Prefeitura instala sinalização turística

3comentários

Prefeitura instala novas placas de orientação turística em diversos pontos da capital maranhense

A Prefeitura de São Luís deu início a mais uma etapa de instalação de placas de orientação turística. Desta vez, estão sendo colocados 14 pórticos, totalizando 56 placas, em diversos pontos da capital maranhense. A ação faz parte do programa de sinalização do Ministério do Turismo (MTur), com execução do município.

A ação começou pela Avenida Litorânea, nas proximidades da Praia de São Marcos, e Araçagi, na MA-203.

As placas sinalizam locais e distâncias – em português e inglês – de bairros, municípios, aeroporto, rodoviária e pontos turísticos. Além disso, algumas delas revivem os epítetos mais marcantes da cidade, como “Cidade dos Azulejos”, “Ilha do Amor” e “Atenas brasileira”, como forma de estimular o envolvimento de turistas e da comunidade local, para que vivam a atmosfera que a cidade adquiriu nos seus mais de 400 anos de história.

“Nosso objetivo é que as pessoas cheguem aqui e se sintam bem informadas para conhecer a nossa cidade e assim deseje retornar, conforme orienta o prefeito Edivaldo. Queremos que o turista aproveite todos os nossos diversos atrativos e, com o emplacamento, a experiência dele em São Luís será ainda mais proveitosa”, avaliou a secretária de Turismo, Socorro Araújo.

Foto: Divulgação

3 comentários »

Prefeitura de SL é reconhecida pela OIT

3comentários

Prefeitura é reconhecida pela Organização Internacional do Trabalho no combate à exploração infantil

A Prefeitura de São Luís foi reconhecida pela Organização Internacional do Trabalho (OIT), por desenvolver com êxito as Ações Estratégicas do Programa de Erradicação do Trabalho Infantil (Aepeti). O executivo municipal, por meio da Secretaria da Criança e Assistência Social (Semcas), foi avaliado positivamente nos cinco critérios de experiência de boas práticas – Informação e Mobilização, Identificação, Proteção Social, Defesa e Responsabilização e Monitoramento. São Luís está entre as 11 cidades brasileiras que se destacam no combate ao trabalho infantil.

Os indicadores fazem parte de uma pesquisa realizada pela OIT para sistematizar e avaliar experiências de boas práticas na execução das ações estratégicas do programa de Erradicação do Trabalho Infantil (Peti) no Brasil. A pesquisa está sendo feita em parceria com a Secretaria de Avaliação e Gestão da Informação (Sagi) e a Secretaria Nacional de Assistência Social (SNAS), do Ministério do Desenvolvimento Social e Agrário (MDSA).

O prefeito Edivaldo ressaltou que tem sido uma prioridade de sua gestão o desenvolvimento de ações que ofereçam às crianças e jovens novas experimentações artísticas, culturais, esportivas e de lazer, entre outras voltadas aos vínculos familiares e a socialização.

“Nossas crianças e adolescentes são prioridades da nossa gestão. Estamos aumentando a capacidade de atendimento do Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos em nossa cidade, entre outras iniciativas porque entendemos ser esta uma ação importante na prevenção de risco. Com esta iniciativa, procuramos oferecer às nossas crianças e adolescentes outros caminhos para o convívio social, novos saberes para sua formação como cidadão e propiciar-lhes experiências que favoreçam o seu desenvolvimento educacional, cultural e em sociaedade”, relembrou o prefeito Edivaldo.

A titular da Semcas, Andréia Lauande, destacou o papel do município no enfrentamento do trabalho infantil. “O trabalho infantil é um fenômeno complexo e de causas múltiplas, por isso, o prefeito Edivaldo orientou que crianças e adolescentes sejam prioridade em sua gestão. Para tal, atuamos em várias frentes de trabalho para que esse público tenha seus direitos protegidos”, afirmou Andréia Lauande.

