Edivaldo avança na manutenção do Centro de SL

0comentário

A gestão do prefeito Edivaldo Holanda Jr segue desenvolvendo ações e serviços para manutenção e recuperação de pavimento, calçadas, praças, entre outros espaços do Centro Histórico de São Luís. Os serviços são coordenados pela Subprefeitura do Centro Histórico de São Luís e reforçam as demais ações já realizadas para a revitalização da área.

Nesta semana, as equipes estão trabalhando na reforma da escadaria João Henrique, localizada nas proximidades do Mercado Central; na recuperação do pavimento e das calçadas das ruas da Palma e Henrique Leal; na troca e pintura de bancos da Praça dos Catraeiros e na reconstrução de mureta na Avenida Beira-Mar, na rampa de acesso à Praça Pedro II, em espaço nas proximidades da Capitania dos Portos.

“O prefeito Edivaldo tem investido no Centro Histórico com ações que atraem o público para esta área. Os serviços de limpeza, recuperação de ruas, calçadas e pavimentos e a reforma de espaços públicos nesta área somam-se a esse esforço da gestão municipal de promover a revitalização da área central da cidade, que guarda parte importante da nossa história”, destaca o subprefeito de São Luís Jeferson Viegas, que acompanha de perto o andamento dos serviços.

Resultados

A Subprefeitura de São Luís, com a Secretaria de Obras e Serviços Públicos (Semosp), já recuperou todas as transversais da Rua Grande, que foi completamente reformada pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN), em parceria com a Prefeitura de São Luís. Ao todo, foram recuperadas 10 transversais e uma travessa, que tiveram as calçadas e o pavimento (com paralelepípedos) recuperados

Depois das transversais da Rua Grande, o trabalho se estendeu também para a Praia Grande já sendo recuperada a pavimentação de ruas como dos Mocambos, João Vital de Matos, de Nazaré, Portugal, da Misericórdia, Santa Rita, Afonso Pena, do Giz, os becos Catarina Mina, dos Catraeiros, entre outros locais. Na área da Praia Grande também já foi realizada a limpeza de 10 mil metros de calçadas com o sistema de hidrojateamento.

Fotos: Biné Morais

sem comentário »

Edivaldo destaca transformação do Centro de São Luís

0comentário

Quem mora, trabalha ou circula pelo Centro de São Luís diariamente percebe as transformações pelas quais a região está passando ao longo dos últimos anos. A gestão do prefeito Edivaldo Holanda Junior (PDT) tem garantindo o maior volume de investimentos em obras de recuperação e requalificação dos logradouros mais tradicionais da área. Nesta quinta-feira (9), o pedetista vistoriou mais uma obra: a reforma da Praça da Misericórdia.

A reforma da Praça da Misericórdia promoverá a organização do espaço, criando condições para que os moradores, turistas e demais frequentadores possam se apropriar novamente do espaço que estava sem condições de uso. O comércio informal do entorno também será disciplinado e o monumento histórico localizado na praça será totalmente restaurado.

Durante a vistoria Edivaldo destacou que o Centro de São Luís vive uma nova fase com a execução de obras históricas como as reformas do Complexo Deodoro e Rua Grande (obras feitas pelo Instituto de Patrimônio Histórico e Artístico Nacional/IPHAN em parceria com a Prefeitura) e a promoção de atividades de lazer e recreativas gratuitas.

A reforma da Praça da Misericórdia é só uma das obras que Edivaldo executa na região central da cidade. A Praça da Bíblia também está sendo totalmente requalificada e já está com as obras avançadas. O Parque do Bom Menino é outro espaço que integra a nova fase do cronograma de reurbanização do Centro de São Luís, que inclui ainda as reformas do Mercado das Tulhas e do Estádio Nhozinho Santos, dois equipamentos urbanos que recebem sua primeira reforma estrutural em décadas. A Praça da Saudade é outro logradouro com serviços já em andamento.

