Sampaio Basquete acerta com pivô do Ituano

0comentário

O Sampaio Basquete acertou a contratação da pivô Maria Carolina, que disputou o último campeonato paulista pelo Ituano Basquete. Ela tem 24 anos, 1,92m e chega para fechar um garrafão já recheado com nomes como Érika, Clarissa e Agustina Leiva.

“Fiquei feliz quando recebi o convite para atuar no Sampaio Corrêa. Vai ser muito gratificante trabalhar ao lado de atletas experientes e uma grande evolução para minha carreira profissional”, afirmou Maria Carolina.

Na última LBF, a pivô defendeu o Uninassau, atuando em todos os 21 jogos da campanha que alcançou a semifinal. Em 2016/2017, Maria Carolina integrou o elenco do Corinthians/Americana que foi campeão brasileiro. Sua carreira na Liga também inclui passagens por São Caetano-SP e Barretos-SP, além de convocações para as seleções de base.

Maria Carolina é o décimo-primeiro nome anunciado pelo Sampaio, que será comandado pelo argentino Cristian Santander. Na semana passada, a equipe já havia revelado os nomes de diversas selecionáveis, como ClarissaÉrikaRaphaella Monteiro e Tainá Paixão, bem como das norte-americanas Roshunda Johnson e Tyler Scaife.

A temporada 2019 da LBF começa em 8 de março, Dia Internacional da Mulher. O calendário completo com os confrontos da primeira fase e as datas dos playoffs sairá no fim deste mês.

O Sampaio Basquete tem o patrocínio da Cemar e Governo do Maranhào por meio da Lei de Incentivo ao Esporte,

sem comentário »

Opinião: pintou o favorito?

0comentário

Campeão da edição 2015/2016 da Liga de Basquete Feminino no campeonato que marcou a despedida do ídolo local Iziane das quadras, o Sampaio Corrêa parece disposto a recuperar o caneco da LBF nesta temporada.

Após perder a última decisão para Campinas por 3-2 em uma finalíssima sensacional, o time de São Luís, do Maranhão, abriu o cofre, foi forte no mercado e anunciou praticamente uma seleção brasileira de reforços – uma seleção brasileira de reforços que serão comandados… por um ótimo técnico Hermano.

Começando por ele, Cristian Santander, campeão Sul-Americano com a Argentina (em cima do Brasil aliás) em 2018, será o comandante do Sampaio Corrêa. Santander é o maior responsável por fazer as Hermanas desbancarem uma hegemonia que já durava 30 anos do basquete brasileiro em âmbito sul-americano. Pegou um elenco desacreditado, evoluiu com ele e está colhendo os frutos. É uma grande contratação do Sampaio.

Em quadra, o time montado pela equipe irá ajudar também à seleção brasileira que disputará o Pré-Olímpico neste ano. Já foram contratadas simplesmente cinco atletas que têm toda capacidade de fazer parte do elenco do técnico Carlos Lima na briga pela vaga em Tóquio-2020. A armadora Tainá Paixão, as alas Raphaella Monteiro (com quem encontrei semana passada no Rio de Janeiro e ela não me disse nada…) e Tati Pacheco, e as pivôs Érika de Souza e Clarissa já foram anunciadas.

As demais peças serão incorporadas até o final do mês visando o campeonato que inicia em março (tabela será divulgada em breve). Desde já parabéns ao Sampaio. Em termos de montagem de elenco o time saiu na frente, tendo neste grupo uma combinação de explosão física e boa qualidade técnica (talvez falte um gatilho mais certeiro nas bolas de fora apenas).

Se Campinas (com sua base ex-Americana), dominou os dois últimos anos, tudo leva a crer que o Sampaio Corrêa surge como grande favorito ao caneco da edição de 2019 da LBF. Olho na Bolívia Querida, apelido do time.

*A Coluna do Bala reflete a opinião do autor, que escreve de forma independente, não representando um posicionamento oficial da LBF.

Da coluna Bala na Cesta

sem comentário »

Sampaio Basquete anuncia Clarrisa e Tati Pacheco

0comentário

A semana é especial para o torcedor do Sampaio Basquete. A cada dia, a diretoria tem anunciado uma contratação para a temporada 2019 da LBF, e a novidade desta quarta-feira é histórica. Três vezes MVP do nacional, Clarissa é mais um nome de peso para o garrafão Tricolor.

