Helena convida para curso de políticas para mulheres

0comentário

A Assembleia Legislativa do Maranhão, por meio da Procuradoria da Mulher, promove, nesta sexta-feira (14), das 8h às 18h, o curso “Políticas Públicas para Mulheres do Legislativo Municipal”.

O objetivo é promover a liderança e o empoderamento de mulheres vereadoras do Maranhão, a partir da capacitação sobre políticas públicas voltadas para mulheres nas três instâncias federativas e da habilitação relativa à implementação da Procuradoria Municipal da Mulher nas Câmaras de Vereadores.

No mesmo evento também será realizado o “Encontro da União de Vereadores do Maranhão” (nas primeiras horas do curso, ou seja, de 8h às 10h40), no qual será assinado um manifesto em apoio à PEC 056/2019, que unifica as eleições.

São esperados vereadores e vereadoras de todo o estado. Para a abertura, foram convidadas a deputada federal e procuradora da Mulher na Câmara dos Deputados, Iracema Portella, e a adjunta da Secretaria da Mulher na Câmara, deputada Aline Gurgel.

O curso será encerrado com a posse da nova diretoria do Fórum da Mulher Vereadora do Maranhão.

Foto: Agência Assembleia

sem comentário »

Helena Duailibe diz que atuará em defesa da mulher

1comentário

Em pronunciamento na sessão plenária desta segunda-feira (11), a deputada Helena Duailibe (Solidariedade) agradeceu pela eleição ao cargo de procuradora da Mulher na Assembleia Legislativa do Maranhão e afirmou que, com apoio do presidente Othelino Neto (PCdoB), estenderá o trabalho a todas as câmaras municipais do Estado.

“Eu tenho a certeza de que, com apoio do presidente Othelino Neto, conseguiremos trabalhar muito nos municípios e levar esse trabalho a todas as câmaras municipais do Maranhão. Esta Procuradoria é de todos nós. Por isso, conto com a colaboração de todos vocês para que possamos fazer um bom trabalho em defesa da mulher maranhense”, disse Helena Duailibe, ressaltando que é uma grande responsabilidade suceder a ex-deputada Valéria Macêdo.

Conquistas

Helena Duailibe também destacou a luta da mulher para conquistar espaço nas estruturas sociais, assumindo postos de trabalho e estruturas hierárquicas menos submissas. “Se comparados a milênios de inferiorização, submissão e desqualificação, os avanços conquistados arduamente nas últimas décadas são pequenos, mas fundamentais para a consolidação do processo histórico e cultural da mulher ao lado do homem”.

A deputada afirmou também que, apesar dos avanços, ainda hoje a mulher se depara com a contradição de, por um lado, ser mãe e esposa e, por outro, a possibilidade de escolher seu futuro e se fazer sujeito de sua história. “Porém, é no interior dos lares que vem à tona o lado mais obscuro e cruel desta contradição, muitas das vezes com a conivência da própria vítima: a violência doméstica do marido ou companheiro”.

Na visão de Helena Dualibe, a superação da violência contra a mulher é uma questão complexa e merece muito estudo, conscientização da população e diálogo entre famílias, para que um dia, possa vir a ser efetivamente erradicada. Disse também que a luta das mulheres pela conquista de direitos de igualdade ainda não atingiu um patamar aceitável pela população feminina, pois a mulher continua sendo discriminada e os índices de violência praticados contra elas são alarmantes.

“A criação das delegacias femininas foi um grande avanço na conquista de grupos feministas que lutaram e exigiram de seus governos maior comprometimento com a causa feminina. Os maus tratos por parte dos seus companheiros não poderiam continuar no âmbito privado”, acentuou Helena Duailibe.