Edivaldo já confirmou para os primeiros meses deste ano o início das obras de requalificação do Largo do Carmo e Praça João Lisboa, além da recuperação total da Fonte do Bispo e Anel Viário.

Com todas estas obras, além dos investimentos em atividades artísticas, culturais e de incentivo ao turismo e fortalecimento da economia na região, Edivaldo tem mudado a forma como a população tem se relacionado com o centro da cidade, que deixou ser uma área degrada usada apenas como um local de passagem para voltar a ser ponto de lazer, entretenimento e visitação cultural.

Foto: A. Baeta

sem comentário »

Cortejo natalino movimenta Centro de São Luís

0comentário

No mês de dezembro, a Rua Grande ganha um atrativo especial às sextas-feiras: um animado cortejo natalino promovido pela gestão do prefeito Edivaldo Holanda Junior, por meio da Secretaria Municipal de Cultura (Secult). O maior centro do comércio popular da cidade recebe a cada semana um grupo local, que sobe do Largo do Carmo em direção ao Complexo Deodoro, levando personagens típicos da época e reavivando o espírito natalino em quem passa por ali. Na última sexta (20), o público conferiu o Reisado Folias de Natal, com o Bloco Os Foliões, e show de Natal ‘Ministério Vida em Comunhão’.

“O cortejo nos lembra as nossas tradições, de festejos de rua, da festa popular. É muito bonito ver o clima que ele traz, anima quem está passando, convida o público a se juntar. A Rua Grande está no seu horário de pico, lotada, ainda mais nesse fim de ano e não poderia ter um cenário melhor. A Prefeitura tem realizado toda semana um animado cortejo natalino pelo Centro, com início no Largo do Carmo, percorrendo o centro comercial da Rua Grande e terminando em grande festa na Praça Deodoro, onde tem outras programações culturais”, explicou o secretário municipal de cultura, Marlon Botão.

Mantendo a tradição de reis e pastores, o Reisado Folias de Natal levou às ruas toda a alegria das comemorações natalinas tradicionais, com a riqueza da arte popular maranhense. O desfile teve direito a personagens característicos das folias de reis e dos grupos de pastores, além de personagens mais contemporâneos, como o Papai Noel, que faz parte das comemorações universais nesse período. O espetáculo foi criado em janeiro de 1998, para a mostra Reisados e Outras Coisas, coordenada pelo Professor Euclides e pelo jornalista William Moraes Corrêa.

No mesmo ano, foi apresentado em festivas internacionais de folclore na França e na Bélgica, a convite do Conselho Internacional de Folclore (CIOFF). Em 2000, foi a vez do Festival Internacional de Praia Grande (SP) conhecer a beleza das Folias de Natal. O nome sugestivo ajudou a inspirar um musical homônimo da Xuxa, na Rede Globo, através de contatos e sondagens feitas pela produção do programa em São Luís.

O espetáculo narra a viagem dos Reis Magos e dos Pastores até Belém, onde nasceu o menino Jesus. Intercalando danças, músicas, encenações teatrais e versos de repentes, o elenco é formado por 60 pessoas e convida o público a fazer parte dessa animada viagem, onde os mais diversos personagens vão sendo encontrados e se integram ao festivo cortejo. Encenado pelo Bloco Os Foliões, o Reisado se mantem presente nas ruas, palcos e igrejas do Maranhão e de outros centros, desde a sua fundação. Eles louvam ao menino Jesus com muita alegria e irreverência, além de visitar casas e presépios.

Foto: A. Baeta

sem comentário »

Trânsito muda no Centro com as festas de fim de ano

0comentário

A Prefeitura de São Luís fará o disciplinamento e interdição do trânsito nas imediações das Praças Dom Pedro II e Benedito Leite, Centro, a partir deste sábado (30). As mudanças prosseguem até o dia 6 de janeiro de 2020. A medida se dar para que toda a população possa curtir a programação cultural, organizada pelo Governo do Estado e Prefeitura, bem como apreciar a decoração e iluminação feitas especialmente para às festa de fim de ano.

