Edilázio cumpre agenda na região Sul do Maranhão

0comentário

O deputado federal Edilázio Júnior (PSD) cumpriu extensa agenda de compromissos na Região Sul do Maranhão no último fim de semana.

Ele participou da tradicional Cavalgada, do município de Carolina; do evento de abertura da Safra Sucroalcooleira Maranhense 2019/2020, no município de São Raimundo das Mangabeiras e do AgroBalsas, na cidade de Balsas.

Na Cavalgada, ele foi recebido pelo presidente do Sindicato Rural de Carolina, Reginaldo Dias, pelo ex-prefeito Itiberé Jucá, vereadores, ex-vereadores, lideranças da região pelos organizadores do evento, que impulsiona a economia local.

Já em São Raimundo das Mangabeiras ele foi recebido pelo empresário Pedro Ticianel, proprietário de uma das principais empresas voltadas ao agronegócio do estado, e ao lado de outras lideranças políticas, assegurou compromisso com o desenvolvimento da agricultura no Maranhão.

E em Balsas, Edilázio aproveitou para se reunir com produtores da região. Ele também foi recepcionado pelo prefeito Dr. Erik, pelo vereador Iziano, pela ex-prefeita Ana Lúcia e pelo ex-vereador Júnior Coelho.

Na ocasião, ele firmou compromisso para garantir benefícios e potencializar o agronegócio em Balsas.

Ao retornar à Câmara Federal, no início da semana, Edilázio parabenizou toda a organização e estrutura na abertura do AgroBalsas, durante um pronunciamento, e cobrou do Governo do Estado a recuperação da MA-006, que liga  Alto Parnaíba ao município de Balsas, considerado o corredor do grãos do Maranhão. Ele enfatizou que a precariedade e falta de estrutura da rodovia prejudicam o escoamento da produção maranhense, e consequentemente o desenvolvimento econômico na região.  

Foto: Divulgação

sem comentário »

Edilázio participa de café com Jair Bolsonaro

2comentários

O deputado federal Edilázio Júnior (PSD) participou, na manhã desta quarta-feira (22), de um café da manhã com o presidente Jair Bolsonaro (PSL), no Palacio da Alvorada, em Brasília.

Bolsonaro reuniu a bancada nordestina para discutir sobre a Reforma da Previdência, Educação e pleitos para os estados do Nordeste.

“Como membro da bancada do nordeste, participei do café da manhã promovido pelo presidente do país Jair Bolsonaro. Na oportunidade discutimos importantes temas, como a reforma da previdência, educação e pleitos dos estados nordestinos. O presidente se comprometeu em trabalhar em medidas que atenderão as demandas apontadas em reunião e juntos, vamos fortalecer os estados do Nordeste”, disse

Edilázio Júnior defendeu o diálogo com o governo Federal, independentemente de qualquer ideologia política.

“Independente de qualquer ideologia política, nós temos que nos unir e dialogar sempre, porque acima de tudo estamos trabalhando em benefício da população e esse é meu maior compromisso”, finalizou.

Foto: Divulgação

2 comentários »

Dino quer ludibriar credores de precatórios, diz Edilázio

0comentário

O deputado federal Edilázio Júnior (PSD) denunciou na Câmara Federal, manobra do governador Flávio Dino (PCdoB) contra os credores de precatórios no Maranhão. (Clique aqui e veja o vídeo).

Ele falou da aprovação de um projeto de lei, de autoria do Executivo Estadual na Assembleia Legislativa que autoriza o Estado a adquirir empréstimo de R$ 623 milhões para o pagamento de precatórios.

Apesar disso, o parlamentar ressaltou que a inexistência de linha de crédito para esse tipo de movimentação financeira.

“O governador comunista do Maranhão joga para a plateia, numa forma de ludibriar esses credores, uma vez que ele está já inadimplente desde setembro de 2018, com uma dívida de mais de R$ 200 milhões em precatórios”, disse.

Edilázio também lembrou que o Boletim de Finanças dos Entes Subnacionais divulgado pelo Tesouro Nacional no ano passado, rebaixou de B para C a nota do Maranhão, o classificando como mau pagador. A nota dificulta o recebimento de garantia da União para o recebimento de empréstimos.

