Yglésio faz média em protesto de médicos, mas silencia ao ser questionado sobre caos no Socorrão I

4comentários
Yglesio chegou a se juntar aos colegas durante o protesto, mas se esquivou de pergunta sobre o Socorrão I

Yglesio chegou a se juntar aos colegas durante o protesto, mas se esquivou de pergunta sobre caos no Socorrão I

O diretor-geral do Hospital Municipal Djalma Marques, o Socorrão I, Yglesio Moyses, bem que tentou fazer média com os colegas durante o protesto de médicos organizado pelo Conselho Regional de Medicina na manhã desta terça-feira. Ele chegou a deixar o seu gabinete enquanto os profissionais de saúde davam um abraço simbólico no prédio, dando a impressão de que apoiava a mobilização. Mas foi traído por uma pergunta feita por uma repórter que acompanhava a manifestação.

Questionado sobre os problemas do hospital que dirige, como falta de remédios, material hospitalar e superlotação, ele se esquivou: “não vou opinar, pois não faço parte do movimento”

Na iminência de deixar a direção do Socorrão I, antes as peripécias que cometeu no cargo, Yglesio preferiu evitar mais polêmica, com a clara intenção de ganhar sobrevida. Só não se sabe até quando.

Foto: Biaman Prado/O Estado do Maranhão

4 comentários »

Antes e depois do implante

0comentário

Este blog revelou, no último domingo, o real motivo da viagem do prefeito Edivaldo Holanda Júnior a São Paulo. Diferente das duas versões oficiais divulgadas (agenda de trabalho e acompanhamento do pai em um check-up de saúde), Holandinha foi à capital paulista fazer um implante capilar, em razão da perda progressiva de fios, o que vinha comprometendo a aparência do jovem gestor, com seus 35 anos recém-completados (reveja).

A notícia gerou ampla repercussão e chegou a ser contestada por alguns leitores e até por colegas da imprensa.

Pois bem, o prefeito já está de volta a São Luís. É hora, então, de conferir o resultado do procedimento estético ao qual ele se submeteu. A foto da esquerda é de 16 de julho, ou seja, foi tirada antes da viagem. Já a outra é de ontem, quando ele cumpriu seu primeiro compromisso oficial após retornar à capital maranhense. Os ângulos não são idênticos, mas é visível o ganho capilar, que deve ter deixado Holandinha satisfeito:

holandinha careca3

sem comentário »

Memória de Deny

0comentário

Do Blog de Zeca Soares

Deny Cabral fez história no rádio

Deny Cabral fez história na radiofonia do Maranhão

Uma missa especial para lembrar 5 anos da morte do radialista Deny Cabral será celebrada nesta quarta-feira (31), às 19h30, na Igreja Menino Jesus de Praga, na Cohama.

Deny Cabral morreu em 2008, após ser diagnosticado com leucemia. Ele foi internado desde no dia 24 de junho, no hospital UDI. Os exames realizados constataram a doença. Na manhã do dia 30, Deny chegou a ser transferido para o Instituto de Hematologia e Oncologia Curitiba (Hospital Pilar) – referência no tratamento de câncer no país, mas não resistiu e faleceu à noite.

O radialista Deny Cabral era repórter, apresentador e narrador esportivo na Rádio Mirante AM. O estúdio de transmissão da emissora, localizado no bairro São Francisco, foi batizado com o nome do radialista Deny Cabral após a sua morte em 31 de julho.

sem comentário »

As lições da passagem de Francisco

1comentário

Natalino Salgado

natalinoEm seu primeiro discurso no Brasil, na recepção realizada no Palácio Guanabara (RJ), o papa Francisco proferiu uma frase que marcou sua chegada à nossa pátria. À ocasião,ele disse que “Cristo bota fé nos jovens”, o que lhe garantiu sonoros e efusivos aplausos. A frase dita reforçou ainda mais as marcas de seu iniciante pontificado: a quebra do protocolo, o sorriso contra a sisudez, o bom humor frente à carranca. A julgar pelas enormes caravanas de todos os rincões deste imenso país e de mais de 170 países, os jovens também “botam fé” no papa.

Antes, esse líder religioso havia comovido os presentes com a simpática sugestão de que batia à nossa porta com delicadeza, talvez inspirado na pessoa do próprio Jesus, que, no livro do Apocalipse, diz à igreja em Laodicéia: “Eis que estou à porta e bato; se alguém ouvir a minha voz e abrir a porta, entrarei em sua casa e cearei com ele, e ele, comigo”.