Sob a coordenação da Secretaria Municipal de Trânsito e Transportes (SMTT), o trânsito no trecho da Avenida Pedro II será alterado durante todo o período em que ocorrem as comemorações.  Todas as sextas, sábados e domingos, sempre a partir das 16h, agentes de trânsito, posicionados em pontos estratégicos irão reorganizar o tráfego de veículos no entorno do local onde estão situadas as sedes da Prefeitura e Governo do Estado.

As interdições ocorrerão na rampa de acesso ao Palácio dos Leões e na Rua Montanha Russa. Na Rua da Palma haverá interdição no ponto que dá acesso à Praça Benedito Leite e Rua do Egito. Desta forma, as áreas que contornam e as vias de acesso às duas praças, também ficarão interditadas para o tráfego de veículos motorizados, ficando recomendado o estacionamento na Rua do Egito, entorno da Praça João Lisboa, na área de estacionamento da Praia Grande e imediações da Casa do Maranhão.

Para garantir que as pessoas tenham condições de se locomover no trecho com toda a segurança, as praças serão totalmente isoladas ao tráfego de veículos durante as festividades natalinas aos fins de semana. Nos demais dias, o trânsito na área será normal.

Foto: A. Baeta

sem comentário »

Edivaldo vistoria obra do Galpão de Triagem

0comentário

O prefeito Edivaldo Holanda Junior tem cumprido uma extensa agenda de vistorias ás obras que estão sendo executadas pela Prefeitura de São Luís em vários pontos da cidade. Neste sábado (28) o prefeito vistoriou as obras de construção do Ecoponto e Galpão de Triagem de Materiais Recicláveis Centro. O galpão vai permitir o processamento de até dois mil quilos de materiais por dia, aumentando a taxa de reciclagem de São Luís e garantindo a destinação ambientalmente adequada dos resíduos sólidos produzidos na capital. Localizado no Anel Viário, o equipamento integra o eixo de fortalecimento das entidades de catadores de materiais recicláveis da macropolítica de gestão de resíduos sólidos implantada pelo prefeito Edivaldo. O espaço será cedido à Associação de Catadores de Material Reciclável de São Luís (Ascamar) com toda a estrutura e maquinário necessários para que a entidade possa aumentar sua produção e profissionalizar suas atividades.

Durante a vistoria, o prefeito Edivaldo, que estava acompanhado da primeira-dama, Camila Holanda, e de secretários municipais, informou que a entrega do galpão à cooperativa será mais uma etapa importante da gestão de resíduos sólidos em São Luís. “Desde o início da minha administração estamos profissionalizando a gestão de resíduos sólidos na capital, implantando todas as medidas previstas na Política Nacional de Resíduos Sólidos. Os galpões vão permitir que a cidade continue avançando nos índices de reciclagem, sustentabilidade, além de gerar emprego e dar condições de trabalho mais dignas aos catadores. Já temos 17 Ecopontos construídos, que garantem à população o descarte correto de tudo que pode ser reciclado. Até o fim da gestão serão 30 Ecopontos em pleno funcionamento. Agora, é a vez de fortalecer as cooperativas que recebem todo o material entregue nestes equipamentos”, disse o gestor municipal.

O Galpão de Triagem de Materiais Recicláveis Centro está com as obras avançadas. Já foram erguidas toda a estrutura metálica para a sustentação do equipamento. As paredes de alvenaria também já estão prontas. Na próxima semana, terá início a colocação do piso. Localizado no Anel Viário, anexo ao Ecoponto Centro cujas obras também estão em execução, o equipamento será cedido a Associação de Catadores de Material Reciclável de São Luís (Ascamar), que atualmente funciona de forma improvisada nos fundos do Ceprama.

