Alumar recorre na Justiça e retoma 500 demissões

0comentário

O Consórcio de Alumínio do Maranhão – Alumar/Alcoa conseguiu liminar do Tribunal Regional do Trabalho (TRT 16ª Região), de autoria da desembargadora Ilka Esdra Silva Araújo, para cassar decisão que proibia a empresa de proceder às 500 demissões anunciadas após o desligamento de uma das suas linhas de produção, em março deste ano. Com a decisão, o Sindicato dos Metalúrgicos de São Luís (Sindmetal) estima que mais de mil empregados diretos e indiretos sejam afetados pelo desligamento.

Em mandado de segurança, a empresa alegou que o corte na produção e no quadro de pessoal foi motivado pela grave crise econômica e financeira que enfrenta há mais de cinco anos. Sustentou ainda a legalidade da demissão coletiva, pela ausência de norma que proíba a prática ou a condicione a justo motivo.

A magistrada acatou o pedido inicial, entendendo que a manutenção dos empregados acarretaria prejuízo irreparável à empresa, já que não poderia ser-lhes oferecida atividade produtiva. “A decisão causaria o agravamento econômico da empresa, se tiver que recorrer à licença remunerada compulsória ante a impossibilidade lógica de manter em sua planta um contingente de trabalhadores sem ocupação, cujos postos de trabalho já não existem mais”, argumentou.

Demissão em massa

O Sindmetal rebate e afirma que se trata de estratégia em conjunto e ordenada com os demais produtores mundiais de alumínio primário, para manipular o preço internacional do minério, reduzindo a oferta do produto no mercado, prática que violaria normas nacionais que regulam a ordem econômica. “A demissão em massa não foi precedida de negociação com o sindicato nem dos procedimentos regulares para sua validade, pois não teria esclarecido a situação dos empregados”, afirmou a entidade sindical no processo que pediu a suspensão das demissões.

sem comentário »

Pesquisas do JP revelam queda de 8,5% do comunista Flávio Dino

1comentário
Pesquisas do JP mostram Flávio Dino em queda livre

Últimas pesquisas mostram o comunista Flávio Dino em queda livre

Em um mês, duas pesquisas publicadas pelo Jornal Pequeno apontam uma queda de 8,5% nas intenções de voto do candidato comunista Flávio Dino.

Pesquisa do instituto Amostragem divulgada ontem pelo jornal aponta o candidato comunista com 54% de intenções de voto. Em abril, um outro levantamento publicado também pelo Jornal Pequeno, o comunista tinha 62,5% de intenções de voto.

A queda do comunista já havia sido confirmada na pesquisa Instituto Exata/ TV Guará divulgada no início deste mês, quando Flávio Dino apareceu com 56% das intenções de voto.

O candidato comunista Flávio Dino está em campanha há seis anos, após perder a eleição para a prefeitura.

Lobão Filho que há um mês teve sua pré-candidatura apresentada, aumentou sua intenção de voto segundo as pesquisas publicadas pelo Jornal Pequeno.

O peemedebista apareceu com 12,2% em abril e agora tem 18,2% de intenções de votos. Os números de Lobão Filho surpreendem para uma pré-candidatura que tem dialogado apenas com a base dos partidos que o apoiam.

Especialistas em pesquisas eleitorais avaliam que com a queda do candidato comunista Flavio Dino, nas pesquisas eleitorais, ele deve chegar no início da campanha com percentual bem abaixo do que apresenta hoje.

1 comentário »

A quem interessa o terror?

0comentário

bonde avisoUm boato perverso propagado ontem nas redes sociais e em outros meios de divulgação anunciava um suposto ataque em massa da facção criminosa denominada Bonde dos 40 em São Luís, a partir das 22h. O falso plano seria saquear lojas, shoppings e postos de combustíveis, aproveitando-se da paralisação do transporte público, que alterou sensivelmente a rotina da cidade. Para aterrorizar ainda mais a população, foi informado que as garagens das empresas de ônibus seriam invadidas e que a frota, retida totalmente desde a última terça-feira, seria incendiada. Chegada a hora marcada, não se viu uma única investida, comprovando que a intenção dos autores foi somente assustar e aumentar a instabilidade na capital.

