Sampaio Basquete: uma aposta que deu certo

6comentários

A imagem que abre a matéria vale mais do que mil palavras…

A diretoria do Sampaio Basquete já vive a expectativa para a confirmação da participação da equipe maranhense em mais uma edição da Liga de Basquete Feminino.

Todo o planejamento para 2019 já está pronto, atletas e comissão técnica aguardam o sinal verde e apoio do governo para o clube confirmar a participação (até 21 de novembro) naquela que tem tudo para ser a melhor temporada da LBF.

A Liga deverá ter na próxima temporada nada mais nada menos do que 13 equipes o que comprova o crescimento do basquete feminino brasileiro com a entrada de equipes do Rio de Janeiro, Brasília e Bahia.

Nestes quatro primeiros anos, o sucesso do Sampaio basquete e a evolução do basquete no Maranhão só foram possíveis graças ao apoio decisivo do governo do Maranhão por meio da Lei de Incentivo ao Esporte que possibilitou que os maranhenses competissem de igual para igual com as equipes de São Paulo que tem o melhor basquete do país.

Para cá vieram várias jogadoras de Seleção Brasileira e o Sampaio sempre esteve entre as quatro melhores conquistando um título e um vice no ano passado. Nem preciso lembrar que os nossos ginásios estão sempre cheios e a nossa torcida vem mostrando que o maranhense adora a prática do basquete.

Além disso, do primeiro ano para cá, o Sampaio saiu de duas para seis atletas maranhenses na equipe o que mostra que a cada temporada é maior a preocupação do clube em expandir o basquete local o que nunca foi uma tarefa fácil, mas aos poucos isso vem se tornando possível.

O desafio é grande, pois manter uma equipe de basquete no Maranhão e com atletas em nível de Seleção Brasileira. Isto só foi possível até hoje porque o governador Flávio Dino comprou a ideia e sempre decidiu apoiar o projeto que deu certo e mostra que não ficamos devendo nada a ninguém.

Sabemos que o momento é de crise, mesmo assim acredito que governo possa continuar apoiando o projeto que tem tudo para se consolidar, ainda que nos moldes do que fez esse ano.

E quem sabe possamos repetir a dose e conquistar mais um grande título e fazer novamente história no cenário do basquete nacional. A nossa torcida agradece!!!

Foto: Paulo de Tarso Jr.

6 comentários »

Campanha reforça força do Sampaio na LBF

3comentários

Acabou a Liga de Basquete Feminino e o saldo é bastante positivo para o Sampaio e para o nosso basquete. A imagem acima  vale mais do que mil palavras e mostra a força da torcida maranhense.

Embora o Sampaio não tenha conquistado o título por detalhes nas finais, a campanha em si foi vitoriosa. As meninas, certamente vão tirar lições das finais que servirão como verdadeiro aprendizado e o Sampaio se fortalecerá na próxima temporada.

Em apenas dois jogos decisivos no Castelinho, um publico estimado em 12 mil pessoas fez a festa e mostrou o quanto o torcedor maranhense gosta de basquete.

Tudo isso só foi possível por conta da visão do Governo do Maranhão, que por meio da Sedel viabilizou o projeto através da Lei de Incentivo ao Esporte.

Ganharam todos: Sampaio, Cemar e Governo do Maranhão que uniram forças e firmaram essa parceria que considero vitoriosa, juntamente com outras empresas que apoiaram o clube em mais uma temporada.

A excelente campanha credencia o Sampaio a mais uma temporada e pelo que tenho conversado com os dirigentes do Sampaio Basquete, eles esperam muito contar mais uma vez com a parceria da Cemar e Governo do Maranhão para que possam continuar levando o nome do Sampaio e do esporte maranhense cada vez mais longe.

Foto: Paulo de Tarso Jr.

3 comentários »

Sampaio vacila e perde decisão da LBF

3comentários

O Sampaio deixou escapar mais uma vez a vitória na Liga de Basquete Feminino (LBF) e desta vez o título da temporada 2018.

As maranhenses, assim como em todas as partidas decisivas esteve sempre na frente do placar, mas nào conseguiu para a reação do time de Campinas.

O Sampaio chegou a estar vencendo por 12 pontos de diferença no terceiro período, mas brilhou outra vez a estrela da armadora argentina Melisa Gretter que fez 25 pontos e foi eleita a MVP das Finais pela primeira vez em sua carreira na LBF. Placar final 66 a 59.

