Armandinho Galvão lidera em Mirador

1comentário
Candidato a vice Tomé com o candidato a prefeito Armandinho Galvão que lidera em Mirador

Candidato a vice Tomé com o candidato a prefeito Armandinho Galvão que lidera em Mirador

Pesquisa Imap divulgada nesta segunda-feira (26) aponta a liderança do candidato Armandinho Galvão (PSD) na disputa pela Prefeitura de Mirador.

Armandinho Galvão (PSD) tem 35,9% das intenções de votos. O segundo colocado é o candidato Marquinhos (PT) com 30,8%. Em terceiro aparece o candidato Roni (PCdoB) com 28,6%. Os indecisos somam 4,7%.

O levantamento ouviu eleitores nos bairros Centro, Novo, Vila Cabral, Chapada, Muriçoca, Boné e Estrela, além dos povoados Cocos, Santana, Liso, Conceição, Ibipira e São João.

A pesquisa Imap foi registrada no dia 20 de setembro, sob o protocolo MA-00855/2016. O levantamento ouviu 400 eleitores entre os dias 17 e 19 de setembro. A margem de erro é de 4,65% pontos percentuais para mais ou para menos e intervalo de confiança de 95%.

Foto: Divulgação

1 comentário »

UFC na Câmara de São Luís

4comentários

Os vereadores Fábio Câmara (PMDB) e Marquinhos da Vila Luizão (PRB) protagonizaram uma cena que não condiz com a atividade parlamentar dos dois. Após uma discussão acalorada por conta do transporte público, o peemedebista partiu pra cima do colega parlamentar para agredi-lo. No entanto os demais vereadores e seguranças impediram a briga. A sessão da Câmara de Vereadores foi suspensa, após o ocorrido.

Tudo começou por conta de uma declaração do vereador Marquinhos que afirmava que Fábio Câmara, estava sendo municiado por informações privilegiadas do secretário municipal de Trânsito e Transporte, Canindé Barros. Além de fazer essa acusação, o parlamentar do PRB ainda disse que o peemedebista “não era macho para negar essa informação”.

Após essa informação, Fábio Câmara respondeu que ele era traidor e partiu para a agressão.

O vereador Nato (PRP) da Comissão de Ética da Câmara de Vereadores, informou que os dois serão chamados atenção e devem ser advertidos pela Mesa Diretora da Casa. Nato não informou qual poderia ser a punição.

Leia mais blo Blog de Diego Emir

4 comentários »

Caso Bradesco

1comentário

Vereadores de São Luís querem um posicionamento oficial da Mesa Diretora e do Bradesco em relação ao suporto caso de agiotagem envolvendo o banco e o Legislativo municipal.

Autor do requerimento que pede a quebra do contrato existente entre as duas instituições, o vereador Marquinhos (PRB) diz existir coisas muito mais graves do que o suposto caso de agiotagem e promete exigir um posicionamento da Câmara.

O líder da Oposição, Fábio Câmara (PMDB) disse ser totalmente a favor da investigação em andamento. Já Honorato Fernandes (PT), líder do governo espera que tudo venha a ser esclarecido o quanto antes e disse não acreditar que se venha a abafar o caso.

astrodeogumPor telefone, o presidente em exercício da Câmara, vereador Astro de Ogum (PMN) disse que o Legislativo não está omisso em relação ao assunto. E adianta que estão querendo denegrir a imagem da Casa.

“Já estive reunido com a Procuradoria da Câmara e com o presidente licenciado [Isaías Pereirinha] para discutir sobre este assunto. Já fui ao banco e conversei com o gerente, mas não existe nada não sobre essa história de agiotagem e toda essa história que vem sendo contada nos blogs. Posso garantir a você que a Câmara não está omissa em relação ao assunto, apenas não dei a resposta ainda porque não encontrei nada. Sinceramente ainda não encontrei indícios de que isto pode ter acontecido na Câmara. Se houvesse uma coisa dessas seria impossível não saber. Esse noticiário tem dois cunhos, mas eu prefiro não falar agora porque essa é mais uma tentativa de desgastar a imagem do Legislativo de fora tão cruel como fizeram quando invadiram a nossa sede”.

O líder da Oposição, vereador Fábio Câmara (PMDB) disse que aguarda com expectativa o esclarecimento por parte das duas instituições.