Mini-indústria

O galpão conta com planta industrial e todas as instalações elétricas e hidráulicas serão embutidas, permitindo o fluxo seguro de pessoas, veículos e equipamentos no interior da unidade, evitando perdas no processo de triagem e riscos aos catadores que trabalharão no local. Após a prensagem e enfardamento dos resíduos, todo o material será armazenado em uma área específica do Ecoponto Centro até que seja encaminhado à destinação final, evitando o acúmulo de materiais no interior do galpão. Com isto, a capacidade de processamento da unidade será de até dois mil quilos por dia. Este total é o dobro do que a Ascamar consegue processar em suas atuais instalações.

A presidente do Comitê Gestor de Limpeza Urbana, Carolina Moraes Estrela, destacou que o modelo integrado de galpão e Ecoponto que o prefeito Edivaldo está implantando em São Luís é inovador no Brasil. “O que a Prefeitura está construindo é, na verdade, um Complexo de Beneficiamento de Resíduos Recicláveis. O galpão conta com a estrutura de uma mini-indústria. Com isto, o prefeito Edivaldo está fortalecendo o Sistema de Reciclagem de São Luís que é formado pelos Ecopontos, que são unidades de recebimento de resíduos recicláveis nos bairros, e agora passará a contar também com os galpões, que são as unidades de processamento e valorização deste resíduos”, explicou.

Foto: Honório Moreira

sem comentário »

Umbelino Junior solicita abrigo para paradas do Centro

1comentário

A reforma do Complexo Deodoro trouxe diversas melhorias para a região Central de São Luís com uma nova infraestrutura, paisagismo e iluminação pública, por conta desses serviços, algumas mudanças no trânsito da área foram necessárias. Algumas paradas de ônibus que estavam localizadas no entorno da Deodoro, foram transferidas para a Rua Rio Branco, o problema é que com a alteração, não foram implantados abrigos nas novas paradas.

A situação chamou atenção do vereador Umbelino Junior (Cidadania 23) que decidiu apresentar um requerimento na Câmara de São Luís, solicitando ao Executivo abrigo nas paradas. “Estamos no período chuvoso, com chuvas intensas, não podemos deixar a população sem a devida proteção nos pontos de ônibus”, alertou o vereador.

No total, sete paradas estão sinalizadas ao longo da rua, mas destas, apenas uma possui cobertura para os passageiros. Os coletivos que fazem linha para diversos bairros da capital realizam paradas na via para o embarque e desembarque de passageiros.

A proposta foi apresentada esta semana, durante sessão plenária e será encaminhada à Secretaria Municipal de Obras e Serviços Públicos (Semosp) e ao Prefeito de São Luís, Edivaldo Holanda Júnior.

Foto: Divulgação

1 comentário »

‘Governo não quer beneficiar Madre Deus’, diz Adriano

1comentário

O deputado Adriano Sarney (PV) rechaçou a manobra governista para evitar o debate e tentar votar às pressas o Projeto de Lei nº 051/2019, de autoria do governo Flávio Dino (PCdoB). O PL institui o programa Habitar no Centro, que visa beneficiar moradores e imóveis do bairro Desterro, na Praia Grande, conjunto arquitetônico do Centro Histórico (tombado pelo IPHAN), além do eixo da Rua Rio Branco e quadras adjacentes, entre as praças Deodoro e Gonçalves Dias.

O líder da Oposição quer realizar uma audiência pública para discutir e aprimorar a proposição. Além disso, Adriano apresentou uma emenda ampliando os benefícios para outros bairros como Madre Deus, Belira, Goiabal, Lira, Vila Passos, Vila Bessa, Vila Gracinha e Codozinho.

“Um projeto desta importância deveria ter sido amplamente debatido com todos os segmentos sociais e nas comissões técnicas do Legislativo, como a de Assuntos Municipais e Turismo. Não podemos permitir que esta Casa seja tratada como um anexo do Palácio dos Leões, em que projetos de lei do governo comunista passem por aqui sem a mínima discussão”, ressaltou Adriano.

