Maranhenses vão às urnas escolher novo presidente

0comentário

4 milhões 537 mil e 237 eleitores vão às urnas, neste domingo (28), em 217 municípios maranhense para escolher o presidente da República.

Disputam a eleição no segundo turno os candidatos Jair Bolsonaro (PSL) e Fernando Haddad (PT).

O Maranhão tem 105 zonas eleitorais e na capital, São Luís, maior colégio eleitoral são 6: a 1ª, 2ª, 3ª, 10ª, 76ª e 89ª.

Ao todo são 15.830 seções ((2.088 em São Luís), distribuídas em 5.742 locais de votação.

As seções estarão abertas das 8h às 17h, período em que o eleitor deve comparecer em sua seção eleitoral levando documento oficial com foto e o título de eleitor. Nele constam informações sobre a zona eleitoral e a seção onde o cidadão está inscrito para votar.

Bacabal

Além da escolha do presidente da República, em Bacabal, 58 mil 494 eleitores vão às urnas na eleição suplementar para escolher o novo prefeito.

Cinco candidatos disputam a eleição em Bacabal:  Cesar Brito (PPS 23) pela coligação “Bacabal vai vencer”, Edvan Brandão (PSC 20) pela coligação “Bacabal em primeiro lugar”, Giselle Veloso (PR 22),  Luizinho Padeiro (PSB 40) e professor Maninho (PRB 10).

sem comentário »

Datafolha e Ibope apontam vitória de Bolsonaro

0comentário

O Datafolha divulgou neste sábado (27) o resultado da última pesquisa do instituto sobre o 2º turno da eleição presidencial. O levantamento foi realizado na sexta-feira (26) e no sábado (27) e tem margem de erro de 2 pontos, para mais ou para menos.

O instituto afirma que, um dia antes da eleição, Jair Bolsonaro (PSL), mantém o favoritismo, mas a diferença dele para Fernando Haddad (PT) diminuiu de 18 para 10 pontos percentuais, em nove dias, nos votos válidos.

A probabilidade de os resultados retratarem a realidade é de 95%, com margem de erro de dois pontos, para mais ou para menos.

Nos votos válidos, os resultados foram os seguintes:

Jair Bolsonaro (PSL): 55%
Fernando Haddad (PT): 45%

Ibope

O Ibope divulgou neste sábado (27) a última pesquisa do instituto sobre a intenção de voto para o 2º turno da eleição presidencial. Segundo o instituto, Jair Bolsonaro (PSL) venceria se eleição fosse hoje. Mas a distância dele para Fernando Haddad (PT) diminuiu.

Vamos ver agora a pesquisa com os votos válidos, que excluem os brancos, nulos e o percentual de eleitores indecisos. Um candidato é eleito no segundo turno se conseguir cinquenta por cento dos votos válidos mais um voto.

A probabilidade de os resultados retratarem a realidade é de noventa e cinco por cento, com margem de erro de dois pontos – para mais ou para menos.

Nos votos válidos, os resultados foram os seguintes:

Jair Bolsonaro (PSL): 54%
Fernando Haddad (PT): 46%

sem comentário »

Datafolha: Bolsonaro, 56%; Haddad, 44%

2comentários

O Datafolha divulgou nesta quinta-feira (25) o resultado da mais recente pesquisa do instituto sobre o 2º turno da eleição presidencial. O levantamento foi realizado nesta quarta-feira (24) e quinta-feira (25) e tem margem de erro de 2 pontos, para mais ou para menos.

Nos votos válidos, os resultados foram os seguintes:

Jair Bolsonaro (PSL): 56%
Fernando Haddad (PT): 44%

No levantamento anterior, Bolsonaro tinha 59% e Haddad, 41%.

Sobre a pesquisa
Margem de erro: 2 pontos percentuais para mais ou para menos
Entrevistados: 9.173 eleitores em 341 municípios
Quando a pesquisa foi feita: 24 e 25 de outubro
Registro no TSE: BR-05743/2018
Nível de confiança: 95%
Contratantes da pesquisa: TV Globo e “Folha de S.Paulo”
O nível de confiança da pesquisa é de 95%. Isso quer dizer que há uma probabilidade de 95% de os resultados retratarem a realidade, considerando a margem de erro, que é de 2 pontos, para mais ou para menos.

Leia mais no G1

2 comentários »

Flávio Dino diz que diferença vai cair mais

7comentários

O governador do Maranhão Flávio Dino (PCdoB), comemora, nas redes sociais, o resultado da última pesquisa Ibope, divulgada ontem à noite (23) pela TV Globo, no Jornal Nacional. Ele diz acreditar na vitória do petista Fernando Haddad.