“Tem que deixar tudo às claras porque do jeito que está todos os vereadores estão envolvidos, por isto precisamos ouvir o pronunciamento oficial da Presidência e também do Bradesco. Não é possível que a instuituição que opera com os recursos da Cãmara diga apenas que não sabe de nada como tenho lido. Por outro lado, nós elegemos o presidente da Casa [Isaías Pereirinha ou Astro de Ogum que está em exercício] e eles precisam dar uma satisfação. Quero deixar claro que sou à favor da investigação que está em andamento, mas não concordo que se tente atirar neste ou naquele vereador sem prova alguma. Faço apenas esta ressalva”, explicou Câmara.

vereadormarquinhosO vereador Marquinhos (PRB), autor do requerimento pedindo a quebra do contrato existente entre a Cãmara e o Bradesco disse que cobrará um posicionamento oficial da Mesa Diretora na próxima semana.

“Essa é uma situação muito complicada, talvez por este motivo a grande maioria dos vereadores estejam evitando falar sobre o assunto. Seria muito importante que os vereadores que nada tem a ver com essa história viessem a público e se posicionassem. Já encaminhei requerimento à Mesa Diretora pedindo a quebra do contrato entre a Câmara e o Bradesco, além disso tem a investigação do Ministério Público e da Polícia Civil e espero que cheguem logo a uma conclusão. Na próxima semana eu vou fazer um pronunciamento e pedir uma posição da Mesa Diretora e cobrar também o posicionamento do Bradesco”.

Marquinhos disse que mais grave que um possível “esquema de agiotagem” é o envolvimento de funcionários do Legislativo no esquema de empréstimo bancário.

“Essa questão é mais grave que a história de agiotagem. Vários funcionários do alto escalão da Casa fizeram empréstimos que não eram descontados dos seus salários, mas da própria Câmara. Era a Cãmara que pagava os empréstimos feitos por funcionários a vereadores. Daí se explica a situção caótica do nosso prédio que está totalmente sucaeado. Dessa forma jamais seria possível fazer qualquer tipo de reforma para melhorar a estrutura física e a condição de trabalho para os vereadores. Para piorar a situação, agora soube que o Bradesco vai devolver à Câmara Municipal a importância de R$ 900 mil que teriam sido utilizados indevidamente. Eu pergunto como isto teria ocorrido também”, afirmou.

honoratofernandesO líder do governo, vereador Honorato Fernandes (PT) defendeu a necessidade de esclarecimento por parte da Mesa Diretora da Câmara e do Bradesco.

“Acho conveniente que tanto a Mesa Diretora da Câmara como o banco Bradesco venham a público prestar esclarecimentos aos vereadores e à sociedade maranhense em geral. É necessário que digam se existe ou não esquema de agiotagem e quem participa dele, além disso sou a favor de uma ampla investigação e não vejo nenhuma necessidade de se tentar abafar o caso porque isto pode atingir este ou aquele parlamentar. Se existe alguma coisa e alguém envolvido que seja esclarecido porque não é correto colocar todos os vereadores nessa história”.

A mesma opinião de Cãmara é expressada pelo vereador Pedro Lucas Fernandes (PTB) e Bárbara Soeiro (PMN).

“Eu só posso responder por mim. Nem mesmo com o banco Bradesco eu opero. Enquanto o Brdesco não disser nada oficialmente sobre o assunto, enquanto a Mesa Diretora não se posicionar também as dúvidas vão continuar. Se não houve nada, a Câmara não deve deixar que todos os vereadores venham a ser atingidos. Se houver, a presidência também precisa deixar claro quem está envolvido nisto”, disse Pedo Lucas.

“Enquanto não houver um posicionamento oficial da Mesa Diretora da Câmara e do Bradesco todos os vereadores estarão envolvidos nesta história, por isto defendo a necessidade deste posicionamento urgente e de uma ampla investigação para não se cometa nenhum tipo de julgamento precipitado”, defendeu Bárbara.

Entramos em contato com as assessorias dos vereadores Ricardo Diniz (PHS) e Rose Sales (PCdoB), mas não foi possível ouvior a opinião dos vereadores.

