Maranhão Basquete leva ‘calote’ da Ambev

0comentário
IzianeSampaio1

Dirigente do Maranhão Basquete alega que levou calote da Ambev em R$ 1 milhão 750 mil

O Maranhão Basquete não disputará a Liga de Basquete Feminino (LBF) 2016/2017. O anúncio foi feito pelo presidente Betinho Lima. Ele alega um “calote” da Ambev que não repassou a cota de patrocínio referente às duas últimas temporadas.

O prejuízo do Maranhão Basquete é da ordem de R$ 1 milhão 750 mil reais. O dinheiro deveria ter sido utilizado para pagamento dos sala´rios de jogadores e comissão técnica.

Betinho Lima adiantou também que o Maranhão Basquete ingressou com ação na Justiça contra a Ambev cobrando o repasse.

“Eles estão nos devendo R$ 650 mil referentes duas últimas cotas da temporada 2015 e R$ 1,1 milhão deste ano. Eles deixaram de pagar as duas últimas cotas do ano passado e não pagaram nenhuma cota deste ano. Nós tentamos entrar em contato com a Ambev para mediar pelo menos um acordo, mas não conseguimos. Como estamos sendo cobrados e não temos como pagar, a gente foi obrigado a entrar na Justiça contra a empresa”, disse.

O dirigente afirmou que atletas como Iziane cobram na Justiça o pagamento dos salários referentes à temporada de 2015 quando atuou pelo Maranhão Basquete.

“Como não recebemos o patrocínio da Ambev não tivemos como honrar as duas últimas folhas da temporada 2015. Uma as atletas é a Iziane, que entrou na Justiça nos cobrando os salários não pagos.Além, delas estamos devendo membros da comissão técnica e fornecedores como hotel entre outros. A situação é constrangedora, porque trabalho com Basquete há mais de 18 anos e nunca fiquei devendo ninguém”.

Por conta da dívida, Betinho Lima confirmou que o Maranhão Basquete não disputará a Liga na qual ficou na terceira colocação na temporada passada.

“Achamos melhor organizar a casa primeiro e depois a gente volta a pensar em competição. Nessa temporada, apenas a Potiguar nos patrocinou e foi quem nos ajudou a participar da competição. Se não fosse pela Potiguar não teríamos participado. Entretanto, a empresa só poderá nos ajudar no próximo ano. Com isso, decidimos nos preparar melhor para a outra temporada”, finalizou.

Em nota encaminhada pela assessoria, “a Ambev afirma que o contrato de 2015 foi devidamente quitado e que, em 2016, não houve celebração de contrato com o clube.”

Foto: Biaman Prado

Sem comentário para "Maranhão Basquete leva ‘calote’ da Ambev"


deixe seu comentário