Capela é liberada para homenagens a São Pedro

0comentário
Capela de São Pedro recebe milhares de devotos e brincantes todos os anos

Capela de São Pedro, na Madre Deus, recebe milhares de fiéis e brincantes todos os anos

Após vistoria realizada na manhã de hoje, o Grupamento de Atividades Técnicas (GAT), do Corpo de Bombeiros, liberou a Capela de São Pedro, na Madre Deus, para as homenagens ao santo. A programação terá início nesta sexta-feira à noite, com o tradicional encontro de grupos de bumba-meu-boi, que se estenderá até o amanhecer, como em todos os anos, e será encerrada no sábado, com uma missa campal.

O comandante do GAT, tenente-coronel Júlio César de Jesus, informou que as intervenções na estrutura metálica que sustenta a cobertura da capela foram suficientes para garantir a segurança do público. “O principal problema era a corrosão, sobretudo nas conexões, que foram recuperadas”, informou.

Ele frisou que em um segundo momento o GAT determinará a substituição da estrutura, a fim de afastar definitivamente qualquer risco de acidente.

Ainda na noite desta sexta,  os grupos de bumba-boi começarão a se apresentar no largo da capela, onde se concentrarão milhares de pessoas. As homenagens a São Pedro continuarão até o raiar do dia, com toadas e orações. A procissão marítima está marcada para as 9h de sábado, com saída do cais do Jenipapeiro. A Capitania dos Portos novamente acompanhará todo o percurso, que será encerrado na Rampa Campos Melo. Às 16h acontecerá a procissão terrestre e em seguida será celebrada a missa campal.

sem comentário »

Opinião: sobre um país em movimento, juventude e futebol

1comentário

Por Arnaldo Gomes*

arnaldo gomesO país do futebol, em que tudo acaba em samba e muitas vezes em “pizza”, vive um momento “mágico-real”, e a certeza dos desmandos de outrora – que antes contavam com a complacência das massas e sua degradante sonolência – cede espaço, agora, a manifestações e protestos organizados pela juventude em centenas de cidades brasileiras.

A aceitação passiva das massas ganhava corpo no Brasil e acomodava-se em nome da tão famigerada estabilidade econômica. Era preciso mostrar ao mundo que  “o Brasil é um país viável e sem riscos para investidores estrangeiros”. Por outro lado, o circo do futebol fortalecia a ideia de que precisávamos construir ou reformar estádios em todo o país para sediarmos a copa de 2014. Deveríamos exibir a pungência futebolística brasileira simbolicamente expressa em dribles e espetáculos gigantescos capazes de demostrar aos olhos do mundo a força da brasilidade entre as quatro linhas.

Este era o aspecto simbólico que ocultava, todavia, o que estava por trás das câmeras, nas obras (segundo denuncias) superfaturadas e nos interesses escusos de empreiteiras motivadas por verbas estratosféricas, no valor de 28 bilhões de reais.

Tão propício quanto o circo, para completá-lo com lances cavalares de alienação, seria o pão. Mas o brasileiro fugiu ao binômio “pão e circo” e foi às ruas protestar por mais saúde, educação, segurança pública, pelo fim da corrupção e pela diminuição das tarifas dos transportes públicos. Ressalte-se, no entanto, que este último ponto foi apenas o estopim de uma situação insuportável: a omissão do Estado brasileiro quanto à promoção de políticas públicas que proporcionem qualidade de vida e promovam a cidadania. Diante da rebeldia com causa do povo brasileiro, nem mesmo o circo da bola, com sua magia, foi capaz de driblar a realidade. E, numa analogia critica, faixas e cartazes passam a exigir escolas e hospitais com “o padrão FIFA”.

Não se pretende com isso desconsiderar a importância do futebol e sua influência cultural para o brasileiro. Sabe-se que o futebol tem uma relação muito próxima com o gingado, com a dança, com as habilidades expressivas do corpo e daí, portanto, a forte vivência de nossa gente com este esporte. A obra “Raízes do Brasil”, de Sergio Buarque de Holanda, aponta como as manifestações artísticas se fazem sentir com bastante intensidade num país resultante da forte miscigenação racial como a nossa. Não há dúvidas: o futebol é uma arte aprazível aos olhos do brasileiro.

