Moto empata e se complica na Série C

4comentários

Atacante Vitinho marcou o gol rubro-negro em um belo voleio, mas time empata com o ASA

A semana do Moto começou com uma grave dos jogadores por conta de atraso de salários e terminou com um resultado péssimo para a o time rubro-negro no Campeonato Brasileiro Série C.

Numa partida sem qualquer inspiração e vontade de jogar, o Moto foi irreconhecível e empatou com o ASA por 1 a 1, no Estádio Castelão.

O Moto abriu o placar com um golaço de Vitinho aproveitando cruzamento de Bebeto, mas foi só. O ASA empatou, no segundo tempo com um belo gol de Leandro Kível.

Com péssima atuação, o atacante Rafamar foi vaiado pelo torcedor no momento da substituição e quando deixava o gramado gesticulou e debochou do torcedor rubro-negro. Fato que deve provocar uma reação dos dirigentes.

O resultado ainda foi bom para o Moto que foi dominado pelo time alagoano durante todo o jogo e por pouco não foi derrotado.

Com o resultado, o Moto permanece na sétima colocação com 5 pontos ganhos, mas poderá ser ultrapassado por Salgueiro e Cuiabá que se enfrentam neste domingo.

O Moto terá pela frente dois jogos fora contra o Remo, no próximo sábado (24), às 18h e no domingo (2), contra o Cuiabá, na Arena Pantanal, às 17h.

A sexta rodada terá neste domingo, Salgueiro x Cuiabá, ãs 16h e Fortaleza x Sampaio, às 18h. A rodada será complementada na segunda-feira com Botafogo x Remo, no Almeidão, em João Pessoa, às 21h.

Foto; Welliandrei Campelo/ Moto

4 comentários »

Centro Histórico ganha iluminação artística

4comentários

Prefeitura instala iluminação decorativa na rua do Mocambo, próximo à Fonte das Pedras

A Prefeitura de São Luís está implantando luminárias arandelas em diversas ruas do Centro Histórico da capital. Os serviços foram realizados na Rua do Mocambo, nas proximidades da Fonte das Pedras. A rua foi totalmente reformada por meio de parceria entre a gestão municipal e o Governo do Estado. Novos pontos do Centro serão contemplados com esse tipo especial de iluminação artística. Os trabalhos são executados pela Secretaria Municipal de Obras e Serviços Públicos (Semosp).

O estilo de iluminação adotado pela Prefeitura nesses locais visa respeitar as características arquitetônicas do Centro Histórico e preservar o aspecto colonial do lugar. Além da iluminação especial, toda a fiação elétrica é implantada de forma subterrânea, com eletrodutos, proporcionando mais segurança nas áreas contempladas.

Além da Rua do Mocambo, a Prefeitura de São Luís já implantou os lampiões de arandelas também nas ruas Godofredo Viana (Beco do Teatro) e do Precipício, nas imediações do Mercado Central. Nesses locais os serviços já foram concluídos.

Os serviços de implantação, revitalização e manutenção das luminárias faz parte do plano de modernização do sistema de iluminação pública da capital, desenvolvido na gestão do prefeito Edivaldo, para garantir o bem-estar e a segurança da população.

Só no ano passado, a atual gestão implantou mais de 10 mil novos pontos de iluminação, com instalação de 4.500 pontos de iluminação com LED, nos principais corredores urbanos da capital e dezenas de bairros. O serviço contempla todas as 12 regionais da capital: Bacanga, Calhau, Centro, Cidade Operária, Cohatrac, coroadinho, João de Deus, Olho D’água, Santa Cruz, São Cristóvão e São Francisco e BR-135, que contabilizam 313 bairros.

Foto: A. Baeta

4 comentários »

São José de Ribamar abre festa junina

0comentário

‘A exemplo do carnaval, estamos preparando uma grande festa popular’, garante Luís Fernando

Mais de 100 grupos folclóricos irão animar a programação junina do município de São José de Ribamar, que será aberta oficialmente neste sábado (17). A festa organizada pela Prefeitura em parceria com o Governo do Maranhão está repleta de várias apresentações distribuídas nos sete principais arraiais espalhados na cidade.

Além do Parque Municipal, a programação ocorrerá até dia 29, nos arraiais das Vilas (Viva Vila), Matinha (sede do Bumba-Boi), Parque Vitória (Praça do Rodão), Panaquatira (Viva), Rio São João (Viva), Piçarreira (Viva), Turiúba, a prefeitura também vai apoiar outros pontos de festança nas localidades do Laranjal, Nova Terra, Miritiua, Parque Araçagi, Parque Jair, Vila Sarney Filho, dentre outros. No total serão 22 pontos de arraiais.

A cidade também já se prepara para a realização da 65ª edição do Lava-Bois, o São João fora de época, que ocorrerá nos dias 1 (sábado) e 2 (domingo) de julho. O secretário de cultura, turismo, esporte e lazer, Edison Calixto, explica que serão 13 dias de festa e diversão ao som da cultura e encanto de dezenas de brincadeiras genuinamente ribamarenses.