A mensagem, introduzida pelo título “Nota de Esclarecimento”, causou pânico em milhares de cidadãos. Muitos trataram logo de se trancar em casa, após alertar parentes, amigos e vizinhos. Empresários do comércio chegaram a tomar providências para proteger seu patrimônio. Mesmo cientes de que se tratava de alarme falso, a Polícia Militar e as demais forças de segurança pública ficaram de prontidão para agir.

Mas, afinal, a quem interessa disseminar o medo em São Luís? Por que criar um clima de desespero em um momento em que a situação já se encontra demasiadamente caótica, com a greve do transporte público? Seria um simples trote, feito por pessoas imaturas e insensíveis, ou terrorismo, promovido por indivíduos que almejam algo bem maior do que pregar um simples susto?

Mais do que identificar os autores da infeliz ideia, a polícia tem que desvendar que propósito os moveu a cometer tamanha covardia. A população precisa saber o real objetivo do ato, que de tão vil e traiçoeiro, é passível da mais severa punição.

sem comentário »

Resposta ao crime

0comentário
Novas viaturas fortalecerão o combate à criminalidade na região metropolitana de São Luís e demais municípios do Maranhão

Novas viaturas fortalecerão combate à criminalidade na região metropolitana de São Luís e demais municípios

Ao criar dois novos comandos dentro da estrutura da Polícia Militar para atuar na região metropolitana de São Luís, a governadora Roseana Sarney tomou uma importante providência para combater a criminalidade na capital e nas cidades de São José de Ribamar, Paço do Lumiar e Raposa. Com a medida, a Ilha, que contava com apenas um comando de policiamento, passa a ter três, com áreas de abrangência pré-definidas e efetivo e aparato próprios. O reforço é mais do que oportuno, tendo em vista a necessidade urgente de conter o aumento progressivo dos índices de violência nos quatro municípios metropolitanos.

Criadas por Medida Provisória, as novas unidades foram batizadas de Comandos de Policiamento da Área Metropolitana (CPAM). Com o desmembramento, as ações da PM no município de São Luís, exceto na área Itaqui-Bacanga e no Distrito Industrial, ficarão a cargo do CPAM 1. O CPAM 2 cobrirá São José de Ribamar, Paço do Lumiar e Raposa e terá como base o conjunto Maiobão. Para comandá-lo foi designado o diligente coronel Raimundo Sá, que até recentemente estava à frente do Batalhão de Choque, onde teve uma atuação notável e digna do melhor reconhecimento da sociedade. Já o CPAM 3 terá a missão de combater a criminalidade até o momento desenfreada que impera em bairros como Anjo da Guarda, Vila Embratel e Fumacê, na área Itaqui-Bacanga, além de cobrir todo o Distrito Industrial da capital.

Com a divisão, a PM terá melhores condições de intervir nos bairros com maior taxa de violência. Uma vantagem será o mapeamento preciso de pontos de tráfico de drogas, trechos mais suscetíveis a assaltos, desmanches de veículos, entre outros nichos da bandidagem. As ações policiais serão definidas por zona e cada unidade poderá montar o seu próprio banco de dados, de modo a favorecer a elucidação de crimes, por meio da identificação e prisão de elementos nocivos à sociedade.

A incorporação de 1.800 novos soldados, a entrega de 300 novas viaturas e de mais de 1.300 armas permitirá a execução do plano com elevado grau de sucesso. Ao investir maciçamente em recursos humanos e materiais, o governo criou as condições ideais para reformular as ações de segurança pública na Ilha. A medida tem tudo para tornar as operações policiais ainda mais eficientes e possibilitar a reversão dos índices de homicídios, roubos e demais ocorrências, cujos números são alarmantes atualmente.

