Roberto espera concluir este mês apuração de fraude

0comentário

O corregedor do Senado, Roberto Rocha (PSDB-MA), afirmou nesta sexta-feira (15) ao G1 que pretende concluir ainda neste mês a apuração sobre a suspeita de fraude na eleição para presidente da Casa.

No dia 2 de fevereiro, os senadores se reuniram no plenário para eleger o novo presidente. No momento da contagem de votos, foram encontradas 82 cédulas na urna, embora haja 81 senadores.

Com isso, uma nova votação teve de ser realizada, e Davi Alcolumbre (DEM-AP) foi eleito presidente do Senado. As cédulas da primeira votação foram trituradas.

“Até o final do mês [de março], o que eu espero é concluir o trabalho da Corregedoria. A Corregedoria tem a função de apurar. E aí, se descobrir que tem algum servidor envolvido, manda para o Ministério Público e manda também para a diretoria [do Senado]. Se tiver algum senador envolvido, manda para o Conselho de Ética”, afirmou Rocha.

O Conselho de Ética pode abrir um processo de cassação de mandato parlamentar.

Na avaliação de Rocha, mais duas semanas para a conclusão da investigação é um “prazo razoável”, a não ser que “algum fato” justifique prorrogar o prazo.

G1

sem comentário »

Os números que atormentam Flávio Dino

0comentário

É impressionante como levantamento após levantamento, na sua maioria nacionais, os números mostram o fracasso do Governo Flávio Dino e de como a realidade dos fatos é bem diferente da apresentada nas propagandas durante a campanha eleitoral, do mundo de “faz de conta” dos comunistas.

Somente nesta semana, mais dois levantamentos nacionais mostram claramente o insucesso da gestão comunista. O mais recente, divulgado nesta sexta-feira (14) pelo G1 (veja aqui), é sobre a situação fiscal do Governo Flávio Dino.

De acordo com o levantamento Tendências Consultorias Integrada, apenas seis dos 27 governadores que tomam posse ou permanecem no cargo a partir de janeiro do ano que vem, vão começar o mandato com uma situação fiscal considerada muito boa ou boa. Apenas os governadores do Amapá, Espírito Santo, Amazonas, Rondônia, Tocantins e Paraíba, receberão as contas públicas em boas condições.

No caso do Maranhão a situação é ainda pior para Flávio Dino, pois ele estará recebendo o governo dele mesmo, ou seja, nem tem como transferir a responsabilidade desse fracasso para absolutamente ninguém.

Para avaliar a situação fiscal dos estados, os analistas deram notas de 0 a 10 com base em dados do Tesouro Nacional para seis indicadores das contas públicas: endividamento; poupança corrente, liquidez, resultado primário, despesa com pessoal e encargos sociais e investimentos. Cada item recebeu um peso diferente e, em seguida, foi feita uma média para cada unidade da federação.

Pelo levantamento, os estados com boa capacidade fiscal precisam ter nota média igual ou acima de 6. Com muito boa capacidade, a nota tem de ultrapassar 8 – o único a superar foi Amapá.

O levantamento classificou a situação fiscal do Maranhão como “fraca”, ficando sua nota entre 4 e 5. Veja abaixo o quadro completo de todos os Estados:

Transparência – Também nesta semana, foi divulgado pela CGU (Controladoria Geral da União) o ranking dos Estados no aspecto transparência. E o Governo Flávio Dino, que vivia alardeando ser extremamente transparente, ficou apenas na 17ª colocação no ranking elaborado pela Escala Brasil Transparente.

E assim segue o Governo Flávio Dino, sempre atormentado pelos números dos levantamentos divulgados, afinal eles demonstram a realidade dos fatos e vão de encontro as mentiras propagadas pela gestão comunista.

Blog do Jorge Aragão

sem comentário »

Reeleição de Aluísio Mendes é destaque nacional

1comentário

O deputado federal pelo Podemos, Aluisio Mendes, é um dos dez parlamentares reeleitos para mais quatro anos de mandato com melhor desempenho em votação nas eleições deste ano no país. Levantamento do portal G1 aponta que Mendes registrou um acréscimo de 108,8% no percentual de votos, em comparação com o pleito de 2014. Na eleição mais recente, Aluisio obteve expressiva votação (105.778 votos) contra 50.658 votos catalogados há quatro anos.

