Sampaio tenta tirar jogo decisivo de Pinheiro

21comentários

O Sampaio atua fortemente nos bastidores para tirar a sua partida contra o Pinheiro, do Estádio Costa Rodrigues, pela última rodada da primeira fase do Campeonato Maranhense e alega para isso a má condição do campo de jogo.

Hoje cedo, o presidente Sérgio Frota me encaminhou uma foto (tirada após o jogo de domingo entre Pinheiro e Santa Quitéria) com o questionamento: “Bom dia Zeca, esse gramado oferece condições de jogo? Respondi a mensagem e havia decidido nem falar sobre o assunto, pois considerava a hipótese absurda até porque outras equipes jogaram lá.

Frota disse que achava que a imprensa estivesse preocupada com as condições dos gramados, estádios e integridade dos jogadores. Bem, a imprensa está preocupada sim, mas acima de tudo está preocupada com a igualdade na disputa e ao que me parece, a menor possibilidade de tirar o jogo de Pinheiro só vai beneficiar o Sampaio, ou estou errado?

Agora à tarde, o diretor técnico da FMF, Hans Nina me confirmou em mensagem que o jogo até este momento está mantido para Pinheiro, mas que a FMF mandará uma equipe para verificar as condições.

Hans reforçou que as condições do gramado não são boas, mas que estão trabalhando em Pinheiro para melhorar o gramado. O que vocês podem constatar na foto de agora à tarde publicada abaixo.

E a ida de uma equipe da FMF a Pinheiro para verificar tal situação, ao meu ver abre brecha para uma mudança de local.

Esperamos realmente que a Federação e os dirigentes do PAC trabalhem para melhorar as condições do gramado. Não vejo como normal nenhuma possibilidade de levar a partida para outra cidade, mesmo que o PAC aceite.

Se isso for feito vai beneficiar diretamente o Sampaio como já aconteceu em 2017, quando a final do Campeonato Maranhense foi tirada na marra de Barra do Corda.

Entendo a preocupação do presidente do Sampaio, mas vejo que ela vai além da condição do campo. Pela campanha pífia que o time faz na temporada, a situação do gramado pode sim ser mais um adversário na luta desesperada para confirmar uma classificação para as semifinais do Campeonato Maranhense, mas o medo de enfrentar o Pinheiro na Baixada é evidente.

Não espero da FMF nenhuma atitude que possa beneficiar o Sampaio, mediante a outras equipes que foram jogar em Pinheiro.

Se o gramado não tem condições que a FMF adie a última rodada e aguarde que o Costa Rodrigues possa de fato receber o jogo entre Pinheiro e Sampaio.

Que as outras equipes se manifestem e não aceitem qualquer mudança agora. O momento do nosso futebol não pede nada disso.

O que eu espero é que a FMF preserve a igualdade na disputa.

21 comentários »

Aclem repudia autoritarismo de dirigente da FMF

3comentários

O presidente da Associação dos Cronistas e Locutores Esportivos do Maranhão (Aclem), Tércio Dominici divulgou, nesta quarta-feira (28), nota de repúdio contra a Federação Maranhense de Futebol por conta do episódio lamentável protagonizado esta semana pelo vice-presidente de Competições da FMF, Hans Nina.

Na última segunda-feira (26), o dirigente impediu o acesso da repórter Ana Theresa, da TV Guará, à sede da Federação Maranhense de Futebol.

A atitude de Hans foi motivada por conta de desavenças com o vice-presidente do Moto e diretor da TV Guará, Natanael Júnior.

Segundo a Aclem, a atitude grosseira do dirigente caracterizou revanchismo e autoritarismo.

Leia a nota na íntegra:

3 comentários »

Repórter barrada na FMF agradece solidariedade

2comentários

A repórter Ana Thereza, da TV Guará que foi barrada na sede da Federação Maranhense de Futebol (FMF) pelo vice-presidente de Competições, Hans Nina, agradeceu a solidariedade dos colegas de imprensa, após o triste episódio registrado na última segunda-feira (26). Ela encaminhou um agradecimento ao Blog do Zeca Soares.