A jogadora de 1,88m e 30 anos joga no Lyon ASVEL, da França, e chega ao final da temporada europeia. Não atua na LBF desde 2016, quando vestia a camisa do Corinthians/Americana.

A pivô é uma das maiores jogadoras da história da LBF. Pelo ADCF/Unimed/Americana, conquistou três títulos (2011/12, 2013/14 e 2014/15) e outros três troféus de Melhor Jogadora da Temporada (2011/12, 2013 e 2014/15). Em 120 jogos, tem um duplo-duplo de média, com 15 pontos e 10,8 rebotes.

Clarissa começou no Fluminense e passou por Mangueira, Vagos (Portugal), Acucar Cometa/Unimed/Catanduva. Entre 2015 e 2016, atuou na WNBA pelo Chicago Sky. Nas temporadas mais recentes, vem atuando na Liga Francesa com passagens por Tango Bourges, Flammes Carolo e o Lyon ASVEL.

Com a camisa da Seleção, Clarissa tem três títulos continentais e duas participações olímpicas, com média de 13,4 pontos e 10,7 em 10 jogos entre Londres-2012 e Rio-2016.

Tati Pacheco retorna

Um dos destaques da campanha passada, que terminou com o vice-campeonato, a ala Tati Pacheco volta para mais uma temporada no Maranhão.

A ala de 1,81m e 28 anos foi uma das principais cestinhas do tricolor em 2018, com quase 12 pontos por jogo de média, melhor marca de sua carreira na LBF CAIXA, que tem mais de 120 jogos, duas finais disputadas, um troféu do Torneio de Três Pontos de 2016 e de Jogadora Revelação de 2013.

“A expectativa é melhor possível, claro! O time está todo renovado; vamos precisar de um tempinho pra encaixar, mas acredito que vamos fazer uma LBF muito boa”, declarou a tricampeã Sul-Americana com a Seleção.

Nas quartas de final passadas, registrou seu recorde pessoal ao anotar 29 pontos contra Presidente Venceslau. No Jogo das Estrelas, representou o Sampaio no Desafio contra a Liga Argentina e participou do primeiro Torneio de Enterradas Feminino do país.

Com os dois nomes, já são seis os reforços anunciados pelo Sampaio Basquete, que já revelou as contratações de Agustina LeivaRaphaella MonteiroTainá Paixão e Érika. O treinador será Cristian Santander, ex-seleção argentina.

O Sampaio Basquete tem o patrocínio do Governo do Maranhão e da Cemar por meio da Lei de Incentivo ao Esporte.

Foto: Arquivo/FIBA

sem comentário »

Sampaio Basquete contrata técnico argentino

0comentário

O Sampaio Basquete confirmou a contratação do técnico argentino Cristian Santander.

Atual técnico da Seleção Argentina, Cristian Santander é também campeão Sulamericano.

Santander vai dirigir o Sampaio na temporada 2019, quando a equipe maranhense buscará o segundo título nacional.

Além do técnico argentino, o Sampaio já acertou com a atleta argentina Leiva que estava no Presidente Venceslau e também é da Seleção da Argentina.

Segundo o presidente do Sampaio Basquete, Murilo Dias, todas as atletas e a comissão técnica iniciarão a preparação para a LBF 2019 no dia 2 de março.

O Sampaio Basquete tem o apoio do Governo do Maranhão e Cemar por meio da Lei de Incentivo ao Esporte.

Foto: Divulgação

sem comentário »

Sampaio Basquete confirma participação na LBF

0comentário

O Sampaio Basquete confirmou a sua participação na maior competição de basquetebol do país, a Liga de Basquete Feminino edição de 2019.

Mais uma vez o Sampaio terá o apoio decisivo do governo do Maranhão, por meio da Secretaria de Desporto e Lazer (Sedel) que mais uma vez aposta neste projeto vitorioso e já garantiu o certificado à equipe através da Lei de Incentivo ao Esporte e buscará o bicampeonato.

O presidente do Sampaio Basquete, Murilo Dias quer chegar mais longe do que este ano quando foi vice e formará uma grande equipe para que possa brigar mais uma vez pelo título da competição.

A edição de 2019 contará com 11 equipes, incluindo oito que disputaram a última temporada, além de três novos participantes.