Fotos: Maurício Alexandre e Fabrício Cunha

3 comentários »

PPA é destaque na gestão de Edivaldo

4comentários

Mais 200 famílias são beneficiadas com cestas do PAA entregues pela Prefeitura de São Luís

A Prefeitura de São Luís entregou nesta quarta-feira (15), mais 200 cestas de alimentos do Programa de Aquisição de Alimentos (PAA) a famílias em vulnerabilidade social. A entrega, que contou com a presença do prefeito Edivaldo e do vice, Julio Pinheiro, foi para famílias assistidas pelo território do Centro de Referência da Assistência Social (Cras) – Turu que inclui moradores do Sol e Mar, Divineia, Alonso Costa e Vila Luizão, entre outros. Somente no primeiro ano de implantação do programa – que tem como objetivo combater a insegurança alimentar e fortalecer a agricultura familiar – foram mais de 45 mil famílias beneficiadas.

“O PAA já nos rendeu o prêmio de Prefeito Empreendedor, no primeiro mandato. Nós continuamos fazendo a entrega das cestas e avançando cada vez mais para que mais famílias sejam beneficiadas. Através deste programa, nós temos oportunidade de fazer a compra local, da nossa zona rural, aquecendo a economia e beneficiando os que integram os programas sociais”, destacou o prefeito Edivaldo.

Prefeito Edivaldo Holanda Júnior e o vice Júlio Pinheiro entregam cestas do PPA

As cestas do programa são formadas por mais de 30 gêneros alimentícios como frutas, verduras e hortaliças. A edição 2017 foi iniciada em 16 de fevereiro e já beneficiou cerca de 900 famílias das regiões da Cidade Operária, Vinhais e Anjo da Guarda. O vice-prefeito Julio Pinheiro reforçou que o programa é importante, uma vez que garante alimento saudável e de qualidade às famílias que mais necessitam e também fomenta a produção agrícola.

“A Prefeitura, para garantir que o trabalhador possa de fato participar dessa cadeia produtiva, olha o pequeno agricultor como fundamental porque precisamos desenvolver a zona rural da nossa cidade. Este programa tem também os braços, as mãos e o coração dos trabalhadores rurais aqui de São Luís”, disse o Julio Pinheiro.

O programa é desenvolvido pela Prefeitura de São Luís e executada por meio da Secretaria Municipal de Segurança Alimentar (Semsa). A ação é realizada em parceria com as secretarias municipais de Assistência Social (Semcas), que identifica o público atendido; e Agricultura e Pesca (Semapa), que auxilia na organização dos alimentos junto aos agricultores.

Foto: A. Baeta

4 comentários »

Usuários aprovam aplicativo Meu Ônibus

2comentários

Passageiros aprovam aplicativo ‘Meu Ônibus’, lançado pela Prefeitura de São Luís

Praticidade, segurança e economia de tempo. O aplicativo ‘Meu Ônibus’, lançado pela Prefeitura de São Luís, já é utilizado pelos passageiros do transporte coletivo e recebeu total aprovação. A ferramenta informa o horário da chegada do coletivo evitando que as pessoas percam tempo nas paradas. O serviço integra o plano de modernização e melhoria do transporte público da capital, executado pela gestão do prefeito Edivaldo.

O ‘Meu Ônibus’ reúne os dados por meio dos GPS instalados nos mais de 900 ônibus do sistema e indica, em tempo real, o horário de chegada dos coletivos em cada um dos 1.400 pontos de paradas na cidade. A estudante de Direito Maiara Mendes, 21 anos, aprovou o aplicativo ao qual sempre recorre antes de ir à parada.

“Eu soube pela rede social da Prefeitura e achei uma ideia tão bacana que compartilhei com meus amigos. Aí fiz o teste e realmente, o ônibus que eu precisava estava no ponto no horário certinho que o aplicativo informava. Muito bom mesmo. Prático e mais seguro pegar ônibus”, enfatizou a jovem.

“Antes de colocarmos em vigor esta ferramenta, foram realizados diversos estudos e testes para que, ao ser disponibilizado à popualção não houvesse falhas. O aplicativo tem garantida a precisão dos dados ao passageiro e com isso, há economia de tempo e consequentemente, mais segurança. Com esse aplicativo, o prefeito Edivaldo prossegue o plano de requalificação do sistema de transporte e mostra seu comprometimento com a melhoria do serviço ao usuário”, enfatizou o secretário municipal de Trânsito e Transportes (SMTT), Canindé Barros.

