhorias é uma ação indispensável para reerguer a UFMA.

Ainda entre as propostas voltadas à gestão de excelência está a consolidação no Núcleo de Educação à Distância (NEAD) como unidade de ensino que deverá ser reestruturado para o desenvolvimento de tecnologias e mídias como apoio às atividades pedagógicas dos docentes. O NEAD, hoje, trabalha com cursos de graduação e pós-graduação à distância. “Nossa proposta é ir além dessa oferta e passar a dar suporte ao professor, no que se refere às novas tecnologias pedagógicas. Será criado um setor de produção deste material”, revela o candidato.

Editora

Um ponto importante destacado pelo candidato é a reestruturação da editora e gráfica universitária com objetivo de ampliar o atendimento de publicações da Instituição. “Deixamos como legado da gestão, o prédio da editora e toda a infraestrutura para seu pleno funcionamento, mas, infelizmente, não houve investimentos e estes serviços atualmente não funcionam a contento”, conta Natalino Salgado.

Na proposta do candidato referente à gráfica, além da revitalização está a garantia do aumento do número de impressões de livros e revistas. “Pensamos, ainda, em criar uma livraria universitária, que pode ser dentro do próprio campus ou no Centro Histórico”, revela Natalino Salgado.

Sem comentário para "Natalino Salgado propõe gestão de excelência com avaliação permanente da taxa de sucesso"


deixe seu comentário