Dino corre risco de não eleger nenhum senador

0comentário

A pesquisa IBOPE, além de apontar que a disputa está indefinida para o Governo do Maranhão, apontou outro dado preocupante para o governador Flávio Dino (PCdoB), as intenções de voto para os candidatos ao Senado.

De acordo com o levantamento (reveja aqui), os dois candidatos ao Senado da ex-governadora Roseana (MDB) – Edison Lobão (MDB) e Sarney Filho (PV) – aparecem liderando, com folga, a corrida eleitoral.

Lobão surge com 27% das intenções de voto, enquanto que Sarney Filho aparece com 26%. A terceira colocada, Eliziane Gama (PPS) só teria 17%, ou seja, quase 10% a menos que os dois primeiros colocados.

Para piorar a situação de Flávio Dino, Weverton Rocha (PDT), que é o seu candidato preferido, preferência não escondida de ninguém, surge apenas na quinta colocação com 11%, estando atrás do ex-governador Zé Reinaldo (PSDB), traído politicamente pelo comunista.

O curioso é que nem mesmo as pesquisas recentes encomendadas pelo Palácio dos Leões, mesmo tendo registrado, não tem divulgado os números para o Senado. Ou seja, nem mesmo essas conseguem amenizar a situação.

Sendo assim, Flávio Dino corre o sério risco de entrar para a história política do Maranhão, como o primeiro governador, disputando reeleição, que não conseguirá eleger nenhum senador.

E o comunista nem pode ajudar muito, afinal precisa se preocupar com a sua própria sobrevivência, pois se não vencer a disputa no 1º Turno, sabe que suas chances de derrota aumentam consideravelmente.

Foto: Divulgação

Blog do Jorge Aragão

Sem comentário para "Dino corre risco de não eleger nenhum senador"


deixe seu comentário