O agradecimento nem era necessário, mas acredito que sirva para amenizar a falta de fairplay e a grosseria cometida contra uma profissional que apenas estava cumprindo com as suas obrigações profissionais.

“Olá amigo Zeca Soares! Muito obrigada pelo apoio e solidariedade! Obrigada pelas suas palavras.Também agradeço as inúmeras manifestações de solidariedade que recebi, devido ao lamentável episódio ocorrido na tarde de segunda–feira (26), na sede da Federação Maranhense de Futebol”, disse.

Ana Thereza disse que teve o seu direito de trabalhar cearceado pela decisão do dirigente da FMF.

“Nossa classe batalha tanto por uma matéria-prima que é de fundamental importância para a sociedade, que é a informação.Foi justamente a busca pela informação que me colocou no centro de todo esse acontecimento embaraçoso. Estava apenas tentando fazer o meu trabalho, como faço todos os dias, ouvir o outro lado. Tive o meu direito cerceado por uma entidade que deveria primar pelo diálogo”, destacou.

A jornalista também agradeceu à repórter Mieko Wada, da TV Mirante. Disse que continuará o seu trabalho e estará na torcida do futebol maranhense.

“Quero agradecer também a repórter Mieko que se solidarizou comigo e ficou ao meu lado. Lamentável o que aconteceu! Mais uma vez obrigada pelo apoio e carinho de todos! Vou continuar meu trabalho! Sempre na torcida pelo futebol maranhense”, finalizou.

Foto: Reprodução

2 comentários »

Sindicato repudia atitude de dirigente da FMF

15comentários

O presidente do Sindicato dos Jornalistas de São Luís, Douglas Cunha divulgou nota nesta terça-feira (27) repudiando a atitude do vice-presidente de Competições da Federação Maranhense de Futebol (FMF) que barrou a entrada da reportagem da TV Guará na sede da entidade, ontem (26).

O Sindicato classificou a medida de “extremada indelicadeza e antidemocrática” e que, do alto de sua prepotência, o dirigente da FMF cerceou o trabalho da imprensa.

“Consideramos um atentado absurdo ao sagrado direito da população à informação”, diz a nota.

Leia a nota

“Repudiamos veementemente a atitude do senhor Hans Nina, vice-presidente de Competições da Federação Maranhense de Futebol, pelo seu ato indelicado e antidemocrático ao determinar que a jornalista Ana Thereza, repórter da TV Guará, não tivesse acesso à sala onde se realizaria uma entrevista coletiva.

A profissional ao chegar foi barrada por um segurança que transmitiu-lhe que somente os jornalistas de outros órgãos da imprensa estavam autorizados a participar da entrevista e que aquela profissional não tinha permissão para fazer a cobertura.

Repudiamos a atitude do senhor Hans Nina, considerada de extremada indelicadeza e antidemocrática ao, do alto de sua prepotência, cercear o trabalho de uma profissional de imprensa, o que consideramos um atentado absurdo ao sagrado direito da população à informação”.

A Associação de Cronistas e Locutores do Maranhão (ACLEM) ainda não se manifestou.

Foto: Reprodução/ Youtube

15 comentários »

Intolerância e autoritarismo na FMF

8comentários

Lamentável a cena registrada ontem, à tarde na sede da Federação Maranhense de Futebol (FMF).

Infelizmente o autoritarismo e a falta de diálogo estão cada vez mais presentes na “Casa” do futebol e chama mais atenção que os jogadores e os clubes que são as verdadeiras vitrines.

Todo mundo sabe no que existe uma desavença pessoal entre o vice-presidente do Moto, Natanael Júnior (que trabalha na TV Guará) e o vice-presidente de Competições da FMF, Hans Nina (ex-presidente do Moto), mas ninguém imaginava que a coisa pudesse ser tão baixa, tão mesquinha.

“Eu cheguei e falei pra ele lá. Ele só liberou a Mirante e a Difusora”, diz o funcionário da FMF visivelmente constrangido. 

