Sampaio demite técnico Júnior Amorim

2comentários

Sobrou para o técnico…

O Sampaio anunciou nesta terça-feira (10), a demissão do técnico Júnior Amorim que era auxiliar e assumiu o cargo no lugar de João Brigatti que foi para a Ponte Preta.

Júnior Amorim comandou o Sampaio por apenas dois jogos. Venceu o Cordino por 3 a 0 e perdeu para o Moto por 1 a 0.

Com a repercussão ruim por conta da derrota para o Moto, o presidente Sérgio Frota decidiu dispensar o técnico Júnior Amorim. Agora vai rolar a lista de jogadores que deixarão o clube nos próximos dias e outros que chegarão.

O nome do novo técnico ainda não foi divulgado pelo Sampaio.

Com a demissão de Júnior Amorim, sobe para sete o número de técnicos demitidos durante o Campeonato Maranhense.

Foto: Lucas Almeida/L17 Comunicação

2 comentários »

Sampaio promete pagar mês de salário atrasado

8comentários

O Sampaio deve pagar o salário de janeiro até no máximo amanhã (4). A informação foi confirmada pelo presidente Sérgio Frota ao Blog do Zeca Soares.

Segundo Sérgio Frota, o atraso dos jogadores, comissão técnica e funcionários é de 22 dias, pois fevereiro só vai vencer no dia 10 de março.

O dirigente esteve no Rio de Janeiro antes do Carnaval e essa semana na CBF e além de participar da reunião do conselho técnica reforçou o pedido para antecipação da cota de participação na Série B.

Sérgio Frota não confirmou ao blog se a CBF antecipou mais uma das 10 parcelas de R$ 700 mil (*) que o clube terá direito pela participação no Campeonato Brasileiro Série B.

*O presidente do Sampaio, Sérgio Frota disse que serão 10 parcelas de R$ 540 mil pela cota na Série B.

Foto: Lucas Almeida/ L17 Comunicação

8 comentários »

Sampaio não tem pressa e segue com Júnior Amorim

0comentário

O Sampaio não tem pressa para substituir o ex-técnio João Brigatti que foi embora para a Ponte Preta.

O presidente do Sampaio, Sérgio Frota disse que deixará o interino Júnior Amorim no comando nos jogos contra Cordino e Moto e, somente após esses dois confrontos vai avaliar a situação.

Mas Amorim não será o técnico para o Campeonato Brasileiro Série B, garante Frota.

A maior preocupação do dirigente neste momento é com a questão financeira, pois o time está com o salário em atraso e ele busca recursos no sul do país, ao tempo em que mantém conversas sobre o nome do novo treinador.

Embora não tenha pressa, o Sampaio precisa entender que a Série B está bem perto e começa logo em maio.

Se o Sampaio demorar a trazer o novo técnico poderá ter o início da Série B totalmente comprometido, pois ainda terá uma equipe em formação uma vez que o time que está o Sampaio tem hoje está longe de ser uma equipe capaz de garantir sequer a permanência na Segundona.

Mas estamos falando de tempo e de dinheiro. E essa conta no futebol é sempre difícil de fechar, principalmente quando não é bem administrado.

Foto: Lucas Almeida/L17 Comunicação

sem comentário »

Sérgio Frota quer o Sampaio como clube-empresa

0comentário

O presidente Sérgio Frota me revelou que está trabalhando para transformar o Sampaio em clube empresa.

O termo virou moda no Brasil e muitos clubes, como o Sampaio acreditam ser este o melhor caminho para os problemas financeiros. Mas o que significa um clube-empresa?

Clube-empresa é um clube esportivo que ao invés de ser constituído juridicamente como uma associação civil sem fins lucrativos, é, ao contrário, uma empresa criada com o objetivo de lucro a partir dos esportes.

Frota revelou que está cansado de buscar recursos, sem sucesso, na iniciativa privada e poder público, mas disse acreditar com o mecanismo do Clube-empresa poderá obter melhores resultados no Sampaio.

