Galdino será Superintendente de Polícia de SL

3comentários

O secretário municipal de Segurança com Cidadania de São Luís, Breno Galdino será novo superintendente de Polícia Civil da Capital.

Ele recebeu o convite do secretário Jefferson Portela e já aceitou.

Breno Galdino já teria até comunicado a sua equipe que está deixando a gestão do prefeito Edivaldo Holanda Júnior para assumir cargo importante na estrutura da Segurança Pública no governo do Maranhão.

Foto: Flora Dolores

3 comentários »

Obras reduzem áreas de alagamentos em SL

0comentário

As obras realizadas pela Prefeitura de São Luís em áreas de alagamento e inundações contribuíram para reduzir estas ocorrências na cidade neste período de chuvas. A constatação foi apresentada durante reunião nesta terça-feira (30), convocada pela Secretaria Municipal de Segurança com Cidadania (Semusc), para discutir e atualizar o Plano de Contingência com representantes dos órgãos do poder público, instituições e sociedade civil envolvidos. Ações preventivas seguem determinação do prefeito Edivaldo que tem investido na melhoria da infraestrutura de bairros da capital, sobretudo daqueles que há anos não recebiam melhorias.

O plano define as estratégias de respostas a serem utilizadas para combate e prevenção de sinistros causados por intempéries. São alagamentos e deslizamentos de terras que ocorrem em áreas de encostas ou próximas a canais e rio, colocando em risco vidas humanas e perda de bens materiais. Além de mapear as áreas de vulnerabilidade de risco e preparar respostas, o Plano de Contingência elaborado pela Prefeitura de São Luís prevê a reconstrução dos cenários de desastres em situação normal.

De acordo com explanação do secretário de Segurança com Cidadania de São Luís, Breno Galdino, houve redução significativa de categoria em algumas destas áreas de risco e exclusão de outras que antes registravam ocorrências frequentes de alagamento durante o período de chuvas. Em alguns casos, estes riscos foram minimizados, passando a escala de baixíssima ocorrência e perigo de sinistro.

“Em algumas áreas onde a Prefeitura de São Luís realizou obras de drenagem superficial e profunda, que vêm sendo intesificadas pelo prefeito Edivaldo, foram eliminados os alagamentos e inundações. A atuação da própria comunidade por meio dos núcleos comunitários de defesa civil que tem instruído os moradores destas áreas a evitar obstrução de bueiros, colocação de lixo em local inadequado e desmatamento, tudo isso tem contribuído para que tenhamos essa redução”, explicou o secretário de Segurança com Cidadania, Breno Galdino.

Além dos representantes das secretarias municipais envolvidas no plano, participaram da reunião representantes da Cruz Vermelha, Legião da Boa Vontade, Polícia Militar do Estado do Maranhão, Capitania dos Portos, Vale e do Grupo de Prevenção e Resgate Voluntário, Organização Não Governamental (ONG) formada por profissionais da área de saúde e segurança.

Foto: Maurício Alexandre

sem comentário »

Breno Galdino é Cidadão de São Luís

2comentários

Secretário Breno Galdino recebe título de Cidadão de São Luís proposto pelo Raimundo Penha

O secretário municipal de Segurança com Cidadania, Breno Galdino é o novo Cidadão de São Luís. Ele recebeu o título nesta terça-feira (6), na Câmara Municipal. A homenagem foi proposta pelo vereador Raimundo Penha (PDT).

“O Breno Galdino tem relevantes serviços prestados em nossa cidade, tanto como delegado de carreira e também como secretário municipal de Segurança com Cidadania e é merecedor desta homenagem”, destaca Penha.

Breno Galdino de Araújo nasceu no dia 12 de novembro de 1977, em Salvador, na Bahia. Aos 10 anos, mudou-se para São Luís – Maranhão, onde morou até a concluir o ensino médio. Após a conclusão do ensino médio, Breno mudou-se para Paraíba, onde passou no vestibular da Universidade Federal, e cursou Direito. Depois de 6 anos, ele retornou para o Maranhão já aprovado na Academia de Polícia Civil do Estado.

Aos 24 anos, tornou-se Delegado da Polícia Civil do Maranhão. Teve atuação em várias cidades do interior do Estado e durante cinco anos esteve atuando na Superintendência Estadual de Investigações Criminais.