Com cerca de 1,3 milhão de habitantes, a região metropolitana de São Luís é hoje uma área extremamente complexa. Por ser tão populosa e ter uma dimensão territorial ampla, requer uma cobertura mais atenta das forças de segurança. Ciente dessa necessidade, o Estado aumentou sua presença entre os cidadãos, de modo a devolver-lhes a tranquilidade ora perdida.

Já estava na hora de criar uma estrutura de segurança pública condizente com as necessidades dos habitantes da Ilha, assombrados por uma taxa de violência crescente. Nesse sentido, o governo tomou a atitude mais correta, que tem tudo para ser bem sucedida.

Editorial publicado nesta quinta-feira em O Estado do Maranhão

sem comentário »

Audiência no TRT termina sem acordo e greve de rodoviários continua pelo 9º dia consecutivo

2comentários

Terminou sem acordo a audiência de conciliação entre os sindicatos dos Trabalhadores em Transporte Rodoviário (STTREMA) e das Empresas de Transporte de Passageiros de São Luís (SET) realizada hoje no Tribunal Regional do Trabalho (TRT). Pelo segundo dia consecutivo, as duas partes se reuniram, com participação da Prefeitura de São Luís, desta vez com mediação da Justiça trabalhista, mas novamente não houve consenso.

Assim como ontem, quando todas as partes interessantes se reuniram na sede da Secretaria Municipal de Trânsito e Transportes (SMTT), as discussões se estenderam por mais de quatro horas. E mais uma vez os patrões não apresentaram proposta, alegando dificuldade financeira. Os trabalhadores resolveram, então, manter a greve, que nesta quinta-feira completará nove dias.

Pela manhã, os rodoviários se reunirão em assembleia geral para decidir se mantêm a paralisação total da frota ou se voltam a cumprir a decisão do TRT de colocar 70% dos ônibus em circulação. A multa fixada é de R$ 4 mil por hora de descumprimento e neste momento já chega a quase R$ 500 mil.

O dissídio coletivo, protocolizado hoje pelo STTREMA no TRT, poderá ser julgado pela Corte em até 20 dias. Nesse período, nada impede que patrões e empregados fechem a um acordo, o que parece ser improvável, já que nenhuma das partes dá sinal de que vá ceder.

No dissídio, os rodoviários reivindicam reajuste salarial de 16%, reajuste do tíquete alimentação para R$540,00 e manutenção do plano de saúde.

2 comentários »

UFMA oferece 3.108 vagas de graduação para o segundo semestre, via SiSU

0comentário

ufma sisuA Universidade Federal do Maranhão divulgou hoje, via Pró-Reitoria de Ensino, o Edital Nº 145/2014 – Proen, que regulamenta o ingresso para os cursos de Graduação da UFMA para o semestre 2014.2. O referido edital trata das vagas que serão disponibilizadas aos alunos que desejam ingressar na universidade por meio do Sistema de Seleção Unificada (SiSU) utilizando a nota obtida na última edição do exame nacional do Ensino Médio (Enem).

Para o segundo semestre, a UFMA ofertará 3.108 vagas distribuídas por campus – São Luís, Bacabal, Codó, Pinheiro, São Bernardo, Chapadinha, Imperatriz e Grajaú -, curso, turno e categoria especificados no anexo do edital. O documento consta que a seleção dos estudantes será feita em duas chamadas sucessivas, sendo que as vagas não ocupadas em chamadas regulares serão preenchidas pelos alunos constados na Lista de Espera, após estes confirmarem interesse pela vaga via SiSU no período específico.

O aluno deve ficar atento ao site da UFMA e ao calendário do SiSU para acompanhar o lançamento dos editais de chamada e respectivas datas. O candidato à vaga também deve ler o Edital Nº 145/2014 – Proen para saber de todos os documentos que deve ter em mãos no ato da matrícula, caso seja chamado.

sem comentário »

Dilma confirma apoio incondicional a Lobão Filho

0comentário
Dilma Rousseff entre Lobão Filho e o ministro Edison Lobão

Presidente Dilma Rousseff, senador Lobão Filho e o ministro Edison Lobão

Em jantar com a cúpula do PMDB na noite de terça-feira, 27, a presidente Dilma Rousseff reafirmou apoio incondicional ao nome do senador Lobão Filho (PMDB-MA) como pré-candidato ao Governo do Maranhão.

