Nova direção do PT maranhense é alinhada a Dino

0comentário

Em reunião realizada com a executiva nacional do Partido dos Trabalhadores (PT), na quinta-feira (12), lideranças da sigla no Maranhão finalmente definiram a composição da direção estadual e municipal do partido.

De acordo com a definição alinhada junto à presidente nacional do partido, a deputada federal Gleisi Hoffmann, o PT estadual será presidido Augusto Lobato e Francimar Melo, com período de dois anos, cada.

Já o diretório municipal do PT em São Luís terá à frente o vereador Honorato Fernandes reconduzido ao cargo.

Tanto Lobato quanto Honorato são próximos ao governador Flávio Dino. Lobato inclusive é assessor especial do Governo do Estado. Com a confirmação de seus nomes, a tendência é que o partido decida, até junho, apoiar um candidato de preferência do governador, nesse caso, terá a preferência o deputado federal e secretário de cidades, Rubens Pereira Jr.

Até porque PT e PcdoB caminham para rearticular a aliança nacional histórica entre as siglas, desta vez, no entanto com debate mais amplo sobre qual das duas siglas encabeçará a cabeça de chapa em 2022.

Foto: Divulgação

sem comentário »

Lawrence Melo coloca seu nome à disposição do PT

0comentário

O delegado Lawrence Melo anunciou na noite de quinta-feira (5), a sua intenção de disputar a Prefeitura de São Luís. O presidente da Agência de Mobilidade Urbana participou do encontro do diretório municipal do PT e colocou seu nome para discussão.

Com um discurso forte e mostrando a necessidade de um representante do maior partido do Brasil na disputa majoritária de São Luís, Lawrence destacou a importância de debater os problemas da capital maranhense pensando exatamente naqueles que mais precisam da ação do poder público.

Lawrence tem origem sertaneja. Ingressou na Polícia Civil aos 22 anos, mas começou a trabalhar desde cedo. Neto de negros trabalhadores. Cresceu na vida através dos estudos. Foi Delegado Geral da Polícia Civil do Maranhão no governo Flávio Dino, ajudando a diminuir os indicadores da violência, especialmente em São Luís. Ao assumir a função, ajudou a reduzir o número de homicídios na Grande Ilha, que antes era de 3 por dia e passou para 1 por dia.

Atualmente ocupa o cargo de presidente da MOB, que vem atuando em diversas frentes em São Luís e na região metropolitana. Como a construção da extensão da Avenida Litorânea, a construção do corredor para instalação do BRT, assim como melhorias no sistema de transporte intermunicipal e alternativo. Tem atuado forte para resolver os problemas do ferry boat.

Além de Lawrence, o PT tem como pré-candidatos o vereador Honorato Fernandes, o deputado estadual Zé Inácio e a dirigente nacional Cricielle Muniz.

Foto: Divulgação

sem comentário »

Honorato defende candidatura própria do PT em SL

1comentário

O vereador Honorato Fernandes (PT) disse em entrevista ao jornalista Roberto Fernandes, no programa Ponto Final, na Rádio Mirante AM. Ele falou sobre a sucessão muncipal, plano diretor de São Luís e da conjutura política nacional.

Honorato disse que os petistas começam a discutir a partir de hoje o caminho que o partido tomará nestas eleições, mas defendeu que o partido tenha candidatura própria.

“Tem quem defenda a aliança e tem quem defenda a candidatura própria. Eu particularmente tenho defendido de que a gente apresente um nome que represente as propostas do nosso partido para o desenvolvimento da cidade de São Luís nos próximos 20 anos. Minha força política já apresentou nomes, já se colocou a disposição para apresentar nomes e acredito que a partir desse debate de hoje (5) a gente inicia esse processo. Logo em seguida, com a formalização dos diretórios no estado do Maranhão e da própria direção estadual, entra em vigor o calendário oficial, que ai tem os prazos para apresentar tese de candidatura própria ou de aliança. Se for candidatura própria, os nomes vão disputar, caso não tenha consenso, uma prévia, para representar esse projeto, porque o PT tem esse caráter’, afirmou.

Honorato disse que a ideia é ter o maior número de nomes possíveis para definição de um nome de consenso. Inclusive o seu próprio nome está à disposição do PT.

“Eu conversei com a presidenta Gleice, ela foi muito clara comigo no fim do ano passado. Pediu inclusive que a gente fizesse o debate, que eu me colocasse a disposição do partido, eu me coloquei a disposição do partido. Não só eu, como também surgiram outros nomes se colocando a disposição do partido. Mas é como eu disse, eu não estou preocupado hoje ainda com o nome. Eu tô preocupado da gente primeiro definir: É candidatura própria? É aliança? Então qual é a estratégia, qual a tática eleitoral?”, destacou.

O vereador Honortao tambpem defendeu a unidade no PT neste momento importante e de definições.

“Eu acho que o PT tem que buscar a unidade política nesse momento, para ajudar a fazer enfrentamento, não só ao governo do Bolsonaro, governo muito ruim um pibinho deste tamanho, ta aí o resultado. Prometeu o céu e tá entregando para o povo brasileiro um inferno em todos os aspectos”, finalizou.

