Gastão revela decepção com ‘esquecimento’ em Rosário

0comentário

O deputado federal Gastão Vieira (Pros-MA) se mostrou decepcionado após não ter sido sequer convidado para a inauguração da obra de requalificação do Complexo Ferroviário de Rosário, na ultima sexta-feira (20), com a presença do atual ministro do Turismo, Marcelo Álvaro Antônio.

Os recursos para a realização da obra fruto da parceria entre o Iphan e a Prefeitura de Rosário foram garantidos pelo então ministro do Turismo, Gastão Vieira, ainda no governo de Dilma Rousseff.

“A inauguração do Complexo Ferroviário de Rosário, marcada para esta sexta-feira, me faz olhar pra trás e ter a certeza de que fizemos a nossa parte. É uma obra que vai mexer com a economia, criar oportunidades de emprego, renovar o orgulho do povo de Rosário! Parabéns!”, disse.

Gastão disse que houve protestos por conta da sua ausência.

“Nada a ver com a população…ontem em Rosario foram muitos os protestos da população., pela minha ausência”, afirmou.

Gastão fez uma reflexão e lembrou que muitas prefeituras do Maranhão estão entre as que mais atrasam obras no país.

“As prefeituras do Maranhão se destacam entre aquelas que demoram mais para concluir uma obra, que levam mais tempo para prestar contas, com um grande numero de obras paralisadas e abandonadas. Em média uma escola leva três anos para ser concluída, uma creche cinco”, afirmou.

E finalizou se dizendo vítima do “esquecimento”de muitos prefeitos.

“Essa demora faz com que população esqueça quem foi o verdadeiro benfeitor, prefeitos que não trabalham se apropriarem de obras para as quais não contribuíram com nada. Como sou o deputado com mais obras espalhadas pelo Maranhão, sou a vítima preferencial desse procedimento”, finalizou.

Uma coisa é certa. Os atuais políticos podem “esquecer” e “ignorar” a luta e a importância que Gastão Vieira deu a essa obra, mas temos a certeza de que a população sabe muito bem quem fez com que ela acontecesse de fato.

Foto: Divulgação

sem comentário »

Contribuintes ainda podem aderir ao Refaz 2019

0comentário

Dia 30 de dezembro é o prozo máximo pra que os contribuintes com débitos com o fisco municipal façam sua adesão ao Programa de Recuperação de Créditos da Fazenda Municipal de São Luís (Refaz 2019), lançado pela Prefeitura de São Luís. Contribuintes em débito terão 100% de desconto nos juros e multas sobre impostos como IPTU, ISS, Alvará, dentre outros com pagamentos em atraso.

Para este ano, a Secretaria Municipal da Fazenda (Semfaz), em parceria com a Procuradoria-Geral do Município (PGM), lançou uma novidade para os contribuintes. O cidadão com débitos referentes a IPTU, poderão emitir a guia para pagamento do Refaz por meio digital, no endereço eletrônico www.semfaz.saoluis.ma.gov.br e efetuar o pagamento conforme identificado no boleto emitido.

De acordo com o secretário municipal da Fazenda, Delcio Rodrigues, a disponibilização de dados referentes ao IPTU na internet tem como objetivo facilitar o acesso do cidadão ao seu débito, tornar o processo de adesão ao programa muito mais célere e diminuir as filas na Central de Atendimento ao Contribuinte da Semfaz.

“Nosso objetivo é modernizar ao máximo o Sistema Tributário Municipal para que o contribuinte tenha acesso a todos os nossos serviços pela internet, tornando-o mais célere e seguro. Este ano, demos ao contribuinte com débitos referentes ao IPTU a possibilidade de emitir o boleto com desconto. A equipe da informática esteve empenhada em deixar o sistema 100% para que os contribuintes não tivessem dificuldades para aderir ao Refaz”, explicou o titular da Semfaz.

Com a possibilidade de aderir ao Refaz, via internet, os contribuintes com débitos de IPTU, dos anos a partir de 2018, poderão emitir o boleto pelo celular, notebook, computador e/ou tablet e efetuar o pagamento conforme identificado na guia. Esse foi o caso da empresária Lourdes de Jesus, que ao saber sobre a possibilidade de emitir o boleto para pagamento do seu IPTU em atraso, emitiu a guia e pagou pelo App do banco.

“Gostei muito de poder emitir a guia do Refaz pelo site. Evita que peguemos filas e faz tudo ser muito mais rápido. Espero que, para os próximos anos, as guias de todos os impostos possam ser emitidas pela internet. Mas de imediato, já está sendo muito bom”, afirmou a contribuinte.

Adesão

Os contribuintes terão até o dia 30 de dezembro para aderir ao Refaz. São ofertados descontos de 100% nos juros e multas dos débitos com o fisco municipal. A adesão pode ser feita presencialmente, ou pela internet – para os contribuintes com dívidas referentes a IPTU.

Para aderir ao Refaz presencialmente, o contribuinte deverá buscar a Central de Atendimento ao Contribuinte, que fica localizada, no prédio sede da Semfaz – Avenida Kennedy, n° 1455, Bairro de Fátima e deve ter em mãos a inscrição municipal, e/ou o CPF do titular do imóvel, e/ou o CNPJ – pessoa jurídica.