Foto: A. Baeta

2 comentários »

Prefeitura intensifica limpeza de galerias

4comentários

Prefeitura de São Luís avança na limpeza de galerias e canais

A Prefeitura de São Luís tem intensificado o trabalho de limpeza de galerias e desobstrução de bueiros em bairros de São Luís. O trabalho faz parte das ações realizadas diariamente pela Prefeitura, visando à melhoria do funcionamento das redes de drenagem de águas pluviais em toda a cidade e inclui a recuperação, limpeza com retirada de entulho e colocação de tampa, no caso de obstrução.

Coroado, Ilhinha, Renascença II, Calhau, Cohafuma, São Francisco, Cidade Operaria, São Raimundo, Litorânea, São Cristóvão e Vila Embratel são alguns dos bairros que já receberam os serviços desde o início do mës de março.

Nas últimas semanas, os serviços de limpeza de galerias foram realizados na na Rua dos Narcisos, na Lagoa da Jansen e dos Azulões, no Renascença II; Rua 9 e 6, no São Francisco; Avenida Jerônimo de Alburquerque na altura da Curva do 90 e do Palácio Henrique de La Rocque; Avenida dos Africanos, no Coroado; Avenida Santo Antônio, Barramar – Calhau; Unidade 105, na Cidade Operária; Avenida Ferreira Gullar, na Ilhinha; Avenida dos Holandeses, próximo a Pizza Hut e na Avenida do Muro, próximo à Expoema; entre vários outros pontos de serviço.

Na Avenida do Muro, que é um corredor de ônibus, a Semosp também iniciou um trabalho de recuperação da malha asfáltica para manter a trafegabilidade do local. O trabalho está acontecendo até o fim do período chuvoso, quando a secretaria deverá realizar a recuperação definitiva da via, que deve ganhar nova rede de drenagem.

Entre os canais que já receberam limpeza estão o da Areinha, na Avenida dos Africanos; da Lagoa, na concha acústica; Curva do 90 e o canal da Avenida Santo Antônio, no Barramar. Com o trabalho, a Prefeitura minimiza alagamentos especialmente após intensas chuvas.

Paralelo ao trabalho de limpeza das galerias e canais, a Semosp também está realizado serviço de recuperação asfáltica em várias ruas da capital. Entre elas estão a Rua Altamira, próximo ao Hotel Adventure, no Calhau; e trechos das avenidas Guajajaras, Colares Moreira, Brasil, Jerônimo de Alburquerque, elevado da Cohab e Daniel de La Touche.

Nesta quinta-feira (8) equipes da Semosp realizaram trabalho na rua Paulo VI, no Jardim São Cristovão. A via, com cerca de 2 km de extensão, recebeu serviço de manutenção da drenagem superficial e pavimentação em vários trechos, melhorando a mobilidade da região.

Foto: Juracy Meireles

4 comentários »

Divulgado resultado de concurso na Educação

2comentários

Divulgado resultado de mais uma etapa do Concurso para a educação municipal de São Luís

Foi divulgada nesta sexta-feira (10), a lista de aprovados nas provas objetivas e a e lista provisória da prova discursiva do concurso para professor da rede municipal de ensino. Candidatos podem consultar o gabarito, caderno de prova e folha de respostas no site do Centro Brasileiro de Pesquisa, Avaliação e Seleção e de Promoção de Eventos (Cespe/UnB), responsável pela realização do processo, e na página da Prefeitura de São Luís, no endereço www.saoluis.ma.gov.br. estratégia da Prefeitura de São Luís para reduzir o déficit de profissionais na educação municipal, o concurso ofereceu 822 vagas nos níveis médio e superior, incluindo oportunidades para magistério e, pela primeira vez, vagas na Educação Especial, para preenchimento imediato e também cadastro de reserva.

Os candidatos terão acesso às listas clicando no link ‘Consulta ao gabarito definitivo, caderno de prova e folha de respostas’. Na página seguinte, o candidato informa o CPF e a senha para consultar a listagem.

Nos cargos de nível médio como segunda etapa de avaliação, como os de cuidador, por exemplo, candidatos devem realizar ainda perícia médica e prova de desempenho teórico prático; e de avaliação de títulos e perícia médica para os cargos de nível superior. Quanto a recursos, o prazo para dar entrada será dias 13 e 14 deste mês, acessando a página do Cesp/UnB.