Foto: Rodrigo Bonfim

1 comentário »

PT pode ter candidatura própria em São Luís

3comentários

O vereador Honorato Fernandes, presidente do PT em São Luís disse em entrevista ao jornalista Roberto Fernandes, no Bom Dia Mirante, na TV Mirante, que o PT começa a discutir nessa semana o caminho que irá tomar na eleição deste ano.

Segundo Honorato, o PT vai discutir se lança candidatura própria ou se buscará uma aliança.

“O nosso partido, o Partido dos Trabalhadores inicia nesta quinta-feira agora, um debate mais intenso com a sua militância, pré-candidaturas e aquelas lideranças que pensam no PT do Maranhão, no PT de São Luís. É diante desse cenário e respeitando o calendário próprio do PT que nós iremos debater, primeiro se nós teremos uma candidatura própria na cidade de São Luís ou se nós faremos uma aliança”, afirmou.

Honorato tem defendido candidatura própria no PT e diz que essa é a vontade da maioria das lideranças petistas.

“É importante frisar que a maioria das lideranças, assim como eu tem defendido nessse momento que o nosso partido apresente um nome que represente um projeto para a cidade de São Luís que garanta o desenvolvimento e crescimento, o respeito às pessoas, o fortalecimento do nosso sistema de saúde a valorização daqueles que transformam a vida das nossas crianças que são os nossos educadores. É diante desse cenário que iniciamos esse debate com a certeza e com a vontade de apresentar uma alternativa para a cidade de São Luís”, finalizou.

Um dos nomes do PT numa eventual candidatura própria é o de Lawrence Melo, presidente da MOB.

Foto: Reprodução

3 comentários »

Lula descarta convite para Flávio Dino se filiar ao PT

0comentário

O ex-presidente Luís Inácio Lula da Silva (PT) tratou de acabar nesta terça-feira (28) com as especulações de um possível convite para o governador do Maranhão Flávio Dino (PCdoB) se filiar ao Partido dos Trabbalhadores.

No Twitter, Lula disse que jamais convidaria um membro do PCdoB a se filiar ao PT.

“Pelo profundo respeito que eu tenho pelo PCdoB, pelo PT, pelo Flávio Dino e pelo Fernando Hadad, jamais convidaria um membro do PCdoB para se filiar ao PT”, disse.

A declaração de Lula no Twitter certamente terá grande repercussão e desdobramentos.

Foto: Reprodução/Redes sociais

sem comentário »

Honorato reforça composição de chapa com Flávio Dino

0comentário

Em um texto publicado através das suas redes sociais, o presidente do Diretório do PT de São Luís, vereador Honorato Fernandes endossou as declarações dadas pela presidente nacional do PT, a deputada federal Gleice Hofmann, quanto a possibilidade de uma eventual composição de chapa com o então governador Flávio Dino (PC do B), nas eleições presidenciais de 2022.

A declaração da presidenta nacional do PT foi feita durante entrevista concedida ao jornal Valor Econômico, publicada nesta segunda-feira (27), e repercutiu em vários sites de notícias. Segundo ela, a aliança entre o PT e PC do B, com o ex-prefeito de São Paulo, Fernando Haddad encabeçando a chapa e Dino como vice é um caminho a se considerar. Gleice não descartou, no entanto, a possibilidade também de Flávio ir como cabeça da chapa.

Na postagem, ao comentar a possível aliança, o presidente do PT de São Luís lembrou que o acordo se dará, caso se mantenha “a injustiça contra o presidente @lulaoficial nas eleições”. Ou seja, se até 2022, por ainda estar respondendo processo,o ex-presidente Lula permaneça inelegível, por conta da Lei da Ficha Limpa.

Considerando esse cenário, Honorato destacou a força do nome de Flávio Dino em meio ao quadro atual do campo progressista, razão pela qual os PT almeja a aliança.

“O governador Flávio Dino é sem dúvida uma grande liderança para a chapa presidencial em uma frente de esquerda, seja encabeçando ou na condição de vice”, afirmou o presidente do PT de São Luís.

Honorato sugeriu ainda que a costura da aliança entre PT e PC do B, para 2022, já pode ser considerada agora em 2020, nas eleições municipais, com o PT apresentando um nome para a prefeitura e o PC do B na base de apoio.

“Em São Luís, a exemplo do cenário nacional, devemos manter uma conversa propositiva. O PT precisa apresentar nome para a prefeitura e, em seguida, iniciar diálogo com a base do governo e do PCdoB do Maranhão levando em consideração uma conjuntura em que também possamos ter o apoio dos comunistas”, disse Honorato.

Foto: Divulgação

sem comentário »

Rubens Júnior conversa com petista sobre aliança

0comentário

O secretário de Cidades (Secid) e pré-candidato à Prefeitura de São Luís, Rubens Júnior (PCdoB) esteve reunido com o vereador Honorato Fernandes (PT) e o presidente da MOB, Lawrence Melo. Eles discutiram sobre a possibilidade de formação de uma chapa com membros do PCdoB e PT.

Nas redes sociais, Rubens Júnior disse que está pronto para repetir em São Luís os bons resultados do governo Lula no país.