Foto: JR Celedônio / Agência Assembleia

1 comentário »

Helena destaca trabalho na Procuradoria da Mulher

0comentário

A deputada e Procuradora da Mulher na Assembleia, Helena Duailibe (Solidariedade), concedeu entrevista ao programa “Portal da Assembleia”,  da TV Assembleia, nesta sexta-feira (8), Dia Internacional da Mulher, no quadro “Sala de Entrevista”, apresentado pelo jornalista Juraci Filho. Ela falou como pretende desenvolver seu mandato parlamentar e o trabalho à frente da Procuradoria da Mulher da Assembleia.

Helena Duailibe reafirmou seu compromisso com a política pública de saúde. “São 35 anos de atuação na área da saúde. Por isso, meu olhar sobre a saúde é diferenciado. A saúde mexe com tudo. É um bem maior que todos precisam ter. Toda mãe, toda mulher precisa de uma atenção especial. Acredito que fui eleita para ser a representante daqueles que anseiam cada dia mais por uma saúde melhor”, ressaltou.

A deputada afirmou que encara o mandato como um grande aprendizado, apesar de já ter exercido diversos cargos públicos. “Sinto-me em casa. Somos uma bancada de oito mulheres e estamos começando um trabalho que, tenho certeza, produzirá muitos frutos”, acrescentou.

Trabalho à frente da Procuradoria da Mulher

“Como procuradora da Mulher na Assembleia, quero me dedicar muito a essa causa da mulher. A mulher precisa ter um espaço cada vez maior. Pretendo desenvolver cursos de capacitação para desenvolver essa liderança nas mulheres. Precisamos estimular cada vez mais a participação da mulher na política. Precisamos mostrar que a política é sadia e que é por intermédio desse instrumento que viabilizamos a vida em sociedade. Tudo passa pela política. Então, por que não colocar mais mulheres, que têm mais sensibilidade, para ouvir e conversar, como representantes do povo?”, defendeu a deputada.

Helena Duailibe agradeceu sua eleição, por unanimidade, para o cargo de procuradora da Mulher e disse que é muita responsabilidade suceder a deputada Valéria Macedo. “Foi o trabalho da deputada Valéria que tornou a Procuradoria da Mulher conhecida. Quero ouvir a todos para desenvolver o trabalho de procuradora da Mulher na Assembleia. Minha primeira iniciativa será fazer uma visita à Casa da Mulher Brasileira. É preciso uma ampla articulação com todos os órgãos que integram a rede de proteção à mulher no Estado do Maranhão”, enfatizou.

A procuradora da Mulher na Assembleia disse que é preciso fazer um trabalho preventivo de enfrentamento à violência contra a mulher. “Precisamos desenvolver políticas públicas que combatam as questões sociais (desemprego, alcoolismo, drogas, desestruturação familiar, etc) que motivam a violência contra a mulher, que atingiu nível alarmante. Só assim poderemos avançar no combate à violência contra a mulher”, defendeu.

Mensagem pelo Dia Internacional da Mulher

“Precisamos empoderar cada vez mais as mulheres. Precisamos mostrar que as mulheres são o centro de tudo e que precisam exercer essa liderança não só em casa. Ela tem que procurar os espaços públicos. Quando a mulher está à frente, as coisas são muito melhores. A sensibilidade faz a diferença na mulher. Peço que as mulheres não se omitam e procurem cada vez mais ocupar espaço onde quer que seja, e que não se intimidem. A mulher não pode baixar a cabeça e esmorecer, porque é rla que salva a família”, finalizou.

sem comentário »

Helena é a nova procuradora da mulher na Assembleia

0comentário

A deputada Helena Duailibe (Solidariedade) é a nova Procuradora da Mulher da Assembleia Legislativa do Estado do Maranhão. A eleição e posse aconteceram na sessão plenária desta quarta-feira (27). A parlamentar foi eleita, por unanimidade, para ocupar o cargo durante o biênio 2019/2020.

Após a eleição, o presidente Othelino Neto (PCdoB) parabenizou e desejou êxito a Helena Duailibe, afirmando que a deputada pode contar com o apoio da Presidência para o que for necessário, a fim de que a Procuradoria da Mulher continue sendo um espaço de promoção de políticas públicas de proteção à mulher.  

