Bailarina do Bolshoi é homenageada na Asssembleia

0comentário

A bailarina Bruna Gaglianone recebeu, nesta segunda-feira (9), na Assembleia Legislativa do Maranhão, a medalha do mérito legislativo João do Vale, proposta pelo deputado César Pires (PV). A homenagem, em sessão solene presidida pelo deputado Wellington do Curso (PSDB), foi um reconhecimento ao talento da maranhense que é dos seis estrangeiros que compõem o Teatro Bolshoi, da Rússia.

“O que fazemos hoje é uma justa homenagem ao talento, à persistência e a abnegação dessa jovem maranhense que conquistou seu espaço no mais famoso balé do mundo, que deve servir de exemplo e ser orgulho para os caxienses e para todos os maranhenses”, enfatizou César Pires, ao justificar a concessão da medalha João do Vale a Bruna Gaglianone.

Nascida em Caxias, Bruna Gaglianone é filha de Francisco e Eliana Gaglianone. Aos oito anos de idade, ela iniciou os estudos de balé clássico em São Luís. Com 12 anos, realizou o exame e foi aprovada na seleção da escola do Teatro Bolshoi no Brasil, e por isso mudou-se para Joinville, em 2003. Em 2011, iniciou a vida profissional no Teatro Bolshoi em Moscou, onde atualmente é bailarina do primeiro corpo de baile e realiza vários papéis de solista e principal.

Emocionada, Bruna Gaglianone agradeceu pela medalha que definiu como um reconhecimento não somente ao seu trabalho e sua dedicação à dança, representando o Maranhão fora do país. Para ela, a homenagem do Legislativo reforça a importância de valorizar a arte “que transforma realidades, constrói caminhos e abre novos horizontes”.

“Sinto-me privilegiada por poder representar tantos jovens talentosos e tantas pessoas que lutam pelo desenvolvimento cultural do nosso Maranhão. O esforço é coletivo. Portanto, o mérito é de todos nós. Que a arte continue sendo incentivada e valorizada em nosso estado e em nosso país”, finalizou ela.

Na sessão solene, que contou com a presença de familiares e amigos de Bruna Gaglianone, a bailarina Alícia Saul, da Companhia de Dança Olinda Saul, fez uma breve apresentação em homenagem à bailarina do Bolshoi. “O deputado César Pires, a Assembleia Legislativa e o Maranhão estão de parabéns por homenagear uma maranhense que tão bem representa o nosso estado mundo afora”, enfatizou Wellington do Curso.

Foto: JR Lisboa / Agência Assembleia

sem comentário »

César Pires propõe medalha a bailarina do Bolshoi

0comentário

O deputado César Pires (PV) apresentou o Projeto de Resolução Legislativa 020/19, que concede a Medalha do Mérito Legislativo João do Vale à bailarina maranhense Bruna Fernanda Cantanhede Gaglianone.

Nascida no município de Caxias, Bruna Gaglianone – que hoje é bailarina do Primeiro Corpo de Baile do Bolshoi – iniciou os estudos de balé clássico em São Luís, aos 8 anos de idade.

“Com um histórico admirável em sete anos de trabalho, hoje é bailarina do Primeiro Corpo de Baile do Bolshoi, onde realizou e continua realizando vários papéis de solista e principal. Esta homenagem, que ora propomos, é muito justa, pois é uma maranhense que representa muito bem o nosso Maranhão”, acentuou César Pires.

Trajetória

Com doze anos de idade, Bruna Gaglianone realizou o exame de seleção da Escola do Teatro Bolshoi no Brasil. Foi aprovada em primeiro lugar e ganhou uma bolsa de estudos por um período de um ano e, então, mudou-se para Joinville/SC para iniciar seus estudos em 2003.

No segundo ano de estudos, em 2004, foi indicada e recebeu o Prêmio Fundação Galina Ulanova, premiação para jovens talentos, por indicação dos grandes bailarinos Vladmir Vassiliev (bailarino do século) e Ekaterina Maximova.

