Você viu?

0comentário

O japonês Shoya Tomizawa, de 19 anos, morreu ontem (5), poucas horas depois de ter sofrido um grave acidente durante a prova de Moto2 em San Marino, na Itália. Ele caiu de sua moto, foi atropelado por dois pilotos e teve uma parada cardíaca ainda na pista. Foi reanimado e levado para um hospital. Tinha fraturas múltiplas, hemorragia interna. Não resistiu. Veja fotos.

A última morte no Mundial de Motovelocidade tinha sido em 2003 – a do também japonês Daijro Kato, em Suzuka. Na semana passada, um outro jovem piloto de moto morreu durante uma corrida. Peter Lenz competia nas 250cc de um campeonato de base americano, em Indianápolis.

Não foi a primeira vez que Misano viu um acidente grave. Em 1993, no dia 5 de setembro, Wayne Rainey, tricampeão nas 500cc (1990, 91 e 92) e um dos maiores pilotos da história da motovelocidade, caiu na primeira curva, a quase 200 km/h, quando liderava o GP da Itália. A moto atingiu as costas do americano, encerrando sua carreira e o deixando paraplégico.

Globoesporte.com

sem comentário »

Festa da torcida Tricolor

1comentário

Arte: Paulo de Tarso Jr. / Fotos: Flora Dolores e Douglas Junior

Arte: Paulo de Tarso Jr. / Fotos: Flora Dolores e Douglas Junior

1 comentário »

Calote do Flamengo

0comentário

O colombiano Cristian Borja até agora não caiu nas graças da torcida rubro-negra. O atacante veio contratado por empréstimo de um ano ao Caxias, do Rio Grande do Sul, por R$ 300 mil a serem repassados ao clube em três vezes. O problema é que, prestes a vencer a terceira parcela, o clube gaúcho reclama não ter recebido nem a primeira.

Segundo a assessoria de imprensa do Caxias, o que havia sido acertado entre Jorge Machado, empresário do atleta, e o Diretor Executivo de futebol do Flamengo, Zico, não foi cumprido. A terceira parcela vencerá no próximo dia 20 deste mês e o Caxias aguarda receber ao menos a primeira ou uma simples satisfação do clube carioca.

Procurado pelo Lancenet!, Zico e o Gerente Isaías Tinoco disseram que o assunto estaria sendo resolvido pelo vice de finanças, Michel Levy. Tentamos contato com o mesmo, mas não fomos atendidos.

Em conversa por telefone com o empresário do jogador, Jorge Machado disse que o Caxias não foi tratado com o devido respeito.

– Foram negociados dois jogadores pelo Caxias. O Roberson com o Internacional-RS e o Borja com o Flamengo. O primeiro foi pago normalmente pelos colorados e o segundo nem ao menos uma satisfação. O meu sócio Bismarck (ex-jogador) foi algumas vezes ao Flamengo, mas nenhuma posição foi passada. É uma falta de respeito com o Caxias que é organizado e tem planejamento, algo que não há no Fla há muito tempo – reclamou.

O empresário fez questão de destacar que o fato da negociação ter sido feita com Zico pesou bastante:

– A negociação só foi fechada única e exclusivamente por conta da camisa do Flamengo e da credibilidade do Zico, que é uma pessoa fantástica, sendo o único que nos atende sempre – afirmou Jorge Machado.

Lancepress

sem comentário »

Mário Sérgio na corda bamba no Ceará

0comentário

O comandante do Ceará, Mário Sérgio, convocou a imprensa nesta segunda-feira para uma coletiva onde o assunto principal é o balanço de rendimento do clube neste período pós-copa, afinal a equipe perdeu drasticamente o rendimento dentro de campo, saindo do G4 e não se reencontrando mais com as vitórias que vinha conseguindo no começo do Brasileirão.

A frente do time alvinegro, o técnico Mário Sérgio vem de uma vitória, um empate e quatro derrotas, assim a equipe ocupa a 11° posição com 25 pontos e, se continuar sem vitórias na competição corre o sério risco de não conseguir se classificar para a Copa Sul-americana e talvez até mesmo não continuar na elite do futebol nacional.