O líder da Oposição lembrou que, em 26 de fevereiro, tentou-se aprovar um requerimento de urgência para apressar a tramitação do PL nº 051, mas conseguiu-se adiar a votação. Um novo embate ocorreu nesta quarta-feira, dia 13. Como resultado, o PL poderá voltar à pauta do plenário na próxima semana.

O PL nº 051/2019, em linhas gerais, visa articular políticas de revitalização de sítios históricos; apoiar e manter a população residente no Centro e atrair novos moradores, novas atividades comerciais e serviços, tornando o Centro da cidade atrativo e seguro à população que utiliza os serviços públicos e atividades comerciais, bem como ao turista interessado em seu acervo histórico e cultural.

Foto: Divulgação/Agência Assembleia

1 comentário »

Proposta de Adriano visa beneficiar bairros do Centro

1comentário

O deputado estadual Adriano Sarney (PV) rechaçou o trâmite de urgência do Projeto de Lei nº 051/2019, de autoria do governo Flávio Dino (PCdoB), que seria votado nesta terça-feira (26) na Assembleia. (Clique aqui e veja o discurso na Assembleia).

O parlamentar, líder da Oposição, pretende ampliar e aprimorar o projeto, que institui o programa estadual Habitar no Centro e prevê vários benefícios, inclusive fiscais, aos imóveis e aos moradores do bairro Desterro, na Praia Grande, conjunto arquitetônico do Centro Histórico (tombado pelo IPHAN), além do eixo da Rua Rio Branco e quadras adjacentes, entre as praças Deodoro e Gonçalves Dias. Adriano apresentou uma emenda ao projeto visando estender os benefícios para outros bairros como Madre Deus, Belira, Goiabal, Lira, Vila Passos, Vila Bessa, Vila Gracinha e Codozinho.

Adriano pretende realizar uma audiência pública para discutir o assunto com a sociedade. “Um projeto de lei desta importância deveria ter sido amplamente debatido nas comissões técnicas, como a Comissão de Assuntos Municipais e Turismo, fazendo isso de forma responsável e transparente, para que possamos aprimorar o projeto e cumprir com o nosso papel no Legislativo, que é defender os interesses do povo, como os moradores desses bairros que não estavam incluídos no texto original”, ressaltou.

O PL nº 051 estava na pauta de terça-feira da Assembleia, com pedido de votação em regime de urgência, mas o Bloco de Oposição conseguiu evitar uma votação às pressas da bancada governista. O PL entrará novamente na pauta de votações do plenário nesta quarta-feira (27). O objetivo geral é articular as políticas de revitalização de sítios históricos; apoiar e manter a população residente no Centro e atrair novos moradores, novas atividades comerciais e serviços, tomando o Centro da cidade atrativo e seguro à população que utiliza os serviços públicos e atividades comerciais, bem como ao turista interessado em seu acervo histórico e cultural.

Foto: Agência Assembleia

1 comentário »

Ecoponto Centro terá galpão de triagem

2comentários

O prefeito Edivaldo Holanda Júnior vistoriou, na manhã desta quinta-feira (3), as obras do novo Ecoponto que está em construção na Avenida Senador Vitorino Freire, no Anel Viário, área central de São Luís. Com 80% dos trabalhos concluídos, o Ecoponto, que irá somar a 11 outros já em pleno funcionamento, reforça as ações da Prefeitura na área da gestão dos resíduos sólidos, sendo essas um compromisso do prefeito com a população.

O equipamento vai beneficiar moradores de toda a cidade e mais diretamente os que vivem no Centro e em bairros vizinhos. O Ecoponto será o primeiro a contar com um galpão de triagem, que facilitará o processo de reciclagem, contribuindo ainda com o trabalho realizado pelas associações.