O dirigente não adiantou maiores detalhes e nem quando espera concluir a mudança no Sampaio.

Foto: Lucas Almeida/L17 Comunicação

sem comentário »

Sérgio Frota e Murilo Dias são eleitos no Sampaio

0comentário

O presidente Sérgio Frota foi reeleito por aclamação e vai comandar o Sampaio no biênio 2020/2021. A dupla terá como principal missão de saída o Campeonato Brasileiro Série B. Pela participação na competição, o Sampaio receberá pelo menos R$ 8 milhões referentes à cota de TV, mas esse valor deverá ser reajustado pela CBF.

No comando do clube há 12 anos, Sérgio Frota terá como vice, o empresário e presidente do Sampaio Basquete, Murilo Dias que substitui ao deputado federal Josimar de Maranhãozinho que nem os jogos do clube acompanhava.

Com o acesso à Série B, Sérgio Frota decidiu permanecer no clube para mais dois anos e deverá concorrer a vaga na Câmara de Vereadores de São Luís.

Sérgio Frota disse que pretende renovar o contrato com toda a comissão técnica e a base de jogadores. Ele já iniciou as conversas com o técnico João Brigatti que também teria propostas de outras equipes.

Com a reeleição garantida, Sérgio Frota ainda pode antecipar o recebimento de parte da cota que o Sampaio tem direito no Campeonato Brasileiro Série C. O clube precisa de R$ 1,5 milhão para quitar salários e premiação de jogadores pelo acesso à Série B.

Conselho Diretor
Presidente: Sergio Barbosa Frota
Vice-presidente: José Murilo Soares Dias Júnior

Membros do Conselho Deliberativo – Efetivos
1 – Eurico Pacífico de Sousa Junior
2 – Francisco Ronaldo Maciel
3 – Gabriel Ahid Costa
4 – Glauco Andrade e Silva
5 – Hélio Ferreira Moraes Rego
6 – José Murilo Soares Dias Júnior
7 – João Batista Teixeira Oliveira
8 – Josimar Cunha Rodrigues
9 – Lourival Marques Bogéa
10 – Luis Fernando Rodrigues Cadilhe Brandão
11 – Luis Gustavo Verri de Oliveira
12 – Márcio Lima Fontinele
13 – Nilson Santos Garcia
14 – Othelino Nova Alves Neto
15 – Perez Silva da Paz
16 – Ricardo Luís Soares Macieira
17 – Sergio Barbosa Frota
18 – Sergio Macedo de Abreu
19 – Severino José Coelho Neto
20 – Silvio Magno Silva Cruz

Membros do Conselho Deliberativo – Suplentes
1 – André Ferreira Martins
2 – Edivaldo pereira Biguá
3 – Eron da Silva Rodrigues Filho
4 – Francisco de Assis Maciel Carvalho
5 – George de Melo Aragão
6 – Hugo André Louzeiro Oliveira
7 – João de Luna Arruda Filho
8 – Luis Flávio Rodrigues Cadilhe
9 – Paulo André Araújo Maciel
10 – Wladimir Teobaldo de Albuquerque

Membros do Conselho Fiscal – Titulares
1 – Genésio Beltrand Neto
2 – Luis Fernando Cadilhe Brandão
3 – Rafael Pinheiro Gomes de Melo Alvim

Membros do Conselho Fiscal – Suplentes
1 – Eduardo Cavalcanti de Santana Júnior
2 – Raimundo da Conceição Ribeiro Pereira

sem comentário »

Sampaio faz eleição para antecipar cota na CBF

5comentários

O Sampaio realiza nesta quinta-feira (10), às 19h, eleição para conselhos deliberativo e fiscal, na sede do clube para o pleito 2020/2021.

O presidente Sérgio Frota que dirige o clube há 12 anos é o candidato único à reeleição e comandará o clube por mais dois anos.

Com a antecipação da eleição do Sampaio, o presidente Sérgio Frota conseguirá antecipar o recebimento de parte da cota que terá direito no Campeonato Brasileiro Série B em 2020.