1 comentário »

Passando a limpo

1comentário

marquinhosO vereador Marquinhos (PRB) deu entrada num requerimento (nº 1076/13) que deve gerar polêmica na Câmara de Vereadores de São Luís. O vereador quer a troca da instituição bancária que os colegas vereadores e servidores do órgão possuem vínculos contratuais.

Marquinhos justifica a solicitação da troca do banco Bradesco pelo fato de “Descobertas recentes de transações suspeitas da instituição financeira Banco Bradesco S/A e servidores da CMSL, eventos estes que podem macular a idoneidade deste Poder Legislativo constituído pelo povo”, afirmou no requerimento.

O assunto deixou alguns vereadores extremamente preocupados, afinal a troca da instituição bancária pode desencadear novamente um antigo fantasma que alguns insistem em exorcizar, sem sequer investigar o que de fato houve.

Mas é preciso deixar bem claro que não foram os servidores da Câmara Municipal de São Luís que praticaram transações suspeitas com o Bradesco, como ficou subtendido na solicitação.

Através de uma manobra, o requerimento não foi votado esta semana, mas deverá ser na semana que vem.

Leia mais

1 comentário »

Câmara rebate Marquinhos

3comentários

FabioCamara

O vereador Fábio Câmara (PMDB) rebateu nesta segunda-feira (08), durante a sessão plenária do Parlamento Municipal, as críticas feitas hoje pelo vereador Antônio Marcos, o Marquinhos (PRB) contra o secretário de Estado da Saúde, Ricardo Murad.

Durante pronunciamento na tribuna da Casa, Marquinhos, disparou contra Murad, afirmando que “o modelo exemplar de saúde que passa na televisão mostrada pelo secretário de saúde, [Ricardo Murad] não passa de puro marketing. Essa história de dizer que a saúde do estado é uma maravilha, não passa de politicagem”.

Ao rebater as acusações de Marquinhos, Fábio Câmara disse que o colega estava ‘falseando a verdade’ e não admitia as críticas feitas ao governo do estado, nem ao secretário Ricardo Murad.  “Muito me estranha o vereador Marquinhos criticar o sistema de saúde do governo do qual faz parte. Graças a Deus nós temos um homem determinado como o Ricardo no comando da saúde do Maranhão, portanto não admito que falem inverdades contra ele. Temos que agradecer o secretário Ricardo Murad por ele está melhorando a saúde do Maranhão”.

Câmara mostrou um balanço das ações realizadas pelo secretário Ricardo Murad na Saúde e afirmou que há desconhecimento e motivação política nas críticas do vereador Marquinhos, quando diz que ele está fazendo “trabalho de ventríloquo”.

“O vereador [Marquinhos] está alheio ao que está acontecendo dentro da própria base política. Nunca uma região foi tão bem atendida pelo governo do estado na Saúde como a Vila Luizão. Só nesta área já foram inauguradas duas UPAs, uma no Araçagy e outra no Parque Vitória. Além disso, o governo está reformando o Hospital da Vila Luizão para melhorar ainda mais o atendimento de urgência e emergência 24h, nas áreas de cirurgia, traumatologia e ortopedia, além de ambulatórios de clínica médica e Raio X 24 horas para atendimento da população”, disse.

3 comentários »

Maranhão

1comentário

O Maranhão já poderá contar com o meia Marquinhos na partida de quinta-feira contra o Viana. O jogador foi regularizado e já está à disposição do técnico Arlindo Azevedo. Quem também ganhou condição de jogo foi o atacante Ricardo. Os dois devem enfrentar o Viana.

As duas equipes estrearam com vitória no 2ºurno da Copa União. O MAC bateu o Nacional por 3 a 1, no Nhozinho Santos. O Viana venceu, de virada, o time reservas do JV Lideral, por 3 a 2.

1 comentário »

Maranhenses no Mogi

0comentário

A diretoria do Mogi Mirim anunciou hoje a lista de reforços para o Campeonato Paulista 2010. Dos cinco nomes anunciados, dois foram destaque nesta temporada no futebol maranhense. São eles: Raí (lateral-esquerdo do Sampaio) e Marquinhos (meia do Maranhão). Os dois serão comandados pelo técnico Francisco Diá (ex-Alecrim-RN).

Agência Futebol Interior

sem comentário »