‘Justiça reconheceu a verdade’, diz Roseana

0comentário

RoseanaSarney

A ex-governadora Roseana Sarney (PMDB) comentou a decisão do ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Teori Zavaski que arquivou a pedido da Procuradoria-Geral da República (PGR), o inquérito da Operação Lava Jato na qual foi citada juntamente com o senador Edison Lobão.

O procurador-geral da República, Rodrigo Janot, pediu o arquivamento do inquérito e afirmou ao ministro do STF que, após coleta de provas e diversos depoimentos, não ficaram comprovadas as suspeitas contra Lobão e Roseana.

Roseana disse que nos últimos dois anos se sentiu agredida, mas que sempre teve a consciência tranquila. Segundo ela, a Justiça reconheceu a verdade

“Devo dizer que passei por momentos muito difíceis ao longo dos últimos dois anos. Me senti muitas vezes agredida e julgada, mas sempre mantive a minha fé em Deus.  Me fortaleci no apoio e no conforto da minha família, com o amparo dos meus amigos e de todos aqueles que conhecem a minha história e a minha luta pelo Maranhão. Eu acreditei que a justiça seria feita e, como afirmei, em todos os momentos, minha consciência estava tranquila, pois agi de forma correta e nunca fiz nada que pudesse desabonar a minha conduta como governadora do meu estado. A Justiça reconheceu a verdade, e é a verdade que sempre prevalecerá”, afirmou.

sem comentário »

Célio Sérgio é aclamado presidente do Moto

3comentários
Célio Sérgio e Neco Figueiredo são aclamados presidente e vice do Moto Club

Célio Sérgio e Neco Figueiredo são aclamados presidente e vice do Moto Club

Por aclamação, o designer Célio Sérgio foi eleito na noite desta sexta-feira (25), novo presidente do Moto. Ele terá como vice o ex-presidente Neco Figueiredo.

Duas chapas estavam inscritas, mas antes de iniciar a votação, a Chapa 1 encabeçada por Luciano Moura e Eduardo Maciel desistiram da candidatura em nome da união no clube.

Célio Sérgio disse que nunca viu um clube tão democrático como o Moto que naquele momento estava colocando um torcedor de arquibancada na sua presidência.

O novo presidente confirmou o nome de Waldemir Rosa, no departamento de futebol que a partir de agora intensificará a montagem da equipe com vistas ao Campeonato Maranhense, Copa do Nordeste, Copa do brasil e Campeonato Brasileiro Série C.

Célio Sérgio também confirmou que o ex-jogador Kleber Pereira retorna ao clube para comandar as divisões de base e a imediata instalação da loja oficial do Moto Club.

Foto: Divulgação

3 comentários »

Roseana e Lobão estão livres da Lava Jato

0comentário
RosenaeLobão

Ex-governadora Roseana e ex-ministro Lobão foram citados, mas nada foi provado contra eles

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Teori Zavascki aceitou hoje (25) pedido da Procuradoria-Geral da República (PGR) e arquivou o inquérito em que a ex-governadora do Maranhão Roseana Sarney e o senador Edison Lobão (PMDB-MA) são acusados de lavagem de dinheiro e corrupção na Operação Lava Jato.

Ontem (24), em uma petição enviada ao Supremo, o procurador-geral da República, Rodrigo Janot, disse ao ministro que não há provas para justificar o prosseguimento da investigação.

A investigação foi iniciada em março de 2015 para apurar declarações do ex-diretor de Abastecimento da Petrobras Paulo Roberto Costa. Em depoimento de delação premiada, Costa afirmou que a campanha eleitoral de Roseana em 2010 teria recebido R$ 2 milhões de propina, valor que teria sido solicitado por Edison Lobão e pago pelo doleiro Alberto Youssef.

Após o pedido de arquivamento, o advogado de Roseana e de Lobão, Antônio Carlos de Almeida Castro, comemorou o parecer da PGR e disse que, desde o começo das investigações, a ex-governadora sempre se colocou à disposição para prestar esclarecimentos.

“Esse arquivamento, embora tardio, resgata, nesse ponto de vista, a verdade. Para Roseana, que ficou sendo investigada desnecessariamente, é uma vitória. Este era o único inquérito em que Roseana era investigada. Embora a demora nas investigações tenha causado um enorme prejuízo pessoal e político, para Roseana a Lava Jato é uma página do passado”, disse o advogado.

sem comentário »

Edivaldo estreita relações com deputados

2comentários
Prefeito Edivaldo visita Assembleia Legislativa e reforça bom relacionamento entre poderes

Prefeito Edivaldo visita Assembleia Legislativa e reforça bom relacionamento entre poderes

O prefeito Edivaldo realizou, na manhã desta sexta-feira (25), visita de cortesia à Assembleia Legislativa do Maranhão (Alema), onde foi recebido pelo presidente em exercício, Othelino Neto. O encontro teve como objetivo reforçar o bom relacionamento institucional mantido entre o poder Executivo Municipal e o Legislativo Estadual e assegurar o apoio daquela Casa aos projetos e ações governamentais que serão implementados nos próximos anos, na capital maranhense. Na oportunidade, Edivaldo apresentou as perspectivas para a cidade e reforçou a necessidade da parceria institucional em favor da cidade e da população.