“Como tenho repetido em todas as conversas, sou o pré-candidato “dos vermelhos” e estou pronto para repetir em São Luís os bons resultados do governo Lula no país, e também os grandes avanços que o governador Flávio Dino tem garantido para o Maranhão. O PCdoB e o PT são aliados históricos e pertencemos ao mesmo campo. Seguiremos juntos!”, destacou Rubens Júnior.

O vereador Honorato disse que a reunião serviu para discutir o cenário nacional e local.

“Ao lado do companheiro Lawrence Melo, titular da (MOB) estive nesta quarta-feira (8), conversando com o também secretário Rubens Pereira Junior (Secid) e o deputado Rubens Pereira. Além de discutir política, tanto no cenário nacional quanto local, também foi conversado sobre projetos da nossa cidade”, afirmou.

Foto: Divulgação

sem comentário »

Petista defende candidatura própria em São Luís

0comentário

O deputado federal Zé Carlos (PT) defendeu candidatura própria dos petista na disputa para a Prefeitura de São Luís.

Zé Carlos disse em entrevista ao jornalista Roberto Fernandes, no Bom Dia Mirante, da TV Mirante que essa é uma orientação do PT a nível nacional e afirmou que o deputado estadual Zé Inácio já é pré-candidato.

“A orientação do nosso partido é termos candidaturas próprias nas principais cidades e em especial nas capitais. Nosso ‘Plano A’ para São Luís é termos candidatura própria, inclusive o deputado estadual Zé Inácio já é pré-candidato”, destacou.

Zé Carlos disse que se o partido não decidir por uma candidatura própria existem outros caminhos a seguir.

Segundo o Blog do Jorge Aragão, o PT pode até ter um nome extremamente competitivo, que seria do deputado estadual Duarte Júnior (PCdoB). Apesar de ser o melhor nome nas pesquisas dentro no grupo político do governador Flávio Dino, Duarte dificilmente será o candidato do PCdoB e por esse motivo deverá trocar de legenda.

Duarte e Zé Carlos são amigos pessoais e extremamente próximos também na política. A eventual ida de Duarte para o PT seria bom para ambas as partes, já que Duarte teria uma legenda forte e disputaria a Prefeitura de São Luís. Já o PT, deixaria de ser coadjuvante e passaria a ter um papel principal nas próximas eleições, pois além de uma candidatura própria, teria uma candidatura competitiva.

Foto: Reprodução/TV Mirante

sem comentário »

Foi recado?

0comentário

A saída do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva da prisão levou aliados de todos os graus a se manifestarem nas redes sociais. Sempre com mensagem de apoio. No entanto, no Maranhão, um petista foi na contramão e aproveitou o momento “Lula Livre” para criticar o PT e o ex-presidente da República.

O autor da crítica foi o irmão do governador Flávio Dino (PCdoB), Sálvio Dino Júnior. Advogado e refiliado ao Partido dos Trabalhadores desde o ano passado, ele escreveu no Twitter que o PT não tem mais condições de “hegemonizar a esquerda”. Sálvio foi além: disse que o PT precisa “passar o bastão” para novas lideranças.

Ao ser confrontado por amigos petistas de que Lula é a maior liderança da esquerda no Brasil, o irmão do governador fez questão de lembrar que o ex-presidente está inelegível e já tem 74 anos.

As declarações de Sálvio Dino vem num momento em que a possibilidade do seu irmão se tornar o candidato a presidente da República da esquerda diminui com a liberdade de Lula, que em seus discurso após saída da prisão, já fez várias referências ao ex-prefeito de São Paulo, Fernando Haddad.

Para os observadores da cena política, as declarações de Sálvio Dino Júnior são mais do que somente uma manifestação pessoal – como o próprio afirmou nas redes sociais. Há quem diga que o irmão assumiu para deixar o recado do governador Flávio Dino, que não deve recuar de seu objetivo de disputar a Presidência da República.

Estado Maior

sem comentário »

Contradição

0comentário

O deputado estadual Zé Inácio (PT) usou as redes sociais para defender uma candidatura própria do PT na eleição para prefeito de São Luís.

Segundo ele, é necessário que o partido volte a ter protagonismo. Claro que esta posição do petista é uma contradição, já que ele e seu grupo contribuem para a desorganização do PT.

Com ações para tentar ter controle sobre o PT, Zé Inácio e seu grupo (de tantas outras alas da legenda) acabam enfraquecendo a sigla, que não consegue ter expressão entre os demais partidos aliados.

Defesa

Sobre candidatura própria do PT, o deputado Zé Inácio não é o primeiro petista a defender esta tese.

O vereador Honorato Fernandes – que foi reeleito presidente municipal da sigla na capital – tem defendido a candidatura do partido em São Luís.

Mas como o PT é diferente de todas os demais partidos, não adianta nem Zé Inácio e nem Honorato defenderem a candidatura própria se esse tipo de decisão for acontecer em algum encontro do partido no próximo ano às vésperas do processo eleitoral.

Estado Maior

sem comentário »
https://www.blogsoestado.com/zecasoares/wp-admin/
Twitter Facebook RSS