Antes, o dirigente já havia informado que não recberia também a TV Mirante e que só gravaria para a TV Difusora, mas acabou mudando de opinião.

Hans Nina que já havia atacado a imprensa nas redes sociais, agiu como se fosse o dono da FMF e barrou a entrada da repórter da TV Guará na sede da FMF para uma coletiva no momento em que um grupo de torcedores protestava na parte externa por conta das datas e horários da decisão do Campeonato Maranhense.

Todos nós acompanhamos a briga existente entre o ex-presidente da FMF, Alberto Ferreira e o falecido comentarista Herbert Fontenele. E apesar das divergências nunca houve um episódio tão intolerante como esse que presenciamos.

O que a repórter da TV Guará tem a ver com a questão pessoal entre os dois que começou lá no Moto e agora ganhou grandes proporções pois os dois são dirgentes de futebol? Que humilhação viveu a profissional que nada tem a ver com essa briga dos dirigentes.

Quero aqui cobrar o posicionamento do Sindicato dos Jornalistas do Maranhão e da Associação dos Cronistas e Locutores Esportivos do Maranhão (Aclem). Vocês vão ficar calados?

Ontem outro dirigente da FMF acusou o repórter Marcial Lima de “incitar o crime” e de classificar as torcidas organizadas do Moto são conhecidas são conhecidas por sua “violência desmedida e destemida”.

Mas onde está o presidente da FMF que assiste a tudo isso e não diz nada???

Um verdadeiro absurdo…

8 comentários »

Jogo aberto

4comentários

O técnico Francisco Diá deverá repetir a mesma formação do Sampaio que venceu o Ríver por 1 a 0, em Teresina, no primeiro amistoso da temporada.

Tidos como títulares, o lateral Kaíque e o zagueiro Joécio seguem se recuperando de contusào e sào dúvida até para a estreia na Copa do Nordeste, dia 18 de janeiro, contra o CSA, em Maceió.

Para o amistoso de quinta-feira (11), às 20h15, no Estádio Castelão, em São Luís, o técnico Diá deve repetir a equipe com Andrey; Junio Rocha, Maracás, Fredson e James; César Sampaio, Yuri, Fernando Sobral e Marlon; Uillian e Wellington Rato, mas não está descartada mudanças no ataque.

Copa do Nordeste

O Cordino ganha o reforço dos titulares que ficaram fora da primeira partida contra o Treze-PB, pela pré-Copa do Nordeste por conta da regularização junto à CBF.

O zagueiro Emerson, o lateral-direito Michel e o meia Allisson já tiveram os seus nomes incluídos no BID e serão utilizado pelo técnico Leandro Lago que aguarda apenas a confirmação do lateral esquerdo Renan para definir a equipe.

Com o empate por 1 a 1, em Imperatriz, o Cordino precisa vencer o Treze para chegar à fase de grupos da Copa do Nordeste. Outro empate por 1 a 1 leva a decisào da vaga para os pênaltis. A partida será nesta quinta-feira (11), às 20h, horário local.

Amistoso

Expectativa para o amistoso entre Moto e Maranhão marcado para este sábado (13), às 15h30, no Estádio Nhozinho Santos. O Moto venceu o Santa Quitéria por 3 a 0, no último domingo em amistoso no seu CT.

Será o primeiro grande teste para o time do MAC com as estrelas “Válber, Fabinho, Felipe Costa, Eloir e companhia” que até aqui realizou somente jogos-treino contra equipes amadoras.

Nhozinho

Sai ou não sai a reforma do Nhozinho Santos? Pelo menos para o Campeonato Maranhense está descartada a modernização do Estádio Nhozinho Santos. Ë que até agora a obra não começou embora a licitação já tenha ocorrido.

Pelo andar da carruagem, nem mesmo para a Copa do Nordeste deve ficar pronto e nem para o Campeonato Brasileiro. Se não começar logo só mesmo em 2019.

Parceria

O secretário de Desporto e Lazer, Hewerton Pereira adiantou ao Blog do Zeca Soares que garantirá ao município uma nova iluminação para o Estádio Nhozinho Santos.