Considerando apenas o cenário estadual, Aluisio é o único parlamentar entre os 10 com melhor desempenho na votação, de acordo com o G1. Além disso, Mendes é o único deputado da Região Nordeste na lista seleta feita pelo portal de notícias nacional, com base nos dados do Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

A constatação de que Aluisio Mendes elevou sua votação em apenas quatro anos reforça a tese de que o parlamentar cumpriu com grande parte dos compromissos firmados com a população. Entre 2014 até este ano, foram várias ações realizadas nas áreas de saúde, segurança pública, infra-estrutura, esporte, previdência e agricultura familiar. Outro fator que explica o expressivo desempenho foi a capacidade de articulação de Mendes com as lideranças nas cidades maranhenses.

Mendes também foi relator do projeto de lei na Câmara que inclui os guardas municipais entre as instituições de composição da Força Nacional de Segurança Pública. Ele também garantiu o andamento das propostas que dispõem sobre o controle e estoque de explosivos e que inclui a segurança pública na participação dos recursos de exploração do petróleo e gás natural.

Desde 2015, ano inaugural de seu primeiro mandato, Aluisio fez questão de comparecer a várias regiões do estado do Maranhão. Nos últimos três anos, viabilizou emendas que melhoraram a vida da população. “Este é o meu dever como parlamentar, ou seja, lutar por melhorias para a nossa gente. Como o próprio slogan da nossa campanha enfatizou, nós sempre estamos e estaremos presente com a população, ouvindo reivindicações e viabilizando avanços”, disse.

Mendes também ressaltou que, para os próximos quatro anos, uma das metas será consolidar avanços no serviço de telefonia móvel. Outra meta é ampliar a área de cobertura do serviço da previdência, já que em municípios no Maranhão, a demanda coberta pelo INSS ainda é insuficiente. “Além destas duas missões, vamos lutar por melhorias na saúde e educação das pessoas”, finalizou.

Foto: Divulgação

1 comentário »

Violência aumentou em junho no MA, aponta G1

0comentário

O governo do Maranhão encaminhou nesta quinta-feira (30) ao portal G1, os números da violência no estado em relação ao mês de junho.

Os dados divulgados esta semana pelo G1 não apontava os números do Maranhão, Tocantins e Paraná que não haviam sido encaminhados pelos governos.

Ontem, o governo do Maranhão encaminhou os dados.

A violência no Maranhão aumentou em junho em relação aos quatro últimos meses. Em junho foram registrados 2.2 crimes violentos por 100 mil habitantes.

Em maio a média foi de 1.9, em abril 1.72, em março 2.16, em fevereiro 1.86 e em janeiro, o pior mês do ano 2.33. Veja os números:

Janeiro: 164 mortes – índice de 2.33 mortes para cada 100 mil habitantes
Fevereiro: 131 mortes – índice de 1.86 mortes para cada 100 mil habitantes
Março: 152 mortes – índice de 2.16 mortes para cada 100 mil habitantes
Abril: 121 mortes – índice de 1.72 mortes para cada 100 mil habitantes
Maio: 137 mortes – índice de 1.90 mortes para cada 100 mil habitantes
Junho: 154 mortes – índice de 2.20 mortes para cada 100 mil habitantes

Os dados são da Secretaria de Segurança Pública (SSP-MA).

Veja os dados no G1.

sem comentário »

Queda de comitiva de Roseana de ponte é ‘fake’

1comentário

Circula pelo Twitter um vídeo em que uma ponte de madeira desaba e uma comitiva de funcionários públicos e políticos cai na água. A legenda que acompanha o vídeo afirma que a comitiva é da candidata ao governo do Maranhão, Roseana Sarney, e que o acidente ocorreu quando ela pedia voto na periferia de São Luís. A mensagem é #FAKE.

O vídeo, publicado em 12 de agosto, já tem mais de 100 mil visualizações. Mas a imagem, na verdade, mostra um episódio ocorrido nas Filipinas, em abril deste ano, quando uma equipe oficial caiu após o desmoronamento de uma ponte de palafitas.

Uma busca reversa pelas imagens leva a notícias sobre o episódio real, publicadas em jornais locais. Veja aqui e aqui.

O assessor de imprensa de Roseana Sarney diz que o post é totalmente falso. “A Roseana não sofreu nenhum acidente, ela está bem”. Ainda de acordo com a assessoria, a candidata ao governo do Maranhão passou a manhã da segunda-feira no apartamento dela e o domingo de Dia dos Pais junto com a família.

Leia no G1

1 comentário »

Flávio Dino faltou com a verdade

14comentários

O governador Flávio Dino (PCdoB) faltou com a verdade ao “comemorar” no Tweeter, o resultado do levantamento feito pelo G1 sobre as promessas de campanha.

Segundo Flávio Dino, de acordo com o levantamento, ele conseguiu em três anos cumprir 92% do seu programa de governo.