Segundo Frota, Sampaio precisa de R$ 1,5 milhão para quitar salários e premiação de atletas pelo acesso à Série B.

Este ano, o valor da cota recebida pelas equipes que disputaram a Série B foi de R$ 8 milhões, mas deverá ser reajustado de acordo com o contrato com a televisão.

O Sampaio espera antecipar pelo menos 80% ( R$ 1,5 milhão ) do valor que necessita para fechar o ano junto à CBF.

Foto: Lucas Almeida / L17 Comunicação

5 comentários »

Sampaio reúne para definir futuro de Brigatti

5comentários

O futuro do técnico João Brigatti no Sampaio será definido hoje à tarde, em reunião com o presidente Sérgio Frota.

Responsável direto pelo acesso do Sampaio novamente à Série B e vice-campeão Brasileiro da Série C, o técnico João Brigatti tem afirmado que a sua preferência é permanecer no Sampaio.

Mas apesar da preferência, a permanência de Brigatti vai depender do acerto financeiro com Frota que está em um beco sem saída.

No momento, a torcida do Sampaio não aceitaria a saída do seu treinador, por isso, o clube vai ter que aumentar o salário de Brigatti assim como de vários jogadores do atual elenco para que eles permaneçam para a próxima temporada.

O acesso valorizou todos no Sampaio e a “cota gorda” da Série B, certamente obrigará o Tricolor a gastar mais na próxima temporada.

Mas aposto na permanência de Brigatti, afinal ele quer ficar e o Sampaio quer que permanceça. Dessa forma, as duas partes chegarão a um acordo.

Foto: Reprodução / TV Mirante

5 comentários »

Sérgio Frota destaca ajuda de Fernando Sarney

4comentários

O presidente do Sampaio, Sérgio Frota foi o entrevistado de hoje (11), no Bom Dia Mirante, na TV Mirante. (Clique aqui e veja a entrevista na íntegra).

Sérgio Frota deu sinais de que após o acesso pode até disputar a eleição para vereador em São Luís. “O futuro a Deus pertence”, afirmou.

O dirigente criticou a falta de investimento e apoio ao futebol e prometeu manter a base do time que garantiu o acesso à Série B e o técnico João Briugatti para a temporada 2020. E afirmou que pretende antecipar a eleição do clube para que possa pleitear junto À CBF a antecipação da cota de patrocínio que terá direito na Série B no ano que vem.

Sérgio Frota fez um agradecimento especial ao vice-presidente da CBF, Fernando Sarney e afirmou que ele [Fernando Sarney] faz muito pelo futebol maranhense. “Ele foi fundamental”, disse.

Veja os trechos da entrevista:

Acesso e investimento

“Esse foi o quinto acesso do Sampaio. Nós temos três rebaixamentos e temos quatro acessos para a série C, três desses na formatação que é hoje, uma da série D para a série C. Porque ano passado com o rebaixamento do Sampaio, muitas pessoas se afastaram e houve uma queda de patrocínio, uma queda de investimento, mas é fundamental e eu acho que devo parabenizar os jogadores, a comissão técnica d a diretoria. Agradecer também a torcida que compareceu finalmente nesse jogo do acesso. Que bom seria se a gente tivesse sempre esse público no Castelão porque eles são o fortalecimento do futebol maranhense. Eu sou muito questionado sobre o bate e volta do Sampaio e eu explico que nós fomos rebaixados em 2016, subimos em 2017, rebaixados em 2018 e novamente tivemos acesso nesse ano. Falta investimento no futebol maranhense, tanto da iniciativa privada quanto do poder público que me dá muita satisfação ouvir o governador falar e o secretário de estado em um projeto. Porque é muito difícil você estar na série B. Todos os 20 clubes vão receber de 7 a 8 milhões. O agregado que se pode botar a isso é difícil, porque isso vem através de merchandising e do patrocínio e eu vou dar um exemplo aqui. No ano passado, o Sampaio foi rebaixado e o patrocinador do Sampaio era R$ 20 mil. O CSA de Alagoas que é o estado que tem o PIB menor do que o Maranhão tinha um patrocínio de R$ 120 mil de uma usina de álcool. Então veja a discrepância, o Paysandu que não subiu tem R$22 mil, o Remo que não subiu tem R$ 20 mil e o Santa Cruz tem mais de R$ 25 mil. Então há uma diferença grande e talvez isso explique a questão de você ir e voltar”.

