Cidadão maranhense

0comentário

EduardoMoreira

Em concorrida Sessão Solene realizada na manhã desta terça-feira (11), presidida pelo deputado Humberto Coutinho (PDT), a Assembleia concedeu o Título de Cidadão Maranhense ao advogado e desembargador do Tribunal Regional Eleitoral (TRE-MA), Eduardo José Leal Moreira. A proposição, aprovada por unanimidade, foi apresentada pelo deputado Othelino Neto (PCdoB). Eduardo Moreira nasceu no Rio de Janeiro, no antigo Estado da Guanabara, e é filho do renomado advogado Cléber Moreira.

“Tenho por critério pessoal só aprovar a concessão de título de Cidadão Maranhense a quem, de fato, tem relevantes serviços prestados ao Estado do Maranhão. É o caso do homenageado deste dia. A deferência desta Casa ao advogado Eduardo José Leal Moreira é tão grande que realizamos esta sessão no dia de hoje, terça-feira, quando normalmente se realiza sessões solenes às quintas-feiras. Mas, como 11 de agosto é o Dia do Advogado, homenageamos hoje esse grande maranhense e, ao mesmo tempo, a todos os advogados”, disse Othelino Neto na sua fala de apresentação e saudação ao homenageado.

O deputado Edilázio Júnior (PV), que é advogado, também fez questão de saudar o homenageado. “Sei que vossa excelência já era um maranhense de coração, pois aqui cria os seus filhos, trabalha e tem a sua esposa, e agora é legítimo. Tem agora uma certidão e é um maranhense nato. Fico muito feliz e honrado de poder participar desta homenagem realizada exatamente no dia do advogado e posso dizer que hoje o Maranhão está de parabéns por receber um maranhense ilustre como vossa excelência”, finalizou lembrando que a Assembleia aprovou por unanimidade a concessão deste merecido título.

Com a voz embargada, o advogado e desembargador Eduardo Moreira afirmou estar vivendo o momento mais feliz de sua vida tanto quanto foi o do seu casamento. “Esta é maior honra de toda a minha vida. A partir de hoje sou maranhense de fato e também de direito. Tenho orgulho de ser cidadão deste estado maravilhoso. Agradeço de coração a Assembleia Legislativa por essa concessão”, observou.

Leia mais

Sem comentário para "Cidadão maranhense"


deixe seu comentário