Seic prende assessores de Astro de Ogum; vereador é conduzido, passa mal e é levado a hospital

0comentário

Investigação de crime cibernético envolve o político, em cuja residência foi encontrada uma arma de fogo não regularizada

Vereador Astro de Ogum chega à Seic conduzido por delegado e investigador

A Polícia Civil do Maranhão prendeu na manhã desta quinta-feira, 12, o vereador de São Luís, Astro de Ogum (PL), por porte ilegal de armas. Além do parlamentar, foram presos ainda (por determinação da Justiça) dois assessores do vereador. A operação é contra crimes cibernéticos e tinha como alvo os assessores de Ogum. A Justiça determinou ainda busca e apreensão na casa do parlamentar e no imóvel foi encontrada uma arma sem que houvesse autorização.

De acordo com o superintendente Estadual de Investigações Criminais, Armando Pacheco, um dos assessores de Astro preso foi Raimundo Costa, o “Filho”, que trocava mensagens com pessoas na internet e após conseguir fotos das vítimas, começava a extorqui-las.

“Raimundo Costa conhecia as vítimas e depois começava a ameaçar divulgar material delas na internet. Assim as forçava a praticar sexo com ele, com a Raíssa (outra presa) e com o próprio vereador. Dos dois assessores, nós conseguimos elementos suficientes para pedir as prisões; do vereador, conseguimos um mandado de busca e apreensão em sua residência”, declarou Pacheco.

A assessoria do vereador nega que Astro tenha sido preso. Em nota, a assessoria afirma que o vereador foi levado para prestar depoimento.

“Neste momento, sob o comando do delegado Odilardo Muniz, titular do Departamento de Crimes Tecnológicos, a Seic cumpre mandado de busca e apreensão na residência do vereador Astro de Ogum, vice presidente da Câmara Municipal de São Luís. A investigação tem como alvo o funcionário Raimundo Costa, conhecido como “Filho”, suspeito de crime de extorsão. O caso está sendo investigado há um ano, e foi decretado mandado de prisão preventiva em desfavor do Filho pelo juiz da Central de Inquéritos, Flávio Roberto”, diz a nota.

No entanto, Armando Pacheco afirma que Astro ao ser levado para Seic, passou mal e foi levado para o hospital.

Sem comentário para "Seic prende assessores de Astro de Ogum; vereador é conduzido, passa mal e é levado a hospital"


deixe seu comentário