Na pesquisa, a diferença entre Bolsonaro e Haddad caiu 2 pontos percentuais em relação à pesquisa anterior do Ibope faltando apenas 5 dias para a eleição. A diferença ainda é enorme de 14 pontos.

Segundo Flávio Dino, a diferença entre os candidatos do PSLe PT vai continuar caíndo nos próximos dias.

“Vamos firmes. Diferença vai cair ainda mais nos próximos dias. Ampla mobilização democrática e popular é o caminho da vitória. E ainda acredito que segmentos da classe dominante e da classe média vão enxergar o tamanho do abismo que Bolsonaro representa”, disse.

Flávio Dino disse que Bolsonaro está ‘diminuíndo de tamanho’ em virtude do desmonte de suas redes de ‘agressões e mentiras’.

“Bolsonaro está diminuindo de tamanho na mesma proporção em que se desmontam suas redes de agressões e mentiras. Eram suas principais tropas. Está provada a relação causal entre as tais redes e o crescimento da extrema-direita no final do 1º turno”, afirmou.

Foto: Reprodução/Redes sociais

7 comentários »

Eliziane explica ausência em ato de Haddad

1comentário

A senadora eleita Eliziane Gama (PPS) não participou da caminhada e ato político realizado pelo candidato  a presidência da República Fernando Hadad (PT), ontem, em São Luís e que foi comandado pelo governador Flávio Dino.

Muita gente atribuiu a ausência da deputada no evento petista ao fato dela ser “crítica severa” do PT, na Câmara dos Deputados e de ter votado pelo impeachement da presidente Dilma Rousseff. E temendo uma reação negativa por parte dos militantes do Partido dos Trabalhadores, ela tenha evitado ir ao ato.

Mas Eliziane nega ter evitado participar do evento por este motivo. Ela diz ter avisado o governador Flávio Dino. No Twitter ela disse estar fazendo um tratamento de saúde fora do Maranhão.

Em mensagem encaminhada ao Blog do Zeca Soares, Eliziane Gama reafirmou que não está no Maranhão neste domingo (21).

“Não estou no Maranhão. Havia informado o governador”, disse.

Perguntada sobre em quem votará neste 2º turno, Eliziane Gama disse: “Estou fechando um acompanhamento”.

Mas no Twitter, Eliziane “reafirma compromisso com o Maranhão e o apoio incondicional e integral ao seu grupo político comandado pelo governador Flávio Dino”, escreveu.

Foto: Arquivo pessoal

1 comentário »

Fernando Haddad faz campanha em São Luís

2comentários

O candidato Fernando Haddad (PT) à presidência da República participou de ato político no bairro do Anil, em São Luís.

O candidato do PT prometeu que a partir de janeiro em nenhuma cidade do país o botijão de gás de cozinha custará mais de R$ 49. Atualmente, o botijão de gás de cozinha custa R$ 75.

“A partir de 1º de janeiro, vamos anunciar uma medida e em nenhuma cidade do país, o preço do gás de cozinha será superior a R$ 49 reais”, disse.

Haddad também anunciou que a partir de janeiro o valor do Bolsa Família será reajustado em 20%.

O petista esteve pelo governador Flávio Dino (PCdoB), pelo senador eleito Weverton Rocha, Othelino Neto, presidente da Assembleia Legislativa, dentre outras lideranças políticas.

Foto: Afonso Diniz

 

2 comentários »

Adriano chama Haddad de ‘babaca e covarde’

0comentário

O deputado estadual Adriano Sarney (PV), utilizou as redes sociais para rebater as críticas feitas pelo candidato à presidência da República, Fernando Haddad (PT) em entrevista a Jovem Pan.

Fernando Haddad criticou o que chamou de monopólio de meios de comunicação do grupo Sarney e afirmou: “Graças a Deus” sobre a derrota do grupo Sarney na eleição.

Adriano Sarney reagiu chamando o petista de “babaca e covarde” e questionou a compra da Difusora no Maranhão.

“Com disse Cid: Fernando Haddad é um babaca! Pergunto a ele quem comprou a Difusora no MA? Responde covarde”, disse.

No início da semana, Adriano Sarney declarou voto no candidato Jair Bolsonaro.

“Tenho a obrigação de ter um lado na disputa presidencial e esse lado é contra o PCdoB é contra o comunismo, então passo a apoiar a partir de hoje o movimento apartidário pró Bulsonaro juntos com os meus correligionários mesmo sem concordar com todas as ideias do Bolsonaro existe algo em comum entre os nossos projetos que é barrar o comunismo na América Latina, tendo em vista que a candidata a vice presidente do candidato a presidente do governador Flávio Dino é do seu partido”, afirmou.

Foto: Reprodução

sem comentário »