“Desejo-lhe êxito e sucesso nessa importante missão de ser a nova Procuradora da Mulher da Assembleia Legislativa do Maranhão. Uma missão muito importante que, no biênio anterior, foi desempenhada com muita competência pela deputada Valéria Macedo”, disse Othelino.

O presidente da Assembleia afirmou, ainda, ter plena certeza de que, sob o seu comando de Helena Duailibe, o trabalho da Procuradoria continuará sendo desenvolvido de forma brilhante.

“Conte com todo o apoio desta Presidência para que a Procuradoria da Mulher continue sendo local de promoção de políticas públicas de proteção às mulheres e de combate a práticas tão nocivas que, infelizmente, ainda hoje assustam a sociedade brasileira”, enfatizou Othelino Neto.

Responsabilidade

Helena Duailibe disse que, a partir de agora, terá a grande responsabilidade de dar continuidade ao trabalho iniciado pela ex-deputada Valéria Macêdo. Ela informou que buscará alternativas junto a todos os segmentos que trabalham com a causa das mulheres, fazendo com que políticas públicas de prevenção sejam cada vez melhor implementadas.

“Não podemos mais ouvir nos noticiários que pessoas foram assassinadas. Nós temos que trabalhar políticas de prevenção. Vai ser um grande desafio. Vamos procurar informar as mulheres dos seus direitos e onde elas podem buscar as ações. Este vai ser o grande elo nosso com as mulheres”, acentuou a deputada.

Feminicídio

Segundo a parlamentar, ação voltada à questão do feminicídio será o grande enfoque da Procuradoria da Mulher.  “A gente sabe que os números que são informados são muito pequenos porque as pessoas têm medo de denunciar. Eu quero tirar esse medo; quero fazer com que as mulheres encontrem a forma certa de denunciar.  Vamos, juntas, encontrar soluções, pois é muito triste ouvir relatos informando que não há mais jeito”, disse Helena.

sem comentário »

Helena Duailibe reafirma compromisso com a Saúde

0comentário

A deputada Helena Duailibe (Solidariedade) estreou na tribuna da Assembleia, na sessão desta segunda-feira (11), reiterando o compromisso de trabalhar com serenidade e determinação pelo desenvolvimento do Maranhão. “Não por acaso, escolhi a data de hoje, 11 de fevereiro, para o meu primeiro pronunciamento, visto se tratar do dia em que nossa Igreja Católica comemora o Dia de Nossa Senhora de Lourdes”, afirmou.

“Rogo a Deus que a mesma água que brotou na pequena Vila de Lourdes, na França, possa brotar também não somente em meu coração, mas nos corações de todos nós que compomos esta Casa Legislativa”, disse a deputada.

Helena Duailibe declarou ter consciência de que o mandato que assumiu pertence ao povo maranhense que a conduziu à Casa Legislativa. “Um mandato construído com a participação popular e, por isso, absolutamente comprometido com o progresso social da população do Estado, tanto quanto com os direitos básicos do cidadão à saúde, à educação de qualidade e ao emprego, particularmente dirigidos aos mais pobres. O mandato que recebi pela vontade do povo se torna uma missão que se traduz em serviço, por meio do qual me proponho a trabalhar”, assinalou.

Propostas de atuação parlamentar

A deputada revelou que sua plataforma de atuação parlamentar contempla propostas que visam desenvolver ações que proporcionem mais educação, saneamento, moradia, segurança e, principalmente, mais saúde. Segundo ela, tudo isso associado a uma melhor distribuição de renda e à eliminação das graves desigualdades sociais que ainda existem no Maranhão.

“Como médica, não poderia deixar de destacar os problemas da saúde, pois entendo que Sistema Único de Saúde (SUS) precisa ser reavaliado. Não basta nos atermos à expansão da rede e do acesso. É preciso também uma política de humanização que priorize a qualidade do atendimento”, frisou.

