Moto vacila no fim e perde em Belém

6comentários

Com falhas na defesa, Moto leva a virada e perde para o Remo, de 3 a 2, no Mangueirão

Mais uma vez, o Moto deixou escapar por conta de seus próprios erros um bom resultado em jogos fora de casa pelo Campeonato Brasileiro Série D.

O time rubro-negro começou perdendo para o Remo com gol de Edgar, no início do primeiro tempo, mas chegou ao empate com Rafamar e depois virou com Vitinho.

Quando tudo levava a crer que o Moto sairia na frente no primeiro tempo, o goleiro Márcio Arantes, mais uma vez rebateu uma bola para a frente da área e Flamel livre empatou o jogo 2 a 2.

No segundo tempo, o Remo buscou a virada, o Moto até teve chance de marcar, mas em novo vacilo, nos acréscimos Gabriel fez 3 a 2 para os paraenses.

Com o resultado, o Moto segue com 5 pontos e continua na incomoda sétima posição podendo terminar a rodada no Z2.

O próximo jogo do Moto será contra o Cuiabá, no próximo domingo (2), na Arena Pantanal, em Cuiabá.

Foto: Brenno Rayol/TV Liberal

6 comentários »

Prefeitura realiza Feirinha São Luís

3comentários

Terceira edição da Feirinha São Luís acontece neste domingo (25) na Praça Benedito Leite

A Prefeitura realiza neste domingo (25) a terceira edição da Feirinha São Luís, na Praça Benedito Leite. O projeto é realizado aos domingos de 7h às 15h e reúne produtos agroecológicos, exposição e comercialização de artesanato, artes plásticas e literárias, gastronomia e apresentações culturais locais. O projeto é idealizado pela Prefeitura de São Luís, por meio da Secretaria de Agricultura, Pesca e Abastecimento (Semapa), em parceria com o Banco do Nordeste e Governo do Estado.

Os principais objetivos são a divulgação e comercialização do que é produzido pela agricultura familiar de São Luís e a difusão da gastronomia da zona rural. Serão expostos e comercializados produtos tais como: frutas, verduras, doces, compotas e comidas produzidas na zona rural da capital.

As apresentações culturais começam cedo para animar o público. Às 8h terá roda de capoeira com o Centro de Capoeira Angola Matroá, seguida do tambor de crioula Arte Nossa; às 10h, a animação é por conta da banda do Bom Menino; na sequência, às 11h, o boi Brilhoso do Sol e Mar e logo após a quadrilha Mocinha do Sertão. Às 13h, fechando as atrações, cacuriá da Fé em Deus e depois Forró Pé Serra.com.

O novo ponto de encontro dominical, além de expor a diversidade cultural da Ilha, fomenta a economia criativa aos produtores da Grande Ilha de mais de 11 polos que oferecem seus produtos por preços justos. Serão 61 barracas, 25 para produtores rurais, 25 para artesanato e 11 para gastronomia.

São parceiros da Feirinha São Luís o Banco do Nordeste, Sebrae-MA, Senac, Academia Maranhense de Letras, Associação Comercial do Maranhão, Associação dos Moradores do Centro, Secretaria de Estado da Cultura e Turismo, Arquidiocese de São Luís, Sindicado dos Trabalhadores e Trabalhadoras Rurais de São Luís. Participam do projeto a Sub-Prefeitura do Centro-Histórico, Semmam, Secom, Iphan, Comitê Gestor de Limpeza Urbana, Setur, Semosp, SMTT, Secult, Semusc / Guarda Municipal, Semurh/Blitz Urbana.

Foto: Honório Moreira

3 comentários »

Cai o diretor de competições da Federação

6comentários

Presidente da FMF, Antônio Américo e o diretor de competições Antônio Henrique

Após várias lambanças e muitas polêmicas no Campeonato Maranhense 2017, o diretor de competições da Federação Maranhense de Futebol (FMF), Antônio Henrique de Moraes Rego deixou o cargo nesta sexta-feira (23).