Não nos causaria espanto, porém, afirmar que uma motivação de natureza psicológica também justifica a paixão do brasileiro pelo futebol e sua quase cegueira secular face aos problemas do país. É que, na ausência de políticas inclusivas no Brasil, a grande massa tornou-se excluída econômica e socialmente. E depois de uma semana de trabalho e dificuldades para driblar o cotidiano, o brasileiro vai aos estádios e espera marcar, no plano da fantasia do futebol, os gols que não consegue fazer nos lances da vida real. Durante noventa minutos o inconsciente coletivo é abastecido pelo alimento fantástico da ilusão: seja nos estádios, seja em casa, via televisão – direcionada não a promover o espetáculo em si –, mas também a atender à grande jogada de empresas e anunciantes e, não raro, a interesses de cartolas.

Desta forma, a ilusão transfigura a realidade e a dificuldade se traveste em fantasia, com “gols de placa” e apoteoses de alegria. Foi assim que durante tantas vezes a nossa pátria mãe gentil dormiu um sono profundo e não percebeu que, enquanto dormia, era subtraída em tenebrosas transações. Talvez estejamos, agora, amadurecendo a nossa cidadania. Acreditamos que nada será como antes. E preferimos ratificar a dialética afirmada pelo filósofo Heráclito, séculos antes de Cristo: “o homem não toma banho duas vezes no mesmo rio da mesma maneira”. É bom lembrar o que dizia o velho Marx “a história não se repete a não ser em forma de farsa.

Aproveitemos – agora – a oportunidade de construirmos a mudança e não nos acomodemos com a certeza de que findado o crepúsculo, surgirá a aurora. Pois o exercício da cidadania exige participação. Afinal, só se aprende a caminhar, caminhando! Não conheço nenhum grande nadador que se tornou campeão apenas lendo um manual de natação. É preciso mergulhar na piscina, como é preciso lutar, transformar, ir às ruas.

É assim que a doce utopia da brava juventude brasileira deixará de ser, até mesmo aos olhares mais reacionários, simples quimera e se transformará na energia de ativação capaz de mobilizar multidões e tirar da hibernação a força revolucionária do povo brasileiro, libertando-o da latência, da letargia e da miopia acomodadoras de outrora.

Salve o povo brasileiro! Salve a nossa juventude! Vamos às ruas!

*Arnaldo Gomes de Sousa

Professor de Língua Portuguesa e acadêmico dos últimos períodos do Curso de Direito

1 comentário »

Democracia distorcida

0comentário

palácio protegido

Em tempos de revolta incontida, todo cuidado é pouco para evitar danos ao patrimônio público e privado. O Palácio dos Leões, por exemplo, teve todas as suas janelas vedadas com folhas de compensado para evitar depredações.

A precaução é mais do que necessária, já que a sede do Poder Executivo estadual já foi alvo de sucessivas investidas de vândalos infiltrados entre os manifestantes que têm saído às ruas para reivindicar melhorias para o país.

Ecos de uma democracia distorcida.

Foto: Flora Dolores/O Estado do Maranhão

sem comentário »

São Marçal: SMTT desviará trânsito no João Paulo

0comentário

desvio joao paulo

Com o intuito de orientar e disciplinar o trânsito durante as festividades de São Marçal, a Secretaria de Trânsito e Transportes (SMTT), interditará, no dia 29 de junho (sábado), avenidas de acesso ao bairro do João Paulo.

Serão três pontos de interdição: na Avenida São Marçal, próximo à feira do João Paulo, na Avenida Getúlio Vargas (próximo ao hospital Aldenora Belo) e na Avenida Kennedy (próximo ao colégio Gonçalves Dias), a partir de 22 horas, do dia 29 de junho (sábado).

A SMTT pede a compreensão dos condutores para que evitem transitar nas respectivas avenidas a fim de evitar maiores transtornos e, consequentemente, maiores complicações.