São elas: Catanduva-SP, Blumenau-SC, Ituano-SP, Sampaio-MA, Santo André/Apaba-SP, São Bernardo/Brazolin/Unip, Uninassau-PE e Vera Cruz Campinas-SP. A novidade está por conta da chegada da LSB-RJ, que recoloca o Rio de Janeiro no cenário nacional da modalidade após 8 anos, do Pró-Esporte/Sorocaba-SP e do SESI Araraquara-SP. Ao todo, são cinco estados e três regiões representados.

O calendário de jogos da nona edição da LBF será divulgado em janeiro de 2019, mas a competição tem início previsto para o mês de março.

Foto: Paulo de Tarso Jr.

sem comentário »

Sampaio Basquete: uma aposta que deu certo

6comentários

A imagem que abre a matéria vale mais do que mil palavras…

A diretoria do Sampaio Basquete já vive a expectativa para a confirmação da participação da equipe maranhense em mais uma edição da Liga de Basquete Feminino.

Todo o planejamento para 2019 já está pronto, atletas e comissão técnica aguardam o sinal verde e apoio do governo para o clube confirmar a participação (até 21 de novembro) naquela que tem tudo para ser a melhor temporada da LBF.

A Liga deverá ter na próxima temporada nada mais nada menos do que 13 equipes o que comprova o crescimento do basquete feminino brasileiro com a entrada de equipes do Rio de Janeiro, Brasília e Bahia.

Nestes quatro primeiros anos, o sucesso do Sampaio basquete e a evolução do basquete no Maranhão só foram possíveis graças ao apoio decisivo do governo do Maranhão por meio da Lei de Incentivo ao Esporte que possibilitou que os maranhenses competissem de igual para igual com as equipes de São Paulo que tem o melhor basquete do país.

Para cá vieram várias jogadoras de Seleção Brasileira e o Sampaio sempre esteve entre as quatro melhores conquistando um título e um vice no ano passado. Nem preciso lembrar que os nossos ginásios estão sempre cheios e a nossa torcida vem mostrando que o maranhense adora a prática do basquete.

Além disso, do primeiro ano para cá, o Sampaio saiu de duas para seis atletas maranhenses na equipe o que mostra que a cada temporada é maior a preocupação do clube em expandir o basquete local o que nunca foi uma tarefa fácil, mas aos poucos isso vem se tornando possível.

O desafio é grande, pois manter uma equipe de basquete no Maranhão e com atletas em nível de Seleção Brasileira. Isto só foi possível até hoje porque o governador Flávio Dino comprou a ideia e sempre decidiu apoiar o projeto que deu certo e mostra que não ficamos devendo nada a ninguém.

Sabemos que o momento é de crise, mesmo assim acredito que governo possa continuar apoiando o projeto que tem tudo para se consolidar, ainda que nos moldes do que fez esse ano.

E quem sabe possamos repetir a dose e conquistar mais um grande título e fazer novamente história no cenário do basquete nacional. A nossa torcida agradece!!!

Foto: Paulo de Tarso Jr.

6 comentários »

Sampaio Basquete agradece parceria com o governo

6comentários

O governador Flávio Dino recebeu, na quarta-feira (13), o presidente do Sampaio Basquete, Sérgio Frota, acompanhado da diretoria técnica do clube e de parte das atletas vice-campeãs da Liga Brasileira Feminina de Basquete na edição 2017/2018.

A visita foi para agradecer o apoio dado pelo Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado de Esporte e Lazer (Sedel) e da Lei de Incentivo ao Esporte, o que contribuiu para a conquista do segundo lugar. “Viemos agradecer o apoio do Governo do Maranhão, na pessoa do governador Flávio Dino, por ter aderido ao projeto do Sampaio Basquete”, diz o presidente do Sampaio Corrêa, Sérgio Frota.

O presidente da equipe fez um breve relato e lembrou a conquista do título de campeãs brasileiras em 2016: “Agora, neste ano, na disputa de 5 partidas, nós ganhamos duas, mas trouxemos o título de vice-campeonato brasileiro. Isso se deu graças ao apoio do Governo do Estado”.

Três das seis atletas maranhenses que disputaram as partidas estiveram na visita. Elas, que hoje integram o time profissional, já fizeram parte de projetos sociais e de inclusão realizados nos seus bairros, como a mais nova da equipe, a jogadora Eduarda Serra, de apenas 17 anos.