A Jornada Mundial da Juventude vem como um sopro fresco sobre a igreja, como se águas novas oxigenassem um rio perene, dando vida a seus habitantes. A coragem e a intrepidez dos jovens renovam os mais velhos, estimulam e fazem-nos acreditar que o futuro que começa agora pode ser aguardado com esperança, pois uma geração que se irmana neste grande encontro busca em Deus valores eternos que nos ajudam a fazer de nosso mundo algo melhor. Por isso mesmo, o sábio autor do livro de Eclesiastes já adverte no capítulo 12, versículo 1: “Lembra-te também do teu Criador nos dias da tua mocidade, antes que venham os maus dias…”.

Ainda na Itália, pouco antes de partir em sua primeira viagem – atendendo também uma chama missionária -, o papa destacou sua expectativa sobre a Jornada. Impactado pelo movimento que tomou nossas ruas e que causou receios e temores quanto ao evento no Rio, ele disse: “Vou ao Brasil para encontrar os jovens, não isolados, mas no contexto social”. Lembro ainda do apóstolo João, que, em sua primeira carta, aponta os destinatários de sua missiva, na segunda parte do versículo 14 do capítulo 2: “Eu vos escrevi, jovens, porque sois fortes, e a palavra de Deus está em vós, e já vencestes o maligno”.

Com sua resposta, o papa ratificou não ter medo daqueles que estão em busca de um mundo menos injusto; que brigam, sim, mas, por causas corretas, cobram direitos, defendem os mais fracos e se revoltam diante de tanto descaso e opressão. Por que teria medo? Nesta mesma fala, o papa sugere o equilíbrio entre a valorização dos jovens e a chance que deve ser dada à sua emancipação e demandas, com a inclusão dos mais velhos como representantes de um futuro pelo qual eles também aspiram: “Um povo tem futuro se caminha para frente, com os jovens, com a força que têm, e também com os idosos, porque eles são a sabedoria da vida”.

A Jornada, que se encerra neste domingo, tem sido um enorme encontro entre muitas línguas, culturas e idades. Cenário perfeito de mudança, transformação e símbolo que, por muito tempo, vai mostrar um país melhor que todos queremos. O salmista Davi afirma que a mocidade dos jovens se renova como a da águia, e o apóstolo Paulo explica que, embora o homem exterior se corrompa, o homem interior se renova dia a dia (Salmo 103; e 2 Coríntios 4:16). Isto é mais que esperança, é um fato que até a ciência reconhece.

Talvez nesta díade repouse outra fala do papa Francisco em sua primeira homilia no Brasil: “Devemos seguir três simples posturas: conservar a esperança, deixar se surpreender por Deus e viver na alegria”. De fato, se seguirmos a esperança como algo presente para o dia a dia, não como mera expectativa, mas como um instrumento para suportar as dificuldades que a vida impõe, e se nos deixarmos surpreender por Deus (e imagino que tão-somente pensar nEle, nas maravilhas que fez, na força da vida que pulsa em todo lugar), seremos – eis o passo seguinte – cheios de alegria.

Permitam-me citar Paulo mais uma vez. Ele, em certa passagem, confessa que aprendeu a viver contente. As circunstâncias não determinam mais seu estado mental e emocional, porque em Deus a fartura e escassez, a dor e alegria são parte de um grande todo com significado que a fé operante vive.

Acredito na juventude. Acredito ainda mais na harmonia entre os jovens e velhos. Estes, com a experiência de muitos caminhos trilhados; aqueles, com a força que impulsiona o mundo adiante. Se lograrmos uni-los, temos o melhor dos dois mundos humanos. Muito obrigado, Santo Padre. A sua fala e o seu sorriso muitas lições nos legaram nesses poucos dias. Que Deus abençoe o nosso papa. E que Deus abençoe o nosso Brasil.