Ao se dirigir aos seus pares e aos dirigentes de seu partido, Helena Duailibe afirmou que norteará sua conduta dentro do mais elevado espírito e consideração à Casa e aos colegas deputados e deputadas, garantindo, assim, um relacionamento civilizado e o exercício à luz de sentimentos éticos, morais, democráticos e republicanos.

“Como representante do Partido Solidariedade, defenderei com determinação e vontade as ideias e convicções do meu partido, sempre com a independência e altivez, porém respeitando a pluralidade de opiniões e ideologias. Asseguro-lhes que as nossas divergências ocorrerão única e exclusivamente no campo das ideias e das convicções, nunca no campo pessoal”, completou Helena.

Agradecimento a São Luís

A deputada também agradeceu à cidade de São Luís e a todos que trabalharam na sua campanha e reafirmou seu compromisso com as garantias de direito do cidadão, com transparência e debate de ideias. “De todo coração, quero agradecer a todos aqueles que, com coragem e abnegação, trabalharam na minha campanha”.

Helena Duailibe encerrou seu pronunciamento citando a primeira Carta aos Filipenses, capítulo 1, versículo 06, que fala: “Estou persuadido de que aquele que iniciou em vós esta obra excelente lhe dará o acabamento até o dia de Jesus Cristo”. É nessa certeza da palavra que estarei sempre atuante na articulação e na participação da luta para implantar, no Maranhão, novos projetos de desenvolvimento por meio dos quais nosso estado alcance maiores níveis de igualdade social e uma distribuição das riquezas que fortaleça ainda mais os seus princípios democráticos e de cidadania. Só amando e servindo vale a pena viver”, assegurou.

Foto: Agência Assembleia

sem comentário »

Helena Duailibe diz que saúde será prioridade

0comentário

A deputada estadual eleita Helena Duailibe (Solidariedade) com 31.147 votos foi entrevistada no Abrindo o Verbo, com Jorge Aragão, na Rádio Mirante AM. Ela se disse surpresa pelo fato de ter sido votada em 192 dos 217 municípios maranhenses.

“Me surpreendeu. Eu no máximo fui em 30 municípios. Foi um trabalho muito bom e foram pessoas que foram votar voluntariamente e isso aumenta a minha responsabilidade e o meu compromisso com a população maranhense. Nas minhas viagens, as pessoas reclamaram que os políticos só aparecem de quatro em quatro anos e eu vou fazer diferente. Cheguei na Assembleia do jeito que todos gostam, sem comprometimento para defender as pessoas e a Saúde”.

Helena Duailibe disse que terá atuação política em todas as áreas, mas elegeu a saúde como uma de suas prioridades. “Eu estarei na Assembleia defendendo todos os projetos que valorizem a família. Eu estarei em defesa da saúde. Eu sei que terei obrigação de servir em outras áreas, mas é na saúde que eu posso ajudar mais. Eu já falei para o presidente Othelino Neto que tenho interesse em ser presidente da Comissão de Saúde, pois eu já fui secretária de Saúde no Estado e no município e eu sei como as coisas funcionam. Eu quero estar lá sendo uma pessoa que está lá para somar. Eu não quero apenas ficar visitando hospitais em caso de caos. Eu quero propor e sugerir ações para que as coisas funcionem realmente nos hospitais”.

A deputada eleita destacou a importância da mulher na política. “Eu acho que a mulher tem mais sensibilidade. Não é que o homem seja frio, mas é que a mulher até por uma questão da maternidade consegue ter um olhar mais fraterno. Eu acho que o grande problema das pessoas é a humanização do atendimento, então a mulher faz isso com mais diferença. A mulher consegue fazer as tarefas profissionais e ainda chega em casa ela consegue administar as coisas”.

