Pesquisa e pós-graduação deram salto de qualidade na gestão Natalino Salgado

0comentário
Natalino Salgado levou a UFMA a avanços nas áreas de pesquisa e pós-graduação

De 2007 a 2015, a Universidade Federal do Maranhão registrou um dos maiores avanços no campo da pesquisa e inovação e nos programas de pós-graduação. Além disso, deu um salto na construção e recuperação de prédios, bem como na aquisição de equipamentos modernos que, até hoje, são fundamentais para a produção acadêmica. 

Muitas dessas conquistas foram obtidas por meio da participação em editais como o CT-INFRA, da FINEP, empresa pública brasileira de fomento à ciência, tecnologia e inovação do Governo Federal. O programa foi criado para viabilizar a modernização e ampliação da infraestrutura e dos serviços de apoio à pesquisa desenvolvida em instituições públicas de ensino superior, por meio da criação e reforma de laboratórios e compra de equipamentos, dentre outras ações. “Foram conquistas sólidas, resultantes de uma gestão comprometida, que garantiram a evolução da UFMA. Precisamos retomar est e trabalho urgente”, destaca o candidato Natalino Salgado. 

Por meio do CT-INFRA, a UFMA obteve, até 2015, financiamento de mais de 24 milhões de reais. Deste montante, R$13,7 milhões foram destinados para construção de prédios, novos laboratórios, espaços para pesquisadores dos programas de pós-graduação. O restante, R$ 8,8 milhões, foram usados para compra de equipamentos que hoje estão instalados em centrais analíticas multiusuários, que atendem todo o campus do Bacanga, assim como outros campi.

Os recursos do CT-INFRA garantiram a construção de diversos prédios no campus do Bacanga, e nos campi de Chapadinha e Imperatriz. 

Em São Luís, os prédios I e II do Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais e Humanas, o Auditório Professor Sérgio Ferretti (da Pró-reitoria de Pesquisa, Pós-Graduação, e Inovação) e o Centro de Pesquisas do Centro de Ciências Básicas e da Saúde, dentre outras obras de infraestrutura foram concretizadas pelos recursos advindos do CT-INFRA. “As bibliotecas setoriais do CCSo e do CCH também são realidade graças ao empenho do então reitor Natalino Salgado em aproveitar os editais do CT-INFRA”, revela o vice-reitor, Fernando Carvalho Silva, que exerceu o cargo de pró-reitor de Pesquisa, Pós-Graduação e Inovação nas duas gestões de Natalino Salgado, período em que esses avanços foram registrados. 

Outros avanços decorrentes do CT-INNFRA são os Centros de Pesquisas I e II do Centro de Ciências Exatas e Tecnologia (CCET) e a expansão e conclusão do prédio do Programa de Pós-Graduação em Políticas Públicas. “Pudemos avançar na melhoria das pesquisas, na medida em que pudemos dar condições aos pesquisadores, no que se refere à infraestrutura”, acrescenta Fernando Carvalho. 

Nas cidades de Chapadinha e Imperatriz foram construídos dois prédios, o Centro de Pesquisas em Ciências Agrárias (Chapadinha) e a Unidade de Preparação e Caracterização de Materiais e Biocombustíveis (Imperatriz). “É importante que se volte a trabalhar compromissado com o avanço da Universidade, sobretudo na atual conjuntura política. Temos que garantir a retomada do crescimento”, enfatiza Natalino Salgado. 

Sem comentário para "Pesquisa e pós-graduação deram salto de qualidade na gestão Natalino Salgado"


deixe seu comentário