“Sabemos o quão importante é para a nossa cidade manter o diálogo aberto com todos poderes constituídos, consolidando o bom relacionamento institucional para que a Prefeitura possa ter parceiros importantes. Desse modo, conseguimos trabahar para concretizar os compromissos assumidos com a população e efetivar os importantes projetos que nos propomos a executar. Nesse momento de crise política e financeira que o país vive, torna-se cada vez mais premente a junção de esforços, as parcerias e a união de todos em prol do bem comum”, afirmou o prefeito Edivaldo.

Acompanhado do vice-prefeito eleito, Júlio Pinheiro (PCdoB), e do deputado federal Weverton Rocha (PDT), o prefeito Edivaldo conversou também com outros deputados presentes ao encontro e destacou a importância das emendas parlamentares para a execução de obras e serviços que venham contribuir com o desenvolvimento social e econômico da capital maranhense.

“As emendas parlamentares são instrumentos muito importantes. Por meio delas, os deputados podem destinar às prefeituras recursos significativos para a realização de obras e serviços necessários à nossa cidade”, frisou Edivaldo.

Participaram também do encontro os deputados Edivaldo Holanda; Fábio Macedo; Glalbert Cutrim; Rogério Cafeteira; Júnior Verde; Rafael Leitoa e Stênio Rezende.

Foto: A. Baêta

2 comentários »

Quem é o dono do Rodrigão?

6comentários
EstadioRodrigao

Mesmo sem nada oficial, a Federação baixou portaria excluíndo o Santa Quitéria do Estadual

A Federação Maranhense de Futebol (FMF) pode ter se precipitado ao baixar a portaria excluíndo o Santa Quitéria do Campeonato Maranhense.

A FMF alega que o Santa Quitéria não poderá utilizar o estádio Rodrigão para mandar os seus jogos porque o prefeito eleito na cidade, Alberto Rocha (PDT) teria negado este direito ao time da cidade.

Mas como poderia um prefeito proibir que o time da cidade jogo no estádio que pertence ao poder público e não é uma propriedade particular? E como ele poderia dar uma ordem agora se somente no dia 1º de janeiro assume o cargo?

Sobre isso, estamos tentado ouvir o prefeito Alberto Rocha, mas ele não atendeu o celular. Por meio de mensagem, disse que estava em um julgamento e que não poderia atender a ligação. Perguntado se poderia ligar posteriormente ele disse que não ligasse hoje, pois estaria sem tempo.

O time do Santa Quitéria é dirigido por Geraldo Jesus e este teria ligações com o ex-prefeito Manin Leal que é adversário político do prefeito eleito.

Com a exclusão do Santa Quitéria, o beneficiado é o Pinheiro que foi o 2º colocado na 2ª divisão que teve apenas duas equipes. O PAC é o time da cidade do presidente da Federação Maranhense de Futebol, Antonio Américo Lobato Gonçalves.

Segundo o presidente da FMF, a situação do São José que é de São José de Ribamar e joga em São Luís não é a mesma do Santa Quitéria. No caso do São José, a FMF entende que o clube já tem direito adquirido pelo fato de já vir mandando seus jogos há vários anos em São Luís. Além disso, Américo acredita que o estádio Dário Santos possa receber as melhorias necessárias até o início do Estadual.

6 comentários »

Edivaldo busca recursos para a Saúde

1comentário
Ministro Riucardo Barros recebe o prefeito edivaldo Holanda Júnior e a secretária Helena Duailibe

Ricardo Barros com o prefeito Edivaldo , secretária Helena Duailibe e o deputado Juscelino Filho

O prefeito de São Luís, Edivaldo Holanda Júnior (PDT) e a secretária de Saúde, Helena Duailibe estiveram reunidos em Brasília com o ministro da Saúde. Ricardo Barros. O deputado federal Juscelino Filho (DEM), também participou da reunião.

O prefeito Edivaldo, solicitou ao ministro Ricardo Barros, a habilitação do Instituto do Rim em terapia renal substitutiva e do hospital municipal Clementino Moura como unidade de  alta complexidade em terapia nutricional.

“Cumpri agenda em Brasília em busca de investimentos para São Luís. Participei de uma reunião produtiva no Ministério da Saúde, com o ministro Ricardo Barros, deputado federal, Juscelino Filho, e a secretária municipal de Saúde, Helena Duailibe. Reivindicamos recursos para a melhoria e expansão da rede de alta e média complexidade da nossa cidade e para as obras da maternidade da Cidade Operária. O trabalho segue em frente!”, destacou o prefeito Edivaldo.