O secretário de Estado de Esporte e Lazer, Hewerton Pereira, enfatizou os legados que os projetos apoiados pela Sedel têm trazido para o Maranhão. “A secretaria vem contribuindo com muitos projetos, e este do Sampaio Basquete não é diferente. Sempre que nos empenhamos em concretizar um projeto, pensamos em qual legado ele irá deixar para o nosso estado. Esse do Sampaio, além da inspiração para muitos meninos e meninas que sonham em viver no mundo do esporte, traz reforma de quadra, projetos sociais, palestras em escolas públicas, entre outras atividades realizadas paralelamente aos campeonatos”, enumera o gestor da Sedel.

A experiente e ex-jogadora Iziane Castro, que hoje integra a diretoria técnica do Sampaio Basquete, ressaltou a importância do trabalho social desenvolvido para despertar e descobrir novos atletas de basquete no Maranhão.

“Sempre falo que o esporte é educação, é saúde, é cultura, é segurança pública, entre outros benefícios que ele traz para a sociedade. Isso tudo porque desenvolve a criança de uma outra forma pedagógica, além da educação tradicional”, destaca.

Foto: Divulgação

6 comentários »

Como o Sampaio perdeu um jogo que estava ganho?

0comentário

O torcedor que lotou o Castelinho sentiu o golpe com a derrota do Sampaio para o Vera Cruz, na quarta partida decisiva na Liga de Basquete Feminino num Castelinho completamente derramando de gente.

Até o início do terceiro período, o Sampaio sobrava no jogo que tinha clima de festa. Veio o apagão e a virada incrível do time de Campinas. É claro que dez, oito, seis pontos não é uma grande diferença, mas da forma como a partida se desenvolvia, tudo levava a crer que a vitória seria tranquila.

A derrota por 62 a 51 deixou a série decisiva empatada em 2 a 2 e a decisão será no domingo, em Campinas.

O Sampaio vai tentar se recuperar do golpe e tem time para isso, mas não pode jamais repetir os erros de ontem quando, de repente começou a errar demais no ataque e literalmente deixar de marcar.

O Sampaio perdeu porque foi precipitado demais. Forçou jogadas desnecessárias, abidicou de arriscar os arremessos de três pontos e, principalmente relaxou na marcação.

Foi assim que Melisa Gretter, a dona e cestinha da partida com 31 pontos, bateu o próprio recorde na competição e desequilibrou o confronto que o Sampaio tinha tudo para vencer.

Aliás, nas três derrotas do Sampaio para Campinas nesta decisão, Meli fez o que quis e jogou solta. Resta saber se vai continuar jogando assim no último confronto.

Foto: Paulo de Tarso Jr.

sem comentário »

Sampaio deixa escapar título no Castelinho lotado

0comentário

A temporada 2018 da LBF vai até o seu máximo. Graças a uma atuação monstruosa de Melisa Gretter, o Vera Cruz Campinas bateu o Sampaio Basquete por 62 a 51, mesmo diante de um Ginásio Castelinho lotado, em São Luís (MA), e a série final vai para o quinto jogo. A argentina foi responsável por 31 pontos – seu novo recorde em três temporadas na LBF, além de 10 rebotes, 4 assistências e impressionantes 35 de eficiência.

“O importante hoje era ganhar. Precisávamos de todo mundo para poder levar essa vitória para Campinas, e graças a Deus eu pude ajudar a equipe. Feliz por isso e mais ainda por conseguir a vitória. Sabemos que domingo será muito duro e não tem nada definido “, comemorou Gretter.

Pelo Sampaio, Tati Pacheco teve 17 pontos, 4 rebotes e 3 assistências. Cansada, Briahanna Jackson saiu de quadra com apenas 6 pontos, abaixo de sua média nestas Finais (15 pontos por jogo), além de 6 rebotes e 4 assistências em pouco menos de 30 minutos em quadra.

Tati comentou o que atrapalhou os planos do Sampaio de erguer o troféu diante de sua torcida.

“Nossa atitude no segundo tempo. No decorrer da Liga, a gente vem fazendo um terceiro quarto muito ruim e sempre leva o jogo para o último quarto nesse sufoco. A gente tem que corrigir isso”, acusou Tati Pacheco, cestinha do Sampaio na derrota.

O jogo

Igual ao terceiro jogo, o Vera Cruz Campinas foi quem começou liderando o placar nos primeiros cinco minutos. O Sampaio foi se ajustando e na segunda metade passou a frente, com Tati anotando 9 pontos na etapa inicialque teve parcial 17×10 para o time da casa. O segundo quarto foi mais equilibrado. O Sampaio pontuava pelas pontas, com Tati e Leila, que combinaram 12 dos 16 pontos do time. Do outro lado, Gretter seguia mantendo o Vera Cruz próximo no placar, que apontou igualdade no período -16×16.

