Márcio Jardim mantém foco no Senado

1comentário

O ex-secretário de Desporto e Lazer (Sedel), Márcio Jardim (PT) demitido pelo governador Flávio Dino (PCdoB) para que pudesse abrigar o Partido Progressista (PP) em seu governo disse ao Blog do Zeca Soares acreditar que o Partido dos Trabalhadores venha a assegurar espaço na chapa encabeçada pelo comunista na eleição deste ano.

Jardim lembrou que essa posição foi tomada no Congresso Estadual do PT, no sentido de garantir voz em defesa do ex-presidente Luís Inácio Lula da Silva.

“Esse é um entendimento de todo o partido que se expressa numa resolução unânime tirada em seu congresso Estadual. 2018 será uma batalha crucial para a defesa do legado do presidente Lula. Nosso desejo é que tenhamos uma voz em defesa do Lula no palanque”, afirmou.

Nesse sentido, Márcio Jardim diz acreditar que a sua aproximação com Lula possa ajudar pela relacão histórica para que o seu nome venha a ser colocado como opção para a chapa do governador Flávio Dino como um dos candidatos ao Senado.

“Comecei minha militância política muito cedo. Entrei no PT antes de ter título de eleitor. Fui vice presidente da UNE e andei pelo Brasil inteiro nas lutas da nossa juventude. Em 1998 fui coordenador nacional da campanha Lula para a juventude. Já viajei para muitos países em representação oficial do PT. Hoje estou como membro do Diretório Nacional. Sou muito grato pelo que o Lula e o PT representam na minha vida. O presidente Lula e a nossa presidenta Gleisi sabem que em mim eles podem confiar”, explicou.

Perguntado sobre como ficaria a sua situação caso a candidatura de Lula não venhar a ser confirmada, Márcio Jardim foi curto e direto: “Lula será candidato”, finalizou.

1 comentário »

Lula e o Maranhão

0comentário

Na sexta-feira passada, em encontro de confraternização do PMDB maranhense, o ex-presidente José Sarney deu uma declaração que repercutiu interna e externamente sobre as eleições de 2018.
Sarney disse que gostaria de ter o apoio do também ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva ao seu grupo em 2018. “Mas, se não for possível, eu desejo no mínimo a isenção na disputa estadual”, completou.

A declaração do ex-presidente, somada à decisão da corrente CNB, a maior do PT maranhense, de lançar a candidatura de Márcio Jardim ao Senado, reforça a tese cada vez mais evidente de que – a despeito dos petistas pendurados no governo Flávio Dino (PCdoB) – a aliança do partido com os comunistas não são favas contadas como imagina o Palácio dos Leões.

Lula tem relação burocrática com Flávio Dino; sem vibração, sem identidade emocional, apenas burocrática. Diferente da relação que nutre com o ex-presidente José Sarney e com a ex-governadora Roseana Sarney, construída de embates e contrapontos, que moldaram a admiração mútua entre eles.

A mesma admiração atingiu petistas que compuseram o governo Roseana a partir de 2009 – e deram a ela o companheiro de chapa de 2010. Por todas essas circunstâncias da história, é exagero imaginar que Flávio Dino tenha Lula integralmente no palanque comunista em 2018. Sobretudo, pelo fato de este mesmo palanque esteve integralmente entregue ao PSDB há apenas quatro anos.

Foto: Antonio Cruz / Agência Brasil

Estado Maior

sem comentário »

Márcio Jardim: uma complicação para Dino

1comentário

Nada é tão ruim que não possa piorar. Essa parece a situação do governador Flávio Dino para definir os dois nomes que serão candidatos ao Senado na sua chapa na eleição de 2018.

Flávio Dino já publicamente confirmou que um dos seus candidatos será o deputado federal Weverton Rocha (PDT), mas ainda não oficializou o segundo nome, apesar de informações seguras garantirem que Flávio Dino vai anunciar o nome do deputado federal José Reinaldo como o segundo candidato, assim que o ex-governador se transferir para o DEM. A garantia teria sido dada ao presidente da Câmara Federal e presidente Nacional do DEM, Rodrigo Maia, em recente visita ao Maranhão.

Apesar disso, os outros dois deputados federais – Waldir Maranhão e Eliziane Gama (PPS) – ainda não desistiram desta segunda vaga e seguem pressionando o governador.

Neste fim de semana o imbróglio aumentou para o comunista. O ex-secretário de Esporte do Maranhão, o petista Márcio Jardim, tem afirmado que já conseguiu junto a Direção Nacional do PT o aval para a sua pré-candidatura ao Senado.

Jardim esteve participando de um encontro nacional do PT em São Paulo e garante que lá sua pré-candidatura foi oficializada. Ou seja, agora são quatro nomes brigando por uma vaga, vaga essa que estaria prometida para José Reinaldo.

