Governo do Maranhão assegura apoio a Davi Hermes

0comentário

O governador Flávio Dino (PCdoB) recebeu, no Palácio dos Leões, o nadador maranhense Davi Hermes – um dos principais talentos do paradesporto brasileiro e que vai representar o Brasil nos Jogos Mundiais para Atletas com Síndrome de Down: o Trisome Games 2020, evento que será realizado em Antalya, na Turquia.

Flávio dino garantiu a manutenção do apoio a Davi Hermes por meio da Lei de Incentivo ao Esporte.

“Nesta terça-feira, recebi o nosso campeão de Natação Davi Hermes, vencedor de muitas medalhas em 2019. Que venham novas vitórias em 2020. A Sedel segue apoiando Davi e dezenas de outros atletas maranhenses”, destacou.

O secretário de Esporte e Lazer (Sedel), Rogério Cafeteira destacou a visita de Davi Hermes ao governador Flávio Dino.

“Eu e o campeão de natação Davi Hermes, patrocinado pela Lei de Incentivo do governo do Maranhão e Sedel, levamos ao governador Flávio dino as medalhas de 2019. Tratamos sobre a convocação dele para representar o Brasil nos Jogos Mundiais para Atletas com Síndrome de Down, na Turquia”, escreveu.

Sem dúvida alguma essa é uma notícia importante e mais do que justo o governo reafirmar o apoio a Davi hermes e à natação maranhense por meio da Lei de Incentivo ao Esporte.

Foto: Divulgação

sem comentário »

Travessia Felipe Camarão deve ter mais de 200 atletas

0comentário

Sintam a adrenalina! Está chegando a hora da mais tradicional prova das Maratonas Aquáticas do Maranhão, a Travessia Felipe Camarão. A largada será domingo (15). A expectativa é que mais de 200 atletas participem da prova.

A Marina “O Marinheiro” é o local designado para marcação e concentração dos atletas que nadarão os 3 Km a partir das 9 horas com destino ao Iate Clube de São Luís. A maré estará alta, o que aumentará o grau de dificuldade, trazendo mais emoção aos competidores.

A prova dos 400m terá largada às 9h20min, com percurso montado entre boias no iate clube. E o local para a transição do Aquathlon (natação e corrida) acontece no Iate. A coordenação da prova de corrida avisa que é obrigatório correr com calçados e numeração, tanto individual como nos revezamentos.

Inscrições e entrega de kits

Quem quiser participar da Travessia Felipe Camarão pode se inscrever até sexta-feira (13) individual ou em equipe. A entrega dos kits está marcada para sábado (14), na Nina Natação, a partir das 8 horas. Logo depois, às 11 horas, todos participam do Congresso Técnico no mesmo local, onde serão revelados os detalhes da prova. É muito importante a participação de todos.

A premiação de todas as categorias e modalidades será realizada após o término do Aquathlon.

Foto: Divulgação

sem comentário »

Thayara é prata no Brasileiro juvenil de Natação

0comentário

Depois de duas medalhas (ouro e prata) nos Jogos da Juventude, a incansável Thayara Cardoso voltou a ser destaque, agora no Campeonato Brasileira Juvenil de Natação, disputado em Vitória/ES. Foi medalha de prata na prova dos 100 m costas, somando o sétimo pódio nacional em sequência. A atleta integrante do Projeto Tóquio 2020 é patrocinada pela Equatorial Energia Maranhão e Governo do Estado do Maranhão, através da Lei de Incentivo ao Esporte.

Os três últimos anos marcaram a trajetória vitoriosa de Thayara, que aos 15 anos ainda tem muito a crescer. No currículo ela coleciona ouro no Brasileiro Infantil, ouro e prata no Brasileiro Infanto, prata no Brasileiro Juvenil, ouro e prata nos Jogos da Juventude (além de ouro nos 50m,100m e 200m costas e ainda nos 100m e 200m nado livre e nos 200m nado medley em Norte Nordeste). E fez no último Brasileiro deste ano seu melhor tempo (01’07”29), mostrando que é uma guerreira. “Thayara lutou até o final da prova. Infelizmente não tocou em primeiro lugar, mas teve seu melhor desempenho da temporada em piscina de 50m”, analisou o treinador Alexandre Nina.