A história do jogo foi a mesma da partida anterior, o Sampaio teve a partida mais uma vez na mão, mas foi afobado, precipitado e com muitos erros infantis acabou sofrendo a virada.

Mas tudo isso não tira o brilho da equipe maranhense que mais uma vez é destaque nacional e só não foi campeã porque errou demais na decisão.

Valeu, Sampaio!!!!

Foto: Pedro Teixeira/LBF

3 comentários »

Como o Sampaio perdeu um jogo que estava ganho?

0comentário

O torcedor que lotou o Castelinho sentiu o golpe com a derrota do Sampaio para o Vera Cruz, na quarta partida decisiva na Liga de Basquete Feminino num Castelinho completamente derramando de gente.

Até o início do terceiro período, o Sampaio sobrava no jogo que tinha clima de festa. Veio o apagão e a virada incrível do time de Campinas. É claro que dez, oito, seis pontos não é uma grande diferença, mas da forma como a partida se desenvolvia, tudo levava a crer que a vitória seria tranquila.

A derrota por 62 a 51 deixou a série decisiva empatada em 2 a 2 e a decisão será no domingo, em Campinas.

O Sampaio vai tentar se recuperar do golpe e tem time para isso, mas não pode jamais repetir os erros de ontem quando, de repente começou a errar demais no ataque e literalmente deixar de marcar.

O Sampaio perdeu porque foi precipitado demais. Forçou jogadas desnecessárias, abidicou de arriscar os arremessos de três pontos e, principalmente relaxou na marcação.

Foi assim que Melisa Gretter, a dona e cestinha da partida com 31 pontos, bateu o próprio recorde na competição e desequilibrou o confronto que o Sampaio tinha tudo para vencer.

Aliás, nas três derrotas do Sampaio para Campinas nesta decisão, Meli fez o que quis e jogou solta. Resta saber se vai continuar jogando assim no último confronto.

Foto: Paulo de Tarso Jr.

sem comentário »

Sampaio deixa escapar título no Castelinho lotado

0comentário

A temporada 2018 da LBF vai até o seu máximo. Graças a uma atuação monstruosa de Melisa Gretter, o Vera Cruz Campinas bateu o Sampaio Basquete por 62 a 51, mesmo diante de um Ginásio Castelinho lotado, em São Luís (MA), e a série final vai para o quinto jogo. A argentina foi responsável por 31 pontos – seu novo recorde em três temporadas na LBF, além de 10 rebotes, 4 assistências e impressionantes 35 de eficiência.

“O importante hoje era ganhar. Precisávamos de todo mundo para poder levar essa vitória para Campinas, e graças a Deus eu pude ajudar a equipe. Feliz por isso e mais ainda por conseguir a vitória. Sabemos que domingo será muito duro e não tem nada definido “, comemorou Gretter.

Pelo Sampaio, Tati Pacheco teve 17 pontos, 4 rebotes e 3 assistências. Cansada, Briahanna Jackson saiu de quadra com apenas 6 pontos, abaixo de sua média nestas Finais (15 pontos por jogo), além de 6 rebotes e 4 assistências em pouco menos de 30 minutos em quadra.

Tati comentou o que atrapalhou os planos do Sampaio de erguer o troféu diante de sua torcida.

“Nossa atitude no segundo tempo. No decorrer da Liga, a gente vem fazendo um terceiro quarto muito ruim e sempre leva o jogo para o último quarto nesse sufoco. A gente tem que corrigir isso”, acusou Tati Pacheco, cestinha do Sampaio na derrota.

O jogo

Igual ao terceiro jogo, o Vera Cruz Campinas foi quem começou liderando o placar nos primeiros cinco minutos. O Sampaio foi se ajustando e na segunda metade passou a frente, com Tati anotando 9 pontos na etapa inicialque teve parcial 17×10 para o time da casa. O segundo quarto foi mais equilibrado. O Sampaio pontuava pelas pontas, com Tati e Leila, que combinaram 12 dos 16 pontos do time. Do outro lado, Gretter seguia mantendo o Vera Cruz próximo no placar, que apontou igualdade no período -16×16.

