Italuís avança

1comentário

italuis2

Os primeiros tubos de aço patinável que serão utilizados nas obras de substituição dos 19 quilômetros da adutora do Sistema Produtor Italuís, no Campo de Perizes, chegaram nesta terça-feira (14), em São Luís. A tubulação foi recebida pelo presidente da Companhia de Saneamento Ambiental (Caema), João Moreira Lima, que esteve no canteiro de obras. O serviço é orçado em R$ 106.887.593,62.

Os 1.500 tubos de aço patinável, resistentes à corrosão, ficarão suspensos para facilitar os trabalhos de manutenção e evitar a criação de bolsões de ar. A nova adutora ficará instalada sobre pilotis, paralela à BR-135 e distante 40 metros das torres de alta tensão da Eletronorte, o que evita a indução magnética.

italuis1
A próxima etapa da obra corresponde a instalação de uma ponte de treliça sobre a qual a adutora atravessará o Estreito dos Mosquitos.

O Sistema Italuís é responsável pelo abastecimento de 60% dos bairros de São Luís. O remanejamento da adutora vai estabilizar o abastecimento e garantir sobra de água para utilização em outros setores da cidade. Os 19 km de tubos de ferro dúctil DN 1.200mm serão substituídos por modernos tubos de aço de 1.400mm de diâmetro (aço patinável, mais resistentes à corrosão, com espessura de chapa 12,7mm com costura helicoidal, revestida interna e externamente), garantindo 20% a mais de evasão de água.

Fotos: Nestor Bezerra e Handson Chagas

1 comentário para "Italuís avança"


  1. Macabeu

    Zeca, pode até ser possivel que dessa vez as coisa andam, olha que já usaram o nome da CAEMA, em muita maracutáia.
    A CAEMA foi durante muito tempo explorada, sugada por sucessivo governos e Diretorias corrupta, que usaram e abusaram e até usurparam dos bens da Empresa, desviando recursos e até enriquecimento ilícito foi constatado.
    Impossível acreditar que uma empresa que faz a captação de um dos maiores rio do Estado, abasteça com deficiência uma população, em um dia sim e o restante não, durante mêses e ano precariamente. Não dar para entender isto. Torçamos que tudo isso seja verdade, que não sejamos mais uma vez engando, e que os tolos e ingênuos não sejam induzidos por conta disso a votarem nos candidatos do governo.

deixe seu comentário