Sérgio Frota destaca ajuda de Fernando Sarney

4comentários

O presidente do Sampaio, Sérgio Frota foi o entrevistado de hoje (11), no Bom Dia Mirante, na TV Mirante. (Clique aqui e veja a entrevista na íntegra).

Sérgio Frota deu sinais de que após o acesso pode até disputar a eleição para vereador em São Luís. “O futuro a Deus pertence”, afirmou.

O dirigente criticou a falta de investimento e apoio ao futebol e prometeu manter a base do time que garantiu o acesso à Série B e o técnico João Briugatti para a temporada 2020. E afirmou que pretende antecipar a eleição do clube para que possa pleitear junto À CBF a antecipação da cota de patrocínio que terá direito na Série B no ano que vem.

Sérgio Frota fez um agradecimento especial ao vice-presidente da CBF, Fernando Sarney e afirmou que ele [Fernando Sarney] faz muito pelo futebol maranhense. “Ele foi fundamental”, disse.

Veja os trechos da entrevista:

Acesso e investimento

“Esse foi o quinto acesso do Sampaio. Nós temos três rebaixamentos e temos quatro acessos para a série C, três desses na formatação que é hoje, uma da série D para a série C. Porque ano passado com o rebaixamento do Sampaio, muitas pessoas se afastaram e houve uma queda de patrocínio, uma queda de investimento, mas é fundamental e eu acho que devo parabenizar os jogadores, a comissão técnica d a diretoria. Agradecer também a torcida que compareceu finalmente nesse jogo do acesso. Que bom seria se a gente tivesse sempre esse público no Castelão porque eles são o fortalecimento do futebol maranhense. Eu sou muito questionado sobre o bate e volta do Sampaio e eu explico que nós fomos rebaixados em 2016, subimos em 2017, rebaixados em 2018 e novamente tivemos acesso nesse ano. Falta investimento no futebol maranhense, tanto da iniciativa privada quanto do poder público que me dá muita satisfação ouvir o governador falar e o secretário de estado em um projeto. Porque é muito difícil você estar na série B. Todos os 20 clubes vão receber de 7 a 8 milhões. O agregado que se pode botar a isso é difícil, porque isso vem através de merchandising e do patrocínio e eu vou dar um exemplo aqui. No ano passado, o Sampaio foi rebaixado e o patrocinador do Sampaio era R$ 20 mil. O CSA de Alagoas que é o estado que tem o PIB menor do que o Maranhão tinha um patrocínio de R$ 120 mil de uma usina de álcool. Então veja a discrepância, o Paysandu que não subiu tem R$22 mil, o Remo que não subiu tem R$ 20 mil e o Santa Cruz tem mais de R$ 25 mil. Então há uma diferença grande e talvez isso explique a questão de você ir e voltar”.

Eleição de vereador

“O futuro a Deus pertence. Minha cabeça não está na política agora, minha cabeça está no Sampaio e volto a dizer, foi um desafio muito grande porque muitos se afastaram e isso é normal. Nós temos que criar as condições com a experiência de estar 12 anos no comando do time mais popular do Maranhão, de maior torcida, apesar disso não se reverter em receita para o clube. Todos os mecanismos de receita que um time de futebol pode ter, nós temos tentado implementar no Sampaio sem sucesso. O Sampaio no auge, no G4 da série B em 2015, tínhamos cerca de dois mil torcedores e eu não estou reclamando porque nós estamos em um estado com a menor renda per capita do Brasil e o poder aquisitivo do torcedor do Sampaio é baixo, é classe C, D e E. Eu reconheço isso, tanto que, nós temos o ingresso mais barato do Brasil. É só você pegar no ranking. Eu queria dizer que antes do mata-mata, o Sampaio estava no 13º, atrás do Imperatriz. Quero inclusive parabenizar o Imperatriz, que subiu no ano passado e esse ano fez uma campanha belíssima. A maneira como a cidade abraçou o cavalo, eu conversando ontem no palácio com o secretário Cleiton Noleto e ele disse que fez um jantar, arrumou R$ 250 mil no jantar. Um jantar que eu não arranjo R$ 20 mil. Eu quero dizer que é necessário a gente criar esses mecanismos, geração de receita, já que 85% da receita do clube vem de direito televisivo. Pode ser para o Flamengo, para o Corinthians, tá aí porque a Globo se discute muita cota e é fundamental que a gente tenha esse investimento porque se não tiver, vai ser sempre isso de bater e voltar”.

Eleições no clube

“Eu sou um homem de uma palavra só. Eu disse que não queria ser candidato e agora eu me vejo em uma situação em que existe algo chamado compliance financeiro. E hoje, imagina como eu me senti naquele segundo gol do São José. O Sampaio tem um passivo de R$ 1 milhão e nós queremos que haja antecipação dessa receita no ano de 2020 sendo que o meu mandato vai até 31 de dezembro. Então eu vou ter que discutir com meu conselho deliberativo essa antecipação de eleição. Realmente não era o que eu queria, porque para mim a democracia pressupõe alternância de poder e eu já estou 12 anos e meio e já estourei minha cota de sacrifício. Eu já passei muito aniversário de filho meu, eu já passei muitos dias dos pais viajando, inclusive esse agora com o Sampaio porque eu acompanhei todos os jogos. No ano passado, o Sampaio depois de ter a maior conquista dele no dia 7 de julho, 20 dias depois o Sampaio estava na zona de rebaixamento. Eu abandonei a campanha e fui a todos os jogos do Sampaio, evitei o rebaixamento, mas se tiver que fazer nós vamos”.