Apesar de estar sem mandato, a vantagem de Márcio Jardim é o partido, o PT. Por ser um dos maiores do Brasil, e tendo Lula como pré-candidato à Presidência da República, o PT é fundamental na tentativa de reeleição de Flávio Dino.

Justamente por essa importância, Márcio Jardim sempre tem defendido que o PT participe da chapa majoritária do comunista, não sendo apenas mero figurante. Jardim inclusive já se posicionou publicamente sobre o assunto. Veja abaixo postagem do mês de agosto deste ano.

“Se o PT do MA quiser existir no tabuleiro da disputa de 2018 tem que apresentar nome (s) para a chapa majoritária @gleise @MarcioMacedoPT”.

O ex-secretário de Esporte de Flávio Dino também já deixou claro que seria difícil o PT apoiar a candidatura de José Reinaldo ao Senado (reveja).

Pelo visto o problema de Flávio Dino aumentou e como o Blog já disse, quanto mais o comunista demorar a se posicionar, mais embaraços irá criar com aqueles que forem preteridos.

Blog de Jorge Aragão

1 comentário »

Fakes, Mentiras e o efeito manada

0comentário

Eu não sei quantas vezes por dia seu aplicativo de mensagens instantâneas chama ou as suas redes sociais lhe requisitam com uma nova atualização. Também não posso imaginar quantos links você repassa, mas tenho certeza de que a velocidade com que o faz talvez não respeite o tempo necessário para honrar a prudência. Estamos em plena era das “fake news” e você provavelmente tem sido mais enganado do que gostaria. E muito provavelmente tem inadvertidamente enganado também sua família e seus amigos virtuais. Portanto, muita calma nesta hora. Nos dias atuais, precisamos repassar conteúdo com moderação.

Vários países têm discutido a falsidade e a manipulação de informações no mundo cibernético. Textos com cara e jeito de notícia, baseados em fatos muitas vezes não reais, que manipulam verdades, criando mentiras. Manipulação de imagens ou associação de fotos e vídeos com fatos que nada tem a ver fazem com que qualquer um jure veracidade diante de uma matéria falsa. Isso não é apenas um perigo. É um risco de proporções absurdas. Mas, por incrível que possa parecer, essa disseminação de notícias falsas que circulam nas redes sociais surgiu bem antes do advento da internet.

Durante o período da Alemanha nazista, por exemplo, um dos grandes colaboradores do ditador Adolf Hitler, Joseph Goebbles, ficou conhecido por seus discursos e grande capacidade de oratório. Foi na condição de ministro de propaganda que Joseph, conseguiu por determinado período controlar a imprensa, arte e informação na Alemanha, utilizando-se de filmes e rádios para fins de divulgação de “suas” concepções na clara tentativa de moldar o comportamento e a moral de toda aquela sociedade. É de Joseph Goebbles a frase: “uma mentira contatada 1000 vezes torna-se verdade”. Será que isso é possível?

Aqui no Brasil, temos adoradores e praticantes das táticas de Joseph, que acreditam que uma mentira contada 1000 vezes poderia se tornar verdade e o com isso formar exércitos de zumbis. Digo isso, por que durante esse final de semana, fui bombardeado com inúmeras mensagens sobre um acordo feito pelo Partido dos Trabalhadores, José Genoíno e o palhaço Tiririca, que colocaria Genoíno, na Câmara de Deputados no lugar do deputado federal Tiririca que renunciou a vida pública.

As mensagens, amplamente divulgadas nas redes sócias e grupos de WhatsApp noticiam que a decisão do então deputado palhaço Tiririca seria fruto de um acordo escuso com o suplente, José Genoíno, do PT. Tal notícia, circula nas redes como rastro de pólvora e leva a uma parcela significativa da população uma mentira intencional. Afirmo isso, pois José Genoíno não foi nem ao menos candidato nas eleições de 2014, como poderia assim, ser suplente de Tiririca e ter feito qualquer acordo ele ou nosso partido? Pois bem, repondo: não poderia.

É importante que fiquemos atentos e não ajudemos na divulgação de mentiras como verdades, plantadas e distribuídas por fakes e nos tratando como manadas. Enfim, não acredito que uma mentira contada 1000 vezes torne-se verdade, mas creio que essa mesma mentira multiplicada pode destruir pessoas, vidas, famílias e o projeto de um pais soberano, justo e de todos.

O fato concreto é que na disputa política de projetos distintos, um que inclui (o nosso) e outro que exclui cada vez mais os pobres do orçamento, temos visto, uma postura mentirosa, covarde, preconceituosa, fascista e reacionária, utilizando-se de métodos e práticas já conhecidas no mundo Nazista. Aqui no Brasil, a perseguição ao PT, Lula e aos trabalhadores (as) acontece assim, mentiras, contadas e distribuídas por fakes, tentando tratar a todos nós como uma verdadeira manada condicionada a ações e reações sem refletir, pensar, criticar e pior, ajudando a repercutir muitas mentiras como verdades.