O diferencial deste concurso público é a destinação de vagas no magistério para a área da Educação Especial. Todos os cargos desta modalidade são oferecidos pela primeira vez e são uma iniciativa da gestão Edivaldo. Foram criados cargos para atender alunos com algum tipo de deficiência e assim, fortalecer o planejamento da gestão por uma educação ainda mais inclusiva.

Cargos

O concurso ofereceu vagas no magistério para professores de artes, ciências, educação física, educação infantil, filosofia, ensino religioso, geografia, história, inglês, língua portuguesa, matemática, atendimento educacional especializado, braile, língua brasileira de sinais, intérprete de língua brasileira de sinais, suporte pedagógico e professor 1° ao 5° ano.

Os inscritos para nível médio vão concorrer às vagas para os cargos de cuidador escolar, monitor de transporte escolar e para transcritor e adaptador de Sistema Braille. Os de nível superior têm oportunidades nas áreas de arquitetura, assistência social, engenharia civil, fonoaudiologia, nutrição, psicologia, revisor de braile e terapia ocupacional.

Os salários variam de R$ 1.112,09 para cargos de nível médio; e de até R$ 2.661,20 para o nível superior. O concurso conta ainda com vagas no cadastro de reservas, para serem acionados em caso do surgimento de demanda e tem validade de dois anos.

Foto: Divulgação/ Prefeitura de São Luís

2 comentários »

Prefeitura promove Todos por São Luís Mulher

2comentários

Prefeitura promove ‘Todos por São Luís Mulher’ voltado ao público feminino

Uma programação diversificada com oferta de serviços voltados ao público feminino marcou a realização do ‘Todos por São Luís Mulher’, edição especial do prorama promovida pela Prefeitura de Luís, nesta sexta-feira (10), como parte da programação alusiva ao Dia Internacional da Mulher, comemorado na última quarta-feira (8).

A primeira-dama de São Luís, Camila Holanda, que é coordenadora geral do programa, participou do evento, que contou com a parceria do Governo do Estado e apoio da Federação das Indústrias do Maranhão (Fiema) e Igreja Quadrandular. A ação foi na Praça Deodoro, no Centro da capital.

“A Prefeitura de São Luís já executa diversas políticas públicas destinadas às mulheres e esta é o ‘Todos por São Luís Mulher’, mais uma ação desenvolvida com o objetivo de dar uma atenção toda especial ao público feminino, na semana em que celebramos o Dia Internacional da Mulher. Preparamos uma programação diferenciada, desenvolvida em plena praça pública, onde o fluxo de pessoas é maior e, assim, atingirmos a expressiva participação de mulheres nos serviços básicos essenciais de saúde, nutrição, embelezamento, entre muitas outros ofertados aqui”, disse Camila Holanda.

A terceira edição do ‘Todos por São Luís Mulher’ registrou expressiva participação do público feminino, nas ações ofertadas na área de saúde, atividades culturais, de embelezamento, oficinas, feira de artesanato e outras atividades. Implantado pela gestão do prefeito Edivaldo, o programa proporciona o estreitamento do diálogo da Prefeitura de São Luís com a comunidade a partir da oferta de serviços à população. básicos essenciais.

Foto: A. Baeta

2 comentários »

Descarte irregular é problema em São Luís

1comentário

Prefeitura de São Luís desenvolve ações de combate ao descarte irregular de resíduos sólidos

O descarte irregular de resíduos sólidos causa uma série de problemas que vão desde riscos à saúde humana até prejuízos irreparáveis ao meio ambiente. Na capital maranhense, o volume de resíduos nessa situação tem aumentado. Até o final do ano passado. a Prefeitura de São Luís recolhia, em média, 230 toneladas por dia de resíduos irregularmente descartados – correspondente a 19% do total da coleta realizada na capital. Nos primeiros meses deste ano, porém, esse volume cresceu para cerca de 300 toneladas diárias. Na prática, isto significa que um quarto dos resíduos coletados diariamente em São Luís foi descartado em locais indevidos, como canteiros e terrenos baldios.