O projeto de requalificação do Nhozinho não contempla uma nova iluminação, mas o Governo do Maranhão garantirá a iluminação por meio da Lei de Incentivo ao Esporte. Mas quando vai ser isso?

Média

Recebi uma postagem no Tweeter do diretor técnico da FMF, Hans Nina elogiando o prefeito de Barra do Corda, Erick Costa por “apoiar” o futebol. A postagem foi feita após o empate do Cordino por 1 a 1, com o Treze, na partida disputada em Imperatriz.

Imaginem vocês, o Cordino joga fora de casa porque o muro do Leandrão caiu e o prefeito não conseguiu erguer apenas 20 metros de muro e ainda aparece um dirigente para fazer média. Menos, Hans!!!

Copinha

Após duas goleadas, o Moto se despediu da Copa São Paulo de Jr. com uma vitória ao bater o Luverdense-MT por 3 a 0, na última rodada.

A campanha não foi boa, mas pior do que ela foi ver o time do Moto jogar ora com uniforme da Superbolla e da Embratex. Pega muito mal para um time profissional misturar as coisas e ficou feio demais.

O Pinheiro que também já está eliminado se despede amanhã contra o Corumbaense.

4 comentários »

As briguinhas que atrapalham o Moto

33comentários

O Moto segue mergulhado numa crise administrativa que parece não ter fim.

O episódio recente em que o clube foi parar na imprensa nacional por conta da “mal elaborada” tabela do Campeonato Maranhense trouxe à tona o que todo mundo já sabe desde o ano passado. Infelizmente o que fez a FMF ao denunciar o clube foi jogar mais lama no nosso futebol.

Nos bastidores, o atual presidente Célio Sérgio e o ex Hans Nina fomentam uma “guerra fria” que é prejudicial apenas ao clube.

Após deixar o Moto por não ter sido eleito vereador, Hans ignorou o Moto no ano passado. Virou as costas ao clube no momento em que ele mais precisava.

Inexperiente, quando Hans chegou ao Moto teve a ajuda de todos os motenses, inclusive de Célio Sérgio e conseguiu levar o clube ao acesso à Série C.

A sua saída abriu uma grande interrogação no clube.  Apareceu Célio Sérgio com vontade de não deixar o clube parar.

Mesmo com poucos recursos, Célio fez tudo errado. As contratações feitas pelo diretor de futebol Dadá não deram certo e o Moto foi uma sucessão de erro em 2017. Mas errar faz parte do futebol.

Veio o rebaixamento à Série C e o presidente Célio Sérgio parece não ter aprendido absolutamente nada. Nada mesmo. E se for para continuar assim, a saída é o melhor caminho.

O episódio da tabela do Campeonato Maranhense que prejudica o Moto é apenas mais um problema para o clube, mas não é o maior.

A vaidade “burra” em meio aos motenses é que está acabando com o clube. Se o Moto não consegue unir as suas forças para trabalhar e ajudar Célio Sérgio como é que o clube pode ter sucesso?

O exemplo que cito da “guerra fria” entre Hans e Célio é apenas um, mas existem muitos outros motenses cansados das “trapalhadas”da atual gestão. Mas infelizmente, estes não tem coragem de dar a cara a tapa e vir para a linha de frente assumir o clube e mostram que sabem falar, mas não querem fazer. Assim é fácil, não?

Sobre Hans e Célio, eles não precisam falar nada. Todos os motenses já sabem… Eles precisam é relevar o passado recente e voltar a colocar o Moto em primeiro lugar.

Ao amigo Célio Sérgio segue um conselho: chega de erros. Não cabem mais erros no Moto em sua gestão. E busque apoio, pois sozinho você já mostrou que é incapaz de tocar o Moto com sucesso.

Somente com muito trabalho, silêncio, pés-no chão e unidade é que o Moto poderá ter tranquilidade novamente.

Que todos aqueles que querem o melhor do Moto selem a paz e trabalhem verdadeiramente pelo clube, pois time de futebol sem um trabalho coletivo dentro e fora de campo não chega a lugar nenhum.