Fiquemos atentos.

*Honorato Fernandes é vereador e presidente do PT de São Luís

sem comentário »

Um palanque em defesa do povo e do Lula

1comentário

Por Honorato Fernandes

Chegamos ao último mês do ano de 2017. Neste momento, surgem os balanços e as avaliações. Aproveitando a oportunidade, faço uma breve e despretensiosa retrospectiva do golpe, seus resultados e de como avalio que poderemos combater esse projeto golpista, colocado em plena prática de forma descarada, há aproximadamente um ano, por usurpadores de conquistas e sonhos do povo trabalhador. Faço essa reflexão, diante dessa difícil fase de nossa caminhada no Brasil, com a única intenção de mostrar que é necessário muita organização para enfrentar esse ataque.

Digo isso porque o Partido dos Trabalhadores (PT), que nasceu das lutas de homens e mulheres que sempre buscaram um País justo e de todos, representa uma experiência concreta de emancipação das classes populares com conquistas trabalhistas e sociais incontestáveis. Por isso, é importante que todos tenham clareza que esse golpe contra os trabalhadores, o PT, a Dilma, o Lula e nosso País, tem cada vez mais usado mecanismos nada republicanos para se consolidar. Usa um Congresso, em boa parte, com fisiologismo claro, rendido e descomprometido com nosso povo para avançar com medidas que consolidam a retirada de direitos e o enfraquecimento da nossa jovem democracia.

Esses mecanismos passam pelo processo de terceirização, entrega do pré-sal, congelamento de investimentos em educação e saúde por mais de 20 anos, fim da aposentadoria digna, privatização do sistema elétrico, corte do orçamento dos programas sociais, além de incentivar ações de cunho elitista, excludente e por que não dizer, que alimenta a cultura do ódio e da intolerância. Mas o golpe também trouxe reflexo ao Maranhão – estado que sempre deu as maiores votações ao Lula e a Dilma – como a entrega da base de Alcântara ao interesse estrangeiro, que afetará comunidades quilombolas e afronta nossa soberania.

O resultado da política golpista apresenta desdobramentos em pouco tempo: pratos vazios na mesa dos trabalhadores e muitos desempregados. Além disso, outro dado também começa a preocupar: a fome e a miséria se alastrando. Como se não bastasse, temos ainda várias formas de violência e intolerância, o desemprego, a injustiça e perseguição política institucionalizada, a insegurança e descrença nas instituições, o abuso de autoridades, dentre outros resultados. Todas essas realidades são vistas e vividas por muitos brasileiros atualmente.
Um palanque em defesa do povo e do Lula !

(mais…)

1 comentário »

PT ameaça retirar apoio a Flávio Dino

4comentários

O governador do Maranhão, Flávio Dino (PCdoB), e o deputado federal Orlando Silva (PCdoB-SP) se posicionaram internamente contra a pré-candidatura de Manuela D’Ávila à presidência pela legenda. Para eles, a prioridade do partido deveria ser a reeleição de Dino, único governador da legenda, que é apoiado pelo PT.

Caso a candidatura de Manuela vá para a frente, o PT já avisou que vai retirar o apoio a Dino, o que pode inviabilizar seu projeto de reeleição. Roseana Sarney anunciou, na sexta (3), que será candidata ao governo do Estado contra ele.

As informações são da coluna da jornalista Mônica Bergamo, na Folha.

Foto: Sérgio Lima/ Folhapress

 

4 comentários »

Márcio Jardim coladinho em Lula

0comentário

Exonerado do cargo pelo governador Flávio Dino (PCdoB), o ex-secretário de Estado de Desporto e Lazer (Sedel), Márcio Jardim aposta em sua aproximação com o e-presidente Lula para garantir uma possível candidatura ao Senado pelo Partido dos Trabalhadores (PT).

Márcio Jardim sabe que o seu nome nunca figurou lista de Flávio Dino, prova disso foi a forma como foi demitido e o silêncio que tomou conta do PT, por isso, depois de colar em Lula na Caravana pelo Nordeste, decidiu repetir a dose no fim do mês quando da passagem da Caravana de Lula em Minas Gerais.

“Impossível não se emocionar com tanta demonstração de carinho, amor e gratidão que as pessoas demonstram. Posso afirmar que elas serviram para fortalecer em mim a convicção que lutar pela democracia e por um Brasil com justiça social é o lado certo da história”, escreveu.