A Prefeitura tem intensificado o serviço de coleta. Além dos caminhões que fazem o recolhimento dois resíduos, o município garante também a remoção manual e mecanizada dos resíduos, nos casos necessários. A ação integra a política de gestão de resíduos sólidos, implantada pela Prefeitura de São Luís desde a primeira gestão do prefeito Edivaldo e que incluiu, entre outras ações, a desativação do Aterro da Ribeira e a implantação dos primeiros Ecopontos.

De acordo com o Comitê de Limpeza Pública de São Luís, na capital, há cerca de 400 pontos onde são feitos descartes de forma irregular. A situação piora no período chuvoso, com impactos na saúde pública e no funcionamento do sistema de drenagem. Entre os problemas causados estão entupimento de bueiros e alagamentos de vias, já que as águas das chuvas arrastam os detritos; proliferação de vetores como o mosquito aedes aegypit – transmissor da dengue, zika vírus e da febre chikungunya – além de ratos, baratas e outros insetos; e poluição ambiental, pois resíduos podem ser levados para rios, mangues e praias.

Cidade Operária, Olho d’Água e Jardim São Cristóvão estão entre os bairros com maio volume de resíduos recolhidos nessa situação, conforme levantamento feito pelo Comitê de Limpeza Pública. Na Cidade Operária, por exemplo, foram mais de 3,9 mil toneladas recolhidas durante o ano de 2016.

Ecopontos

Uma das estratégias da Prefeitura de São Luís no combate ao descarte irregular é a implantação de Ecopontos. A iniciativa é pioneira para a capital maranhense e opera em conjunto com cooperativas de reciclagem. Os Ecopontos são espaços destinados à entrega voluntária de materiais de grande volume, como restos de poda, entulho resultante da construção civil, madeiras e móveis velhos, entre outros itens.

Cada Ecoponto tem capacidade de armazenamento de 100 toneladas de resíduos por mês, podendo variar com a demanda. A estrutura é padrão e possui setor administrativo, instalações sanitárias, estacionamento, áreas de recebimento e acondicionamento temporário dos materiais, área de manobra de equipamentos e veículos.

As baias de depósito são de alvenaria, cobertas e sinalizadas. O equipamento possui depósito específico para resíduos de poda, capina e da construção civil. “Os Ecopontos contribuem para a saúde da população, aumento da quantidade de material reciclável que retorna ao ciclo produtivo e, consequentemente, no aumento da vida útil do aterro sanitário. A população pode contribuir com essa iniciativa da Prefeitura recorrendo a estes espaços para depositar seus resíduos”, diz Carolina Estrela.

Os Ecopontos recebem materiais que não são recolhidos no serviço diário de coleta. Em sua maioria são entulhos da construção civil, itens recicláveis e alguns, que servem à cadeia recicladora. A Prefeitura mantém ainda coleta regular periódica do resíduo produzido pela população. O serviço cobre toda a capital e é realizado diariamente ou em dias alternados da semana, a depender da localidade.

Fotos: Divulgação

1 comentário »

Prefeitura entrega alimentos do Carnaval

3comentários

Prefeitura de São Luís entrega à Apae alimentos arrecadados na Passarela do Samba

A Prefeitura de São Luís, por meio da Secretaria Municipal de Cultura (Secult), entregou aproximadamente sete toneladas de alimentos não perecíveis para a Associação dos Pais e Amigos dos Excepcionais (Apae). As doações foram arrecadadas durante o Carnaval de Todos, promovido pelo Governo do Estado em parceria com a Prefeitura de São Luís, quando o público trocou alimentos por ingressos da Passarela do Samba, nos cinco dias de programação carnavalesca.

O secretário municipal de cultura, Marlon Botão, representando o prefeito Edivaldo, entregou ao presidente da Apae, Vanderlan Rolin, os alimentos que beneficiarão os alunos e mais de 250 famílias atendidas pela instituição. Também estiveram presentes durante a entrega o gestor da Apae, Pedro Afonso, do vereador Honorato Fernandes (PT) e demais autoridades.

“Eu estou muito feliz de estar aqui, neste momento na Apae  vendo pessoas comprometidas com causas importantes para a sociedade ludovicense e muito feliz porque a gente viu a importância do que é a unidade. A unidade do Governo do Estado, a unidade da Prefeitura de São Luís, na figura do governador Flávio Dino, do prefeito Edivaldo Holanda Júnior, da Câmara Municipal que também teve um papel importante neste momento do Carnaval da nossa Ilha que passa por dificuldades econômicas no Brasil afora e São Luís não é diferente e a iniciativa do secretário Marlon Botão”, destacou Honorato.

