Flávio Dino diz que diferença vai cair mais

7comentários

O governador do Maranhão Flávio Dino (PCdoB), comemora, nas redes sociais, o resultado da última pesquisa Ibope, divulgada ontem à noite (23) pela TV Globo, no Jornal Nacional. Ele diz acreditar na vitória do petista Fernando Haddad.

Na pesquisa, a diferença entre Bolsonaro e Haddad caiu 2 pontos percentuais em relação à pesquisa anterior do Ibope faltando apenas 5 dias para a eleição. A diferença ainda é enorme de 14 pontos.

Segundo Flávio Dino, a diferença entre os candidatos do PSLe PT vai continuar caíndo nos próximos dias.

“Vamos firmes. Diferença vai cair ainda mais nos próximos dias. Ampla mobilização democrática e popular é o caminho da vitória. E ainda acredito que segmentos da classe dominante e da classe média vão enxergar o tamanho do abismo que Bolsonaro representa”, disse.

Flávio Dino disse que Bolsonaro está ‘diminuíndo de tamanho’ em virtude do desmonte de suas redes de ‘agressões e mentiras’.

“Bolsonaro está diminuindo de tamanho na mesma proporção em que se desmontam suas redes de agressões e mentiras. Eram suas principais tropas. Está provada a relação causal entre as tais redes e o crescimento da extrema-direita no final do 1º turno”, afirmou.

Foto: Reprodução/Redes sociais

7 comentários »

Pesquisa Ibope: Bolsonaro, 57%; Haddad, 43%

0comentário

O Ibope divulgou nesta terça-feira (23) o resultado da segunda pesquisa do instituto sobre o 2º turno da eleição presidencial. O levantamento foi realizado entre domingo (21) e terça-feira (23) e tem margem de erro de 2 pontos, para mais ou para menos.

Nos votos válidos, os resultados foram os seguintes:

Jair Bolsonaro (PSL): 57%
Fernando Haddad (PT): 43%

Na pesquisa anterior, Bolsonaro tinha 59% e Haddad, 41% dos votos válidos.

Sobre a pesquisa
Margem de erro: 2 pontos percentuais para mais ou para menos
Entrevistados: 3010 eleitores em 208 municípios
Quando a pesquisa foi feita: 21 a 23 de outubro
Registro no TSE: BR‐07272/2018
Nível de confiança: 95%
Contratantes da pesquisa: TV Globo e “O Estado de S.Paulo”
O nível de confiança da pesquisa é de 95%. Isso quer dizer que há uma probabilidade de 95% de os resultados retratarem a realidade, considerando a margem de erro, que é de 2 pontos, para mais ou para menos.

Leia no G1

sem comentário »

Ibope: Bolsonaro, 59%; Haddad, 41%

0comentário

O Ibope divulgou nesta segunda-feira (15), o resultado da primeira pesquisa do instituto sobre o segundo turno da eleição presidencial. O levantamento foi realizado no sábado (13) e domingo (14) e tem margem de erro de 2 pontos, para mais ou para menos.

Nos votos válidos, os resultados foram os seguintes:

Jair Bolsonaro (PSL): 59%
Fernando Haddad (PT): 41%

Rejeição

A pesquisa também apontou o potencial de voto e rejeição para presidente. O Ibope perguntou:”Para cada um dos candidatos a Presidente da República citados, gostaria que o(a) sr(a) dissesse qual destas frases melhor descreve a sua opinião sobre ele”?

Jair Bolsonaro

Com certeza votaria nele para presidente – 41%
Poderia votar nele para presidente – 11%
Não votaria nele de jeito nenhum – 35%
Não o conhece o suficiente para opinar – 11%
Não sabem ou preferem não opinar – 2%

Fernando Haddad

Com certeza votaria nele para presidente – 28%
Poderia votar nele para presidente – 11%
Não votaria nele de jeito nenhum – 47%
Não o conhece o suficiente para opinar – 12%
Não sabem ou preferem não opinar – 2%

Sobre a pesquisa

Margem de erro: 2 pontos percentuais para mais ou para menos
Entrevistados: 2506 eleitores em 176 municípios
Quando a pesquisa foi feita: 13 e 14 de outubro
Registro no TSE: BR‐01112/2018
Nível de confiança: 95%
Contratantes da pesquisa: TV Globo e “O Estado de S.Paulo”
O nível de confiança da pesquisa é de 95%. Isso quer dizer que há uma probabilidade de 95% de os resultados retratarem a realidade, considerando a margem de erro, que é de 2 pontos, para mais ou para menos.

Leia no G1

sem comentário »

Pesquisas eleitorais

0comentário

Desconfiança

Não há como negar que vários institutos de pesquisa que atuaram no Maranhão deverão sair com a credibilidade arranhada do processo eleitoral de 2018.