Base e Brigatti

“A base é fundamental, estou muito satisfeito e queria destacar o grande trabalho desse treinador que é o João Brigatti. Durante esses anos, eu tive cerca de 16 treinadores e posso dizer que esse foi o melhor treinador que já tive. Vou te dizer o motivo, além de ser um cara comprometido, sério e trabalhador, ele vive futebol 24 horas, ele ganha um salário no Sampaio, teve uma proposta de time da série C com muita mais força financeira, que ofereceu o triplo e ele não me disse, eu soube através de um repórter de Pernambuco que me ligou e ele disse para mim: “Presidente, eu não lhe falei porque eu não iria”. Então fica meu agradecimento ao João Brigatti e dizer que o planejamento é fundamental. Você sente que o clube de futebol é uma empresa, hoje inclusive, está sendo tramitado no Congresso a efetivação do clube-empresa e é fundamental que a gente tenha isso para que não ocorra o que aconteceu com o Figueirense, mas a minha ideia é manter a base e as pessoas as vezes dizem ‘Não mantém’, não mantém porque se o cara ganha x com o acesso ele já se valoriza, e quero dizer o seguinte: nós não paramos por aqui. O primeiro objetivo é classificar e nós conseguimos com três rodadas de antecedência, depois teve a vantagem do mata-mata com duas rodadas de antecedência, o nós conseguimos o acesso e eu vou fazer tudo juntamente com esse grupo, o trabalho é do grupo todo, não é só meu, para que a gente possa botar esta quarta estrela naquele manto do Sampaio Corrêa”.

Futebol empresa

“Está sendo tramitado no Congresso a efetivação do clube-empresa e é fundamental que a gente tenha isso para que não ocorra o que aconteceu com o Figueirense, mas a minha ideia é manter a base e as pessoas as vezes dizem ‘Não mantém’, não mantém porque se o cara ganha x com o acesso ele já se valoriza, e quero dizer o seguinte: nós não paramos por aqui. O primeiro objetivo é classificar e nós conseguimos com três rodadas de antecedência, depois teve a vantagem do mata-mata com duas rodadas de antecedência, o nós conseguimos o acesso e eu vou fazer tudo juntamente com esse grupo, o trabalho é do grupo todo, não é só meu, para que a gente possa botar esta quarta estrela naquele manto do Sampaio Corrêa”.

Agradecimento

“Eu queria deixar um agradecimento especial ao vice-presidente da CBF, Fernando Sarney, que foi fundamental. Como Sérgio Frota? Eu falei para o Fernando depois jogo em Porto Alegre, onde nós fomos prejudicados, teve um gol legal que foi anulado, e eu falei Fernando eu preciso de uma arbitragem neutra e ele fez tudo. Então meu muito obrigado, já que muita gente diz que Fernando não faz nada e eu quero dizer para você que ele faz muito pelo futebol maranhense”.

Foto: Reprodução / TV Mirante

4 comentários para "Sérgio Frota destaca ajuda de Fernando Sarney"


  1. Rosangela

    Quem está fora fala o que quer, mas a realidade das coisas são diferentes e só sabe quem está realmente dentro. SERGIO FROTA ESTAMOS COM VOCÊ.

  2. silva sampaio

    deixa de ser falso , tu é motense vem perseguindo o presidente não é de agora ainda,fala que homem tem que ter palavra, o nosso presidente tem respaldo pra largar o clube quando ele quiser, tu deve ter alguma coisa de pessoal contra o presidente Sergio frota, agora torcedor do Sampaio tu nunca foi e nunca será.

    • Zeca Soares

      Se você estiver se referindo a mim perdeu o seu tempo. Não perco meu tempo com coisas desse tipo.

  3. jeffersson

    “Um homem pode ter tudo, mas se não tiver palavras ele não tem nada”. Era previsivel essa atitude do senhor Sergio Frota, a unica opção dele deixar o Sampaio seria a desclassificação, mas com esse recurso financeiro de cota de televisão garantido este Sr. não largará o “osso”.
    Pobre de meu Sampaio que continuará sendo dilapidado sem planejamento refém de interesses pessoais, em quatro anos será um clube centenario sem um projeto de longo prazo sem patrimonio, sem desenvolvimento.
    Nem li os “mimimis” afinal após mais de uma década já se conhece o discurso afinal ele não muda.
    Se tivesse reporter nessa entrevista poderiam perguntar ao entrevistado se ele sabe o que quer dizer Compliace ( É o conjunto de disciplinas a fim de cumprir e se fazer cumprir as normas legais e regulamentares, as políticas e as diretrizes estabelecidas para o negócio e para as atividades da instituição ou empresa, bem como evitar, detectar e tratar quaisquer desvios, fraudes ou inconformidades que possam ocorrer).
    Você acreditam que o Sampaio obedece normas de Compliance?
    Se o Sampaio tivesse Conselho Deliberativo e Compliance esse Sr. ja estaria na cadeia. Só em não divulgar balanço patrimonial ja estaria afastado.
    E assim seguimos rumo ao despenhadeiro.

deixe seu comentário