Para que essa informação não seja mais propagada como “verdade” é necessário dizer que o governador Flávio Dino registrou no Tribunal Regional Eleitoral (TRE-MA) um programa de governo com 65 propostas (veja aqui todas as propostas).  O número é quase o dobro do que vem sendo avaliado pelo G1 nestes três anos.

Desde 2014, o G1 avalia o governo Flávio Dino em apenas 37 propostas, no percentual de 56,9% do total do seu programa de governo (veja aqui as propostas avaliadas pelo G1).

Para que Flávio Dino estivesse falando a verdade e cumprido 92% das suas propostas de campanha como escreveu seria necessário que das 65 propostas registradas, no TRE, o governo dele tivesse cumprido 59,8 das propostas.

Mesmo no levantamento do G1 que só analisa 37 propostas, o governo Flávio Dino cumpriu 22 propostas. Outras 12 cumpriu em parte e três não cumpriu ainda. Vejam que com 15 propostas ainda não cumpridas integralmente, o governo Dino, nem mesmo no levantamento do G1 poderia ter alcançado esse percentual de 92%.

Que fique claro que o G1 avalia apenas 37 propostas e que as propostas de governo de Flávio Dino são ao todo 65.

Portanto, dizer que cumpriu 92% do seu programa de governo é mais uma grande mentira de quem vive de números, geralmente frios e que estão longe da verdade.

14 comentários »

Gaiolão continua funcionando no Maranhão

2comentários

Em imagens exclusivas feitas por uma equipe da TV Mirante flagraram na tarde dessa quarta-feira (19), a presença de presos no ‘gaiolão’ localizado nos fundos da delegacia de Barra do Corda, a 452 km de São Luís. O fato acontece dez dias após a morte do comerciante Francisco Edinei Lima Silva, que passou mal após ficar 18 horas preso no local. (Veja o vídeo).

O vídeo mostra os presos no momento em que recebiam visitas dos seus familiares no gaiolão. Nas imagens é possível registrar, pelo menos, dez detentos e cinco familiares no momento. Na segunda-feira (16), a Justiça do Maranhão iniciou uma inspeção no gaiolão para verificar as condições nas quais o preso foi submetido no interior da delegacia.

Em nota, a Secretaria de Estado da Segurança Pública (SSP) esclarece que as estruturas construídas a céu aberto anexas às delegacias são destinadas apenas a banho de sol. A Secretaria de Administração Penitenciária (Seap) está se preparando para assumir pelo menos três delegacias visitadas na região de Barra do Corda. Já foi aberto processo seletivo, com intuito de agilizar a contratação de pessoal. Estão sendo renegociados prazos com as demais pastas envolvidas, para que os prédios passem a ser de responsabilidade da Seap e a funcionar com os padrões de modernização hoje utilizados no Sistema Penitenciário do Maranhão.

De acordo com o laudo do Instituto do Médico Legal de Imperatriz, o comerciante de 40 anos, morreu por conta de um AVC (Acidente Vascular Cerebral). Na cela, Francisco passou mal e foi levado a uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA), onde morreu. A Defensoria Pública do Maranhão informou que fez um relatório, em fevereiro deste ano, alertando autoridades para a situação desumana dos presos de Barra do Corda.

Após a entrega do relatório as autoridades, a Justiça do Maranhão negou em agosto deste ano um pedido de liminar contra o Estado do Maranhão ajuizado pelo Ministério Público do Maranhão (MP-MA) e Defensoria Pública Estadual (DPE) que solicitava a interdição total da cadeia pública. O pedido foi negado pelo juiz Antônio Elias de Queiroga Filho, que afirmou que nenhum dos documentos apresentados a título de emenda inicial foram juntados.

A Sociedade Maranhense de Direitos Humanos (SMDH) divulgou nessa terça-feira (17), uma nota repudiando o modelo de Segurança Pública e de Justiça Criminal do Maranhão. Na publicação, a SMDH pede que o Governo do Maranhão interdite de forma imediata o uso de gaiolão no estado.

Leia mais

2 comentários »

Justiça aceita denúncia contra Roseana

2comentários

Ex-governadora Roseana Sarney (PMDB)

Ex-governadora Roseana Sarney (PMDB)

A Justiça aceitou denúncia do Ministério Público do Maranhão contra a ex-governadora Roseana Sarney e outras dez pessoas por suposto esquema fraudulento de concessão de isenções fiscais pela Secretaria de Estado da Fazenda (Sefaz) a empresas, que causou um prejuízo de R$ 410 milhões aos cofres públicos.