Thayara compete desde 2015, mostrando talento nas categorias de base. Com a participação em diversos eventos nacionais foi apresentando um natural crescimento, até culminar com o recente título de campeã dos 100 metros costas nos Jogos Escolares da Juventude em Blumenau/SC e com o segundo lugar no Brasileiro. “Sei que a cada ano o nível técnico vai ficando mais difícil. Isso pode assustar, mas me traz uma grande motivação e a vontade de ir além, para levar o Maranhão a lugares altos. A medalha de prata nesse Brasileiro Juvenil mostra que estamos no caminho certo para ir além dos nossos sonhos”, finalizou ela.

Foto: Divulgação

sem comentário »

Júlia Nina é convocada para a Seleção Brasileira

0comentário

O calendário de competições do ano ainda nem encerrou, mas pode-se afirmar que 2019 tem sido excelente para a nadadora maranhense Julia Nina. Líder do ranking brasileiro júnior das Maratonas Aquáticas, ela foi convocada pela Confederação Brasileira de Desportos Aquáticos (CBDA) para integrar a Seleção Brasileira da categoria absoluto. Vai nadar os 5 km no Campeonato Sul-Americano, que será realizado em Bueno Aires/Argentina, de 31 de março a 06 de abril de 2020.   

Esse será um marco na carreira de Julia. Aos 18 anos de idade e uma bagagem com muitos desafios e vitórias, nadar o Sul-Americano coroa com êxito todo um trabalho realizado há muitos anos. Patrocinada pela Equatorial Energia Maranhão e Governo do Estado do Maranhão, através da Lei de Incentivo ao Esporte, a maranhense nunca mediu esforços para chegar nesse patamar.

Não tem sido fácil chegar nesse nível que Julia e outros maranhenses têm chegado na natação nacional, comentou o treinador e pai Alexandre Nina. “Em alguns momentos confesso que pensamos em desistir. Mas fomos insistindo na jornada, participando de várias competições, algumas caríssimas e eu dizia vamos para aprender, e temos que lutar, procurar ganhar, pois ensina mais que perder. Vencer ensina a perseverar. Os resultados estão aí. Acredito que podemos ir além, mas pelo momento vale um parabéns a Julia. E vamos ao Sul-Americano pra ganhar, porque é muito melhor”.

Depois de um ano cheio de eventos, com duas provas pela frente para encerrar 2019, Julia sabe que não terá descanso. “Não foi fácil chegar aqui e ir além é uma meta. Nós passamos por um bom aprendizado, contando com uma equipe da Nina que não mediu esforços para alcançar os objetivos traçados. Estou muito feliz, sabendo que a felicidade maior será levar o Brasil ao pódio do Sul-Americano. Estão, vamos nos preparar muito bem para isso”, finalizou Julia.

Foto: Divulgação

sem comentário »

Davi Hermes é convocado para Mundial na Turquia

0comentário

A temporada de 2019 do nadador maranhense Davi Hermes, paratleta patrocinado pelo Grupo Mateus e pelo governo do Estado por meio da Lei de Incentivo ao Esporte, foi repleta de bons resultados. As conquistas estaduais, nacionais e até mundiais colocaram o jovem de 16 anos entre os melhores do paradesporto brasileiro. Tanto que a Confederação Brasileira de Desportos para Deficientes Intelectuais (CBDI) convocou Davi para representar o Brasil nos Jogos Mundiais para Atletas com Síndrome de Down: o Trisome Games 2020, evento que será realizado em Antalya, na Turquia.

Ao todo, a CBDI convocou cinco nadadores para participar do Mundial do ano que vem e, Davi Hermes, é o único do Nordeste a ser chamado para integrar a Seleção Brasileira na Turquia. Vale lembrar que, em 2018, Davi sagrou-se campeão mundial de natação para Síndrome de Down nas provas dos 25m livre e 25m borboleta.