Questionado pelos jornalistas se continuaria a comandar a equipe cearense apesar da má fase que vem passando, o técnico alvinegro foi enfático em sua resposta.

“Eu não pedi para vir treinar o Ceará. Fui convidado na minha casa e resolvi aceitar a proposta porque vi uma oportunidade de conseguir uma bela campanha neste brasileiro” declara Mário Sérgio.

Mudanças

Outros dois importantes assuntos que tomaram conta da coletiva, foram a respeito de que a equipe cearense vem perdendo a qualidade em seu setor defensivo, e poderá perder a chancela de equipe menos vazada do campeonato. Sobre este assunto o técnico diz que para se sobreviver em um campeonato como o brasileirão a equipe não deve apenas ficar na retaguarda.

“De que adianta ter a defesa menos vazada e cair para a Segunda Divisão? Você tem que arriscar, jogar para a frente. Ficar só empatando de nada resolve, porque o campeonato premia os melhores, os mais ofensivos, os vencedores e não os menos vazados.” desabafa o treinador.

Já sobre as mudanças que vem fazendo no time titular, Mário Sérgio declara que como técnico é sua função encontrar o melhor esquema para que a equipe volte a vencer.

“Eu vou mudar quantas vezes for necessário porque sou o treinador. Quando cheguei, o time não estava vencendo, então, enquanto não encontrar a equipe ideal, vou mudar” declara o treinador.

O próximo jogo do Ceará é nesta quarta-feira, as 19h30, no estádio do Engenhão contra o líder Fluminense.

Agência Futebol Interior

sem comentário »

Amor que não se mede…

0comentário

Nem a Fiel corintiana, nem os líderes tricolores e, muito menos, a nação rubro-negra. O clube que ostenta a melhor média de público entre os campeonatos brasileiros, neste ano, disputa a famigerada Série D. É a torcida do Santa Cruz, que está dando uma prova de amor ao seu clube, mesmo à beira do abismo.

Na vitória deste domingo sobre o Guarany-CE, por 4 a 3, o Tricolor pernambucano arrastou nada menos que 50.879 torcedores ao Estádio do Arruda. O número impressionante para uma “Quarta Divisão” elevou a média do clube coral para 30.239 torcedores por jogo, em seus domínios.

Para se ter uma idéia, o Fluminense, que possui hoje a melhor média da Série A, tem levado cerca de 27 mil torcedores por partida. Isso mesmo atuando no Maracanã, local onde cabe confortavelmente mais de 80 mil pessoas.

Logo em seguida está o Corinthians, que tem uma média de 26.645 pagantes por jogo. O Timão, porém, acaba prejudicado pelas limitações do Pacaembu. Nem mesmo a maior torcida do Brasil consegue superar o Santa. O Flamengo aparece bem atrás, com média de 21.417 torcedores.

Provocações em Pernambuco

Como não poderia deixar de ser, o feito alcançado neste final de semana foi motivo de provocações entre os rivais pernambucanos. Há tricolor dizendo que o Santa tem a maior torcida do Nordeste e a mais fiel do país.

Pelo menos nos números atuais, a torcida de Sport e Náutico não têm como questionar. Enquanto o Tricolor leva mais 30 mil torcedores ao Arruda, rubro-negros e alvirrubros têm médias de pouco mais de 12 mil e 9 mil pagantes, respectivamente, na Série B.

Apesar de todo esse fanatismo, a situação do Santa não é nada fácil. Como o gol fora de casa tem peso maior no desempate, o time pernambucano precisará arrancar um empate contra o Guarany, em Sobral, para garantir a vaga à terceira fase da Série D. Aos cearenses basta uma vitória, por 1 a 0, no domingo

Se depender do apoio dos torcedores, o Santa tem tudo para retornar à Série C. Assista o novo hit que tem sacudido o Arrudão e virou febre na internet:

Agência Futebol Interior

sem comentário »

Sampaio já está entre os nove melhores

2comentários

O Sampaio subiu seis colocações com a vitória de ontem, por 5 a 0, ontem à tarde, contra o CSA-AL. O Tricolor pulou da 15ª para a 9ª posição na soma geral de pontos. Tão importante quanto ao fato de abrir uma vantagem expressiva diante do adversário para o jogo de volta no próximo domingo, a vitória melhorou muito a posição do Sampaio em relação à classificação geral.