O galpão será entregue em regime de cessão à Associação de Catadores de Material Reciclável de São Luís (Ascamar), instalada atualmente na Rua de São Pantaleão. Além da limpeza da área, já foram construídas as baias onde os materiais serão descartados, área administrativa e banheiros.

“Este era um ponto de descarte irregular muito grande que tínhamos na cidade e que agora vai se transformar em um Ecoponto. A novidade é que teremos aqui um galpão de triagem. Com ele teremos oportunidade de trazer para este espaço a Ascamar. Vamos também formar e capacitar as pessoas que fazem parte da associação e instalar equipamentos necessários para o trabalho delas. Estamos falando de geração de emprego e renda”, disse o prefeito.

Edivaldo destacou ainda que São Luís é uma das capitais que está bastante desenvolvida na questão da reciclagem. “Temos toda uma cadeia funcionando como nunca se teve antes em São Luís. Conseguimos pôr fim ao Aterro da Ribeira e estamos em fase de licenciamento da Usina de Beneficiamento de Resíduos Inertes e temos 11 Ecopontos em pleno funcionamento e outros cinco em processo de implantação”, pontuou o prefeito.

Foto: A. Baeta

2 comentários »

Edivaldo visita obras do Ecoponto Centro

1comentário

O prefeito Edivaldo Holanda Júnior visita nesta quinta-feira (3), às 8h30, as obras do Ecoponto Centro. Localizado na Avenida Vitorino Freire, área próxima ao Anel Viário, o equipamento está com mais de 80% das obras concluídas e é o primeiro da cidade a contar com Galpão de Triagem instalado em área próxima, o que irá facilitar a logística de transporte do material até a associação de catadores que receberá a concessão de uso do galpão.

O local escolhido pelo poder público municipal para a implantação dos equipamentos era utilizado como ponto de descarte irregular de resíduos sólidos. A Prefeitura de São Luís, através dos serviços de limpeza urbana, realizava remoção mecânica no local com frequência mínima de duas vezes por semana. Na última limpeza realizada durante a preparação do terreno para as obras, foram retiradas 121 toneladas de resíduos sólidos depositados de forma irregular no local.

O galpão associado ao Ecoponto será entregue em regime de cessão à Associação de Catadores de Material Reciclável de São Luís (ASCAMAR), instalada atualmente na Rua de São Pantaleão. A entrega dos galpões engloba também o aparelhamento e treinamento das cooperativas de catadores, com o fornecimento dos equipamentos necessários para o desenvolvimento das atividades tais como mesa de triagem, carrinhos metálicos para transporte de recicláveis, prensa e enfardadeira.

O Ecoponto Centro faz parte do pacote de cinco novos Ecopontos, cuja ordem de serviço foi assinada pelo prefeito Edivaldo no dia 30 de outubro de 2018. As obras estão seguindo um cronograma para que sejam entregues ainda no primeiro semestre deste ano. A meta é encerrar o ano com 20 Ecopontos em funcionamento. Atualmente, já são 11 Ecopontos implantados, que atendem a população da capital, sobretudo os moradores dos 104 bairros de São Luís que ficam próximos aos Ecopontos em atividade.

Ecopontos

Implantados desde 2016, os Ecopontos são uma política importante da gestão de resíduos sólidos em São Luís porque integram diversas ações. A principal delas é garantir à população um espaço adequado para a destinação ambientalmente adequada de todos os resíduos que podem ser reciclados ou reutilizados, incentivando a reciclagem e atitudes sustentáveis.

Por meio dos Ecopontos, São Luís faz parte do grupo de 7% das cidades brasileiras que têm políticas efetivas de encaminhamento para a reciclagem dos resíduos gerados pela população. Até o final de 2018, mais de 18 mil toneladas de resíduos passíveis de reciclagem ou reuso foram recebidos nos Ecopontos de São Luís.

Foto: Divulgação

1 comentário »