Doutor em Nefrologia, reitor da UFMA, membro do IHGM, da AMM, AMC e AML

1 comentário »

Caso Décio: Bochecha é o segundo a deixar prisão

4comentários
Bochecha foi o segundo acusado da morte de Décio a deixar prisão

Bochecha foi o segundo acusado da morte do jornalista Décio Sá a deixar a prisão

O juiz José Costa, da 1ª Vara do Tribunal do Júri, concedeu hoje liberdade provisória a Fábio Aurélio do Lago e Silva, o Bochecha, um dos presos na Operação Detonando, em junho do ano passado, sob acusação de envolvimento no assassinato do jornalista Décio Sá. O magistrado acolheu o pedido da defesa do réu, que alegou falta de provas e excesso de prazo para formação da culpa. O Ministério Público foi favorável à revogação da prisão preventiva.

Espécie de assessor de José Raimundo Sales Chaves Júnior, o Júnior Bolinha, que teria agenciado a morte de Décio, Bochecha foi acusado de participar da operacionalização do crime. Ele foi preso em sua casa, na Chácara Brasil, que foi invadida pela polícia.

Bochecha foi o segundo suspeito do caso Décio Sá a deixar a prisão. Antes dele, já havia sido solto, em abril, o capitão da Polícia Militar e ex-subcomandante do Batalhão de Choque, Fábio Aurélio Saraiva Silva, o Capita, apontado como dono da arma usada pelo pistoleiro Jhonatan de Sousa Silva para assassinar o jornalista, em 23 de abril de 2012, eu m um bar da Avenida Litorânea.

Restam presos Gláucio Alencar, seu pai, José de Alencar Miranda, acusados de serem os mandantes; Júnior Bolinha, o pistoleiro Jhonatan, Airton Martins Monroe, que teria apresentado o matador a Bolinha, e Marcos Bruno Silva Oliveira, que confessou ter pilotado a moto que levou o assassino ao local do crime.

Ao todo, 13 pessoas foram denunciadas pelo Ministério Público por participação no crime.

4 comentários »

Riachuelo contrata para lojas de São Luís

2comentários

Maior varejista de moda do país abre oportunidades para cargos de chefia e liderança

empregoA Riachuelo – maior empresa de moda do País – está contratando profissionais para as três lojas da rede localizadas na capital maranhense. Podem participar candidatos de ambos os sexos e os interessados devem enviar currículo para o e-mail: mfontes@riachuelo.com.br até dia 09/08/2013.

As oportunidades são para: Encarregado Administrativo, Supervisor Financeiro (Crediário), Supervisor Comercial e Líderes em Visual Merchandising, Comercial, Estoque, Caixa, Atendimento (crediário, Patrimônio (prevenção e perdas).

Para todas as vagas é necessário que os candidatos tenham superior completo ou em curso, sejam maiores de 18 anos, disponibilidade de trabalho aos finais de semana e feriados, afinidade com moda e varejo, além de bom relacionamento interpessoal. A empresa oferece plano de carreira e benefícios como: Vale Refeição, Vale Transporte, plano de saúde, participação nos lucros, entre outros.

2 comentários »

Sarney: UDI divulga novo boletim médico

0comentário

O UDI Hospital divulgou, no início da tarde desta segunda-feira, o segundo boletim médico com informações sobre o estado de saúde do senador José Sarney, internado desde a madrugada do último domingo. Após investigação clínica, laboratorial e radiológica, a equipe médica diagnosticou infecção respiratória aguda.

Sarney, de 83 anos, encontra-se estável e tem apresentado boa resposta ao tratamento, segundo o boletim, assinado pelo médico Carlos Gama. O senador só terá alta depois que estiver totalmente recuperado.

Segue o boletim:

sarney internado

sem comentário »

Manifestantes firmam acordo e decidem desocupar Câmara Municipal

0comentário
Plenário da Câmara Municipal ficou lotado durante a reunião em que foi selado o acordo

Plenário da Câmara Municipal ficou lotado durante a reunião em que foi selado o acordo (Foto: Diego Chaves)

Após sete dias de ocupação, finalmente aconteceu, nesta segunda-feira, a última reunião de negociação que culminou com a desocupação das dependências da Câmara Municipal de São Luís, presidida pelo vereador Astro de Ogum (Sem partido), com a participação de dezenas de manifestantes. Ao final do encontro, o presidente em exercício do Legislativo municipal assinou um documento sobre todo o período de duração do movimento, providências adotadas e a realização de uma sessão especial para o próximo dia 7 de agosto, com o objetivo de discutir a pauta de reivindicações, entre outros assuntos inerentes ao tema. Segue abaixo a Nota Oficial assinada pelo vereador Astro de Ogum, com a qual concordaram os manifestantes:

A Mesa Diretora da Câmara Municipal de São Luís comunica aos demais vereadores, funcionários, imprensa e ao povo de São Luís, o que abaixo segue:

O Plenário e demais dependências da Câmara Municipal de São Luís estão ocupadas por manifestantes, desde as 14:00 horas do dia 23 de julho de 2013.