“A exemplo do carnaval, estamos preparando uma grande festa popular, observando a beleza que é o período junino, mas também cuidando para que o nosso São João tenha tranquilidade assim como foi o carnaval. Montamos esquemas de segurança para atuar durante todos os dias, equipes de saúde, disciplinamento do comércio, além de campanhas educativas”, detalhou.

Na segurança além do contingente de policiamento que deverá ser redobrado, a prefeitura também vai atuar com seguranças contratados para atuarem em pontos estratégicos da cidade durante o evento. Unidades de saúde estarão atuando reforçadas e com apoio de ambulâncias.

A programação completa do São João 2017, você confere em www.saojosederibamar.ma.gov.br 

Foto: Divulgação

sem comentário »

O fator Roseana Sarney

9comentários

Por Joaquim Haickel

Um ex-prefeito, intimamente ligado ao governador Flávio Dino, ao encontrar-se comigo no restaurante preferido dos políticos, em São Luís, colocou a mão no meu ombro, puxou-me para o lado, afastando-me dos demais, e me perguntou meio que sorrateiramente se eu acredito que Roseana será candidata a governadora do Maranhão na eleição de 2018.

Vi em seus olhos a chama de uma curiosidade honesta. Curiosidade que se justifica plenamente, uma vez que informação é um capital importantíssimo, ainda mais em tempos toscos como esses pelos quais estamos passando.

O erro dele foi imaginar que eu pudesse realmente saber a verdadeira intenção de Roseana no que diz respeito a seu destino político e eleitoral. Ele, bem como outros, nem imaginam que eu devo ser a pessoa menos qualificada para prestar um depoimento confiável, pelo menos do ponto de vista da pessoa em questão. Eu só sei o que eu faria no lugar dela!

O motivo daquela pergunta se deve ao fato de que o quadro político-eleitoral maranhense será um com Roseana disputando a eleição e outro completamente diferente sem ela na disputa. Todo mundo sabe, inclusive os correligionários de Flávio Dino, que caso Roseana seja candidata, muita gente ficará com os “passes” supervalorizados!

Acredito que faz muito tempo que Roseana não se sente tão feliz! Na verdade não lembro quando ela tenha sido assim tão paparicada por políticos e pelo povo em geral, exatamente para ser candidata!

Lembro-me de alguns momentos de gloria pelos quais ela passou: Quando seu pai era presidente da República; Quando ela encabeçava um grupo de deputados favoráveis ao impeachment de Collor; durante seu primeiro mandato como governadora; e quando, mesmo doente, venceu uma eleição sem sair da cama do hospital.

Fora esses momentos, apenas este agora, quando ela é conclamada a ser candidata ao governo do Maranhão, como sendo a única pessoa capaz de enfrentar Flávio Dino com chance de vencer, pode ser inscrito em sua biografia como momentos de verdadeira felicidade e grande contentamento.

Apenas em horas como estas é que o político se sente realmente realizado. Quando seus correligionários imploram para que ele entre numa disputa, quando o povo diz que ele é a única opção a se contrapor ao status quo, quando até seus ocasionais adversários gostariam que ele se candidatasse, pois assim eles seriam mais valorizados pelo poder dominante.

É!… Tenho certeza que Roseana está muito feliz com todas essas manifestações de apoio e solidariedade, e com a grande quantidade de apelos que ela tem recebido para se candidatar ao governo em 2018.

É aí que começo a pensar e me pergunto. Por que será que Roseana não foi candidata a senadora em 2014? Se tivesse sido teria ganhado, mesmo que com certa dificuldade. Seria a primeira vez no Maranhão que uma chapa majoritária elegeria o governador e a outra o senador. Teria feito história e teria estabelecido claramente que aquele pleito não foi hegemônico.

Se ela se afastou da política eleitoral em 2014, quando todos precisavam tanto dela, por que voltar agora, em uma situação desfavorável? Parece incoerente!…

Talvez o meu raciocínio extremamente pragmático não consiga ver o que há por trás de toda essa história. Talvez eu entenda menos de política que eu e algumas pessoas imaginamos. Ou talvez eu esteja certo e Roseana realmente não será candidata a governadora.

Caso realmente ela não venha a ser candidata, o pleito será gélido, a vitória do atual governador será certa, os correligionários dele valerão menos que seus opositores, exatamente como ocorria quando o grupo Sarney mandava no Maranhão.

Caso ela seja candidata o cenário ficará bastante movimentado. O seu grupo poderá garantir a eleição de um senador, suas bancadas estadual e federal se fortalecerão para a disputa e até os adversários de seus aliados, nos municípios, ficarão mais valorizados pelo atual governo, que como os governos de antes, relega os políticos a um terceiro plano.

Só Flavio Dino tem algo a perder se Roseana for candidata ao governo em 2018.

9 comentários »