Helena Duailibe disse que se sente apta a uma eventual disputa para a Prefeitura de São Luís, mas somente colocará o seu nome caso seja convocada pelo seu partido e pela população.”Eu já fui vice-prefeita e vereadora de São Luís e ainda secretária de Saúde no Estado e no município. Eu tenho a experiência e poucas pessoas tem a experiência que eu tenho. Nós precisamos conversar agora, então se o partido tiver um partido para a Prefeitura de São Luís e quiser colocar o meu nome e se as pessoas acharem que eu tenho condições eu estou disposta sempre a servir. Eu não entro em aventura, mas tiver viabilidade e se for da vontade de Deus, eu estou preparada”.

Helena comentou sobre a decisão do presidente Jair Bolsonaro sobre os cubanos no Mais Médicos e disse não acreditar que o Ministério da Saúde venha a desmontar o programa.

“Nós temos agora que ter a responsabilidade de saber que o presidente eleito chama-se Jair Bolsonaro e nós temos que nos unir para buscar soluções para o problema da saúde pública. Em 2013, muita gente ficou com medo do que poderia acontecer e que não existiriam vagas para os médicos brasileiros e nada disso aconteceu. Nós precisamos valorizar os nossos profissionais da saúde. Eles não tem um plano de cargos e salários e com isso eles não aceitam trabalhar em lugares longínquos sem nenhuma estabilidade. Eu não acredito em nenhum corte radical. O Ministério da Saúde não vai desmontar um sistema desse. Nós temos dificuldade nos municípios pequenos e com maior pobreza. Saúde tem que sair de qualquer palanque. Saúde não tem bandeira, não tem partido”, finalizou.

Foto: Zeca Soares

sem comentário »

‘Lutarei por uma saúde cada vez melhor’, diz Helena

0comentário

A deputada eleita Helena Duailibe (SD), agradeceu mais uma vez ao povo do Maranhão, a confiança depositada em seu nome. Com 31.147 votos, a médica foi eleita pela primeira vez deputada estadual e agora representará os maranhenses na Assembleia Legislativa.

Helena Duailibe destacou o apoio que recebeu do segmento católico, dos profissionais da saúde, da classe empresarial e de todos aqueles que acreditam e confiam no seu trabalho. A deputada estadual eleita também agradeceu ao presidente do Solidariedade no Maranhão, Simplício Araújo, que montou um grande partido e também obteve uma expressiva votação.

“Obrigada meu Deus! Obrigada minha Nossa Senhora! Fizemos uma campanha linda contando com Deus e com os meus amigos. Muito obrigada a todos que contribuíram para que eu ocupasse uma vaga na Assembleia Legislativa. Honrarei todos esses 31.147 votos de confiança. Serei a deputada cristã do povo. Lutarei por uma saúde cada vez melhor”, declarou Helena Duailibe.

Com posse marcada para fevereiro de 2019, Helena Duailibe ocupará seu terceiro cargo eletivo, antes foi vice-prefeita de São Luís entre 2009 e 2012 e depois vereadora da capital entre 2013 e 2016. A deputada estadual eleita também já foi secretária de Saúde do Maranhão e secretária de Saúde de São Luís.

Blog do Diego Emir

sem comentário »

Mulheres aumentam na AL e Senado, mas na Câmara

0comentário

As eleições de 2018 proporcionaram situações diferentes com relação a Assembleia Legislativa, Câmara Federal e Senado.

O maior prejuízo foi na Câmara Federal. Se no Brasil, de uma maneira geral aumentou o número de mulheres, no Maranhão foi exatamente o contrário. O Maranhão possui atualmente duas mulheres como deputadas – Eliziane Gama e Luana Alves, mas não conseguiu eleger nenhuma nestas eleições, ou seja, a partir de 2019, o Maranhão não terá uma representante feminina na Câmara Federal.

Já na Assembleia Legislativa, o efeito foi exatamente o contrário, pois aumentou a bancada feminina no parlamento estadual maranhense. A atual bancada possui seis deputadas e apesar de apenas a deputada Ana do Gás ter sido reeleita, serão oito mulheres a partir de 2019.