Dentre os ocupantes, representantes da Vila Apaco reivindicavam melhores condições de infraestrutura, iluminação pública e saneamento básico, além de outras necessidades.

Os entendimentos mantidos pela Mesa Diretora da Casa, na mesma data, aceleraram as providências adotadas pela Prefeitura de São Luís: à Via Principal de acesso à Vila Apaco está funcionando normalmente e o canal de drenagem em fase de construção, como medidas emergenciais, além de outras que se fazem necessárias.

A Mesa Diretora da Câmara Municipal de São Luís formaliza, neste ato, a realização de uma Sessão Especial, no dia 07 de agosto de 2013no horário regimental de 10:00 horas da manhã, com uma Comissão Representativa dos ocupantes, no total de 10 (dez) pessoas, para discutir a pauta de reivindicações, permitindo o acesso à Mesa Diretora, de 03 (três) pessoas da comissão, mesmo número de vereadores na composição da Mesa.

Fica estabelecido um tempo de, no máximo, 10 minutos de direito do uso da palavra, na Tribuna, a cada um dos 10 (dez) membros da Comissão, com igual tempo para os vereadores, se assim o desejarem.

A Mesa Diretora formalizará o convite para o Prefeito de São Luís, Edivaldo Holanda Junior e Secretários titulares da SEMOSP, SMTT e outros, caso haja necessidade.

A Mesa Diretora propõe que os ocupantes constituam uma Comissão de Acompanhamento das suas proposições junto à Câmara de São Luís e à Prefeitura de São Luís, ou quais outros órgãos públicos a quem os assuntos competirem.

Já tramita na Justiça, uma Ação de Reintegração de Posse do Poder Legislativo Municipal de São Luís. A Casa precisa ser preparada para cumprir suas atividades constitucionais, a partir do dia 05 de agosto de 2013, como ocorrerá em todo território nacional.

Até hoje, a ocupação foi pacífica e não se verificou nenhum dano às instalações da Casa e nenhum ato de violência contra os ocupantes foi praticado.

Diariamente, foram postadas informações em 02 (duas) redes sociais INSTAGRAM E TWITTER – do movimento dos manifestantes. Ontem, dia 28 de julho de 2013, o informativo “Câmara Agora” dedicou seu tempo de 10 (dez) minutos para falar da ocupação e seus desdobramentos.

A Mesa Diretora submete à apreciação dos manifestantes, a proposta de desocupação do plenário e demais dependências do prédio onde funciona a Câmara de São Luís, no prazo de até 24 horas, pelas razões acima colocadas.

A Mesa Diretora confia que prevalecerá o bom senso, acreditando que, se a luta dos ocupantes é em defesa dos interesses do povo de São Luís, todos os Vereadores comungam desse mesmo sentimento.

                                                                                             São Luís, 29 de julho de 2013

                                                                                                        ASTRO DE OGUM

                                                                                                        1º Vice-Presidente

sem comentário »

CNJ recomenda construção de unidades de internação de jovens no Maranhão e em outras 7 UFs

0comentário
Unidade de internação da Funac, na Maiobinha, está interditada há mais de um ano

Unidade de internação da Funac, na Maiobinha, está interditada há um ano

O Conselho Nacional de Justiça (CNJ) recomendou a construção de unidades de internação para jovens em conflito com a lei em sete estados e no Distrito Federal. A recomendação é dirigida ao governo do estado, ao Ministério Público e a outras instituições responsáveis pelo cumprimento das orientações.  A medida é necessária para reduzir a superlotação dos sistemas socioeducativos nos estados da Bahia, Maranhão, Mato Grosso do Sul, Piauí, Rio de Janeiro, Rondônia e Santa Catarina, além do Distrito Federal, de acordo com os relatórios estaduais do Programa Justiça ao Jovem. Durante a segunda fase do programa, realizada em 2012, as juízas auxiliares da Presidência do CNJ, na época, Cristiana Cordeiro e Joelci Diniz visitaram unidades de internação em 15 unidades da Federação.