“Estou muito feliz pela convocação. Agradeço a Deus, à minha família e aos meus técnicos. Vou treinar muito e me dedicar para competir bem na Turquia”, disse o jovem Davi Hermes.

De acordo com o cronograma oficial, o Trisome Games ocorrerá de 31 de março a 7 de abril de 2020.

(mais…)
sem comentário »

A incrível marca de títulos de Alexandre Nina

1comentário

Por Alexandre Pussieldi, SporTV 

A vitória de Thayara França Cardoso nos Jogos Escolares da Juventude em Blumenau contabiliza um total de 144 títulos nacionais para o treinador Alexandre Nina. Incluindo campeonatos brasileiros de Inverno e Verão, campeonatos nacionais escolares e Jogos Escolares da Juventude, o número impressiona. Mesmo contando com o patrocínio da Equatorial Maranhão e Governo do Estado do Maranhão, através da Lei de Incentivo ao Esporte, quem conhece as condições e realidade da natação do Maranhão, a limitação de competições, a ausência de uma piscina de 50 metros há uma década, e até mesmo pelo reduzido número de nadadores filiados, sabe o real valor da dimensão do que são 144 títulos para um técnico. O número até mesmo para um técnico de primeira linha e trabalhando num grande clube do Sul ou Sudeste do país impressiona.

Quem visita a escola de natação Nina vai ver um grupo dedicado treinando seis vezes por semana, seja de madrugada ou pela tarde e noite, mas sempre com alto grau de empenho e dedicação. Seu grupo reúne ao mesmo tempo de mirins a atletas masters, mas todos unidos em um só pensamento, a busca por excelência.

Alexandre Nina é um apaixonado, um profissional que vive do esporte e para o esporte. Seu trabalho é artesanal. Ele não é só um bom técnico na piscina, mas na filosofia de trabalho e na formação da cidadania de seus atletas.

O 144 é inspirador e precisa ser divulgado para que profissionais de outras partes do país, aqueles que trabalham em condições iguais e às vezes até melhores do que Alexandre Nina e que ainda não obtiveram o mesmo resultado.

Parabéns Thayara, parabéns Alexandre e rumo ao 145!

Foto: Divulgação

1 comentário »

Thayara é ouro nos Jogos Escolares da Juventude

0comentário

A nadadora maranhense Thayara Cardoso é campeã da etapa nacional dos Jogos Escolares da Juventude/2019.

Thayara nadou os 100m nado costas, batendo o recorde estadual da categoria Absoluto, com o tempo de 1’04″11. Competindo na piscina de 25 metros do SESI de Blumenau/SC, entrou para a lista dos 144 atletas da Nina que se tornaram campeões brasileiros de Natação (sem contar as Maratonas Aquáticas). (segue reportagem publicada no SporTV)

O clima estava bom e a confiança melhor ainda. Thayara participou da categoria de 15 a 17 anos. Havia se preparado muito para essa prova. Defendeu o colégio Upaon-Açu e o estado do Maranhão.

A medalha de ouro corou todo esforço da atleta patrocinada pela Equatorial Maranhão e Governo do Maranhão, através da Lei de Incentivo ao Esporte.

Foto: Divulgação

sem comentário »

Maranhenses no topo das Maratonas Aquáticas

0comentário

Um final de semana glorioso para os atletas maranhenses das Maratonas Aquáticas, que competiram na praia de Inema/BA, no encerramento do Campeonato Brasileiro (10km e 5 km) e da Copa do Brasil (5km). Átila Bradão sagrou-se vice-campeão da Copa do Brasil (5km). Julia Nina e Carol Hertel foram, respectivamente, campeã e vice-campeã brasileiras nas Maratonas de 5/10km, além de obterem outros grandes títulos.