Além da deputada reeleita, chegam ao parlamento: Andreia Rezende, Daniela Tema, Cleide Coutinho, Helena Duailibe, Thaiza Ortegal, Mical Dasmasceno e Detinha.

Entretanto, a maior vitória feminina foi no Senado Federal. A eleição de Elziane Gama devolve ao Senado do Maranhão a presença das mulheres, anteriormente só contabilizada através de Roseana Sarney.

Blog do Jorge Aragão

sem comentário »

DEM reforça quadro para eleição

0comentário

O Democratas reforça o quadro para a eleição deste ano. Após anunciar a filiação do deputado federal, José Reinaldo Tavares e do secretário de Educação, Felipe Camarão, o partido anuncia mais dois nomes que deverão se filiar nos próximos dias.

A ex-vereadora e ex-secretária de Saúde de São Luís, Helena Duailibe deve trocar o MDB pelo DEM. Mas ela ainda não tem a decisão totalmente tomada sobre para qual partido deverá ir.

Outro nome dado como certo é o do deputado estadual e secretário de Desenvolvimento Social do Maranhão, Neto Evangelista, atualmente no PSDB.

“São dois nomes de pesos na política maranhense e que irão engrandecer e fortalecer o nosso partido”, disse o presidente do DEM no Maranhão, deputado federal Juscelino Filho.

O DEM prepara um grande evento para filiação dos novos nomes para o dia 10 de março com a presença do presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia, pré-candidato à presidência da República.

Foto: Divulgação

sem comentário »

Conferência discute política de Saúde em SL

4comentários

Conferência Municipal de Saúde reúne representantes do poder público e da sociedade civil

Com o tema “Democracia na Saúde: direito do povo e dever do Estado”, a Prefeitura de São Luís, por meio da Secretaria Municipal de Saúde (Semus), e o Conselho Municipal de Saúde (CMS) iniciaram nesta segunda-feira (19), a 11ª Conferência Municipal de Saúde. O vice-prefeito de São Luís, Julio Pinheiro, representou o prefeito Edivaldo na abertura do evento que tem como meta principal discutir e propor políticas de saúde ao Plano Plurianual (PPA) da gestão municipal.

O evento, realizado no auditório Central da Universidade Federal do Maranhão (UFMA), reúne diversos segmentos sociais e órgãos públicos. As atividades da 11ª Conferência Municipal de Saúde prosseguem nesta terça-feira (20), a partir das 8h30, com as mesas temáticas que vão discutir a participação popular no Sistema Único de Saúde (SUS) e epidemiologia, entre outros temas. Ao final todas as propostas serão levadas à plenária, e serão escolhidos os delegados para a Conferência Estadual de Saúde.

O vice-prefeito parabenizou todos os conselheiros de saúde e delegados da conferência, ressaltando a importância da discussão sobre os problemas e soluções para a saúde nesse momento de crise pela qual passa o Brasil. “O nosso prefeito Edivaldo tem a clareza do enfrentamento dos desafios na saúde. Mas, pela primeira vez existe uma união entre Estado e município para enfrentar juntos os desafios. E nesse objetivo, a conferência vem a somar porque vai apontar para o PPA os gargalos, um papel importante para que possamos avançar mais e fortalecer a saúde pública, tornando o sistema mais democrático”, destacou Julio Pinheiro.

A abertura da Conferência foi feita pela secretária municipal de Saúde, Helena Duailibe, que preside o Conselho e ressaltou o comprometimento da gestão municipal com o controle social na saúde. “O prefeito Edivaldo valoriza a participação popular, por isso, sancionou recentemente a nova lei de constituição do Conselho e apoiou capacitação dirigida aos conselheiros. Isso foi feito porque a gestão sabe que o acompanhamento feito pelos usuários resulta em mais humanização, equidade e atendimento às necessidades de saúde da população”, disse a secretária.

(mais…)

4 comentários »