A gota d’água foi a declaração precipitada na quinta-feira quando anunciou uma “irregularidade do Sampaio” que teria lançado o zagueiro Fredson com três cartões.

“O diretor do Cordino chegou à federação solicitando informações de um jogador em alguns jogos do Sampaio… A Federação consultou duas fontes, primeiro a súmula que diz que ele jogou irregular e consultou o site da própria federação. E ele estava realmente irregular. Ele pegou os três cartões amarelos e jogou esta quarta partida na sequência quando ele deveria ter cumprido (suspensão) uma partida, e não cumpriu. Então, em o Sampaio perdendo esses pontos, o Cordino se sagra campeão do campeonato”, disse o dirigente.

Mas não havia irregularidade alguma… E não restou outra saída ao dirigente senào ele deixar o cargo, embora aqui no Blog do Zeca Soares já havia sido divulgada a informação de que o cargo será ocupado pelo ex-presidente do Moto, Hans Nina.

O blog já conseguiu apurar que o nome de Hans Nina enfrenta forte resistência do presidente do Sampaio, Sérgio Frota.

Foto: Flora Dolores/ O Estado

6 comentários »

Carta aberta ao governador

0comentário

Deputada estadual, Andrea Murad (PMDB)

Por Andrea Murad

Não é com mentiras que sua responsabilidade pelo desastre em que se encontra o sistema de saúde que seu governo terá aprovação dos maranhenses. O modelo de OS e OSCIPS foi implantado no governo de Zé Reinaldo, utilizando a Lei Estadual nº 7.066/1998 e a Lei Federal nº 9.790/1999. Em 2007, no governo Jackson Lago, foi sancionada a Lei Estadual 297/2007. Essas leis são utilizadas para contratação das organizações até hoje.

O modelo de gestão através de uma empresa pública foi concebido pelo ex- secretário Ricardo Murad, sendo dele sugestão da emenda parlamentar à Lei nº 12.550, de 15 de dezembro de 2011, que criou a EBSERH – Empresa Brasileira de Administração Hospitalar, através da Medida Provisória nº 520, permitindo a criação de empresas com a mesma natureza nos Estados.

Daí nasceu a EMSERH – Empresa Maranhense de Serviços Hospitalares -, através da Lei Estadual 9.732, de 19 de dezembro de 2012. Esse modelo objetiva dar poder de escala, de uniformização de procedimentos, de otimização do quadro médico e dos profissionais de saúde, valorização dos funcionários, que terão o mesmo status dos da Caixa Econômica e Banco do Brasil, além de uma gestão integrada, única para toda a rede estadual.

Em 21 de fevereiro de 2013 foi aprovado o Estatuto Social, em 22 de março de 2013 foi designado o presidente, em 4 de abril de 2014 foi designada a diretoria executiva e em 15 de abril de 2014 foram designados os membros do Conselho de Administração da EMSERH para administrar toda a rede estadual a partir de 1º de janeiro de 2015, o que não aconteceu porque infelizmente o senhor ganhou a eleição.

É balela sua a afirmação de que o governo reduziu gastos na saúde. Existem, sim, reduções e estas sacrificaram mais 8 mil funcionários que estão sem receber seus direitos trabalhistas há anos. Pressionado pelo MPT, o senhor mandou contratar ilegalmente essas pessoas, porque a EMSERH não pode quarteirizar gestão. E o que é pior, reduzindo salários e sem pagar as férias, 13°, sem o recolhimento de FGTS, INSS. Da mesma forma cortou despesas reduzindo o número de médicos especialistas e serviços.

E o senhor não está revertendo terceirizações. Utiliza a empresa pública para quarteirizar os serviços nas unidades de saúde do Estado, pois a EMSERH está servindo apenas na sua gestão para subcontratar OSCIPS e OS, como acontece no contrato com a BIOSAÚDE, instituto que está fazendo a gestão de mão de obra de 32 unidades estaduais.