O parlamentar também lembrou que o projeto de lei aprovado ontem no Legislativo Estadual e que supostamente garantiria o empréstimo de R$ 623 milhões para o pagamento de precatórios, foi apresentado justamente na semana em que o corregedor nacional do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), ministro Humberto Martins, esteve no estado para correição. “Foi uma tentativa de maquiar o CNJ”, finalizou.

Foto: Divulgação

sem comentário »

Edilázio denuncia manobra de Flávio Dino na Câmara

0comentário

O deputado do PCdoB, Márcio Jerry, obstruiu a votação de um requerimento de autoria do deputado federal Edilázio Júnior (PSD), na Comissão de Fiscalização Financeira e Controle da Câmara Federal, que trata de uma solicitação de uma visita técnica do colegiado ao Porto do Itaqui.

O objetivo do requerimento de Edilázio é apurar e discutir as possíveis ilegalidades ou irregularidades no porto, administrado pela Empresa Maranhense de Administração Portuária (Emap), alvo de ação da Advocacia Geral da União (AGU).

Apesar de ter obstruído a apreciação, Jerry acabou derrotado por 8×1 ao tentar retirar de pauta o requerimento de Edilázio. 

Logo após a votação Jerry pediu a conferência de quórum e conseguiu adiar a apreciação do seu requerimento de retirada de pauta – que já havia sido rejeitado -. Edilázio questionou a tentativa de manobra do deputado comunista. 

“Impressiona o fato de o deputado do PCdoB, que é o mais próximo do governador Flávio Dino, tentar barrar a visita técnica da Comissão de Fiscalização da Câmara Federal no Porto do Itaqui, quando são alarmantes os indícios de irregularidades no porto”, disse.

Ele afirmou que a movimentação de Jerry escancara o posicionamento de Dino sobre o tema.

“Fica evidente que o governador Flávio Dino está preocupado e tenta de toda maneira impedir uma vistoria técnica e de órgãos de controle, no Itaqui. Felizmente, a comissão já demonstrou preocupação com o tema e ao que tudo indica, o Governo terá de dar explicações a Câmara Federal, aos órgãos de controle e à Justiça”, finalizou. 

Foto: Divulgação

sem comentário »

Edilázio e ministro visitam os Lençóis Maranhenses

0comentário

O deputado federal Edilázio Júnior (PSD) recebeu no último fim de semana, durante o feriado da Semana Santa, o ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles e cumpriu extensa agenda de trabalho.

Ele acompanhou o ministro numa visita técnica aos Lençóis Maranhenses e percorreu os municípios de Santo Amaro e Barreirinhas. O Governo Federal estuda a concessão do Parque dos Lençóis Maranhenses a iniciativa privada.

Em Santo Amaro, o ministro visitou os povoados de Betânea – atingido por enchente -, e de Queimada dos Britos. Já em Barreirinhas, onde o ministro foi recebido pelo prefeito Albérico Filho. Lá, ele foi até a sede do ICMBio [Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade].

Em Barreirinhas ele também verificou a situação da construção do aeroporto, que apresenta obras inacabadas. Ele lembrou que o Governo Federal liberou recursos por meio de um convênio ao Governo do Estado há cerca de 4 anos. Apesar disso, o terminal aeroportuário jamais foi entregue. Para Edilázio, uma inoperância do Executivo Estadual.

De acordo com Edilázio, o ministro retornou à Brasília com a melhor das impressões em relação às belezas naturais de toda a extensão dos Lençóis Maranhenses. Apesar disso, ele relatou frustração do ministro com relação aos lixões no estado.

Um dos lixões fica localizado na entrada de Santo Amaro e outro no município de Paço do Lumiar, próximo ao aeroporto de onde desembarcou para retornar a Brasília. O ministro fez referência aos lixões em seu perfil em rede social, disse tratar-se de uma vergonha e assegurou que o Programa Lixão Zero, do Governo Federal, vai solucionar o problema. “Faremos de tudo para acabar com essa tristeza”, escreveu o ministro.   

Foto: Divulgação

sem comentário »

Edilázio é recebido pelo presidente Bolsonaro

2comentários

O deputado federal Edilázio Júnior (PSD) foi recebido nesta quarta-feira (17) pelo presidente da República Jair Bolsonaro (PSL), em audiência realizada ao lado dos parlamentares Aluisio Mendes (Podemos) e Pastor Gildenemyr (PMN).