Foram arrecadados aproximadamente sete toneladas de alimentos durantes os desfiles

“Esta é uma iniciativa pioneira que servirá de modelo para outros eventos promovidos pela secretaria, como o São João, que poderá firmar parcerias com outras entidades filantrópicas que desenvolvem trabalhos sociais e precisam de apoio. Escolhemos a Apae por desenvolver um relevante trabalho há 45 anos à sociedade e consolidamos esta parceria na gestão do prefeito Edivaldo, reforçada pela Câmara de Vereadores que também abraça hoje esta causa”, frisou o secretário municipal de cultura, Marlon Botão.

O presidente da Apae, Vanderlan Rolin, apresentou as instalações, alguns pais e alunos atendidos pela Associação e agradeceu as doações recebidas. “Nós sobrevivemos de apoio e precisamos de parcerias como esta. As portas desta casa estão sempre abertas e com ajudas assim iremos continuar este serviço. Os alimentos recebidos serão bem distribuídos para quem realmente precisa e consumidos pelas crianças e famílias atendidas aqui”, disse o presidente ressaltando que o foco da instituição é inserir as pessoas com Síndrome de Down na sociedade. “E esta inclusão já começou pela cultura, temos todos os anos o bloco da Apae que desfila na Passarela do Samba, e, nesta edição, 62 crianças participaram do circuito carnavalesco na Passarela”.

Fotos: Lauro Vasconcelos

3 comentários »

O que falta para o gramado do Nhozinho Santos

8comentários

Visto de cima, a impressão que temos é que o gramado do Nhozinho Santos foi recuperado

Estive visitando hoje o Nhozinho Santos e de cima, a imagem é de certa forma até animadora, mas ao andar pelo gramado a certeza de que se algo for feito, o estádio logo poderá ser entregue aos desportistas. O que falta é pouco, diria até que se tiverem boa vontade resolvem agora.

Do início do ano para cá, as chuvas ajudaram, mas conversando com quem de fato está cuidando do gramado o que está faltando é material. Não se arruma um gramado apenas com a chuva.

O gramado precisa de reparos em alguns pontos e até agora nenhum metro de grama foi comprado. Houve a troca de grama em alguns pontos, mas a grama foi retirada da parte de fora que já não é das melhores.

Buracos próximo aos dois gols podem ser resolvidos com a adequação às novas dimensões

De cima, os buracos não são tão visíveis, mas debaixo a situação é outra. É necessário grandes reparos dentro dos dois gols, mas a principal intervenção que deve ser feita é outra.

Se for feito o avanço dos dois travessões conforme determinou a CBF e o gramado ficar na dimensão 105 por 68 metros (atualmente o Nhozinho tem dimensão de 110 por 75 metros), boa parte do problema estará solucionado. Para isso basta que a Prefeitura determine o deslocamento urgente que deve ser feito pela Semosp.

Além disso, são necessários uns 500 metros de grama para os reparos, mas se avançarem os travessões de acordo com a dimensão determinada pela CBF, a quantidade necessária de grama vai cair muito. Além disso é necessário terra preta e adubo, além de uma máquina para cortar a grama, pois a que tem lá está quebrada.

É pouca coisa que falta para a importância que o Nhozinho Santos tem para o futebol maranhense.

São necessáriso apróximadamente 500 metros de gramas para reparos no gramado

A Federação Maranhense de Futebol (FMF) se dispôs a colaborar com a Prefeitura e já encaminhou algumas carradas de terra preta e mostrou interesse em adquirir a grama necessária para os reparos.

Com isso fica para a Prefeitura de São Luís a missão de viabilizar a recuperação da iluminação com a Citeluz.

Resumindo falta marerial e isso quem tem que se virar é a Prefeitura de São Luís.

Mais uma vez, nós que militamos na crônica esportiva apelamos para a sensibilidade do prefeito para que dê as condições necessárias que são poucas como vocês podem ver para que o nosso Nhozinho Santos possa receber os jogos.

É só isso. Que tenham boa vontade com o futebol.

8 comentários »