Em 2009, a bailarina maranhense concluiu seus estudos na Escola do Teatro Bolshoi do Brasil e, em setembro de 2011, pisou no palco do Teatro Bolshoi em Moscou, na Rússia, marcando o início da sua vida profissional. “Foi um começo complicado a adaptação aos costumes, culinária, hábitos, língua e, principalmente, ao rigoroso inverno russo, obstáculos vencidos naturalmente e, hoje, completamente superados”, disse o deputado. 

Foto: Divulgação/Agência Assembleia

sem comentário »

Osmar homenageia personalidades com medalha

0comentário

O próximo presidente da Câmara Municipal de São Luís, vereador Osmar Filho (PDT), participou, nesta última segunda-feira (17), de cerimônia de entrega da Medalha Simão Estácio da Silveira.

Durante o ato, realizado no auditório da Federação das Indústrias do Estado do Maranhão (FIEMA), Osmar Filho homenageou o presidente da Academia Ludovicense de Letras e inspetor da Polícia Rodoviária Federal, Antônio José Noberto; e o capitão de Mar e Guerra da Capitania dos Portos do Maranhão, Márcio Ramalho Dutra e Mello.

“Tratam-se de pessoas que, dentro do seu campo de atuação, contribuem diariamente com o bem-estar da sociedade ludovicense”, afirmou o presidente eleito.

A medalha Simão Estácio da Silveira é a maior honraria concedida pela Câmara e reconhece o trabalho de diversas personalidades em prol do desenvolvimento da capital.

A solenidade contou com as presenças de autoridades, representantes, familiares e amigos dos homenageados.

Foto: Divulgação

sem comentário »

Honorato entre os legisladores mais atuantes

0comentário

Em pesquisa realizada pelo Instituto Tiradentes, no período de 13 a 27 de Julho, o vereador Honorato Fernandes (PT), foi avaliado como o segundo legislador mais atuante em São Luís e receberá a medalha “Alferes Tiradentes – Colar Prata”, em cerimônia a ser realizada no dia 28 de setembro em Belém. Está pesquisa foi realizada nos estados da Região Norte e no Maranhão.

A medalha “Alferes Tiradentes” é conferida apenas aos políticos que obtiveram aprovação na mencionada pesquisa e que possuam ilibada idoneidade moral e relevantes serviços prestados em prol da comunidade.

O vereador Honorato recebeu com a alegria com o resultado da pesquisa e destacou que reflete o trabalho que vem realizando desde a sua primeira eleição em 2012. “Esta premiação em muito me honra e ao mesmo tempo me incentiva ainda mais a seguir na minha linha de atuação. A marca do nosso mandato sempre foi a participação popular. É o morador de cada localidade que sabe a sua necessidade real. Precisamos ter a sensibilidade de ouvir e junto com a população e buscar os seus direitos”, disse Honorato Fernandes.

Atuação – Logo no início da sua primeira legislatura, em 2013, Honorato foi convidado para ser o líder do governo na Câmara, função esta que assumiu durante 1 ano. Após deixar a liderança Honorato dedicou-se integralmente às causas populares, e para isso idealizou e colocou em prática o programa de partcipação popular Fala São Luís. A principal característica deste programa é ouvir as comunidades e a partir daí buscar soluções para os problemas identificados. Dentro desta linha, Honorato realizou ações em vários bairros da cidade como Liberdade, Cidade Olímpica, Vila Luisão, Rio Grande e Coroadinho, entre outros.

Também esteve presente no movimento em defesa dos direitos dos trabalhadores e trabalhadoras agrícolas ao lado da Fetraf, a luta contra a maioridade penal e abriu o debate junto ao Sindsep sobre a questão da PEC da Terceirização.

Outra luta do vereador, junto com a população, foi pela qualidade do transporte público; ao iniciar este segundo mandato após uma reeleição com um coeficiente de votos de 30% acima da última eleição, Honorato foi eleito 1º secretário da Casa.

E neste segundo mandato, o vereador Honorato trouxe à tona o debate sobre a questão da homofobia e violência na juventude e cerrado fileiras com a população por reivindicações de melhorias na infraestrtura, saúde e educação na cidade.

“A grande missão de um parlamentar eleito pelo povo é trabalhar ao seu lado na conquista de seus direitos, que passam por um serviço público de qualidade e respeito a sua liberdade”, frisou Honorato Fernandes.

Foto: Divulgação

sem comentário »