Osmar amplia diálogo com comunidades de São Luís

0comentário

Empenhado na busca por melhorias para a cidade, o presidente da Câmara Municipal de São Luís, vereador Osmar Filho (PDT), visitou, esta semana, bairros da capital maranhense, oportunidade na qual ampliou e fortaleceu o diálogo com os moradores.

Oriundo do São Francisco/Ilhinha, um dos mais antigos bairros da capital, Osmar carrega na bagagem ações de um mandato participativo, além de ser um parlamentar jovem, mas, ao mesmo tempo, experiente.

Nessa linha, tem olhado para suas raízes e abraçado todos os bairros da capital maranhense.

Na terça-feira (01), esteve no São Francisco, ouvindo as necessidades de alguns comerciantes e prestigiando o projeto Viver Bem, que tem seu apoio e promove ações de qualidade de vida e bem-estar para a região.

Na quarta-feira (02), esteve na área do Itaqui – Bacanga em reunião com a comunidade do Residencial Paraíso e Vila Dom Luís.

Para ele, estreitar os laços com a população é importante para compreender as necessidades do município. 

“Com a participação de todos, vamos construindo uma capital melhor para se viver. É visitando os amigos e ouvindo as demandas da comunidade que iremos construir um importante diálogo com os moradores sobre áreas que precisam avançar em cada região da nossa Ilha. Agradeço o carinho e a recepção que recebi. Seguimos unidos, buscando o desenvolvimento da nossa capital”, destacou o vereador.

Foto: Divulgação

sem comentário »

Edilázio atua em defesa dos produtores de Etanol

0comentário

O deputado federal Edilázio Júnior (PSD), defendeu em reunião, na Câmara Federal, diálogo entre o Poder Legislativo e a União em favor dos produtores de Etanol em todo o país. Clique aqui e veja o vídeo.

A reunião – com produtores da Região Nordeste -, tomou por base um Projeto de Lei aprovado no Senado Federal no mês de junho que permite a comercialização direta de etanol por usinas junto aos postos de combustíveis. 

A matéria susta artigo da Resolução 43/2009, da ANP, que determina que um produtor de etanol só pode comercializar o produto com um fornecedor cadastrado na ANP, com um distribuidor autorizado pela agência ou com o mercado externo. 

A nova regulamentação foi encarada como uma ameaça pelos produtores, que temem pela queda brusca de receitas na movimentação do produto. 

“Esta reunião ocorreu para tentar buscar um denominador comum junto ao Ministério da Agricultura e junto ao ao produtores para que possa, óbvio, gerar riqueza quando [o produto] entra no Porto do Itaqui, quando entra no Maranhão, mas sem prejudicar esses produtores que estão pagando impostos e gerando empregos em nosso estado. Então esse diálogo é de extrema necessidade para tentar buscar um equilíbrio entre essa importação e os produtores locais”, disse.

Foto: Agência Câmara

sem comentário »

Penha dialoga com moradores da Madre Deus

0comentário

O vereador Raimundo Penha (PDT) reuniu-se com moradores e representantes do Conselho Cultural e Comunitário da Madre Deus, bairro tradicional de São Luís e que é considerado um dos principais berços da cultura maranhense.

O parlamentar atendeu convite da nova direção do Conselho, cuja coordenação está sob a responsabilidade do ativista cultural Boscotô.

Foram tratados diversos temas e melhorias nos mais variados segmentos, tais como saúde, educação e infraestrutura.

Os moradores pediram o apoio do vereador para renovação da cessão de uso do prédio onde funciona o Conselho e também para que seja incluído no calendário oficial do município o dia de fundação do bairro.

“Quero agradecer a oportunidade de dialogar com os moradores, para mim é muito importante ouvir a comunidade, essa é uma marca do nosso mandato. Os pleitos aqui são justos e necessários e eu estarei ajudando a construir soluções”, afirmou Penha.

Foto: Divulgação

sem comentário »

Othelino Neto defende continuidade do diálogo

0comentário

“Diálogo e respeito às diferenças continuarão sendo nossa máxima na condução desta Casa”, afirmou o deputado Othelino Neto (PCdoB), em entrevista coletiva à imprensa, no hall de entrada do Plenário Nagib Haickel, na manhã desta sexta-feira (1º), logo após ser empossado para o cargo de presidente da Assembleia Legislativa do Estado do Maranhão para o biênio 2019-2020. Ele foi eleito por unanimidade.

Indagado sobre a condução política e administrativa da Casa, o presidente disse que fará, de acordo com a situação econômica do Brasil e do Maranhão, os ajustes necessários. “Já fizemos algumas alterações e faremos os ajustes necessários daqui para frente”, frisou.