No encontro, Edilázio tratou da situação das rodovias federais do estado e pediu ajuda do Governo para os municípios atingidos por enchentes no Maranhão.

“Tivemos uma reunião muito produtiva com o presidente Jair Bolsonaro. Relatamos a situação que o nosso estado vem enfrentando com relação ao descaso do Governo do Estado; pedimos ajuda aos municípios atingidos pelas enchentes e também pude relatar a situação das nossas Brs [rodovias federais] para que ele desse uma atenção. Ele [presidente] disse que irá tomar as medidas possíveis para tentar solucionar a situação das estradas”, pontuou.

Edilázio afirmou que também tratou da Reforma da Previdência e explicou o seu posicionamento pela supressão dos itens que dizem respeito ao trabalhador rural e ao Benefício de Prestação Continuada (BPC).

De acordo com Edilázio, Bolsonaro assegurou empenho para atender as demandas levadas pelos deputados que integram a bancada maranhense e que participaram do encontro.  

Foto: Divulgação

2 comentários »

Edilázio manifesta apoio a policiais acampados em SL

2comentários

O deputado federal Edilázio Júnior (PSD-MA) manifestou, nesta segunda-feira (15) apoio aos policiais aprovados em concurso público que estão acampados há mais de 20 dias em frente ao Palácio dos Leões sem qualquer resposta do governo do Maranhão.

Edilázio esteve visitando os policiais acampados e prometeu levar a luta da classe até a Câmara dos Deputados.

“Conversei hoje com os policiais militares, não nomeados, que estão acampados a mais de 20 de dias em frente ao Palácio dos Leões cobrando um posicionamento do governo do Estado. A categoria também reclama da condição social que se encontram hoje, pois muitos abandonaram trabalho e estudo para se dedicarem ao curso de formação”, disse.

“A justificativa do governo é que não existe necessidade de convocação de mais policiais para o Maranhão, algo que não condiz com a realidade que os maranhenses enfrentam diariamente com o alto índice de violência no estado. Contem comigo, guerreiros! Vamos levar essa luta para Câmara Federal”, destacou Edilázio nas redes sociais.

Foto: Divulgação

2 comentários »

Edilázio aciona MP por irregularidade na MA-315

0comentário

O deputado federal Edilázio Júnior (PSD) apresentou ao Ministério Público uma representação sobre a precariedade e o pagamento de aditivos irregulares à obra de construção da MA-315, que liga Barreirinhas ao município de Paulino Neves. (Clique aqui e veja o documento).

A rodovia, que integra a “Rota das Emoções”, foi inaugurada no início do ano, mas já apresenta sérios problemas estruturais.

Edilázio já havia ingressado com uma ação na Justiça Estadual, no Tribunal de Contas do Estado (TCE) e no Ministério Público de Contas. O caso agora está no Centro de Apoio de Probidade Administrativa do MP e será analisado pelo promotor Cláudio Alencar.

O parlamentar quer apuração a respeito da liberação de um aditivo de mais R$ 2 milhões à obra, que contraria o que determina o contrato da obra e a apuração a respeito da qualidade dos serviços já efetuados na rodovia.

Foto: Divulgação

sem comentário »

Edilázio pede que Moro investigue espionagem no MA

0comentário

O deputado federal Edilázio Júnior (PSD) protocolou na manhã de hoje o pedido de apuração, no Ministério da Justiça, da denúncia levantada pelo ex-superintende de Investigações Criminais da Polícia Civil do Maranhão, delegado Thiago Bardal, de uma suposta determinação do secretário de Estado da Segurança Pública, Jefferson Portela, de espionagem contra desembargadores do Tribunal de Justiça. (Clique aqui e veja o documento).

A medida do parlamentar, enquanto membro titular da Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ) da Câmara Federal, é para que o ministro da Justiça, Sergio Moro, tome conhecimento do caso e determine à Polícia Federal (PF) uma apuração isenta sobre a declaração de Bardal, proferida no bojo de uma audiência na Justiça Estadual.

Ele explicou o pedido numa entrevista exclusiva concedida ao programa Ponto Final, conduzida pelo radialista Roberto Fernandes, na Rádio Mirante AM.

