Vereador é preso por suspeita de compra de votos

0comentário

O vereador Serafim Reis (MDB) foi preso na noite de sábado (27), no município de Bacabal, a 240 km de São Luís, por suspeita de compra de votos.

Segundo a polícia, o vereador foi flagrado com um maço de dinheiro no valor de R$ 6 mil no bairro Trizidela distribuído em cédulas de 10, 20, 50 e 100 reais. Os policiais estão apurando a origem e o destino do dinheiro que estava com o parlamentar.

“O vereador foi preso e conduzido com uma certa quantidade de dinheiro. Todo trocado em cédulas de 10, 20, 50 e 100. A votação está tranquila”, explicou o Coronel Luongo da PM-MA.

O vereador que também é empresário prestou depoimento e disse que o dinheiro pertencia à sua empresa. Ele foi liberado após prestar esclarecimentos.

Eleição em Bacabal

Além da votação para presidente no segundo turno, a população de Bacabal vota para definir o novo prefeito da cidade, já que prefeito eleito em 2016, Zé Vieira, teve seu registro de candidatura indeferido pelo TSE em junho de 2018. Com a candidatura indeferida foi determinada a realização de novas eleições no município do interior maranhense.

Em Bacabal serão 50.494 eleitores para votação de prefeito. Concorrem ao cargo os candidatos Cesar Brito (PPS), pela coligação “Bacabal vai vencer” e Edvan Brandão (PSC) pela coligação “Bacabal em primeiro lugar”.

Leia no G1

Sem comentário para "Vereador é preso por suspeita de compra de votos"


deixe seu comentário