Quais investimentos?

0comentário

O relatório aprovado na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) do Senado, aprovado nesta semana, trouxe a possibilidade de o Maranhão receber mais de R$ 700 milhões no leilão do pré-sal no Brasil. Com aprovação, resta saber a posição do plenário da Casa na próxima semana.

Diante da real possibilidade da divisão de um bolo de mais de R$ 106 bilhões do megaleilão, resta saber como o tamanho da verba será investido.

Pelo Governo Federal, a Previdência deveria ser prioridade. A maioria dos governadores querem uso livre do dinheiro. Em relação ao Maranhão, ainda não há uma posição sobre como este dinheiro – se aprovado – será investido.

Como a maioria dos governadores, a ideia aqui é que seja aberto o uso do dinheiro.

Mas se o encaminhamento fosse o defendido pelo Governo Federal não seria errado já que no estado há um déficit alto no Fundo Estadual Pensionista e Aposentados (Fepa). O valor prevista no leilão, não cobriria, de certo, o rombo na previdência estadual, mas daria um fôlego para o problema que bate à porta da gestão estadual.

Mas onde for investido o dinheiro não esperado, pelo menos de fato, ao orçamento estadual, que seja feito com transparência, bandeira do Governo do Estado, mas pouco colocado em prática.

Esperança

O governo estadual ainda não trabalha vislumbrando a disponibilidade desta verba, já que depende dos trâmites no Congresso Nacional, que nem sempre é célere.

De qualquer forma, torcida no Palácio dos Leões é que o dinheiro possa ser investido nas áreas definidas pela própria administração. Até para pagamento de débitos.

Tudo dependerá do Congresso. Fica a torcida dos Leões.

Estado Maior

sem comentário »

Edivaldo anuncia novos investimentos para 2019

4comentários

Em entrevista concedida ao jornal O Imparcial, o prefeito Edivaldo Holanda Júnior avaliou os resultados das políticas que vêm sendo implementadas ao longo desses anos de gestão. Entre os avanços, o prefeito de São Luís destacou os investimentos em áreas como trânsito e transporte, educação, saúde, infraestrutura e limpeza urbana. Como reflexo claro do trabalho realizado, impactos positivos na vida de estudantes, professores, passageiros, condutores, usuários do sistema público de saúde; entre outros perfis de cidadãos que foram beneficiados com ações nas mais diversas áreas.

Iniciando o segundo ano do segundo mandato à frente da Prefeitura de São Luís, o prefeito Edivaldo considerou que apesar da crise nacional que o país vem enfrentando, São Luís vem conseguindo se desenvolver. “Planejamento e criatividade foram essenciais para os avanços. São Luís vem mantendo o equilíbrio das contas e fazendo investimentos no que é essencial para a população. Com responsabilidade, adotamos medidas de austeridade, definimos prioridades e reorganizamos as finanças públicas, sem cortes de serviços, o que foi um grande desafio”, destacou o gestor municipal.

Uma organização que possibilitou, entre outros avanços, uma mudança clara no sistema público de transporte coletivo. 638 veículos novos já foram inseridos no sistema urbano, o que representa 76% da frota circulante. A frota já conta também com 275 ônibus climatizados, incluindo 21 ônibus articulados, que são uma novidade na cidade. Com as melhorias, a idade média da frota reduziu de 10 para 4,5 anos. Além da renovação da frota, intervenções viárias para favorecer a fluidez no trânsito e investimentos na implantação de GPS e outras ações como Bilhete Único, biometria facial, Aplicativo Meu Ônibus e Cartão Criança.

O prefeito garantiu que as mudanças continuam e anunciou novidades. “Este ano a meta é inserir mais novos ônibus, todos com ar-condicionado. A licitação para implantação do wi-fi já foi realizada, e estamos acompanhando agora as formalidades que precisam ser cumpridas. Nossa expectativa é que o serviço entre em operação, em teste, ainda neste semestre”, assegurou o gestor municipal.

Além dos avanços no trânsito, investimentos no Centro de São Luís com a revitalização das praças Dom Pedro II, Deodoro e Panteon e Rua Grande, realizada pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) em parceria com a Prefeitura de São Luís. Transformações também na Educação, com a reforma de mais de 160 escolas e a climatização de mais de mil salas; e na infraestrutura, com a urbanização de bairros como Residencial Paraíso, Polo Coroadinho, Vila Isabel, São Bernardo, Vila Riod, Gancharia, Vila Brasil e tantos outros.