O despacho da juíza Cristiana de Sousa Ferraz Leire, da 8ª Vara Criminal da Comarca de São Luís, aponta que Roseana cometeu os crimes de peculato, prevaricação, fraude à administração fazendária e participação em organização criminosa.

Entre os denunciados estão ex-gestores, servidores públicos e outros envolvidos em práticas criminosas como o ex-secretário de Estado da Fazenda, Cláudio José Trinchão Santos; o ex-secretário de Estado da Fazenda e ex-secretário-adjunto da Administração Tributária, Akio Valente Wakiyama; o ex-diretor da Célula de Gestão da Ação Fiscal da Secretaria de Estado da Fazenda, Raimundo José Rodrigues do Nascimento; o analista de sistemas Edimilson Santos Ahid Neto; o advogado Jorge Arturo Mendoza Reque Júnior; Euda Maria Lacerda; os ex-procuradores gerais do Estado, Marcos Alessandro Coutinho Passos Lobo e Helena Maria Cavalcanti Haickel; e o ex-procurador adjunto do Estado do Maranhão, Ricardo Gama Pestana.

Ao G1 Roseana Sarney informou que não houve qualquer ato que não tivesse o parecer da Procuradoria-Geral do Estado do Maranhão. “Tenho absoluta convicção de que todos os meus atos foram tomados dentro da mais absoluta legalidade. Não houve qualquer ato meu que não tivesse o parecer da Procuradoria-Geral do Estado do Maranhão, que deve ser o trâmite normal de um governador. Todos os atos foram dentro das muitas funções que cabem ao líder do Executivo, sem parcialidade ou intenções pessoais. Vejo  o modo como se deu esta ação e sua divulgação com uma clara intenção política. Não imaginei que a ambição política no Maranhão chegasse a esse ponto, de atacar covardemente e denegrir adversários. Nunca tive essa postura em minha vida pública.”, afirmou.

Leia mais

2 comentários »

Jovem do MA vira sensação do Snapchat

1comentário
Thaynara

Entediada com os estudos para concursos e com mais tempo livre após o término de um namoro, a advogada Thaynara Gomes, de 23 anos, começou a postar vídeos de 10 segundos no aplicativo Snapchat sem saber que, em poucos meses, estaria “vencendo na vida”.

A expressão é uma das marcas de “@Thaynaraog”, a maranhense que se tornou sensação da rede social no Brasil, com mais de 100 mil seguidores.

Entre os fãs, estão nomes ilustres como o apresentador Celso Portiolli, a youtuber Jout Jout, a escritora Bel Pesce, o apresentador Caio Braz e as atrizes Suzana Werner, Camila Queiroz e Nanda Costa.

Estes e outros famosos já enviaram snaps divertidos à Thaynara repetindo jargões como “kiu”, “só pela polêmica” ou falando da “Jade Sinistra”, cadela de estimação da advogada.

Com o sucesso, além das aulas de dança e do cursinho, a agenda de Thaynara passou a ter sessões de fotos e participações em eventos.

Foi entre os compromissos que a jovem foi entrevistada pelo G1, enquanto fazia um lanche rápido na praça de alimentação de um shopping, em São Luís.

Leia mais

1 comentário »

Preso em São Luís

2comentários

JoaoAbreu

O ex-secretário da Casa Civil do Maranhão, João Abreu foi preso na tarde desta sexta-feira (25), após desembarcava no aeroporto Hugo da Cunha Machado, em São Luís.

João Abreu retornava de São Paulo para se apresentar à polícia do Maranhão. João Abreu teve a prisão decretada pela a Justiça, após indiciamento com base no processo que apura suposto pagamento de R$ 3 milhões em propinas para garantir que o governo estadual fizesse o pagamento no valor de R$ 134 milhões à empresa Constran-UTC Engenharia.

Também investigado pela Polícia Civil do Maranhão, o doleiro Alberto Youssef teve a prisão decretada pelo juiz estadual, Osmar Gomes Filho, mas como já se encontra recolhido na Superintendência Regional da Polícia Federal do Paraná, será apenas notificado e permanecerá em Curitiba, pois responde a mais processos naquele Estado.

A Seic busca cumprir ainda o mandado de prisão contra o corretor Marco Antonio Ziegert que, segundo a polícia, seria o elo entre Youssef e o governo do Maranhão.

Segundo o delegado-geral, Augusto Barros, o ex-secretário João Abreu foi levado para a Superintendência de Investigação Criminal (Seic), onde prestará depoimento.

O G1 entrou em contato por telefone com o advogado do ex-secretário da Casa Civil do Maranhão, João Abreu, mas ele não atendeu as ligações.

2 comentários »