O encontro, organizado pelo vice-presidente Michel Temer no Palácio do Jaburu, contou com a presença das principais lideranças do PMDB e os pré-candidatos do partido às eleições deste ano.

Lobão Filho relatou à presidente da República os avanços de sua pré-candidatura no Maranhão e as adesões de lideranças políticas importantes que tem recebido em viagens pelo interior do estado. Ele explicou ainda que o cenário eleitoral hoje no Maranhão é muito claro no que diz respeito às duas principais pré-candidaturas. “A minha posição nas eleições todos já conhecem: estou e estarei ao lado da presidente Dilma. Agora, o meu adversário está dividido entre Aécio Neves e Eduardo Campos, os maiores opositores ao governo federal”, informou Lobão.

O peemedebista explicou a Dilma que o grupo político do qual faz parte está entusiasmado e coeso em torno do seu nome, e que a aliança do PMDB com o Partido dos Trabalhadores (PT) se fortalece a cada dia, independentemente do cargo que será ocupado pelo partido na chapa majoritária.

Durante o jantar, o senador Lobão Filho recebeu manifestações de apoio dos seus colegas de partido. Alguns, como o vice-presidente da República, Michel Temer, afirmaram que querem participar diretamente da campanha de Lobão Filho ao Governo do Maranhão.

O vice-presidente Michel Temer confirmou que estará presente em São Luís na convenção que homologará o nome do peemedebista como candidato a governador do Maranhão.

sem comentário »

Ria se puder

4comentários

ria se puder

Autor: Sóstenes Salgado

4 comentários »

De igual pra igual

0comentário
William Corrêa comemora ao marcar o primeiro gol da goleada do Sampaio sobre a Portuguesa em pleno Canindé

William Corrêa comemora ao abrir o placar na goleada do Sampaio sobre a Portuguesa em pleno Canindé

A goleada de 4 x 1 aplicada ontem sobre a Portuguesa, em pleno Canindé, pela sétima rodada do Campeonato Brasileiro da Série B, realçou, mais uma vez, uma importante característica do Sampaio Corrêa atualmente: o time não mais se intimida ao enfrentar clubes grandes e tradicionais do futebol brasileiro. Depois de derrotar pela primeira vez na história o poderoso Palmeiras, por 2 x 1, pela Copa do Brasil, o Tricolor partiu para cima do não menos glorioso Vasco da Gama e só não venceu por causa dos sucessivos gols perdidos e de um vacilo da defesa no final do jogo, que terminou empatado em 1 x 1.

Com um elenco forte e um esquema tático bem definido, o Sampaio passou a encarar de igual para igual qualquer adversário, dentro e até mesmo fora de casa, como na partida contra a Lusa. Com uma proposta ofensiva, o time se lança de forma ordenada ao ataque, com jogadas agudas e variadas, sem descuidar da marcação, exercida também com eficiência. O resultado é uma equipe com postura sólida, que tem dado muito trabalho a todos os rivais.

O Sampaio Corrêa vive, há dois anos, a sua fase mais triunfante, com um título do Campeonato Brasileiro da Série D – a terceira conquista nacional da sua história -, um vice da Série C e dois acessos consecutivos. Se dentro de campo o Tricolor segue as orientações do técnico Flávio Araújo, reconhecidamente um bom estrategista, fora dele conta com o respaldo do aguerrido e abnegado presidente Sérgio Frota, que tem dado as condições necessárias para tornar o time cada vez mais competitivo.