“O ano de 2019 não poderia ter sido melhor”, disse o treinador Alexandre Nina. “Com o patrocínio da Equatorial Energia Maranhão, Governo do Estado do Maranhão e Sedel – através da Lei de Incentivo ao Esporte, pudemos participar de todas as etapas do Brasileiro. Átila, Carol e Julia foram pódio em todas as etapas, o que comprova a excelente fase que atravessam”.  

Julia Nina

Exultante de alegria com mais esse título de Campeã Brasileira no currículo, Julia Nina aguarda agora a convocação para o Sul-Americano das Maratonas Aquáticas a ser disputado em março, na Argentina. “O ano está sendo maravilhoso para mim. Vencer mais uma etapa do Brasileiro Júnior em Inema e atingir o patamar mais alto no somatório de pontos nas provas de 5/10 km foi uma conquista e tanto. Agora vamos aguardar a convocação para defender o Brasil e o Maranhão no Sul-Americano”, disse ela.

Classificação

Campeã Brasileira Júnior de 5/10km – somatório de pontos das duas distâncias;
Campeã Brasileira Júnior de 5 km;
Campeã Brasileira Júnior de 10 km;
Vice-campeã Brasileira absoluto 5/10 km;
Vice-campeã Brasileira absoluto 5 km;
Vice-Campeã Brasileira Absoluto 10 km;
Campeã Júnior da prova de 5km em Inema/BA.

Carol Hertel

Do alto dos seus 18 anos e com excelentes resultados em 2019, Carol Hertel está igualmente exultante. “Treinei muito para estar entre as três mais bem colocadas do Brasil e consegui. Sei que posso ir além e vou continuar focando nesse objetivo”. Carol foi campeã Júnior em Inema (10km).

Classificação

Vice-campeã Brasileira Júnior 10 km:
3º lugar no geral do ranking nacional absoluto de 5km;
3º lugar no geral do ranking nacional absoluto de 10 km;
3º lugar no geral do ranking nacional absoluto de 5/10 km;
3º lugar no ranking Júnior de 5/10 km;
Campeã Júnior da prova de 10 km em Inema/BA.

Átila Brandão

Entre mais de 100 competidores na Copa do Brasil de Maratonas Aquáticas, obter o título de Vice-Campeão Brasileiro na classificação geral enche de satisfação o maranhense Átila Brandão. Mas ser o campeão da categoria Sênior A (+25 anos) corou com êxito todo o trabalho dele, que obteve cinco vitórias em seis etapas. “Estou muito feliz e só tenho a agradecer a Deus, ao meu treinador Alexandre, aos patrocinadores e a todos que acreditam no meu trabalho. Em 2020 quero continuar defendendo as cores do meu estado e honrando as Maratonas Aquáticas do Maranhão”, comentou.

Classificação

Campeão da Copa Brasil 2019;
Campeão da categoria Sênior A;
Vice-Campeão da Etapa final 5km em Inema.

Fotos: Divulgação

sem comentário »

Davi Hermes disputará as Paralimpíadas Escolares

0comentário

O nadador maranhense Davi Hermes está confirmado na delegação do Maranhão que, nesta semana, competirá nas Paralimpíadas Escolares, evento nacional que será realizado a partir de quarta-feira (20) até sexta-feira (22), no CTParalímpico, em São Paulo. Considerado um dos principais talentos do paradesporto brasileiro, Davi, que é patrocinado pelo Grupo Mateus e pelo governo do Maranhão por meio da Lei de Incentivo ao Esporte, é uma das esperanças maranhenses para conquistar medalhas para o Estado. Ele chega a esta competição bastante motivado após os excelentes resultados obtidos no Campeonato Brasileiro.

Na semana passada, Davi Hermes já havia sido destaque no Campeonato Brasileiro de Natação, competição promovida pela Confederação Brasileira de Natação de Desportos para Deficientes Intelectuais (CBDI). Na ocasião, o garoto de 16 anos garantiu quatro medalhas, sendo uma de ouro (50m borboleta), duas pratas (50m livre e 100m borboleta) e um bronze (100m livre).