Confira os trechos com alteração no trânsito:

*  No sentido Bairro-Centro, pela Avenida São Marçal, o trânsito será desviado na Jordoa, pela Rua Cinco de Janeiro, seguindo até o elevado Alcione Nazaré;

*  No sentido Centro-Bairro serão feitas duas interdições: a primeira na Avenida Kennedy, o trânsito será desviado para Rua Armando Vieira da Silva (em frente ao Colégio Gonçalves Dias), seguindo em direção a Av. Getúlio Vargas;

*  Na Avenida Getúlio Vargas, sentido Centro-Bairro, altura do hospital Aldenora Belo, desvio em direção à Av. dos Franceses.

sem comentário »

Empresa contratada para reformar terminais de integração é a que mais fatura com tapa-buracos

0comentário
Extrato de contrato e resultado de licitação para tapa-buracos e reforma de terminais de integração

Extrato de contrato para tapa-buracos e resultado de licitação para obras em terminais

A Prefeitura de São Luís divulgou o nome da empresa vencedora da licitação para reforma dos cinco terminais de integração da capital. A escolhida foi a A. Fernandes Costa e Cia Ltda. Curiosamente, a construtora foi a que mais faturou com as famosas operações tapa-buracos na atual gestão, até o momento.

Extrato de contrato datado de 15 de maio revela que a construtora foi contratada, dessa vez com dispensa de licitação, para locação de máquinas pesadas para execução das obras de tapa-buracos e desobstrução de bueiros, galerias e canais na cidade. Valor do contrato: R$ 1.681.800,00.

Prevista para ter início a partir da segunda quinzena de maio, a reforma dos terminais de integração começará com quase dois meses de atraso. A obra, que será executada simultaneamente nos cinco terminais, contemplará desde serviços básicos como pintura até obras de infraestrutura como recuperação de banheiros, muros, piso, teto, grades de divisa, rede hidráulica e rede elétrica. Também serão instalados bancos nas plataformas de espera e colocadas grelhas nas galerias para escoamento de água pluvial.

A prefeitura não divulgou o valor da obra, mas presume-se que ultrapassará a casa dos R$ 10 milhões, tendo em vista o volume de serviços.

sem comentário »

Protestos na Estrada da Raposa e BR-135

0comentário
Populares queimaram pneus, pedaços de pau e galhos de árvores para bloquear rodovia

Populares queimaram pneus, pedaços de pau e galhos de árvores para bloquear rodovia em protesto por melhorias

Duas manifestações acontecem esta manhã em São Luís. Uma delas ocorre na MA-203, conhecida como Estrada da Raposa, que foi bloqueada desde as 5h por populares em protesto contra a falta de infraestrutura e a falta de assistência na área de saúde. Estudantes do Instituto Federal do Maranhão (UFMA), Campus Maracanã, interditaram a BR-135, entre os KMs 4 e 5 para reivindicar melhoria no transporte público.

A manifestação na Estrada da Raposa está sendo realizada por moradores do bairro Vila Boa Esperança. Os manifestantes queimaram pneus, pedaços de pau e galhos de árvore em frente ao Centro de Saúde Ozino Clemente Costa, interditando um trecho da via e impedindo a entrada e saída de veículos do município, que fica na Região Metropolitana de São Luís. Os ônibus que fazem a linha na região não estão circulando.

Na BR-135, os estudantes  do IFMA, além de bloquear o tráfego, usam um carro de som como forma de chamar a atenção para as suas reivindicações. Eles denunciam que para chegar ao campus precisam enfrentar uma verdadeira disputa por ônibus no Terminal de Integração do São Cristóvão. Segundo os alunos, o deslocamento é feito sempre com superlotação dos veículos. Além disso, dizem ser vítimas constantes de assaltos dentro dos coletivos.

Foto: Jacelena Dourado/Imirante.com

sem comentário »

SSP redefine atuação da PM durante manifestações de protesto

0comentário
Autoridades de segurança montaram nova estratégia de ação durante protestos

Autoridades de segurança montaram nova estratégia de ação em protestos

A Secretaria de Estado de Segurança (SSP) redefiniu, nesta quarta-feira (26), a atuação da Polícia Militar do Maranhão durante as manifestações de protesto realizadas por populares. Dessa forma, a ação da PMMA se limitará aos casos de crime, vandalismo e depredação do patrimônio público e privado, além de proteção das pessoas que participam dos movimentos de maneira pacífica e ordeira.

A decisão foi tomada durante reunião com presença do secretário de Estado de Segurança Pública, Aluisio Mendes; do superintendente da PRF no Maranhão, Raimundo Feitosa; e do secretário adjunto de Segurança do Município e comandante da Guarda Militar, George Bezerra. O encontro foi realizado na tarde desta terça-feira (26), no Comando Geral da PMMA, no Calhau.