Com os excelentes resultados que vem obtendo nas últimas três temporadas, o Sampaio colocou o Maranhão definitivamente no mapa do futebol brasileiro. Nas transmissões televisivas em rede nacional, o clube já não é mais tratado como mero desconhecido, muito menos como um adversário inexpressivo. Pelo contrário, é apontado como time qualificado, da defesa ao ataque.

Pelo bom momento que vive, é natural que o Sampaio trace planos cada vez mais ambiciosos. O clube ganhou respeito e projeção e está credenciado a pleitear sempre as primeiras posições nas competições que disputa. Que venham, então, os próximos rivais.

sem comentário »

Weverton Rocha responde ao blog

3comentários

NOTA DE ESCLARECIMENTO

Atendendo ao princípio da liberdade de expressão, que assegura direito de resposta gratuito e proporcional, venho legitimamente oferecer oportunos  esclarecimentos acerca do conteúdo publicado neste blog, tendo em vista a inverdade da acusação.

Desde meu início na vida política, ainda jovem, quando despertei pelas  causas sociais, pelas lutas dos estudantes e da juventude, busco trabalhar em prol  do bem comum, lutando por bandeiras que acredito serem a base de qualquer sociedade. Assim, me filiei ao Partido Democrático Trabalhista no Maranhão  (PDT/MA), por me identificar com seus ideais democráticos e causas de defesa da  sociedade. Atualmente, na condição de servidor público – deputado federal  escolhido e eleito pelo povo – esta convicção só solidificou-se.

Em meu mandato como Deputado Federal, tenho trabalhado  incansavelmente em prol daqueles que me elegeram como representante, ou seja,  toda a população maranhense. Minha atuação não se resume ao trabalho em  gabinete, mas principalmente nas comunidades – que é onde estão as pessoas que  são representadas por cada servidor público deste país.

Em pouco mais de um ano atuando como titular do mandato de Deputado  Federal, inúmeros recursos foram conseguidos em prol da população de nosso  estado, mas há ainda muito a se conseguir. E com o desejo de dar continuidade ao  trabalho que comecei na Câmara Federal, tenho o interesse de me reeleger na  Casa, contudo, jamais usei de métodos indevidos para me beneficiar do dinheiro  público, e jamais agiria de maneira tão vil quanto a expressada de maneira  inescrupulosa pelo autor da postagem à qual rebato neste momento.

Com relação à gestão municipal da cidade de São Luís, quero deixar claro  que, desde o lançamento da campanha do senhor Edivaldo Holanda Júnior para o  cargo de prefeito da capital maranhense, eu e o partido que integro – o PDT/MA – somos seus aliados. Tal aliança não se resumiu somente ao período de campanha, e se estende ao longo destes 17 meses de gestão do atual prefeito, que tem  trabalhado com dedicação para mudar a delicada situação na qual a capital  maranhense estava afundada.

Atualmente, contribuímos, diretamente, com a administração municipal, com  membros do nosso partido exercendo funções de titularidade dentro da Prefeitura  de São Luís, motivo mais que suficiente para não termos nenhum interesse em  denegrir ou prejudicar a atual gestão.

Diante do exposto, eu como cidadão e servidor público que preza o exercício  pleno da democracia como condição fundamental para a vida em sociedade,  repudio qualquer tipo de publicação que fira um dos preceitos básicos para o exercício do jornalismo – que é ouvir todas as fontes citadas em uma notícia.

Ressalto que publicações irresponsáveis como esta, à qual solicito o direito de  resposta, apresenta caráter nocivo para toda a sociedade.

Nota do blog: como cumpridor da lei que sou, concedo, sem restrições, o direito de resposta ao deputado federal Weverton Rocha. Contudo, é desejo meu e de grande parcela da população maranhense que o nobre parlamentar esclareça, definitivamente, a demolição do Ginásio Costa Rodrigues, mediante o pagamento antecipado de R$ 5,2 milhões a uma construtora, com a transparência que o caso requer e diante da gravidade do dano cometido. O fatídico episódio, inclusive, foi objeto de inquérito policial, devidamente remetido à Justiça.

3 comentários »