O roteiro do terceiro quarto foi igual ao do jogo passado. A bronca de Antonio Carlos Vendramini no vestiário fez o Vera Cruz Campinas voltar para o jogo com a defesa mais agressiva, pressionando as posses bolivianas. No ataque, o time paulista sobrava com Gretter, responsável por 10 pontos no período, que terminou 21 a 10 para o Vera Cruz, 47 a 44 no geral.

Mas desta vez, as visitantes não tiveram a pane do jogo 3. Aproveitaram o bom momento para forçar o Sampaio a mais erros ofensivos. Virgil Lopez ainda pediu tempo para consertar o time, mas as principais jogadoras ficaram zeradas nos momentos finais. Gretter aproveitou para confirmar a vitória campineira com mais 10 pontos no quarto período e selar a vitória que deixa a série final ainda indefinida.

A grande decisão da LBF será no domingo, 3 de junho, às 15 horas, no Ginásio da Ponte Preta, em Campinas (SP). O jogo terá as transmissões do SporTV.

Foto: Paulo de Tarso Jr./ Sampaio Basquete

 

sem comentário »

Sampaio perto de conquistar bicampeonato na LBF

4comentários

O Sampaio Basquete está muito próximo de conquistar seu segundo título da Liga de Basquete Feminino (LBF). O time maranhense, que tem o patrocínio da Cemar e do governo do Estado por meio da Lei de Incentivo ao Esporte, precisa de apenas uma vitória para repetir o desempenho de 2016, quando sagrou-se campeão da principal competição do basquete feminino.

Nesta terça-feira (29), o time tricolor encara novamente o Vera Cruz Campinas, às 19h, no Ginásio Castelinho e, se vencer, fechará a série em 3 a 1 e soltará o grito de “é campeão” diante de sua torcida. Os ingressos para este jogo devem ser trocados por 1 kg de alimento não perecível nas bilheterias do Castelinho.

O time maranhense chega ao Jogo 4 da série final em uma situação muito boa. As comandadas do técnico Virgil Lopez mostraram ao longo dos duelos contra o Vera Cruz Campinas que estão em um grande momento na LBF. Tanto que o Sampaio Basquete foi o único time a vencer a equipe paulista na temporada em duas ocasiões.

Após vencer o Jogo 3 em São Luís por 55 a 50, no último domingo (27), o Sampaio Basquete confirmou a quebra do mando de quadra do rival e coloca toda a pressão para o Vera Cruz Campinas, que precisa vencer o duelo desta terça-feira para forçar a realização do quinto e decisivo jogo em Campinas.

A tarefa do time paulista é ainda mais complicada devido à atmosfera criada pelo torcedor maranhense no Ginásio Castelinho. No Jogo 3, o ginásio da capital maranhense estava lotado, o que favoreceu o Sampaio Basquete a conseguir se impor dentro de quadra. A força do sexto jogador foi considerada o grande diferencial da partida anterior e como o time maranhense está a uma vitória de ser campeão, a expectativa é de casa cheia mais uma vez para o Jogo 4.

“Estamos a uma vitória do título, mas não está nada ganho. Temos que ter pés no chão e cabeça no lugar porque o último jogo é o mais difícil. Temos que agradecer todo o público que compareceu. Essa torcida é maravilhosa, ela nos empurrou quando estávamos mal ofensivamente. As meninas sentiram essa vibração, esse calor da torcida e conseguimos reverter a situação”, afirmou o técnico Virgil Lopez.

A equipe do Sampaio Basquete tem o patrocínio da Cemar e do governo do Estado por meio da Lei de Incentivo ao Esporte.

Finais da LBF

Jogo 1 – Vera Cruz Campinas 55 x 56 Sampaio Basquete

Jogo 2 – Vera Cruz Campinas 59 x 58 Sampaio Basquete

Jogo 3 – Sampaio Basquete 55 x 50 Vera Cruz Campinas

Jogo 4 – 29/5 (terça-feira), 19h. Ginásio Castelinho, em São Luís (MA)

Jogo 5 – 3/6 (domingo), 15h. Ginásio da Ponte Preta, em Campinas (SP) / se houver necessidade

Foto: Paulo de Tarso Jr.

4 comentários »

Sampaio vence e fica a uma vitória do título

0comentário

Empurrado pela torcida, o Sampaio Basquete deu um grande passo em busca do bicampeonato da LBF. Na tarde deste domingo (27), no ginásio Castelinho, em São Luís (MA), o tricolor maranhense bateu o Vera Cruz Campinas por 55 a 50. Mais de cinco mil pessoas presenciaram a vitória tricolor, no melhor público registrado na temporada.