A respeito da unanimidade alcançada em sua eleição, o presidente da Assembleia afirmou que é fruto da forma como ele conduziu a Casa. “Sempre dialogando, respeitando as diferenças e compreendendo que essa Casa é plural. Seria ruim se fossem 42 iguais dentro da Assembleia Legislativa. O que torna o Poder Legislativo essencial para a sociedade são essas diferenças. A forma democrática como nós convivemos aqui justifica o apoio unânime que recebemos”, esclareceu.

Othelino Neto disse que continuará conduzindo a Assembleia com o devido equilíbrio, mantendo a independência do Poder Legislativo e trabalhando para o cumprimento das prerrogativas constitucionais de legislar, fiscalizar o Poder Executivo e promover o debate político a favor do povo do Maranhão. “Continuaremos a convivência harmônica e independente com os demais poderes constituídos do Estado do Maranhão”.

O presidente disse ainda que é motivo de alegria e orgulho ter, pela primeira vez na história da Casa, uma Mesa Diretora constituída, em sua maioria, por mulheres. “Dos nove membros, cinco são mulheres. Isso é razão de muita alegria para todos nós, pois temos uma representação feminina cada vez maior”, finalizou.

Foto: Agência Assembleia

sem comentário »

Roberto dialoga com estudantes e defensores

0comentário

Roberto Rocha, candidato ao cargo de governador do Maranhão pelo PSDB(MA), participou na terça-feira (11), no auditório da Faculdade Estácio (Centro), do “Diálogo com os Candidatos”, promovido pela ADPEMA – Associação de Defensores Públicos do Estado do Maranhão e DPE/MA – Defensoria Pública do Estado do Maranhão em parceria com a Faculdade Estácio.

Para uma plateia formada de defensores públicos, além de professores e universitários, Roberto Rocha falou sobre as propostas do seu Plano de Governo, denominado e registrado em cartório como “Caderno de Boas Idéias”, sobre o qual o candidato explicou estar constituído com mais de 180 propostas dispostas em dois eixos: preparar o Maranhão, com cinco principais temas e preparar os maranhenses, com outros cinco temas.

O candidato relacionou, ainda, as potencialidades do Maranhão em riquezas naturais, principalmente em águas, referindo-se às doze bacias hidrográficas que banham o estado. Por meio de sua atuação parlamentar como Senador da República, desde março de 2017, Roberto Rocha, tem capitaneado a realização de Seminários de Revitalização dos Rios Maranhenses, com o objetivo de chamar a atenção da sociedade civil, bem como de políticos, empresários, gestores, estudantes, ambientalistas, dentre outros profissionais de diversas áreas, para a problemática do assoreamento dos rios. Em todo o ano de 2017, foram realizados seis seminários ao longo das principais regiões do estado.

Ao falar sobre economia,Rocha afirmou que acredita no Maranhão como detentor de um grande potencial econômico ainda não explorado, e que, administrado como deve, pode tirar a população maranhense das estatísticas com maior índice de pobreza do país. Disse ser candidato porque não se conforma com uma situação, segundo ele, de forte contradição: um estado potencialmente rico, mas, com um povo empobrecido.

O candidato elogiou a iniciativa das instituições organizadoras do “Diálogo com os candidatos”, destacando que o contato do público jovem presente com os candidatos enriquece o processo eleitoral, como um ato de democracia.

Foto: Divulgação

sem comentário »

Glalbert dialoga com lideranças da Vila Passos

0comentário

O deputado estadual Glalbert Cutrim (PDT) participou de uma roda de conversas, nesta quarta-feira (1º) com lideranças comunitárias, na Vila Passos, em São Luís. O parlamentar ouviu atentamente cada reivindicação exposta pelos moradores que relembraram que o bairro hoje é carente de apoio e não conta com nenhum representante no legislativo.

“Nossa comunidade é muito unida e guerreira, e quando nos colocamos para fazer algo, a força vem exclusivamente dos moradores. Um exemplo disso foi o período junino, que não teve apoio de nenhum político e mesmo assim foi um dos maiores já feitos em nosso bairro. Receber Glalbert aqui, que tem um histórico diferenciado, é ter a certeza que daqui para frente seremos vistos e lembrados pelo Poder Público. Não tenho dúvidas que estamos iniciando uma grande aliança em favor da Vila Passos ”, destacou Rodrigo Araújo, liderança do bairro.

Logo após a roda de conversas, o deputado esteve com os atletas do time de futebol Furacão, que destacou a importância de manter o esporte vivo na comunidade. “O esporte é a melhor opção não só como opção de lazer, mas de disciplina para a juventude da comunidade. É preciso de ferramentas que garantam incentivos aos jovens atletas, e isso é prioridade do nosso mandato. Quero parabenizar os companheiros Tatá e Paulinho por manter o time de futebol e contribuir na transformação de vidas”, disse o deputado.

Glalbert segue cumprindo intensa agenda nos bairros da Grande Ilha. Durante a semana que passou, esteve, junto com seu irmão Gil Cutrim (PDT), pré-candidato a deputado federal, na comunidade Cidade Alta e Bom Jardim, em São José de Ribamar. Nesta sexta-feira, 03, tem encontro marcado com os moradores da Estiva, em São Luís.