O ministro também recebeu o pedido de envio de motolâncias (motos do Samu que garantem atendimento de emergência com mais agilidade),  além de recursos para a continuidade de obras como a da maternidade e do Hospital da Criança que está em andamento.

“Foi muito importante essa visita ao ministro da Saúde. Nós nós tínhamos uns processos de habilitação que dependiam de liberação do financeiro e as participações do deputado Juscelino Filho e do prefeito Edivaldo Holanda Júnior foram decisivas no sentido de sensibilizar o ministro. Também reivindicamos   recursos novos para corrigir as superlotações que ainda precisam ser corrigidas e o ministro Ricardo Barros se mostrou bastante sensível e deve nos atender não agora, mas no início do ano que vem”, revelou a secretária Helena Duailibe.

Foto: Divulgação

1 comentário »

São Luís terá R$ 30 milhões de repatriação

0comentário
Prefeito Edivaldo olanda Júnior que busca a reeleição terá o maior tempo no horário eleitoral

Tribunal Regional Federal do Maranhão deferiu pedido de tutela de urgência da Prefeitura

A Justiça Federal concedeu à Prefeitura de São Luís o direito a recursos provenientes da multa decorrente da repatriação de recursos do exterior – dinheiro que estava depositado de forma irregular em outros países e que, agora, foi declarado à Receita Federal. A decisão foi da 5ª vara do Tribunal Regional Federal do Maranhão, que deferiu pedido de tutela de urgência impetrado pelo executivo municipal.

Os brasileiros que aderiram ao programa de repatriação, regularizando recursos no exterior que não haviam sido declarados à Receita Federal no Brasil, tiveram de pagar 15% de imposto de renda e mais 15% de multa, como forma de regularizar os ativos não declarados previamente.

O governo federal arrecadou, assim, R$ 46,8 bilhões entre imposto e multa. Estados e municípios brasileiros requerem que não apenas o valor dos impostos, mas também o das multas, seja repartido.

Em sua decisão, o juiz federal José Carlos do Vale Madeira sustenta que, da mesma forma que o Imposto de Renda, multa decorrente do não pagamento do tributo também deve ser incluída na base de cálculo das transferências federais para os estados e municípios.

O titular da 5ª vara do TRF baseou-se, ainda na decisão da ministra Rosa Weber, do Supremo Tribunal Federal (STF), que obrigou a união a depositar, até deliberação final, os valores do Fundo de Participação dos Estados (FPE) decorrentes das multas pagas por ocasião da repatriação dos recursos.

Em São Luís, os valores também serão depositados em conta judicial à disposição da Justiça Federal, até decisão final. Ainda cabe recurso.

Leia mais

sem comentário »

Gatos são exterminados em São Luís

2comentários
Extermínio de gatos causa comoção e revolta ativistas em São Luís

Extermínio de gatos revolta ativistas em São Luís em dois dias foram 36 gatos mortos

Após o registro do ataque a mais de 30 gatos na Avenida dos Africanos, em São Luís, foram registradas mais seis mortes de felinos no mesmo local. Os ataques com requintes de crueldades chamaram a atenção de diversas Organizações Não Governamentais (ONGs) e associações de apoio aos animais no Maranhão.

A reserva de mangue no entorno do Lago do Bacanga, em São Luís, virou uma espécie de depósito de animais descartados pelos donos. A suspeita dos ativistas recai sobre criminosos que estariam induzindo o ataque de cães treinados para matar – por pura crueldade e, também, sobre animais de rua que perambulam pela reserva.

A presidente da ONG Lar de Noé, Taiani Guaitolini, deixa claro que o ato de abandonar um animal já se configura como crime. “Isso é um crime. A gente precisa fazer com que a população entenda que é crime abandono. É crime os maus tratos e muitos acham que nada acontece. Acontece sim”, afirmou.

As entidades de defesa aos animais também culpam o Governo do Estado e a Prefeitura de São Luís pela falta de políticas públicas voltadas ao bem-estar dos bichos. “As ONGs estão se organizando nesse sentido para começar a ingressar com ações judiciais, pedir providencias da Justiça no sentido de responsabilizar os poderes públicos, estadual e municipal, porque é inadmissível continuarmos com a ausência dessa política pública de bem-estar animal”, relatou Sebastião Uchôa, presidente ‘honoris causa’ da ONG Arca de Noé.

A bióloga Adriani Hass conheceu o refúgio dos gatos abandonados e condenou a crueldade contra os animais. “A violência de você trazer alguém aqui para fazer diversão com outro bicho que não sabe o que está fazendo, porque o cachorro não sabe o que está fazendo, mas uma pessoa instigando, pelo simples prazer de ver o sofrimento”, posicionou-se.

Foto: Reprodução/ TV Mirante

Leia mais

2 comentários »