Mais uma vez, a recém-eleita Craque da Galera Briahanna Jackson foi a cestinha da vitória, com 16 pontos e mais 9 rebotes. Pelo Vera Cruz Campinas, Ariadna teve 11 pontos.

Com 2 a 1 na série final, a equipe nordestina precisa de apenas mais uma vitória para conquistar o título. A primeira chance é nesta terça-feira, 29, no mesmo Castelinho. Já o Vera Cruz precisa da vitória para forçar o quinto jogo, que se necessário, será em Campinas, no próximo domingo (3/6).

O Vera Cruz Campinas começou o jogo mais eficiente, convertendo as primeiras chances e abrindo 8 a 2 nos primeiros sete minutos, com 6 pontos de Ariadna. O Sampaio começou a reação através de Briahanna Jackson, que converteu duas bolas de três e teve 8 pontos no quarto. O segundo período foi do Sampaio, que melhorou a postura defensiva e virou o placar, com a parcial 18×10, que levou o time ao intervalo com sete de vantagem.

Se o segundo quarto foi do time da casa, o terceiro foi das campineiras. As paulistas voltaram melhor do vestiário, com Ariadna, Fabi e Patty acertando os chutes. Mais ajustado na defesa, o Vera Cruz reduziu o ataque boliviano a apenas dez pontos e um aproveitamento baixo no terceiro período (31%). O período foi o melhor do time paulista na série (parcial 24×10), e ao fim de 30 minutos o placar era 47 a 40 para as visitantes.

O quarto período começou zerado nos primeiros minutos, até Tati Pacheco fazer jogada de três pontos, que voltou a inflamar a torcida no Castelinho. Ponto a ponto, o Sampaio foi tirando a vantagem do Vera Cruz Campinas, até empatar a um minuto e dezessete do fim com dois lances livres de Karina Jacob, e virar com Tati a 58 segundos do fim. Como nos primeiros jogos, não faltou emoção até o segundo final, que confirmou a vitória da casa.

Foto: Paulo de Tarso Júnior / Sampaio

sem comentário »

Sampaio espera casa cheia contra Campinas

0comentário

Casa cheia. É desta maneira que o Ginásio Castelinho deverá estar neste domingo (27) para o Jogo 3 da grande final da Liga de Basquete Feminino – temporada 2018 (LBF) entre Sampaio Basquete e Vera Cruz Campinas. A série melhor de cinco está empatada em 1 a 1, e quem vencer o próximo duelo dará um passo bastante importante para sagra-se campeão nacional. Neste domingo, a bola sobe às 15h. Os ingressos para este jogo devem ser trocados por 1 kg de alimento não perecível nas bilheterias do Castelinho.

Para a partida deste domingo, o Sampaio Basquete, que tem o patrocínio da Cemar e do governo do Estado por meio da Lei de Incentivo ao Esporte, chega com muita motivação, principalmente após ter conseguido vencer um dos dois jogos realizados e fora de casa nessa série final e ter quebrado a invencibilidade do time paulista na competição nacional. Com o triunfo no Jogo 1, o time tricolor precisa fazer valer o mando de quadra nas próximas duas partidas para conquistar seu segundo título da LBF.

Com expectativa de casa cheia, a diretoria do Sampaio Basquete disponibilizou 6 mil ingressos para o torcedor tricolor. Para o técnico do time maranhense, Virgil Lopez, a força vinda das arquibancadas será fundamental para que o Sampaio possa abrir 2 a 1 na série e ficar a uma vitória para ser campeão.

“É muito importante o torcedor apoiar a gente, apoiar as meninas porque isso realmente faz a diferença. Precisamos do apoio do torcedor para poder ganhar o jogo de domingo”, disse Virgil.

Equilíbrio

Após os dois primeiro jogos da final da LBF, o equilíbrio entre Sampaio Basquete e Vera Cruz Campinas é evidente. Nas duas partidas, apenas um ponto separou as duas equipes. No Jogo 1, o Sampaio venceu por 56 a 55. No duelo seguinte, o Campinas fez 59 a 58 em um duelo marcado por polêmica com a arbitragem no fim da partida.