Eleição de vereador

“O futuro a Deus pertence. Minha cabeça não está na política agora, minha cabeça está no Sampaio e volto a dizer, foi um desafio muito grande porque muitos se afastaram e isso é normal. Nós temos que criar as condições com a experiência de estar 12 anos no comando do time mais popular do Maranhão, de maior torcida, apesar disso não se reverter em receita para o clube. Todos os mecanismos de receita que um time de futebol pode ter, nós temos tentado implementar no Sampaio sem sucesso. O Sampaio no auge, no G4 da série B em 2015, tínhamos cerca de dois mil torcedores e eu não estou reclamando porque nós estamos em um estado com a menor renda per capita do Brasil e o poder aquisitivo do torcedor do Sampaio é baixo, é classe C, D e E. Eu reconheço isso, tanto que, nós temos o ingresso mais barato do Brasil. É só você pegar no ranking. Eu queria dizer que antes do mata-mata, o Sampaio estava no 13º, atrás do Imperatriz. Quero inclusive parabenizar o Imperatriz, que subiu no ano passado e esse ano fez uma campanha belíssima. A maneira como a cidade abraçou o cavalo, eu conversando ontem no palácio com o secretário Cleiton Noleto e ele disse que fez um jantar, arrumou R$ 250 mil no jantar. Um jantar que eu não arranjo R$ 20 mil. Eu quero dizer que é necessário a gente criar esses mecanismos, geração de receita, já que 85% da receita do clube vem de direito televisivo. Pode ser para o Flamengo, para o Corinthians, tá aí porque a Globo se discute muita cota e é fundamental que a gente tenha esse investimento porque se não tiver, vai ser sempre isso de bater e voltar”.

Eleições no clube

“Eu sou um homem de uma palavra só. Eu disse que não queria ser candidato e agora eu me vejo em uma situação em que existe algo chamado compliance financeiro. E hoje, imagina como eu me senti naquele segundo gol do São José. O Sampaio tem um passivo de R$ 1 milhão e nós queremos que haja antecipação dessa receita no ano de 2020 sendo que o meu mandato vai até 31 de dezembro. Então eu vou ter que discutir com meu conselho deliberativo essa antecipação de eleição. Realmente não era o que eu queria, porque para mim a democracia pressupõe alternância de poder e eu já estou 12 anos e meio e já estourei minha cota de sacrifício. Eu já passei muito aniversário de filho meu, eu já passei muitos dias dos pais viajando, inclusive esse agora com o Sampaio porque eu acompanhei todos os jogos. No ano passado, o Sampaio depois de ter a maior conquista dele no dia 7 de julho, 20 dias depois o Sampaio estava na zona de rebaixamento. Eu abandonei a campanha e fui a todos os jogos do Sampaio, evitei o rebaixamento, mas se tiver que fazer nós vamos”.