Em 2013, após anúncio do prefeito Edivaldo Holanda Júnior, o delegado assumiu a Secretaria Municipal de Segurança com Cidadania (Semusc), cargo que exerce até hoje, com a missão de tornar a segurança do município mais atuante.

Além de exercer a função de secretário, Breno Galdino é coordenador geral da Superintendência da Defesa Civil Municipal e durante os quatro primeiros anos de gestão, ele fortaleceu os Núcleos Comunitários da Defesa Civil Municipal (Nudecs)

Breno Galdino de Araújo é casado há oito anos com Alina Franco Boueres de Araújo. Juntos, eles têm um filho, Pedro Boueres Galdino de Araújo, de dois anos.

Foto: Divulgação

2 comentários »

Prefeitura em alerta para período chuvoso

0comentário

Prefeitura de São Luís intensifica ações de contingência para período chuvoso

Como parte das ações efetivas voltadas ao período chuvoso na capital, a Prefeitura de São Luís, por meio da Secretaria Municipal de Segurança com Cidadania (Semusc), atualizou o Plano de Contingência que define as estratégias a serem utilizadas para combate e prevenção a desastres como enchentes e alagamentos. A ação soma-se a outras implantadas pela gestão municipal que, mesmo antes de iniciar o período chuvoso na capital, investiu em serviços como desobstrução de córregos, bueiros, galerias, bem como em obras de drenagem de grande impacto, o que está sendo determinante para a redução do número de ocorrências no período.

“Uma das grandes preocupações da nossa gestão sempre foi garantir a melhoria da qualidade de vida da população. Nesse sentido investimos fortemente nos últimos quatro anos na construção de canais como o do Rio das Bicas, Gangan e Cohatrac. O trabalho preventivo que vem sendo feito pela Prefeitura envolve várias secretarias e órgãos, a exemplo da Defesa Civil, que já concluiu o mapeamento das áreas de risco que inclui prédios ocupados em situação precária e que ofereçam risco aos moradores. Em outra frente, a trabalhamos na limpeza das galerias das principais vias, viadutos e de canais em vários bairros da capital”, disse o prefeito Edivaldo.

Coordenado pela Semusc, via Superintendência de Defesa Civil Municipal (Sudec), o Plano de Contingência foi atualizado por um comitê formado pelas secretarias municipais de Educação (Semed), Agricultura, Pesca e Abastecimento (Semapa), da Criança e Assistência Social (Semcas), Segurança Alimentar (Semsa), Habitação e Hurbanismo (Semurh/Blitz Urbana); Desporto e Lazer (Semdel), Trânsito e Transporte (SMTT) e ainda Defesa Civil Estadual e Capitania dos Portos.

A partir do monitoramento constante das áreas de risco, tarefa que cabe à Defesa Civil Municipal, o comitê definiu as estratégias para o enfrentamento do período chuvoso e as respostas às situações iminentes de riscos nas áreas mapeadas.

“A adequação do Plano de Contingência é um alinhamento entre os órgãos e outros parceiros, para que a população tenha uma pronta resposta em casos de sinistro e também para trabalhar na prevenção. Todos nós somos Defesa Civil e precisamos trabalhar no apoio e no combate a esses sinistros”, ressaltou o titular da Semusc, Breno Galdino.

No mês de dezembro, a Defesa Civil Municipal realizou o mapeamento das áreas de risco, no qual constatou a redução no número dos pontos de risco de 66 para 60. A redução, segundo Elitânia Barros, superintendente da Defesa Civil Municipal, é fruto das ações preventivas executadas pela Prefeitura de São Luís. “Com a adequação do plano, haverá uma maior agilidade dos trabalhos caso a população precise de um atendimento”, destacou.

sem comentário »

Combate ao crack

3comentários

Edivaldo1

O prefeito Edivaldo lançou nesta quarta-feira (20) o programa “Crack, é Possível Vencer!” que tem como objetivo ampliar a oferta dos serviços de saúde e assistência social aos usuários e dependentes da droga, em São Luís. O programa, idealizado pelo governo federal e executado pela Prefeitura em parceria com os governos estadual e federal, visa fortalecer as ações de prevenção, apoio ao usuário, segurança pública e capacitação. Na capital, o programa será desenvolvido em duas áreas críticas de consumo do crack: João Paulo e Centro Histórico.