“Os avanços vão continuar”, garante Edivaldo. Estão previstas para este ano reformas da Praça da Saudade, Praça da Misericórdia, Parque do Bom Menino, área da Fonte do Bispo (onde situa-se um dos mais antigos terminais rodoviários da cidade), além das obras de mobilidade com a construção e revitalização de calçadas, entre outros, que serão executadas com a parceria do BID (Banco Interamericano de Desenvolvimento).  “Estamos resgatando o Centro de São Luís. Seguramente, nenhum gestor público fez mais pelo Centro da nossa cidade do que a minha gestão”, assegura. Estão ainda previstas a revitalização de espaços importantes como o Largo do Carmo, João Lisboa e a construção da Praça das Mercês, entre outras obras também executadas pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional- Iphan – em parceria com a Prefeitura de São Luís.

Muitos outros avanços foram citados em áreas como saúde e limpeza urbana, com transformações significativas na vida dos cidadãos ludovicenses. “Seguiremos trabalhando incansavelmente para promover uma cidade melhor para todos, mais justa, menos desigual”, concluiu o prefeito Edivaldo.

Foto: Agência São Luís

4 comentários »

Edivaldo discute investimentos com governo francês

0comentário

Investimentos nas áreas da infraestrutura turística, urbana, cultural, educacional e do desenvolvimento econômico na capital maranhense foram os principais assuntos discutidos na reunião realizada nesta segunda-feira (21), entre o prefeito Edivaldo, o ministro conselheiro da Embaixada da França, Gilles Pecassou e o diretor da Agência Francesa de Desenvolvimento (AFD), Philippe Orlianges. A comitiva está em visita ao Maranhão para apresentar o leque de oportunidades e parcerias bilaterais que podem ser celebradas em favor do desenvolvimento local e, ainda, visando estreitar os laços entre São Luís e o país com o qual já tem expressiva ligação histórica. A reunião aconteceu no Palácio la Ravardière, com a presença do vice-prefeito Julio Pinheiro e de secretários municipais.

No ato, o prefeito Edivaldo destacou como positiva a sinalização da Agência Francesa de Desenvolvimento em financiar projetos visando à melhoria da qualidade de vida da população ludovicense. A AFD é o braço do governo francês voltado para a cooperação financeira com o setor público de outros países, em apoio a projetos de infraestrutura urbana diretamente relacionados à conservação ambiental e à melhoria na qualidade de vida das populações mais carentes.

“Tivemos uma reunião muito produtiva e nossa expectativa é avançar ainda mais nessa importante parceria com a França, em diversos setores da administração pública com vistas à promoção do desenvolvimento de nossa cidade em diversos setores. Iniciamos aqui as conversações para priorizarmos as áreas que devem ser atendidas, para que mais esta parceria internacional possa resultar em investimentos concretos visando ao desenvolvimento de nossa cidade no aspecto urbanístico, social, turístico e cultural”, afirmou o prefeito Edivaldo.

O gestor municipal destacou ainda que São Luís já tem em desenvolvimento um acordo de cooperação com Saint-Malo, cidade francesa com a qual a capital maranhense tem fortes laços históricos. A relação entre as duas cidades remete à história da fundação de São Luís, pois foi desse território francês que partiram as caravelas trazendo a expedição de Daniel de La Touche e os colonizadores franceses que fundaram São Luís.

Acordo

O acordo celebrado com a cidade de Saint-Malo visa propiciar o desenvolvimento de projetos compartilhados nas áreas da cultura, patrimônio histórico e turismo. O termo foi assinado durante visita de uma comitiva do município à França, liderada pelo vice-prefeito Julio Pinheiro, oportunidade na qual participaram do Encontro para Internacionalização das Comunidades Territoriais, realizado em Paris com o objetivo de fortalecer a política internacional de cooperação entre o governo francês e governos de outras localidades em diversas partes do mundo.

Um dos projetos desenvolvidos por meio da parceria com o município de Saint-Malo é o Educação Patrimonial, para beneficiar estudantes de escolas públicas de ambos os lugares, para que se apropriem do conhecimento sobre bens culturais locais e tenham atividades de ensino das línguas francesa e portuguesa. A ação é desenvolvida por meio das secretarias municipais de Educação (Semed), Relações Institucionais (Semai) e a Fundação Municipal de Patrimônio Histórico (Fumph).

Foto: A. Baeta

sem comentário »

Glalbert destaca investimentos para 2018

0comentário

O deputado Glalbert Cutrim (PDT), apresentou, no último dia do ano, um balanço das atividades parlamentares realizadas durante 2017. Com dezenas de municípios beneficiados, o deputado considerou um ano positivo, com avanços em diversas áreas.