Foto: Imirante

33 comentários »

FMF sugere campeonato curtinho em 2018

10comentários

Os clubes e a Federação Maranhense de Futebol (FMF) discutiram ontem a fórmula de disputa do Campeonato Maranhense. Se vingar a fórmula proposta, o estadual 2018 terá característica de um torneio com apenas 11 datas.

A FMF alega que a Copa do Mundo, a Copa do Nordeste e até “fatores climáticos” vão diminuir ainda mais o calendário para o futebol maranhense na próxima temporada e que a cada ano parece mesmo caminhar para o fim.

Mas ontem mesmo a CBF decidiu que a Copa do Mundo não influenciará nas Séries B, C e D que não serão paralisadas. A menos que aqui queiram parar para assistir a Copa do Mundo pela TV.

Pela fórmula discutida, as oito equipes disputarão um “torneio” com apenas 7 jogos na primeira fase, apenas no sistema de ida. As quatro primeiras disputam semifinal e final. É só isso. Os clubes se quizerem que invistam para jogar só sete partidinhas.

O diretor de competições, Hans Nina disse que a FMF marcará os jogos aos sábados, segundas, quintas e até domingos pela manhã para fugir da concorrência com a TV.

A FMF também sugeriu uma outra competição no segundo semestre valendo apenas vaga para a Série D.

10 comentários »

Han Nina assume cargo na FMF

10comentários

Hans Nina, Antônio Américo e Antonio Henrique no anúncio do novo diretor de competições

O ex-presidente do Moto, Hans Nina foi assumiu nesta segunda-feira (26), o cargo de diretor de competições da Federação Maranhense de Futebol (FMF). Ele assumiu o lugar de Antonio Henrique de Moraes Rego que deixou o cargo na semana passada.

A ida de Hans Nina para o departamento de competições já estava acertada para acontecer após o término do Campeonato Maranhense como divulgado no Blog do Zeca Soares, mas em virtude do episódio precipitado da semana passada quando o Cordino alegou irregularidade no Sampaio e a FMF, por meio do seu diretor de competições chegou a confirmar a “irreguralidade”.

Mas não havia irregularidade alguma e o fato acelerou a saída do dirigente.

O presidente do Sampaio, Sérgio Frota disse por telefone não achar oportuna a escolha de um ex-presidente do Moto para o cargo e negou qualquer tipo de resistência quanto ao nome escolhido pelo presidente da FMF.

Foto: Raphael Araújo

10 comentários »

Cai o diretor de competições da Federação

6comentários

Presidente da FMF, Antônio Américo e o diretor de competições Antônio Henrique

Após várias lambanças e muitas polêmicas no Campeonato Maranhense 2017, o diretor de competições da Federação Maranhense de Futebol (FMF), Antônio Henrique de Moraes Rego deixou o cargo nesta sexta-feira (23).

A gota d’água foi a declaração precipitada na quinta-feira quando anunciou uma “irregularidade do Sampaio” que teria lançado o zagueiro Fredson com três cartões.

“O diretor do Cordino chegou à federação solicitando informações de um jogador em alguns jogos do Sampaio… A Federação consultou duas fontes, primeiro a súmula que diz que ele jogou irregular e consultou o site da própria federação. E ele estava realmente irregular. Ele pegou os três cartões amarelos e jogou esta quarta partida na sequência quando ele deveria ter cumprido (suspensão) uma partida, e não cumpriu. Então, em o Sampaio perdendo esses pontos, o Cordino se sagra campeão do campeonato”, disse o dirigente.

Mas não havia irregularidade alguma… E não restou outra saída ao dirigente senào ele deixar o cargo, embora aqui no Blog do Zeca Soares já havia sido divulgada a informação de que o cargo será ocupado pelo ex-presidente do Moto, Hans Nina.

O blog já conseguiu apurar que o nome de Hans Nina enfrenta forte resistência do presidente do Sampaio, Sérgio Frota.

Foto: Flora Dolores/ O Estado

6 comentários »