Nesta edição das Paralimpíadas Escolares, o nadador maranhense tem a chance de conquistar quatro medalhas. Davi competirá nas provas dos 100m livre, 100m costas, 100m borboleta e 200m livre.

Essa será a terceira participação do maranhense na competição, mas será a primeira em que ele competirá na Classe Down. Nas edições de 2016 e 2017 das Paralimpíadas, por não haver a Casse Down, Davi disputou as provas de natação na Classe S14 e, mesmo assim, obteve bons resultados: bronze nos 100m costas em 2016, ouro nos 50m borboleta, bronze nos 50m livre e 5º lugar nos 50m costas em 2017.

(mais…)
sem comentário »

Davi conquista 4 medalhas no Brasileiro de Natação

0comentário

O nadador maranhense Davi Hermes provou, mais uma vez, o porquê é considerado um dos atletas paralímpicos mais talentosos e promissores do país na atualidade. No Campeonato Brasileiro de Natação, competição promovida pela Confederação Brasileira de Natação de Desportos para Deficientes Intelectuais (CBDI), o jovem de 16 anos, que é patrocinado pelo Grupo Mateus e pelo governo do Maranhão por meio da Lei de Incentivo ao Esporte, proporcionou um verdadeiro espetáculo na piscina do Centro de Treinamento Paralímpico Brasileiro, em São Paulo, nesta semana. Davi conquistou quatro medalhas, sendo uma de ouro, duas de prata e uma de bronze.

Com excelentes resultados na temporada, a expectativa em torno de mais um bom desempenho de Davi nessa edição do Campeonato Brasileiro era grande. Mas o nadador da Viva Água não sentiu a pressão e terminou a competição com um saldo bastante positivo de medalhas: quatro provas disputas e quatro pódios alcançados.

“Estou muito feliz com as medalhas que consegui aqui no Brasileiro. Agradeço a Deus, à minha família, aos meus amigos e técnicos da Viva Água e aos meus patrocinadores Grupo Mateus e governo do Estado por acreditarem em mim”, disse.

Na segunda-feira (11), Davi Hermes teve o seu melhor resultado no Brasileiro de Natação. Com autoridade, o maranhense foi o único a nadar abaixo dos 42 segundos nos 50m borboleta para ficar com a medalha de ouro.

Já nas disputas dos 100m borboleta e 100m livre, a nadador do Maranhão ficou no quase. As medalhas de ouro escaparam por pouco. Davi levou duas pratas nessas provas.

No último dia de competição, o maranhense voltou à piscina do Centro de Treinamento Paralímpico Brasileiro para conquistar sua quarta medalha no evento nacional. Desta vez, Davi Hermes terminou os 100m livre na terceira colocação e assegurou um bronze para sua coleção de medalhas.

Agora, o jovem nadador volta suas atenções para sua próxima competição nacional. Entre os dias 20 e 22 deste mês, Davi Hermes competirá nas Paralimpíadas Escolares, em São Paulo.

Resultados

Desde que sagrou-se campeão mundial de natação para Síndrome de Down em 2018, Davi Hermes tem obtidos resultados expressivos. Em junho deste ano, o maranhense brilhou no X Jogos Aquáticos do Ceará da Paranatação onde levou três medalhas: ouro nos 50m livre com direito a recorde Pan-Americano Junior, prata nos 100m borboleta e bronze nos 100m livre.

No mesmo mês, Davi foi muito bem no Meeting Brasileiro de Natação em São Paulo. Subiu no lugar mais alto do pódio nas provas dos 50m e 100m borboleta, além de ficar na segunda colocação nos 50m livre.

Como preparação para a disputa do Campeonato Brasileiro de Natação, o nadador do Maranhão competiu no Trisome Games das Américas, competição realizada em agosto, no México. Na ocasião, Davi Hermes garantiu duas medalhas de prata: uma no revezamento 4x100m medley misto e outra no revezamento 4x50m medley masculino.

Foto: Divulgação

sem comentário »