Entre tantas empresas de pesquisa de opinião que apresentaram cenários eleitorais turvos, duas chamaram mais atenção: Econométrica e Ibope.

A primeira porque teve uma pesquisa assinada por uma técnica em estatística que já havia falecido quase 20 dias antes do registro da pesquisa. A segunda por não ter feito a compilação dos dados do levantamento de forma correta com margem de erro que muda em até 16% o resultado.

Complicado

E os equívocos do Ibope não param por aí. O maior colégio eleitoral do Maranhão, a capital, São Luís (que tem mais de 600 mil eleitores), teve somente 168 entrevistados.

E na análise dos dados, a margem de erro – registrados no TRE sendo três pontos percentuais para mais ou para menos – na capital maranhense ficou em oito pontos percentuais para mais ou para menos.

E talvez o mais grave: por não ter feito toda a compilação dos dados, o Ibope decidiu usar, como parâmetro, outras pesquisas de intenção de voto no Maranhão, entre elas a Econométrica da analista já falecida. Todos os números são, no mínimo, difícil de se confiar.

Repúdio

Diante de tantos equívocos, a coligação “Maranhão quer mais” emitiu nota de repúdio ao Instituto Ibope, já que tais números podem influenciar no resultado eleitoral deste domingo.

Segundo a coligação, o instituto já errou dados sobre cenários eleitorais no Maranhão por diversas vezes, o que retrata a incapacidade do Ibope de retratar a realidade da disputa eleitoral no estado.

“É inaceitável que tal levantamento seja divulgado à população às vésperas da eleição, podendo induzir o eleitorado com dados que não condizem com as intenções de voto mostradas em pesquisas sérias”, diz a nota da coligação.

Estado Maior

sem comentário »

Nota da Coligação Maranhão quer Mais

5comentários

 

A Coligação Maranhão Quer Mais (MDB, PV, PSD, PSC, PMB, PRP) solicitou, nesta quinta-feira (4), o detalhamento da Pesquisa Ibope registrada sob o no.  MA-07570/2018, contratada pela Televisão Mirante LTDA. O requerimento foi motivado pelos números que a Coligação considera duvidosos sobre a intenção de votos divulgada pelo Instituto no Maranhão.

Como resposta (documento em anexo), o Ibope informou que “em São Luís, temos apenas 168 entrevistas, o que não é suficiente para estimar as intenções de votos na capital, uma vez que margem de erro amostral é de 8 pontos percentuais para mais ou para menos. O cruzamento foi fornecido apenas como um indicativo”.

Nas informações fornecidas, o Ibope admite a fragilidade no método utilizado para chegar ao resultado da mais recente pesquisa, que tem até 16% de possibilidade de oscilação na margem de erro e não apenas de 3 pontos percentuais como divulgado ontem. O mais absurdo: na tentativa de encontrar um cenário mais próximo do ‘real’, o Ibope decidiu comparar e equiparar seus números com os de outros institutos locais, de credibilidade sob suspeita neste processo eleitoral e cujos levantamentos foram feitos em períodos diferentes, antes do debate entre os candidatos. “A pesquisa pode não ter pego um possível efeito do debate”, reconheceu o Ibope. É um claro reconhecimento do Ibope de sua incapacidade de retratar a verdadeira vontade do eleitorado maranhense.

Desta forma, considerando ser público e notório que o Ibope errou na maioria das pesquisas realizadas no Maranhão, a coligação Maranhão Quer Mais repudia com veemência os números de intenções de voto para governador e senador divulgados pelo Instituto às vésperas do primeiro turno das eleições.

É inaceitável que tal levantamento seja divulgado à população às vésperas da eleição, podendo induzir o eleitorado com dados que não condizem com as intenções de voto mostradas em pesquisas sérias, e visíveis nas atividades públicas de campanha.

Por todo o exposto, repudiamos a pesquisa do Ibope, e conclamamos a população a registrar nas urnas o verdadeiro desejo de votar em Roseana Sarney para governadora, e em Sarney Filho e Edison Lobão para o Senado.

5 comentários »

Ibope: Flávio Dino, 56%; Roseana Sarney, 30%

1comentário

Pesquisa Ibope divulgada nesta quinta-feira (4) aponta os percentuais de intenção de voto para o governo do Maranhão. A margem de erro é de 3 pontos percentuais, para mais ou para menos.