Com a nova postura da PMMA, as ocorrências de desobstrução de ruas e avenidas de São Luís ficarão a cargo da Secretaria Municipal de Trânsito e Transporte (SMTT) e Guarda Municipal. Já nos atos em rodovias federais (BRs), a atuação será da Polícia Rodoviária Federal (PRF). “Vamos compartilhar a responsabilidade nessas ações e a polícia continuará dando apoio, caso seja necessário”, observou o secretário. Também presentes ao encontro os comandantes da PMMA, coronel Franklin Pacheco; do Corpo de Bombeiros, coronel Wanderley Pereira; e do Policiamento Metropolitano, coronel João Nepomuceno.

“A polícia tem feito o seu trabalho de forma preventiva e vai continuar nas ruas para manter a ordem, porém estamos definindo melhor os papéis de cada agente”, declarou o secretário de Segurança Pública, Aluísio Mendes.

Ele também destacou a atuação da PMMA até o momento nos movimentos. “Os policiais estão trabalhando para a segurança dos manifestantes, para que os movimentos transcorram de maneira pacífica e ordeira”, declarou. Mendes complementou: “Os policiais estão garantindo o direito de manifestação do cidadão. E continuaremos não permitindo que vândalos se infiltrem nos atos para promover depredação do patrimônio e cometer crimes”.

Fonte: Secretaria Estadual de Comunicação (Secom)

sem comentário »

Líder muda nome de movimento e descarta ligação com Flávio Dino

0comentário

vem pra rua2

Idealizador da manifestação antes denominada “Muda Maranhão”, agora rebatizada de “Vem pra Rua”, o empresário Saulo Giovani Mendonça explicou, na página do movimento no Facebook, que decidiu alterar o nome para evitar qualquer associação a candidato a cargo eletivo. Ele não chegou a identificar o político, mas alguns blogs já vinham ligando a mobilização ao pré-candidato ao governo estadual Flávio Dino (PCdoB), que em 2010 liderou a coligação também chamada “Muda Maranhão”, expressão que deverá ser reeditada no pleito do ano que vem.

Incomodado com a vinculação, Giovani escreveu a seguinte mensagem na rede social: “DEVIDO a alguns apontamentos que ligavam o nome de nossa manifestação com um candidato político, MUDEI O NOME DA MANIFESTAÇÃO! E declaro PARA OS DEVIDOS FINS DE DIREITO, QUE NÃO FAÇO PARTE DE PARTIDO ALGUM POLÍTICO, NEM TENHO QUALQUER TIPO DE LIGAÇÃO COM QUALQUER POLÍTICO QUE SEJA, NEM EU NEM MINHA FAMÍLIA!

O esclarecimento é mais do que oportuno, já que a má fé que costuma permear a conduta de alguns políticos poderia levar à apropriação do movimento, de olho nos dividendos eleitorais que o protesto poderia lhes render.

O protesto está marcado para começar às 17h, com concentração em frente à Biblioteca Pública Benedito Leite, no Centro. O roteiro é desconhecido, o que seria uma forma de evitar que a polícia imponha bloqueios ao longo do trajeto.

sem comentário »

Prefeitura de Paço do Lumiar adianta parcela do 13º

0comentário

paço do lumiarA Prefeitura de Paço do Lumiar por meio da Secretaria Municipal de Administração e Finanças informa, que estará efetuando nesta quinta-feira (27) , o pagamento da primeira parcela do 13º salário dos servidores municipais.

De acordo com o prefeito Josemar Sobreiro, o adiantamento do benefício favorece os servidores e contribui muito para a organização das finanças nesse período.

sem comentário »

Manifestação altera expediente em repartições estaduais

0comentário

A manifestação popular que está sendo anunciada nas redes sociais como “4º Ato”, organizada pelos movimentos “Muda, São Luís” e “Vez pra rua, Slz”, fez o Governo do Estado alterar o expediente em suas repartições nesta quarta-feira. Em nota, a Casa Civil informa que os órgãos da administração estadual funcionarão até asa 15h.

Uma hora depois, terá início o jogo Brasil x Uruguai, pelas semifinais da Copa das Confederações, que será transmitido ao vivo pela TV. Segue a nota:

A Casa Civil do Governo do Maranhão informa que o expediente nas secretárias e órgãos da administração estadual nesta quarta-feira (26) está sendo das 8h às 15h.

A decisão, além de ser uma medida de segurança, se deu em respeito ao movimento nacional de protesto programado para esta data em São Luís.

Fonte: Secretaria Estadual de Comunicação (Secom)

sem comentário »