Base e Brigatti

“A base é fundamental, estou muito satisfeito e queria destacar o grande trabalho desse treinador que é o João Brigatti. Durante esses anos, eu tive cerca de 16 treinadores e posso dizer que esse foi o melhor treinador que já tive. Vou te dizer o motivo, além de ser um cara comprometido, sério e trabalhador, ele vive futebol 24 horas, ele ganha um salário no Sampaio, teve uma proposta de time da série C com muita mais força financeira, que ofereceu o triplo e ele não me disse, eu soube através de um repórter de Pernambuco que me ligou e ele disse para mim: “Presidente, eu não lhe falei porque eu não iria”. Então fica meu agradecimento ao João Brigatti e dizer que o planejamento é fundamental. Você sente que o clube de futebol é uma empresa, hoje inclusive, está sendo tramitado no Congresso a efetivação do clube-empresa e é fundamental que a gente tenha isso para que não ocorra o que aconteceu com o Figueirense, mas a minha ideia é manter a base e as pessoas as vezes dizem ‘Não mantém’, não mantém porque se o cara ganha x com o acesso ele já se valoriza, e quero dizer o seguinte: nós não paramos por aqui. O primeiro objetivo é classificar e nós conseguimos com três rodadas de antecedência, depois teve a vantagem do mata-mata com duas rodadas de antecedência, o nós conseguimos o acesso e eu vou fazer tudo juntamente com esse grupo, o trabalho é do grupo todo, não é só meu, para que a gente possa botar esta quarta estrela naquele manto do Sampaio Corrêa”.

Futebol empresa

“Está sendo tramitado no Congresso a efetivação do clube-empresa e é fundamental que a gente tenha isso para que não ocorra o que aconteceu com o Figueirense, mas a minha ideia é manter a base e as pessoas as vezes dizem ‘Não mantém’, não mantém porque se o cara ganha x com o acesso ele já se valoriza, e quero dizer o seguinte: nós não paramos por aqui. O primeiro objetivo é classificar e nós conseguimos com três rodadas de antecedência, depois teve a vantagem do mata-mata com duas rodadas de antecedência, o nós conseguimos o acesso e eu vou fazer tudo juntamente com esse grupo, o trabalho é do grupo todo, não é só meu, para que a gente possa botar esta quarta estrela naquele manto do Sampaio Corrêa”.

Agradecimento

“Eu queria deixar um agradecimento especial ao vice-presidente da CBF, Fernando Sarney, que foi fundamental. Como Sérgio Frota? Eu falei para o Fernando depois jogo em Porto Alegre, onde nós fomos prejudicados, teve um gol legal que foi anulado, e eu falei Fernando eu preciso de uma arbitragem neutra e ele fez tudo. Então meu muito obrigado, já que muita gente diz que Fernando não faz nada e eu quero dizer para você que ele faz muito pelo futebol maranhense”.

Foto: Reprodução / TV Mirante

4 comentários »

A cobrança injusta à imprensa maranhense

20comentários

O torcedor do Sampaio é extremamente engraçado. Ontem publiquei uma matéria após a entrevista à Rádio Mirante AM na qual o presidente do Sampaio, Sérgio Frota cobra o torcedor do clube que está ausente nos jogos do Campeonato Brasileiro Série C.

Quem leu a matéria e viu os comentários deve ter percebido que alguns internautas colocam a culpa na imprensa pelo “fracasso” de público nos jogos do Sampaio.

Ora, vejam o quanto a imprensa maranhense divulga o futebol e ainda tem quem reclame dela. Quanta injustiça culpar a imprensa….

O torcedor cobra como se a imprensa fosse responsável por questões financeiras, transparência, prestação de contas e tudo mais no Sampaio.

Se Sérgio Frota não presta conta dos recursos que recebe não é problema da imprensa. A imprensa cobra, mas cabe aos torcedores, sócios e conselheiros a cobrança de transparência no clube.

Porque esses mesmos torcedores que partem prá cima da imprensa não procuram o clube, a Justiça, enfim, que busquem os meios legais para exigir a prestação de contas no Sampaio?

Mas será que esté é o motivo do torcedor do Sampaio não ir ao estádio? Não acredito que seja isto, o torcedor aqui é modinha mesmo. Podem esperar que no mata-mata o Castelão terá mais de 30 mil torcedores.

Da minha parte tenho a consciência tranquila que faço a minha parte e essa, por exemplo é mais uma oportunidade que cobro a transparência no Sampaio a partir da reclamação de torcedores.

Não foi a imprensa maranhense quem colocou Sérgio Frota no Sampaio e muito menos quem fez dele um político para “usar o clube” como muita gente diz.