Votos totais

Veja os números da pesquisa estimulada, considerando todas as intenções de voto, inclusive as respostas dos eleitores que se declaram indecisos ou que votariam em branco ou nulo:

Flávio Dino (PCdoB): 56%
Roseana Sarney (MDB): 30%
Maura Jorge (PSL): 4%
Roberto Rocha (PSDB): 2%
Ramon Zapata (PSTU): 1%
Odívio Neto (PSOL): 1%
Não sabe: 2%

Em relação ao levantamento anterior, divulgado no dia 19 de setembro:

Flávio Dino (PCdoB) foi de 49% para 56%
Roseana Sarney (MDB) foi de 32% para 30%
Maura Jorge (PSL) passou de 5% para 4%
Roberto Rocha (PSDB) se manteve com 2%
Ramon Zapata (PSTU) passou de 0% para 1%
Odívio Neto (PSOL) passou de 0% para 1%
Brancos/nulos foi de 7% para 4%
Não sabe foi de 5% para 2%

Veja, abaixo, o resultado da pesquisa Ibope considerando apenas os votos válidos. Para calcular esses votos são excluídos da amostra os votos brancos, os nulos e os eleitores que se declaram indecisos. O procedimento é o mesmo utilizado pela Justiça Eleitoral para divulgar o resultado oficial da eleição. Para vencer no primeiro turno, um candidato precisa de 50% dos votos válidos mais um voto. Veja os índices:

Flávio Dino (PCdoB): 59%
Roseana Sarney (MDB): 32%
Maura Jorge (PSL): 5%
Roberto Rocha (PSDB): 2%
Ramon Zapata (PSTU): 1%
Odívio Neto (PSOL): 1%

A pesquisa foi encomendada pela TV Mirante. É o terceiro levantamento do Ibope realizado depois da oficialização das candidaturas na Justiça Eleitoral.

No levantamento anterior, feito entre 16 e 19 de setembro, os percentuais de intenção de votos eram os seguintes: Flávio Dino (PCdoB): 49%; Roseana Sarney (MDB): 32%; Maura Jorge (PSL): 5%; Roberto Rocha (PSDB): 2%; Ramon Zapata (PSTU): 0%; Odívio Neto (PSOL): 0%; Brancos/nulos: 7%; Não sabe: 5%.

Sobre a pesquisa

Margem de erro: 3 pontos percentuais para mais ou para menos
Quem foi ouvido: 1.008 eleitores
Quando a pesquisa foi feita: 2 a 4 de outubro
Registro no TRE: MA-07570/2018
Registro no TSE: BR-03151/2018
Contratante da pesquisa: TV Mirante
O nível de confiança utilizado é de 95%. Isso quer dizer que há uma probabilidade de 95% de os resultados retratarem o atual momento eleitoral, considerando a margem de erro
0% significa que o candidato não atingiu 1%. Traço significa que o candidato não foi citado por nenhum entrevistado

Leia no G1

1 comentário »

Senado: Weverton, 35%; Eliziane, 34%

1comentário

Pesquisa Ibope divulgada nesta quinta-feira (4) aponta os seguintes percentuais de intenção de voto para o Senado no Maranhão:

Weverton Rocha (PDT): 35%
Eliziane Gama (PPS): 34%
Sarney Filho (PV): 25%
Edison Lobão (MDB): 23%
Zé Reinaldo (PSDB): 10%
Alexandre Almeida (PSDB): 5%
Saulo Pinto (PSOL): 4%
Samuel de Itapecuru (PSL): 3%
Preta Lú (PSTU): 2%
Saulo Arcangeli (PSTU): 2%
Iêgo Bruno (PCB): 1%
Branco/Nulo – Vaga 1: 12%
Branco/Nulo – Vaga 2: 20%
Não sabem: 24%

Sobre a pesquisa

Margem de erro: 3 pontos percentuais para mais ou para menos
Quem foi ouvido: 1.008 eleitores
Quando a pesquisa foi feita: 2 a 4 de outubro
Registro no TRE: MA-07570/2018
Registro no TSE: BR-03151/2018
Contratante da pesquisa: TV Mirante
O nível de confiança utilizado é de 95%. Isso quer dizer que há uma probabilidade de 95% de os resultados retratarem o atual momento eleitoral, considerando a margem de erro
0% significa que o candidato não atingiu 1%. Traço significa que o candidato não foi citado por nenhum entrevistado

Leia no G1

1 comentário »

Pesquisa Ibope: Bolsonaro, 31%; Haddad, 21%

0comentário

O Ibope divulgou nesta segunda-feira (1º) o resultado da mais recente pesquisa de intenção de voto na eleição presidencial. A pesquisa ouviu 3.010 eleitores entre sábado (29) e domingo (30).

O nível de confiança da pesquisa é de 95%. Isso quer dizer que há uma probabilidade de 95% de os resultados retratarem a realidade, considerando a margem de erro, que é de 2 pontos, para mais ou para menos.