Para a adesão ao programa, via internet, o contribuinte deverá acessar ao portal da Semfaz, clicar no link ‘Refaz’, no item ‘Adesão’ e incluir as informações solicitadas que podem ser a inscrição municipal, e/ou o CPF do titular do imóvel, e/ou o CNPJ – pessoa jurídica. O contribuinte deve estar atento que a adesão via internet é somente para débitos de IPTU. Mais informações sobre o Refaz, estão disponíveis no portal da Semfaz.

Foto: Divulgação

sem comentário »

Louvemos a Mãe de Deus

0comentário

Por José Sarney

“Numa mulher não se bate nem com uma flor” — esse era o mantra da minha geração. A mulher era o objeto maior da criação. Ninguém tem vida senão através de uma mulher, a criatura mais adorável do mundo, nossa mãe.

O Novo Testamento tem uma protagonista, ao lado de Jesus Cristo, que é Maria. Nossa Senhora é a personagem essencial no nascimento e na morte de seu Filho. Ao receber o anúncio do Anjo Gabriel, Maria responde com o mais belo dos hinos:

“A minha alma exalta o Senhor e o meu espírito se alegra em Deus meu Salvador! Pois Ele contemplou sua serva humilde. Pois desde agora e para sempre me considerarão bem-aventurada.” (Lc 1,47-48)

A imagem mais desoladora que já houve é a da Mãe com Deus exangue em seus braços. Assim, resolvi que a minha mensagem de Natal fosse uma exaltação Mariana. Não podemos entender que o homem se volte, numa sequência iníqua, a cometer, de uma maneira brutal e permanente, violência contra as mulheres. Que o Natal, cuja figura principal é o Menino Jesus nascido de Maria, ícone da família, não permita que aquela que ele criou para ser a companheira do homem, para que ele não vivesse a solidão do mundo, se transforme em sua vítima, ensanguentada e morta pela maldade do homem.

Nada mais revoltante e ao mesmo tempo humilhante para os homens que a enxurrada de notícias sobre agressões às mulheres, vítimas do ciúme, da dependência familiar, do desajuste, do parceiro violento, do alcoolismo ou até mesmo de formas doentias de desejo sexual, como masoquismo e sadismo — o encontro de satisfação com a dor dos outros, perversão dos sentimentos cuja existência está documentada desde a antiguidade.

O Natal é a festa da família, da solidariedade, do amor, da exaltação da figura de Maria, escolhida por Deus para ser o instrumento de Sua presença na Terra, para que nós tenhamos a certeza de não estarmos sós, mas termos a presença de Jesus Cristo ao nosso lado, para ouvir nossas preces, consolar nossos momentos de angústia e dar-nos instantes de alegria.

O Natal nos traz um momento de felicidade, instante de todos os homens, os anjos cantando a mensagem de Deus: “Paz na terra aos homens de boa vontade.” (Lc 2,14)

Que neste Natal juntemos as nossas preces pedindo a Deus pelas mulheres vítimas de violência, para purificar o coração dos homens do pecado da violência e ver na figura do Deus Menino, do nosso Cristinho, um símbolo de que nas mulheres, nossas mães, mães de todos, Mãe de Deus, não se deve bater, como se dizia na minha infância, “nem com uma flor”.

Coluna do Sarney

sem comentário »

Infrações de trânsito caem mais da metade no MA

0comentário

As infrações de trânsito em 2019, no Maranhão, caíram para menos da metade comparado a 2018, de acordo com dados do Departamento de Trânsito do Maranhão (Detran-MA), apurados pelo Blog do Maurício Araya. Neste ano, até o fim de novembro, foram registradas 214,74 mil infrações, contra 518,06 mil registradas em todo o ano de 2018.

Em 2019, a infração mais cometida por condutores no Maranhão foi transitar em velocidade superior à máxima permitida em até 20% (79,38 mil infrações), seguida por não registrar veículo em 30 dias quando for transferida a propriedade (16,47 mil), transitar na faixa/pista da direita regulamentada para circulação exclusiva de determinados veículos (11,15 mil), transitar em velocidade superior à máxima permitida em mais de 20% e até 50% (9,84 mil) e estacionar em local/horário proibido especificamente pela sinalização (8,47 ).

Em 2018, a infração mais cometida havia sido, também, transitar em velocidade superior à máxima permitida em até 20% (256,75 mil), seguida de transitar em velocidade superior à máxima permitida em mais de 20% e até 50% (45,26 mil) e não registrar veículo em 30 dias quando for transferida a propriedade (19,77 mil).

Na capital maranhense, São Luís, foram registradas 137,23 mil infrações em 2019, menos da metade das registradas no ano anterior, 312,18 mil. Transitar em velocidade superior à máxima permitida em até 20% também é a infração mais cometida pelos condutores em São Luís: foram 77,98 mil registradas em 2019; seguida por transitar na faixa/pista da direita regulamentada à circulação exclusiva de determinados veículos (11,05 mil) e transitar em velocidade superior à máxima permitida em mais de 20% e até 50% (9,71 mil).

Foto: Divulgação

sem comentário »