Segundo as recomendações do CNJ, são necessárias novas vagas para internar jovens em conflito com a lei no interior do Mato Grosso do Sul para retirar adolescentes mantidos em delegacias, mesmo problema registrado no relatório de Santa Catarina. Ao governo piauiense, o CNJ sugeriu ainda concluir urgentemente a construção de unidade para internação provisória.

Conforme acordo firmado com o CNJ em novembro de 2012, o Governo do Distrito Federal (GDF) se comprometeu a criar cinco novas unidades de internação. Aos governos do Rio de Janeiro e de Rondônia, o CNJ solicitou o cronograma de obras que estão seguindo para construir unidades de internação. Segundo o governo fluminense, estão previstas novas vagas em Duque de Caxias, nos municípios da Região Serrana e da Região dos Lagos.

A outra providência recomendada pelo Conselho foi a descentralização da rede de casas de internação. Atualmente, todos os jovens internados por algum ato infracional em Alagoas, Bahia, Maranhão e Mato Grosso do Sul estão em unidades nas capitais dos estados. Com mais unidades no interior, principalmente, os adolescentes poderiam cumprir suas medidas socioeducativas mais perto das suas famílias, conforme previsto no Artigo 124º da Lei 8.069/90, conhecida como o Estatuto da Criança e do Adolescente.

Descentralização

Desde 2010 o CNJ aponta para a necessidade de o governo alagoano criar vagas no interior. “A falta de regionalização das unidades de internação obriga o deslocamento dos adolescentes que residem no interior para cumprir as medidas de internação na cidade de Maceió e impossibilita, na maior parte das vezes, a visita e o acompanhamento dos adolescentes por seus familiares”, afirmavam os juízes coordenadores da primeira fase do programa, Daniel Issler e Reinaldo Cintra.

Na Bahia, estado que tem área equivalente ao território da França, só há unidades de internação na capital Salvador. A concentração obriga todos os jovens condenados a internação a cumprirem a medida na capital, independente do local onde moram. O CNJ recomendou a construção de novas unidades de internação no interior. As juízas que coordenavam o Justiça ao Jovem sugeriram Itabuna, município localizado no sul do estado, a cerca de 300 quilômetros de Salvador, como local para receber uma nova instituição.

Programa

Ao longo de 2012, o programa Justiça ao Jovem visitou 59 entidades de internação de adolescentes em conflito com a lei em 15 unidades da federação, com o objetivo de garantir o cumprimento da legislação. Nessas visitas, que marcaram a segunda fase do programa, o CNJ retornou aos estados cujos sistemas socioeducativos foram identificados como os mais precários do País no Panorama Nacional de Execução das Medidas Socioeducativas de Internação, no intuito de garantir tratamento adequado aos jovens.

Fonte: Conselho Nacional de Justiça (CNJ)

sem comentário »

Na Liberdade, jovem avisou à mãe momentos antes de ser assassinado

4comentários
Duplo homicídio que vitimou Renato e Caio engrossou estatísticas de mortes violentas em São Luís

Duplo homicídio que vitimou Renato e Caio engrossou estatísticas de mortes violentas em São Luís no mês de julho

O jovem Renato da Silva Rodrigues, 24 anos, uma das vítimas do duplo homicídio ocorrido ontem à noite, na Rua da Vala, na área da Liberdade, avisou à mãe que seria morto momentos antes do crime. Ao sair de casa, na Avenida Luiz Rocha, ele pediu perdão à genitora por todas as coisas erradas que já havia feito, anunciando que dali a pouco seria assassinado. A outra vítima foi Caio Costa Tavares, 26.

Provavelmente, Renato sabia que tinha contas a acertar com algum desafeto. E não deu outra: por volta das 22h, homens chegaram em um Corsa Classic preto, invadiram a casa de Caio e dispararam vários tiros em ambos. Ao que tudo indica, ele e Caio eram cúmplices em alguma prática delituosa. Uma das hipóteses levantadas pela polícia é de acerto de contas entre traficantes.

O estranho é que mesmo sabendo do perigo que corria, Renato foi de encontro ao suposto comparsa. Talvez estivesse querendo livrar mais alguém da fúria dos que o perseguiam, quem sabe, a própria família.

O inquérito que investigará o crime será instaurado na Delegacia de Homicídios.

4 comentários »