Os resultados foram os seguintes:

Jair Bolsonaro (PSL): 31%
Fernando Haddad (PT): 21%
Ciro Gomes (PDT): 11%
Geraldo Alckmin (PSDB): 8%
Marina Silva (Rede): 4%
João Amoêdo (Novo): 3%
Alvaro Dias (Podemos): 2%
Henrique Meirelles (MDB): 2%
Cabo Daciolo (Patriota): 1%
Guilherme Boulos (PSOL): 0%
Vera Lúcia (PSTU): 0%
Eymael (DC): 0%
João Goulart Filho (PPL): –
Branco/nulos: 12%
Não sabe/não respondeu: 5%

Sobre a pesquisa

Margem de erro: 2 pontos percentuais para mais ou para menos
Entrevistados: 3.010 eleitores em 208 municípios
Quando a pesquisa foi feita: 29 e 30 de setembro
Registro no TSE: BR- 08650/2018
Contratantes da pesquisa: TV Globo e “O Estado de S.Paulo”
O nível de confiança utilizado é de 95%. Isso quer dizer que há uma probabilidade de 95% de os resultados retratarem o atual momento eleitoral, considerando a margem de erro
0% significa que o candidato não atingiu 1%. Traço significa que o candidato não foi citado por nenhum entrevistado

Leia no G1

sem comentário »

Pesquisa Ibope: Bolsonaro, 28%; Haddad, 22%

0comentário

O Ibope divulgou nesta segunda-feira (24) o resultado da mais recente pesquisa de intenção de voto na eleição presidencial. A pesquisa ouviu 2.506 eleitores entre sábado (22) e domingo (23).

O nível de confiança da pesquisa é de 95%. Isso quer dizer que há uma probabilidade de 95% de os resultados retratarem a realidade, considerando a margem de erro, que é de 2 pontos, para mais ou para menos.

Os resultados foram os seguintes:

Jair Bolsonaro (PSL): 28%
Fernando Haddad (PT): 22%
Ciro Gomes (PDT): 11%
Geraldo Alckmin (PSDB): 8%
Marina Silva (Rede): 5%
João Amoêdo (Novo): 3%
Alvaro Dias (Podemos): 2%
Henrique Meirelles (MDB): 2%
Guilherme Boulos (PSOL): 1%
Cabo Daciolo (Patriota): 0%
Vera Lúcia (PSTU): 0%
João Goulart Filho (PPL): 0%
Eymael (DC): 0%
Branco/nulos: 12%
Não sabe/não respondeu: 6%

Sobre a pesquisa

Margem de erro: 2 pontos percentuais para mais ou para menos
Entrevistados: 2.506 eleitores em 178 municípios
Quando a pesquisa foi feita: 22 e 23 de setembro
Registro no TSE: BR-06630/2018
Nível de confiança: 95%
Contratantes da pesquisa: TV Globo e “O Estado de S.Paulo”

Leia no G1

sem comentário »

Hadad sobe 32 pontos e lidera no Maranhão

2comentários

Pesquisa Ibope divulgada nesta quarta-feira (19) aponta os seguintes percentuais de intenção de voto para presidente da República no Maranhão:

Fernando Hadad (PT): 36%
Jair Bolsonaro (PSL): 18%
Ciro Gomes (PDT): 13%
Marina Silva (Rede): 6%
Geraldo Alckmin (PSDB): 5%
Álvaro Dias (Podemos): 1%
Vera (PSTU): 1%
Henrique Meireles (MDB): 1%
João Goulart Filho (PPL): 1%
Eymael (DC): 1%
João Amoêdo (Novo): 0%
Cabo Daciolo (Patriota): não foi citado
Guilherme Boulos (PSOL): não foi citado
Branco/Nulo: 8%
Não sabem: 10%

A pesquisa foi encomendada pela TV Mirante. É o segundo levantamento do Ibope realizado depois da oficialização das candidaturas na Justiça Eleitoral.

No levantamento anterior, feito de 20 a 22 de agosto, os percentuais de intenção de votos eram os seguintes: Marina Silva (REDE): 17%; Jair Bolsonaro (PSL): 14%; Ciro Gomes (PDT): 14%; Geraldo Alckmin (PSDB): 6%; Fernando Hadad (PT): 4%; Álvaro Dias: 2%; Vera: 2%; Henrique Meireles (MDB): 1%; João Goulart Filho: 1%; Eymael: 1%; João Amoêdo: 0% Cabo Daciolo: 0%; Guilherme Boulos: 0%
Branco/Nulo: 27%
Não sabem: 10%

Sobre a pesquisa

Margem de erro: 3 pontos percentuais para mais ou para menos.
Quem foi ouvido: 1008 eleitores.
Quando a pesquisa foi feita: Entre 16 e 19 de setembro.
Registro no TRE: MA-06667/2018.
Registro no TSE: BR‐07474/2018.
O nível de confiança utilizado é de 95%. Isso quer dizer que há uma probabilidade de 95% de os resultados retratarem o atual momento eleitoral, considerando a margem de erro.
0% significa que o candidato não atingiu 1%. Traço significa que o candidato não foi citado por nenhum entrevistado.

Foto: Reprodução/ TV Globo

2 comentários »