Portanto, até hoje o senhor utiliza o modelo de terceirização, adotando descaradamente a quarteirização através da Emserh. E admite toda a sua incompetência e de sua equipe. Comprova que a Secretaria da Transparência foi criada apenas para perseguir seus adversários e que a SES não tem controle algum sobre a gestão das unidades que, inclusive, tem em cada uma, diretoria executiva para geri-las juntamente com as terceirizadas. Na gestão passada esse controle existiu, foi efetivo e não houve desvios de recursos públicos da saúde. Até agora sua gestão não sofreu investigação em profundidade. Então, não se vanglorie antes do tempo. Aliás, o senhor está na propina da Odebrecht, lembre-se disso.

A gestão passada planejou uma EMSERH eficiente e não uma EMSERH de hoje com contratos por dispensa de licitação, comprovadamente com valores superfaturados de medicamentos, processos seletivos direcionados destacando ainda que hoje milhares e participantes de seletivos encontram-se há quase dois anos aguardando serem convocados.

Por isso o senhor precisa ter vergonha e parar de mentir para enfrentar as denúncias não só na Saúde, mas também na SEAP e tantas outras que transformaram sua administração numa podridão que envergonha seus eleitores enganados pelas suas promessas e hoje todos os maranhenses estão sedentos para que o seu mandato termine logo.

*Andrea Murad é deputada estadual do Maranhão.

sem comentário »

Penha prestigia arraial da Terceira Idade

0comentário

Vereador Raimundo Penha participa do Arraial da Terceira Idade, no bairro Bequimão

O vereador Raimundo Penha (PDT) articulou junto a Prefeitura de São Luis o apoio para realização do I Arraial da Terceira Idade. O evento aconteceu na sede da Associação dos Moradores do Bequimão (Ambe), nos dias 22 e 23,  e reuniu centenas de idosos.

Muita alegria, comidas típicas, apresentações culturais e música com a cantora Denny Cardoso, animaram o público presente.

O bumba meu boi Novilho de Luz, formado por alunos da Universidade Integrada da Terceira Idade (UNITI) – Projeto ligado à Universidade Federal do Maranhão (UFMA) foi destaque no primeiro dia de festa.

“Fico feliz em ser útil as pessoas que já estão na terceira idade. Desde minha passagem pela Semdel em 2013 que criamos um vinculo muito forte e não poderia ser diferente durante nosso mandato. Buscaremos garantir os diteitos de nossos idosos, e a cultura, o esporte e a saúde são alguns exemplos” Relatou Raimundo Penha

Participaram do evento idosos de diversos grupos de São Luís, tanto de grupos articulados pela sociedade civil organizada, quanto grupos que pertencem a projetos executados pela Prefeitura, como a exemplo do Projeto São Luís Saudável.

Várias atrações se tevezaram no palco durante os dois dias de eventos:Espetáculo Baião de Seis, formado por estudantes do CE. Maria Aragão, Cacuriá da Rogéria, Quadrilha Asa Branca, Boi de Nina Rodrigues, Dança do Caroço, Cacuriá da Vila Gorete, dentre outros.

Foto: Divulgação

sem comentário »

Prefeitura define reforma de mercados

2comentários

A Prefeitura de São Luís apresentou à 1ª Vara da Fazenda Pública relatório sobre a situação das feiras e mercados que deverão ser reformados por determinação da juíza Luzia Madeiro Neponucena, na ação civil pública proposta pelo Ministério Público Estadual. Consta no documento também o cronograma de reforma, ampliação e adequação, com obras previstas para serem realizadas deste ano até 2028. A magistrada encaminhou os autos à promotora de justiça Márcia Lima Buhatem, autora da ação.