Quanta incoerência!!! Como disse que os torcedores que procurem os meios legais para exigir a transparência no Sampaio. Abrir fogo contra a imprensa é total incoerência para não dizer outra coisa mais forte.

Foto: Lucas Almeida / L17 Comunicação

20 comentários »

Sérgio Frota cobra apoio da torcida do Sampaio

12comentários

O presidente do Sampaio, Sërgio Frota estava calado após a queda do Sampaio ainda no primeiro turno do Campeonato Brasileiro Série C, mas o time começou a deslanchar até assumir a liderança isolada da competição e eis que o mandatário Tricolor reapareceu para reclamar da falta de apoio dos torcedores que não tem comparecido aos jogos.

E a reclamação é mais do que procedente em entrevista ao Mirante Esporte, na Rádio Mirante AM.

“Eu tenho acompanhado o esforço que vocês tem feito para chamar o torcedor. O Sampaio hoje é líder não só do grupo A, mas de toda a Série C com 27 pontos e ai nós temos grandes times como Santa Cruz, Náutico, Remo que leva 30 mil pessoas e nós não conseguimos levar 20 mil contra o Palmeiras e em que pese estarmos na liderança, nós somos o 12º em arrecadação. Nós chegamos até aqui sem o apoio da torcida, nós temos tido apoio de dois mil, dois mil e quinhentos, mas é fundamental que o torcedor agora acompanhe e venha acompanhar o Sampaio porque nós estamos em uma reta final e a folha que venceu dia 10, hoje é 29 e nós ainda não pagamos. Agora sozinho não vai dar para eu tocar o Sampaio, a realidade é essa e nós estamos chegando à reta final.”, afirmou.

Frota lembrou que desde o ano passado quando a equipe foi rebaixada, o torcedor “esqueceu o Sampaio”.

“É fundamental que o torcedor agora abrace. Veja só, no ano passado nós fomos campeões da Copa do Nordeste e o torcedor nem no jogo final contra o Bahia se fez presente, depois na Série B, ao invés de abraçar o Sampaio numa situação difícil como fez a torcida do Ceará, a torcida esqueceu o Sampaio e nós fomos rebaixados”, disse.

Frota também criticou a falta de apoio do poder público e cobrou a reabertura do Estádio Nhozinho Santos.

Sérgio Frota também criticou a falta de apoio do poder público. “O poder público é muito difícil. Eu gostaria que a prefeitura resolvesse o problema do Nhozinho Santos. Nós precisamos do Nhozinho Santos. Nós temos que ter um estádio em que o público pressione. Agora o poder publico do Estado. Eu fui deputado, mas agora não sou mais e como deputado você pede a audiência com o governador e é possível. Eu sou ex e ex é ex. O esporte não é política pública prioritária, nem no nosso país, nem no nosso estado e nem no nosso município. Na iniciativa privada me procurou uma empresa do Rio Grande do Sul do país que investe no Ceará e no Fortaleza”, destacou.

Frota finalizou a entrevista fazendo um apelo ao torcedor do Sampaio que vá ao estádio e ajude a equipe nesta reta final.

“Se eu fosse presidente do Remo ou Paysandu eu já tinha colocado esses times na Série A. Vão me chamar de doido, mas é. O cara tem 400 mil de sócio torcedor. O Remo coloca 30 mil pessoas no estádio em jogo de Série D. A gente com o Palmeiras, melhor time do Brasil, nós não conseguimos levar 20 mil para o Castelão. Até hoje o Sampaio está na liderança da Série C sem o apoio do torcedor. É fundamental que o torcedor compareça, o Castelào é um estádio grande e duas mil, três mil pessoas não faz pressão. Nós precisamos o apoio do torcedor.”, finalizou,

O Sampaio joga no domingo (4), às 18h, contra o Treze, no Estádio Castelão pelo Campeonato Brasileiro Série C.

Se o torcedor vai ou não depois desse puxão de orelhas de Sérgio Frota é o que vamos ver…

Foto: Lucas Almeida / L17 Comunicação

12 comentários »