“Vamos atuar fortemente no enfrentamento a esse sério problema de saúde pública, que assola o país e aqui não é diferente. Mas a Prefeitura de São Luis, por meio desse importante programa, vai dar sua parcela de contribuição no combate às drogas, em especial ao crack, entrando com prevenção, apoio social e de saúde nas áreas mais críticas de consumo da droga na nossa cidade “, disse Edivaldo.

Na solenidade de lançamento, ocorrida em frente ao Palácio de La Ravardière, o prefeito entregou os equipamentos que serão utilizados na ação. São duas viaturas, uma ambulância, duas motos, um microônibus de monitoramento das câmeras instaladas em todo o Centro Histórico, além de armas não-letais que serão utilizadas por 76 guardas municipais destacados para atuarem especificamente nessa ação.

Por meio das secretarias municipais da Criança e Assistência Social (Semcas), Segurança com Cidadania (Semusc) e Saúde (Semus), atuando de forma integrada, a Prefeitura vai promover ações com o intuito de aumentar a oferta de serviços de tratamento e atenção aos usuários e seus familiares, reduzir a oferta de drogas ilícitas por meio do enfrentamento ao tráfico e às organizações criminosas e promover ações de educação, informação e capacitação.

Edivaldo

De acordo com o titular da Semusc, Breno Galdino, os guardas disponibilizados pela segurança municipal vão realizar rondas, diuturnamente, no Centro Histórico e no João Paulo. Os guardas foram capacitados no curso de Tópicos Especiais de Policiamento e Ações Comunitárias (Tepac) em que receberam noções de saúde pública direcionadas à área de psicologia, assistência social e psicotrópicos. Para monitorar a área, foram implantadas 20 câmeras que vão reforçar o trabalho de segurança preventiva.

“Sabemos que o avanço do uso de crack já se configura quase como uma epidemia no país. Por isso, o prefeito Edivaldo foi bastante incisivo no sentido de darmos máxima atenção e total empenho no combate a esse problema, em São Luís. O Centro Histórico é uma área já detectada como crítica no consumo de drogas, então estamos trazendo para dentro da área quase 80 guardas municipais capacitados, de forma que possamos realizar o trabalho preventivo e ostensivo, dando apoio também às demais secretarias envolvidas nesse trabalho”, afirmou Galdino.

De acordo com a secretária municipal da Criança e Assistência Social, Andreia Lauande, o lançamento oficial do programa “Crack, é Possível Vencer!” marca um esforço empenhado pelo prefeito Edivaldo desde o início da gestão para trazer esse programa e intensificar as ações de combate ao problema na capital. “O crack já não é mais um problema apenas de segurança pública, ele é considerado uma questão social. Os dados apontam que a ação integrada para combater esta epidemia nacional é fundamental para termos sucesso no programa. Por isso, nossos serviços podem contribuir quando o vício afeta pessoas em vulnerabilidade social”, frisou a secretária.

3 comentários »

Prefeitura reforça alerta em áreas de risco

0comentário

BrenogaldinoAs lideranças dos Núcleos Comunitários da Defesa Civil Municipal (NUDECs) estão em alerta em suas comunidades, focadas nas áreas de riscos, neste período chuvoso. A solicitação partiu do secretário de Segurança com Cidadania (Semusc), Breno Galdino, durante reunião de trabalho.

As áreas mapeadas são Salinas do Sacavém, Vila Bacanga, Vila Isabel, Quinta dos Machado, Vila Embratel, Itapera, Quebra-Pote, Sacavém, Geniparana, Residencial José Reinaldo Tavares, Vila Lobão, Sá Viana, Vila Ayrton Senna, Recanto Canaã e Vila Funil.

No primeiro encontro com as lideranças comunitárias, o secretário enfatizou que, em caso de possíveis anormalidades, como enchentes, alagamentos, desmoronamento de barreiras, entre outras intempéries, os líderes comunitários devem contactar imediatamente com a Superintendência de Defesa Civil Municipal (Sudec), órgão vinculado à Semusc, para a tomada das medidas legais que as anormalidades requeiram.

Breno Galdino reforçou que a Semusc está de portas abertas para receber as lideranças comunitárias e que parcerias com órgãos públicos e privados são bem-vindas.

sem comentário »