A determinação para reforma, ampliação e adequação das feiras e mercados de responsabilidade do Executivo Municipal, ocorreu em sentença de maio de 2012, mas o Município de São Luís recorreu da decisão que foi mantida por unanimidade pela Segunda Câmara Cível do Tribunal de Justiça do Maranhão, com baixa dos autos ao juízo da 1ª Vara da Fazenda no final de maio de 2015. Somente em maio de 2017, após várias determinações da magistrada para a Prefeitura cumprir a decisão, a gestão municipal apresentou o relatório situacional das feiras e o cronograma de reforma. A juíza Luzia Madeiro Neponucena disse que somente após o parecer da promotora de Justiça decidirá sobre que providências serão tomadas no processo.

De acordo com a decisão judicial, a Prefeitura deverá reformar 27 feiras e mercados de responsabilidade do município. Consta na ação civil pública que foram firmados Termos de Comparecimento e Compromisso para saneamento das irregularidades, mas todos foram descumpridos pela gestão municipal.

No relatório apresentado pela Secretaria Municipal de Agricultura, Pesca e Abastecimento (SEMAPA), a Prefeitura informa que já foram reformados os mercados do Cruzeiro do Anil, Liberdade, Anil, Vila Paleira e concluída a primeira fase das obras na feira da Cohab. De acordo com o cronograma entregue à 1ª Vara da Fazenda, os serviços de reforma, ampliação e adequação das feiras do Anjo da Guarda, João Paulo, Vicente Fialho, Coroado, Bairro de Fátima, São Francisco e Cohab (2ª fase) estão programados para ocorrer do ano de 2017 até 2020. Já os mercados da Vila Bacanga, Cohatrac, Vila Isabel, Macaúba, Tirirical, Ipem/São Cristóvão, Olho d´Água e Angelim estão com obras previstas para o período de 2021 a 2024; e os mercados do Anjo da Guarda, Vila Embratel, Santa Cruz, Santo Antônio, Monte Castelo, Forquilha, Bom Jesus e Feira da Praia Grande, de 2025 a 2028.

Mercado Central – o melhoramento das condições do mercado, segundo o município, está previsto no PAC Cidade Históricas e o processo licitatório para as obras deve ocorrer no segundo semestre deste ano. Como a Superintendência Regional do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN) é a responsável pelo PAC também ficará com a reforma do mercado, cabendo à Prefeitura de São Luís, por meio da SEMAPA, a remoção e relocação dos feirantes para que sejam realizadas as obras.

Situação das feiras – constam no relatório fotos e dados sobre a situação de cada mercado e feira, de forma individualizada. Foram indicados problemas nas instalações elétricas e hidráulicas, abastecimento de água e sistema de esgoto precários, paredes com rachaduras, problemas no telhado e no piso, bancas e boxes sem padronização e colocados de forma desordenada, bancas ocupando calçadas e até ruas, banheiros inadequados e sem acesso para portadores de deficiência, alimentos perecíveis como carnes sendo comercializados sem as mínimas condições de higiene, entre outras situações. No documento, a SEMAPA informa quais as obras e serviços a serem serão realizados nesses locais.

Foto: Divulgação

2 comentários »

Moto tenta vitória contra o Remo

0comentário

Moto enfrenta o Remo, no Mangueirão, em Belém em busca da primeira vitória fora de casa

O Moto enfrenta o Clube do Remo, neste sábado (24), às 18h, no Estádio Mangueirão, pelo Campeonato Brasileiro Série C.

O time rubro-negro vem de dois empates consecutivos dentro de casa e vai tentar a primeira vitória fora de casa na competição.

Até aqui, em três jogos realizados fora, o Moto foi derrotado pelo Salgueiro e CSA-AL.

O time que enfrenta o Remo será o mesmo utilizado contra o ASA, com o retorno de Michel e Lorran. Leston Júnior definiu a equipe com Márcio Arantes, Bebeto, Lula, Michel e Lorran. Diogo Oliveira, Felipe Dias, Raí e Válber. Vitinho e Rafamar.

No Clube do Remo, o técnico Oliveira Canindé deve confirmar o ataque com Pimentinha e Edgar.

Foto: Ailton Cruz/Gazeta de Alagoas

sem comentário »