Ao se aproximar cada vez mais de Lula, Márcio Jardim acredita ganhar musculatura na briga por uma candidatura ao Senado, mas sabe que Dino não lhe coloca entre os possíveis escolhidos e sabe que à sua frente estão Waldir Maranhão, Zé Reinaldo, Weverton Rocha, Bira do Pindaré e até Eliziane Gama.

Para muitos no grupo de Flávio Dino, uma possível candidatura de Márcio Jardim só atrapalharia os planos.

Por tudo isso, Marcio Jardim anda coladinho em Lula para tentar se viabilizar candidato ao Senado.

Resta saber se o PT, Lula e Flávio Dino vão querer..

Foto: Divulgação

sem comentário »

Roseana esfria relação entre Lula e Dino

6comentários

O governador do Maranhão, Flávio Dino (PCdoB), fez chegar ao ex-presidente Lula sua insatisfação com acenos que o petista tem dado a uma possível candidatura de Roseana Sarney ao governo do estado em 2018.

Lula respondeu a Dino. Disse estar chateado também. O motivo, no entanto, é outro: trata-se da pretensão do PCdoB de contar com candidato próprio à Presidência da República no ano que vem.

No domingo (5), aliás, o PCdoB anunciou a pré-candidatura da deputada estadual gaúcha Manuela D’Ávila ao Planalto.

Foto: Ricardo Stuckert/Instituto Lula/Flickr

Época

6 comentários »

Andrea representa contra ato de Lula

0comentário

A líder da oposição, deputada Andrea Murad (PMDB), protocolou nesta segunda-feira (11) uma representação na Procuradoria Geral de Justiça para que seja apurada denúncia sobre o uso da estrutura do governo no apoio ao evento político partidário promovido pelo PT no último dia 5 de setembro. O evento aconteceu na frente do Palácio dos Leões que, segundo a parlamentar, serviu de “camarim” para lideranças políticas que acompanharam o ex-presidente Lula em ato visando as eleições 2018.

“Nada contra, absolutamente nada contra o ex-presidente Lula, mas me questiono, por que o governador Flávio Dino escolheu aquele local com fundo para o Palácio dos Leões, o Palácio servindo de camarim para o ex-presidente Lula e toda a comitiva. Mais precisamente para o governador Flávio Dino, candidato à reeleição em 2018, fazer ali aquela festa. Um governador que fala tanto das festas do passado e agora produz as festas para os seus aliados políticos. O governador Flávio Dino ofereceu jantar para o ex-presidente Lula e seus aliados, deu toda a estrutura do Palácio dos Leões para aquele evento político, que era para ser promovido pelo PT, mas na verdade foi promovido pelo governo do Maranhão. Tudo bancado pelos maranhenses: jantar, garçom, toda a estrutura do Palácio servindo para aquele evento. Flávio Dino vive falando dos outros, mas ali promoveu uma verdadeira farra”, discursou Andrea.

Andrea Murad também questionou o uso da rádio pública, a Timbira AM, para transmitir ao vivo toda a programação do evento realizado pelo Partido dos Trabalhadores com o suporte do Governo Flávio Dino.

“Flávio Dino acabou de abrir uma brecha, não é? A partir do momento em que ele bota a Rádio Timbira, a rádio do governo para transmitir um evento partidário onde ele lança a candidatura de um Presidente da República e a dele próprio, ele está dando toda a brecha para nós pedirmos o mesmo. Eu quero saber se eu solicitar para o governador Flávio Dino um palanque ali para a minha reeleição, se eu também vou poder utilizar a estrutura do Palácio dos Leões. Eu quero também saber se a Rádio Timbira vai transmitir todo o meu evento. Isso é um verdadeiro absurdo. É vergonhoso! O governador Flávio Dino é um hipócrita, não tem mais moral para absolutamente nada”, disse a parlamentar.

Foto: Nestor Bezerra

sem comentário »

Lula assina filiação de novos petistas

8comentários

O ex-presidente Luís Inácio Lula da Silva assinou, nesta terça-feira (5), a ficha de filiação do delegado Lawrence Melo e o advogado Sálvio Dino, no Partido dos Trabalhadores (PT).

O ato foi acompanhado pelo presidente do Diretório Municipal do PT em São Luís, vereador Honorato Fernandes.

“Hoje, eu e o presidente Lula tivemos a satisfação de receber novos filiados ao nosso partido em São Luís: a economista Cintia Anchieta, o advogado e ex-secretário de Estado de Direitos Humanos Sálvio Dino Júnior e o delegado Lawrence Melo Pereira. Sejam bem-vindos. É uma honra ter vocês em nossos quadros. Agora, além de grandes amigos, são formalmente companheiros e companheira”, destacou Honorato.

Lula participa hoje, às 17h, de um Ato Público, às 17h, na Praça Pedro II.

Foto: Divulgação

8 comentários »