Foto: Divulgação

sem comentário »

Flávio Dino age sem dialogar com militares

0comentário

O deputado estadual Sousa Neto (PROS), em discurso na sessão plenária desta quinta-feira (10), na Assembleia Legislativa, condenou o Governador Flávio Dino (PCdoB) pela incoerência e a falta de compromisso com os militares do Maranhão.

O parlamentar referiu-se à grande quantidade de medidas provisórias (MPs) editadas pela Administração Estadual e ao descumprimento do ‘Termo de Compromisso’ assinado, ainda em 2015, com as entidades e associações da Polícia Militar e do Corpo de Bombeiros, pelos secretários Jefferson Portela (Segurança Pública), Márcio Jerry (Articulação Política), Carlos Lula (Adjunto da Casa Civil), que trata das reivindicações dos militares, entre as quais, sobre promoções, ticket alimentação, jornada de trabalho e outros benefícios.

“Depois de muita negociação e das garantias feitas pelos representantes desse governo, no ano passado, o Secretário de Segurança Pública destituiu essas associações; transferiu todos os presidentes para outros municípios; rasgou esse termo de compromisso; jogou-o no lixo; passou por cima de todos os acordos que foram feitos. Agora, o Governador, sem conversar com os policiais, está baixando uma Medida Provisória, criando cargos. Soldado que, pelo acordo, poderia chegar até o patamar de Coronel, agora só poderá alcançar o posto de Major da Polícia e do Bombeiro Militar”, apontou o deputado.

Audiência Pública – Sousa anunciou, ainda na Tribuna, que deu entrada com um requerimento à Mesa Diretora, solicitando a realização de uma audiência pública para discutir as medidas provisórias de nºs 243 e 244/2017, assinadas pelo governador, no último dia 4, que tratam, respectivamente, da alteração do Estatuto dos Policiais e Bombeiros militares do Maranhão e da idade máxima para ingresso nas duas corporações.

“Fui procurado pelos militares e o que queremos é discutir junto essas medidas provisórias que estão causando revolta na tropa. Flávio Dino está agindo como sempre faz, ferindo a democracia, sem dialogar com os policiais e bombeiros. Na ditadura do comunista não se conversa com ninguém, baixa-se medida provisória sem discutir com esta Casa e com os maiores interessados, que são os militares do estado do Maranhão”, protestou.

Para ele é preciso justificar os critérios e a importância dessas MPs, uma vez que há assuntos que precisam ser discutidos conjuntamente com o Poder Legislativo. “Flávio Dino afirmou em um livro publicado, que baixar medida provisória é ferir a democracia. Com esse governador comunista, é uma incoerência atrás da outra”.

Foto: Agência Assembleia

sem comentário »

Sem diálogo

0comentário

Governador do Maranhão Flávio Dino (PCdoB)

Governador do Maranhão Flávio Dino (PCdoB)

A lua de mel do governador Flávio Dino (PCdoB) e de servidores públicos estaduais parece ter chegado ao fim. Ao contrário do que imaginavam os funcionários do estado, Dino não é o gestor que prometeu ser na campanha eleitoral de 2014 e no discurso que fez no dia de sua posse.

O homem dos chamados Diálogos pelo Maranhão agora não mais quer dialogar. O exemplo mais recente ocorreu com os servidores do Poder Judiciário. À espera de uma posição do governador desde o início deste ano sobre a reposição de perdas inflacionárias nos seus vencimentos, os funcionários receberam a informação de que Dino não vai garantir nenhum recurso para que o Tribunal de Justiça conceda o reajuste.

Segundo o sindicato da categoria, esse é o exemplo clássico da falta de diálogo do governador. Outra categoria que também sofre com o fato de Flávio Dino ignorar os seus apelos é a de professores. Os docentes apelam para que o governo pague o piso salarial estabelecido nacionalmente. Mas Dino já disse que não concederá qualquer tipo de reajuste salarial aos servidores estaduais.

No caso dos professores, eles não têm nem o sindicato já que a entidade da categoria é comandada por comunistas (há pelo menos duas décadas apesar deles próprios pregarem a alternância de poder) que não apoiam em nada a reivindicação dos docentes.

Como há falta de diálogo do governo, pelo menos os servidores do Judiciário já prometeram paralisar suas atividades. Se outras categorias assim procederem, o estado poderá ficar parado por tempo indeterminado.

Não escapa

O governador Flávio Dino (PCdoB) adora utilizar as redes sociais para apresentar as ações de seu Governo.

Mas, quando confrontado pela população a respeito das promessas e obrigações não cumpridas, ele silencia.

Exemplo disso são as incontáveis manifestações de professores da rede estadual que cobram, na página de Dino, no Facebook, o reajuste salarial por parte do Executivo. O comunista não responde.

Coluna Estado Maior/ O Estado

sem comentário »