“Acabei de protocolar o ofício com pedido, se assim o ministro entender, que coloque a Polícia Federal para investigar o depoimento do ex-superintendente Thiago Bardal, que disse em alto e bom som que o secretário de Segurança mandou que fossem investigados quatro desembargadores. Eles não têm competência para isso, só quem pode investigar desembargador é o STJ, então ele fez isso de forma irregular, de forma clandestina. Ele também afirma que o secretário pediu para que não fosse reaberto a investigação sobre a morte do jornalista Décio Sá”, disse.

O parlamentar disse que formulou o pedido ao ministro Sergio Moro, por não haver a possibilidade de isenção na apuração do caso pela Polícia Civil do Maranhão.

Edilázio também falou da ação protocolada na Vara de Interesses Difusos e Coletivos de São Luís, contra o Governo do Estado, por causa da precariedade da MA-315 – que liga Barreirinhas ao município de Paulino Neves e de indícios de irregularidades na obra.

“Trata-se de uma das estradas mais importantes do país, uma vez que leva a um ponto turístico do potencial que é os lençóis maranhenses e que tem provocado até constrangimento para o nosso estado. Uma obra entregue recente que apresenta completa falta de infraestrutura. Então estamos fazendo o nosso papel que é de fiscalizar e cobrar o Governo do Estado e os órgãos fiscalizadores”, explicou.=

Foto: Divulgação/Agência Câmara

sem comentário »

Edilázio pedirá a Moro que apure denúncia de Bardal

0comentário

O deputado federal Edilázio Júnior (PSD) afirmou ontem, em entrevista exclusiva concedida ao radialista Jorge Aragão, da Mirante AM, que vai encaminhar ofício ao ministro da Justiça, Sergio Moro, com pedido de apuração à denúncia feita pelo ex-superintendente de Investigaçẽs Criminais (Seic), delegado Thiago Bardal, de suposta espionagem da Secretaria de Estado da Segurança Pública (SSP) a desembargadores do Tribunal de Justiça do Maranhão.

A denúncia ganhou forte repercussão na semana passada, após o vídeo do depoimento de Bardal à Justiça ter sido publicado em blogs que fazem a cobertura política no estado.

Na audiência, Bardal afirmou que por determinação do secretário de Segurança Pública, Jefferson Portela, quatro desembargadores seriam alvo de investigação: Guerreiro Júnior, Fróz Sobrinho, Nelma Sarney e Tyrone Silva.

Portela negou em entrevista e disse jamais ter determinado qualquer tipo de espionagem a magistrados do Maranhão.

Para Edilázio, contudo, é preciso que haja uma investigação isenta e enérgica. Ele cobrou um posicionamento do Ministério Público, e revelou que encaminhará ofício ao Ministério da Justiça para a apuração do caso.

“Como não há possibilidade de haver isenção numa apuração a nível estadual, eu como membro da Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania da Câmara Federal vou encaminhar essa semana um ofício ao ministro da Justiça, Sergio Moro, para que ele tome conhecimento desse vídeo do Thiago Bardal, e se assim entender, que coloque a Polícia Federal para apurar os indícios”, disse.

Ele justificou o ato, com o recente desfecho do escândalo da espionagem da Polícia Militar a políticos de oposição ao governador Flávio Dino (PCdoB), que ganhou repercussão nacional em 2018. O parlamentar lembrou que uma sindicância interna foi aberta pela própria PM, mas sem desdobramentos e explicações públicas sobre os memorandos que determinavam o fichamento da oposição.

“Aqui foi noticiado e todo mundo viu o memorando do Comando Geral da Polícia MIlitar, às vésperas da eleição, que determinava o fichamento daqueles que ‘pudessem causar embaraço às eleições 2018’. E o que foi que aconteceu? Em um outro estado seria caso para uma intervenção federal, por muito menos o procurador-geral de Justiça do Mato Grosso foi afastado de suas funções por investigar adversários políticos. Aqui, houve toda essa situação da PM e falaram que iriam abrir uma sindicância e nunca mais falaram sobre isso. Afinal, que isenção tem a polícia para investigar um ato da própria polícia? Ë por isso que vou oficiar o ministro Sergio Moro”, finalizou.

Foto: Zeca Soares

sem comentário »