Um outro bom resultado em Maceió, quem sabe até uma nova vitória deixará o Sampaio numa posição bastante confortável para a 3ª fase e seguir a caminhada rumo ao retorno à Série C.

A classificação geral será muito importante após o encerramento da 3ª fase. Ela indicará os três clubes que serão classificados na repescagem, bem como os confrontos da 4ª fase.

Confira a classificação geral

1º Mixto-MT – 16 pontos
2º CSA-AL – 15 pontos
3º Santa Cruz-PE – 14 pontos
4º Joinville-SC – 14 pontos
5º Uberaba-MG – 14 pontos
6º Fluminense-BA – 14 pontos
7º Treze-PB – 13 pontos
8º Operário-PR – 13 pontos
9º Sampaio-MA – 12 pontos
10º América-AM – 12 pontos
11º Remo-PA – 12 pontos
12º Vila Aurora-MT – 12 pontos
13º Metropolitano-SC – 11 pontos
14º Rio Branco-ES – 11 pontos
15º Madureira-RJ – 11 pontos
16º Araguaína-TO – 10 pontos
27º Tupy-MG – 10 pontos
18º Guarany-CE – 9 pontos
19º Brasília-DF – 9 pontos
20º Iraty-PR – 9 pontos

Classificação na 1ª fase

1º Mixto-MT – 16 pontos
2º CSA-AL – 15 pontos
3º Uberaba-MG – 13 pontos
4º Treze-PB – 12 pontos
5º Remo-PA – 11 pontos
6º Metropolitano-SC – 11 pontos
7º Vila Aurora-MT – 11 pontos
8º Joinville-SC – 11 pontos
9º Santa Cruz-PE – 11 pontos
10º Rio Branco-ES – 10 pontos
11º Fluminense-BA – 10 pontos
12º Operário-PR – 10 pontos
13º Madureira-RJ – 10 pontos
14º Guarany-CE – 9 pontos
15º Sampaio-MA – 9 pontos
16º América-AM – 9 pontos
17º Brasília-DF – 9 pontos
18º Araguaína-TO – 9 pontos
19º Iraty-PR – 9 pontos
20º Tupy-MG – 9 pontos

2 comentários »

Liminar garante filiação do JV na FMF

2comentários

O Tribunal de Justiça Desportiva concedeu liminar deteminando que a Federação Maranhense de Futebol mantenha a filiação do JV Lideral e a manutenção do time de Imperatriz na Copa Sub-18. A decisão do auditor de plantão na última 6ª feira,  José Ribamar Marques (ex-presidente do TJD-MA) determina ainda, o pagamento de multa diária de R$ 500,00 em caso de descumprimento da decisão.

Veja a íntegra da decisão

2 comentários »

Veja os gols de Sampaio 5 x 0 CSA

0comentário

sem comentário »

Fatura liquidada pelo Sampaio

1comentário

Tudo bem que jogo de futebol só termina quando o juiz apita, mas não tenho a menor dúvida que o Sampaio já liquidou a fatura.

O time maranhense foi impiedoso com o representante alagoano e fez mais do que bem feito o dever de casa. Numa competição disputada no sistema de mata-mata, na qual o clube que joga em casa abre uma vantagem de cinco gols, só mesmo um grande desastre para perder a classificação que já está na mão.

O Sampaio sabe que não exite esta história de já ganhou, até porque o confronto com o CSA-AL é de 180 minutos, mas os primeiros noventa foram vencidos com méritos pelo representante maranhense.

Da mesma forma que nem o mais otimista torcedor do Sampaio acreditava num placar tão elástico, os alagoanos que chegaram altamente confiantes por conta da excelente campanha na 1ª fase, jamais esperavam tanta crueldade do adversário.

Bem, a fatura está liquidada. Vamos agora a Maceió confirmar a classificação. O Sampaio começará a partida de domingo vencendo por cinco gols de diferença, mas nem por isso deve relaxar. Uma nova vitória lá é muito importante na contagem geral de pontos que poderá fazer a diferença na 3ª fase onde o Sampaio já está.

1 comentário »