Polêmicas à parte, a hora é manter o foco para vencer o jogo deste domingo. “Não vou entrar nessa polêmica. Aquele jogo acabou. Agora é pensar no Jogo 3, concentrar e trabalhar para poder fazer a vantagem da quadra. Se ganharmos os dois jogos em casa, seremos campeões”, explicou o técnico Virgil Lopez.

Para a ala Vitória Marcelino, o momento é ajustar os erros cometidos na derrota para o Vera Cruz Campinas. “Temos que ajustar o que a gente errou. Temos que acertar alguns ataques como a gente vem trabalhando e ajustar a defesa para este jogo”, disse a jogora do Sampaio Basquete.

Destaque do Sampaio Basquete na temporada, a armadora Briahanna Jackson segue na mesma linha e quer que o time aproveite melhor as ações ofensivas. “Tivemos muitos erros no primeiro tempo. Para o próximo jogo, precisamos minimizá-los, pois não perdemos no último lance. Seguramos bem a pressão, mas precisamos ser mais pacientes no ataque”, analisou Jackson.

A equipe do Sampaio Basquete tem o patrocínio da Cemar e do governo do Estado por meio da Lei de Incentivo ao Esporte.

Finais

Jogo 1 – Vera Cruz Campinas 55 x 56 Sampaio Basquete

Jogo 2 – Vera Cruz Campinas 59 x 58 Sampaio Basquete

Jogo 3 – 27/5 (domingo), 15h. Ginásio Castelinho, em São Luís (MA)

Jogo 4 – 29/5 (terça-feira), 19h. Ginásio Castelinho, em São Luís (MA)

Jogo 5 – 3/6 (domingo), 15h. Ginásio da Ponte Preta, em Campinas (SP) / se houver necessidade

Foto: Paulo de Tarso Jr.

sem comentário »

Sampaio coloca 6 mil ingressos para decisão da LBF

0comentário

É grande a expectativa para a terceira partida decisiva da Liga de Basquete Feminino (LBF), neste domingo, 15h, no ginásio Castelinho, entre Sampaio e Vera Cruz Campinas.

Até aqui, a série decisiva está empatada em, 1 a 1, após dois jogos realizados em Campinas. No primeiro, o Sampaio venceu por 56 a 55. No segundo, deu Vera Cruz por 59 a 58.

A partir de hoje, às 14h, serão trocados os ingressos por 1 Kg de alimento não perecível. Serão disponibilizados 6 mil ingressos nas bilheterias do Castelinho que deverá receber lotação máxima.

O Sampaio vai buscar a segunda vitória na decisão que deixará a equipe maranhense mais perto da conquista do bi campeonato. Se vencer o segundo confronto, o Sampaio pode fechar a série com o título se vencer, também o quarto jogo que será na terça-feira (29), às 19h, no ginásio Castelinho, em São Luís.

O Sampaio Basquete é patrocinado pela Cemar e governo do Maranhão por meio da Lei de Incentivo ao Esporte.

Foto: Paulo de Tarso Jr.

sem comentário »

Sampaio mira nova vitória em Campinas

0comentário

Após o excelente começo de decisão na Liga de Basquete Feminino (LBF) quando venceu o Vera Cruz, em Campinas por 56 a 55, o Sampaio volta à quadra hoje, às 19h, para a segunda partida.

Com a vitória na primeira partida, o Sampaio além de quebrar a invencibilidade do time de Campinas que vinha de 20 vitórias consecutiva tem tudo para manter a vantagem nesta final.

Uma nova vitória e o Sampaio ficará a uma vitória do bicampeonato, o que pode acontecer nos outros dois confrontos que serão disputados no Castelinho, em São Luís.

Para surpreender novamente o time de Campinas fora de casa, o Sampaio deve apostar na forte marcação, principalmente na argentina Meli Gretter, na cubana Ariadna e na ala Babi que podem desequilibrar e empatar o confronto para o time paulista.

Além disso, o técnico Virgil Lopes espera acertar a equipe no ataque, utilizando mais a pivô Ziomara e a ala Taty, esta última inclusive foi decisiva na primeira partida.

Até aqui Sampaio e Vera Cruz já se enfrentaram três vezes na competição. O time de Campinas venceu duas na fase de classificação e o Sampaio deu o troco no início da decisão.

Foto: Paulo de Tarso Jr

sem comentário »