De acordo com o parlamentar, vários municípios foram contemplados na aérea da saúde, entre eles, São Roberto, Itapecuru-Mirim e Lago Verde, que receberam ambulâncias, fruto de emenda parlamentar do deputado.

Em Lago Verde, Glalbert destacou que além da Ambulância, conseguiu, junto ao Governo do Estado, um pacotão de ações, entre eles, o anuncio da reforma do Hospital Municipal, construção de uma escola com oito salas de aulas, recuperação de 25km  da MA-326, que liga ao município de Lago-Açu, além da inclusão do município do programa Mais Asfalto, que levará pavimentação e urbanização as ruas da cidade.

Outra área em que o deputado foi bastante atuante, foi da agricultura e abastecimento. Em São Luís, junto com a Prefeitura Municipal e o Governo do Estado, participou da entrega de mudas de hortaliças, sementes e ração para peixes. Para Itapecuru e Bacuri, junto com o Governo do Estado, fez a entrega de equipamentos para o fortalecimento da Agricultura Local.

“Foi um ano de bastante produção e atuação em todas as áreas e em dezenas de municípios. Cumprimos nossa meta para 2017 e temos certeza que em 2018, temos muitos desafios pela frente, e com responsabilidade, contribuiremos para garantir mais qualidade de vida aos maranhenses.” Destacou o deputado.

Na infraestrutura, além de dezenas de indicações que resultaram nas recuperações de varias rodovias, o deputado entregou aos municípios de Itapecuru-Mirim, Bacuri e Virória do Mearim, motoniveladoras, que irão contribuir na melhoria das estradas vicinais dos municípios. Para o município de Vitória do Mearim, também foi destinado emenda no valor de R$ 500 mil para pavimentação de ruas.

Foto: Agência Assembleia

sem comentário »

Sousa critica falta de investimentos na segurança

1comentário

Sousa Neto critica falta de investimentos na segurança pública do Maranhão

Deputado Sousa Neto (Pros) critica falta de investimentos na segurança pública do Maranhão

Em pronunciamento feito na sessão desta quarta-feira (31), o deputado Sousa Neto (PROS) fez críticas contundentes ao governo do Estado em relação à falta de investimentos na área da segurança pública. Ele disse que os constantes assaltos a bancos – com as explosões de caixas eletrônicos – principalmente no interior do Maranhão – tem contribuído para aumentar a insegurança e causar sérios transtornos aos maranhenses.

“Eu não poderia ficar calado diante de tanto descaso com a segurança pública. Desta vez a explosão ocorreu em uma agência na cidade de Pirapemas com dez homens fortemente armados. Segundo o Sindicato dos Bancários é a quadragésima sétima só esse ano. Anteontem foi Caxias. Parece piada, mas as agências bancárias do interior do Estado do Maranhão ficaram sob a proteção divina por falta do aparelhamento da Polícia Militar; por falta da valorização dos nossos policiais; por falta da aprovação da LOB da Polícia Militar do Estado do Maranhão, que valoriza esses profissionais que têm trabalhado diuturnamente para garantir a segurança dos cidadãos”, acentuou Sousa Neto.

Sousa Neto pediu aos seus pares que cobre do governador Flávio Dino e ao secretário Jefferson Portela a adoção de medidas para possa amenizar essa situação que, segundo ele, já se chegou ao limite. “Até quando nós vamos ficar aqui omissos, calados, cobrando? Já se banalizou de uma forma que praticamente ninguém fala mais nada, ninguém cobra mais nada, virou fútil, banal. É natural, é normal explodir uma agência e a gente se acostumar com essa notícia praticamente todos os dias e nada se faz para impedir que isso aconteça?”,  indagou o deputado.

Ao finalizar Sousa Neto reafirmou que a situação é grave, pois mexe diretamente com a economia do município, uma vez que, quando uma agência bancária deixa de prestar serviços para o cidadão, este vai ter que se deslocar a uma agência em outro município e lá fará o saque para fazer os seus pagamentos.

“Por lá mesmo ele vai fazer o pagamento e a compra necessária, porque ele não pode e ele não quer correr o risco de transportar o valor numa van ou num ônibus em deslocamento para o seu município. Assim, deixa de circular aquele dinheiro que facilitaria no comércio local”, concluiu.

Foto: JR Lisboa/Agência AL

1 comentário »