O roteiro do terceiro quarto foi igual ao do jogo passado. A bronca de Antonio Carlos Vendramini no vestiário fez o Vera Cruz Campinas voltar para o jogo com a defesa mais agressiva, pressionando as posses bolivianas. No ataque, o time paulista sobrava com Gretter, responsável por 10 pontos no período, que terminou 21 a 10 para o Vera Cruz, 47 a 44 no geral.

Mas desta vez, as visitantes não tiveram a pane do jogo 3. Aproveitaram o bom momento para forçar o Sampaio a mais erros ofensivos. Virgil Lopez ainda pediu tempo para consertar o time, mas as principais jogadoras ficaram zeradas nos momentos finais. Gretter aproveitou para confirmar a vitória campineira com mais 10 pontos no quarto período e selar a vitória que deixa a série final ainda indefinida.

A grande decisão da LBF será no domingo, 3 de junho, às 15 horas, no Ginásio da Ponte Preta, em Campinas (SP). O jogo terá as transmissões do SporTV.

Foto: Paulo de Tarso Jr./ Sampaio Basquete

 

sem comentário »

Sampaio perto de conquistar bicampeonato na LBF

4comentários

O Sampaio Basquete está muito próximo de conquistar seu segundo título da Liga de Basquete Feminino (LBF). O time maranhense, que tem o patrocínio da Cemar e do governo do Estado por meio da Lei de Incentivo ao Esporte, precisa de apenas uma vitória para repetir o desempenho de 2016, quando sagrou-se campeão da principal competição do basquete feminino.

Nesta terça-feira (29), o time tricolor encara novamente o Vera Cruz Campinas, às 19h, no Ginásio Castelinho e, se vencer, fechará a série em 3 a 1 e soltará o grito de “é campeão” diante de sua torcida. Os ingressos para este jogo devem ser trocados por 1 kg de alimento não perecível nas bilheterias do Castelinho.

O time maranhense chega ao Jogo 4 da série final em uma situação muito boa. As comandadas do técnico Virgil Lopez mostraram ao longo dos duelos contra o Vera Cruz Campinas que estão em um grande momento na LBF. Tanto que o Sampaio Basquete foi o único time a vencer a equipe paulista na temporada em duas ocasiões.

Após vencer o Jogo 3 em São Luís por 55 a 50, no último domingo (27), o Sampaio Basquete confirmou a quebra do mando de quadra do rival e coloca toda a pressão para o Vera Cruz Campinas, que precisa vencer o duelo desta terça-feira para forçar a realização do quinto e decisivo jogo em Campinas.

A tarefa do time paulista é ainda mais complicada devido à atmosfera criada pelo torcedor maranhense no Ginásio Castelinho. No Jogo 3, o ginásio da capital maranhense estava lotado, o que favoreceu o Sampaio Basquete a conseguir se impor dentro de quadra. A força do sexto jogador foi considerada o grande diferencial da partida anterior e como o time maranhense está a uma vitória de ser campeão, a expectativa é de casa cheia mais uma vez para o Jogo 4.

“Estamos a uma vitória do título, mas não está nada ganho. Temos que ter pés no chão e cabeça no lugar porque o último jogo é o mais difícil. Temos que agradecer todo o público que compareceu. Essa torcida é maravilhosa, ela nos empurrou quando estávamos mal ofensivamente. As meninas sentiram essa vibração, esse calor da torcida e conseguimos reverter a situação”, afirmou o técnico Virgil Lopez.

A equipe do Sampaio Basquete tem o patrocínio da Cemar e do governo do Estado por meio da Lei de Incentivo ao Esporte.

Finais da LBF

Jogo 1 – Vera Cruz Campinas 55 x 56 Sampaio Basquete

Jogo 2 – Vera Cruz Campinas 59 x 58 Sampaio Basquete

Jogo 3 – Sampaio Basquete 55 x 50 Vera Cruz Campinas

Jogo 4 – 29/5 (terça-feira), 19h. Ginásio Castelinho, em São Luís (MA)

Jogo 5 – 3/6 (domingo), 15h. Ginásio da Ponte Preta, em Campinas (SP) / se houver necessidade

Foto: Paulo de Tarso Jr.

4 comentários »